SOBRE DOMINGO DE MANHÃ

A IMAGEM DA CORRIDA

F2ShM0qWAAAz3dF-1024x576.jpeg" alt="" class="wp-image-192981"/>
Verstappen passa Pérez: mais uma humilhação

ERFURT (em trânsito) – Foi domingo, hoje é quinta, mas nunca deixamos a meia-dúzia de leitores deste blog sem rescaldo de corrida.

O “Sobre ontem…” de Spa, porém, será breve como a liderança de Pérez domingo passado. Porque Verstappen tratou de simplificar as coisas na corrida sem perder muito tempo com irrelevâncias.

A foto acima, quando Max acabara de passar o mexicano, é a que melhor explica essa prova. Um massacre impiedoso. Mais de 22s de vantagem sobre o companheiro de equipe, mesmo tendo largado em sexto – o outro, em segundo.

Soube, aqui por essas bandas, que patrocinadores mexicanos de Pérez andaram acusando a Red Bull de beneficiar o holandês. Na F-1, latino-americanos choram muito e não sabem perder. É o que concluo.

O NÚMERO DA BÉLGICA

12

…vitórias seguidas na temporada tem agora a Red Bull (se contarmos as Sprints, são 15…). Foi-se o histórico recorde da McLaren de 1988. Ampliou-se, igualmente, o recorde de vitórias consecutivas de uma equipe: 13 agora, contando o GP de Abu Dhabi do ano passado.

Não tivesse perdido o GP do Brasil no finalzinho da temporada de 2022 para a Mercedes de Russell, maior surpresa do ano, a Red Bull teria uma série absolutamente espantosa de 23 triunfos seguidos. Mas como perdeu, contabiliza 22 vitórias nas últimas 23 corridas. Esticando um pouco mais a linha do tempo, são 29 nas últimas 33.

A FRASE DE SPA

“Gosto de irritar a equipe.”

Max Verstappen

O quase tricampeão mundial explicou, depois da corrida, por que sugeriu fazer uma terceira parada para garantir o ponto extra da melhor volta. Tirando uma onda de seu paranoico engenheiro, Gianpiero Lambiase. “É para vocês treinarem um pouquinho de pit stops”, falou, pelo rádio.

Lambiase teve muita vontade de xingar seu piloto.

Algumas caixinhas coloridas, agora, para arredondar o noticiário.

VAI ENROLAR MUITO? – Hamilton e a Mercedes ainda não chegaram a um acordo sobre o novo contrato do inglês. Tudo se encaminha para um acerto de dois anos. Mas faz tempo que falamos nisso. Meses. Toto Wolff garante que não haverá surpresas. Eu não garanto.

ALFA-HAAS – A Alfa Romeo tira o nome da Sauber no fim do ano, isso já se sabe. Em 2026, quem recebe as chaves da equipe suíça é a Audi. Mas talvez fique na F-1 como patrocinadora/parceira/amante da Haas. Tais rumores circulam na imprensa italiana desde o início da semana.

GOSTAMOS & NÃO GOSTAMOS

GOSTAMOS de ver o poder de reação da Alpine, com os dez pontos de Ocon e Gasly no fim de semana em que um tufão varreu a equipe. Os franceses vinham de duas corridas no zero.

NÃO GOSTAMOS de ver a Aston Martin descendo a ladeira. Desde o GP do Canadá que Alonso virou coadjuvante, depois de começar o ano como protagonista absoluto. Nas últimas quatro provas, o time verde fez 42 pontos. A Mercedes, com quem briga pelo vice, marcou 80. A Ferrari, que encostou na tabela, 69. E a McLaren, 86.

Subscribe
Notify of
guest

37 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Petrus
Petrus
6 meses atrás

E sobre os segundos pilotos o Hamilton necessitava do escudeiro Botas pra ninguém se aproximar ou mesmo que Botas fozessey pole ou algo assim era sabido que Hamilton ia encostar e passar sem resistência. Já Max se dá ao luxo de dispensar esse luxo teatral todo , essa é a superioridade dele.

Petrus
Petrus
6 meses atrás

O que acontece é que Max se conecta ao carro e a pista como se fossem uma única coisa e por outro lado a RedBull tá engrenada como um relogio suíço, enquanto eles tiverem esse patamar e não forem. IgualDos. Não pode dar outro resultado

Hilton Vaz Pezzoni
Hilton Vaz Pezzoni
6 meses atrás

Max tá se divertindo, tirando um sarro (como se dizia nos anos 7) do seu engenheiro de pista.
Alonso estava se divertindo, talento de sobra na turma do P2 pra baixo. Tacale pau Alonso !

Bento
Bento
Reply to  Hilton Vaz Pezzoni
6 meses atrás

Alonso (em que pese seu caráter) estava humilhando o pimpolho Stroll… vê-se claramente que ele tirou o pé e está correndo pela grana e para se divertir… perde a equipe como um todo, no campeonato. Mas, lembremos que papai comprou a equipe apenas para o júnior se divertir…

Afonso Salvio
Afonso Salvio
6 meses atrás

O Max já é TETRA! Podem pular pra 2025 que talvez teremos campeonato.

Julio Felix
Julio Felix
6 meses atrás

Obrigado

Neco
Neco
6 meses atrás

Tá enrolado como namoro de cobra essa relação Mercedes e Hamilton, e se Hamilton sair o que será do eterno chororo dele e da hamildetes sobre adubai e elas vão segui lo mesmo vestindo um uniforme diferente tipo vermelho Ferrari? Ficam aí estás grandes. Dúvidas meu caro FLA e demais amigos.

