NOVIDADE (2)

SÃO PAULO(tateando) – Sem querer concorrer com ninguém, mas tentando ainda entender algumas coisinhas sobre o funcionamento do YouTube, acabei de criar o que pode se transformar numa rotina quando carros de Fórmula 1 estiverem rodando por aí — em testes ou GPs.

Vou chamar por enquanto de “Fórmula Gomes”, sem a pretensão de dizer que é um programa novo. Farei o que vocês chamam hoje de “lives”, sempre às 19h, nos dias em que alguma coisa importante acontecer na categoria. E isso inclui algumas notícias relevantes que estouram mesmo quando não tem treino algum, nem corrida — um piloto que diz que vai mudar de equipe, uma montadora que vai deixar de fazer motores, um time que é comprado por um fundo de investimento, essas coisas.

Assim, preparem-se. Começa hoje, às sete da noite, no meu canal youtúbico, que vocês encontram aqui. Não se esqueçam de se inscrever e acionar aquele sininho que manda notificações aos usuários. Nesta semana, farei “lives” de meia hora, talvez um pouco mais, nos três dias da pré-temporada no Bahrein. Nas semanas de GPs, às sextas, sábados e domingos. Sempre no mesmo horário.

Isso não significa que deixarei de escrever aqui sobre os mesmos assuntos, que fique bem claro. A palavra escrita segue sendo minha queridinha. E também não significa que vou concorrer com o Grande Prêmio, que produz muito mais conteúdo que eu — as meninas e os meninos são incansáveis, não sei como aguentam. Espero que minhas pequenas transmissões sejam complementares a tudo que fazemos no site. É isso!

Comentários

  • Flavio, com certeza você está sendo bem assessorado nisso, mas pesquise bem sobre como fazer seu canal ganhar relevância. Agende para sempre fazer lives no mesmo dia e hora e use recursos como o superchat, onde as pessoas pagam para ter sua pergunta respondida. Como se fosse um chat vip.
    Vai ajudar o canal a ganhar relevância e com certeza vai te ajudar a ganhar uns trocados nesse mundo virtual que veio pra ficar.

  • Não me inscreverei nem ativarei o sininho porque não tenho absolutamente nenhum interesse mórbido em “lives”. Mas vejo seus vídeos no GP às 10 postados aqui (ainda que, como vc, prefeira textos escritos com palavras em língua portuguesa – e nisso tu é muito bom, flavinho)

  • Boa sorte, Flavio! Mas não esqueça mesmo desse espaço. Há quinze anos entro aqui diariamente em busca não só de informação e opinião de qualidade sobre F1, mas também atrás de bom humor, inteligência e um dos melhores textos do Brasil. Nós, os leitores, seguimos aqui!