SEIS POR MEIA-DÚZIA

RIO (tá valendo) – Nicholas Latifi, canadense de 24 anos que estreia pela Williams nesta temporada, levará o número 6 em seu carro na disputa do Mundial. Ele deu um monte de explicações para a escolha. É o número que Rosberg usou quando foi campeão em 2016, o que usou em três de suas quatro temporadas na F-2 e que tem uma ligação com Toronto, cidade onde cresceu. Segundo o piloto, a cidade tem seis distritos, seus códigos de área telefônicos ou começam ou terminam com 6 e o rapper Drake, que é de Toronto, tem algumas músicas com 6 no título.

Kubica, que deixou a equipe para a chegada de Latifi, corria com o #88. A outra substituição no grid de 2020 em relação a 2019, saída de Hülkenberg da Renault, colocará no campeonato o número 31, escolha do francês Esteban Ocon. O alemão era o #27.

[bannergoogle]

Comentários