Alan
Alan
6 meses atrás

Meia dúzia+1 e mais um monte, Flavio!

Ótimas férias!

Vai Vettel!
Vai Vettel!
6 meses atrás

A Aston Martin, apesar de ser uma equipe de fábrica e tradicional, não soube fazer o “dever de casa” no passado.
Voltou com força e com um campeão que fez o que o carro permitiu. Está continuando com outro campeão que sabe “tirar leite de pedra”, mas parece que a pedra resolveu endurecer de vez!

Fernando (Pai do Clark)
Fernando (Pai do Clark)
6 meses atrás

Passei só para confirmar que esse blog tem leitores-comentadores, passando por essa entressafra de textos, mas ansiosos pelas novas histórias bem contadas que virão dessas férias!
Curtam muito!

murilo
murilo
7 meses atrás

Sem desmerecer o atropelo do Max sobre o mexicano, mas a história da F1 nos mostra que sim – é muito provável – que patrocinadores e contratos exerçam enorme influência na “preferência” por um piloto. Quem paga mais leva. Não sejamos ingênuos.

robson
robson
7 meses atrás

Posso não comentar muito, mas sou leitor assíduo. Realmente é intrigante o declínio da Aston Martin. Fico perguntando se os demais times melhoraram tanto ou eles perderam rendimento?

Paulo Dantas Fonseca
Paulo Dantas Fonseca
7 meses atrás

Eu gosto de fazer parte dessa meia dúzia de leitores, já sabemos quem são, e para quem torcem, é como a turma que gosta de futebol de botão ( futebol de mesa), agora nesse período de férias de verão da F-1, onde hipoteticamente nenhuma equipe trabalha, é a mais deslavada mentira, é agora que ocorre as trocas de pilotos e assinaturas de novos contratos. Também teremos equipes encerrando atividades. Equipes da série B da F-1 procurando fazer ajustes na parte de funcionários e gerenciamento de pista, e diretores de gerenciamento, veremos novidades para temporada de 2024.

Paulo Leite
Paulo Leite
7 meses atrás

Confesso que o estado de espírito das corridas de F1 é de desânimo, talvez porque Max não é carismático, detesta bajulação mesmo sendo um piloto dos melhores de todos os tempos. Essa falta de carisma me leva a torcer para que os recordes de Lewis não sejam batidos por um cara que tem um sogro que gosta de guardar algo que não sabe a quem pertence. Mas isso é irrelevante e não alterará nosso destino.
Sou assíduo do Blog desde O Boto do Reno, e assim será.
Boas férias e não se esqueça de voltar.

Airton Silva
Airton Silva
7 meses atrás

Impressão que já me tomou é a de que Verstappen tem a mais exuberante direção entre todos os demais que vi correr nesses 41 anos que acompanho a fórmula 1.

Chupez Alonso
Chupez Alonso
7 meses atrás

Nas últimas 33 só deu Max.

And counting…

Rafael
Rafael
7 meses atrás

Um ponto que acho interessante é notar que a Mercedes só não teve uma sequência de 21 vitórias consecutivas por conta do acidente entre Nico e Lewis no GP da Espanha em 2016. Olhando esse acontecimento, levanto o ponto polêmico que o Checo tem ajudado um bocado nessa marca de vitórias consecutivas. Não tem acontecido desentendimentos como o mencionado na Mercedes, em 2016. Sobre Hamilton e Mercedes, suspeito que seja também uma jogada de marketing, mantendo as figuras em maior evidência nas notícias, especulações, etc.

Edward Fernandes
Edward Fernandes
Reply to  Rafael
7 meses atrás

Em 2016, como sempre, o causador da colisão foi o Hamilton, então o número um da equipe, useiro e vezeiro em jogar o concorrente para fora da pista.

Markonikov
Markonikov
Reply to  Edward Fernandes
6 meses atrás

Cala a boca gado …

Edu Zeiro
Edu Zeiro
Reply to  Edward Fernandes
6 meses atrás

Mais um papagaio pro bando. Curupaco, paco, paco.

Edison
Edison
Reply to  Rafael
7 meses atrás

Corrida essa que foi vencida justamente pelo verstapen do alto dos seus 17 anos.

Talles
Talles
7 meses atrás

A equipe do papi Stroll paga por um bom projeto de carro de outra equipe – “copiou” Mercedes e agora RedBull -, mas a euipe de estagiários da engenharia não consegue desenvolver o carro, e eles ficam para trás (ou no meio do caminho). Simples assim.

De resto, Checo e seus pagadores de assento estão jogando merda no ventilador para tentar arrumar um espaço para ele no grid do ano que vem. Não há mais ar para ele respirar. Max sufocou o pé-de-breque.

Fernando
Fernando
7 meses atrás

Orgulho de ser 1 da meia dúzia desde o começo.

Eder Félix
Eder Félix
7 meses atrás

Vai perder o Poços Classic Car de novo…

André
André
7 meses atrás

Na minha opinião, as equipes desenvolvem e ajustam os carros ao estilo do piloto que mais traz resultados. O Pérez não está sabendo aproveitar o carro que tem, para sempre ser o segundo colocado, ainda que o foguete seja tenha a grife Max.
Quanto ao Hamilton, creio que ainda não assinou porque deve estar de olho na vaga do mexicano (contém ironia).
Por fim, obrigado por não esquecer os milhares ou milhões de leitores.

Carlos Brandeburg
Carlos Brandeburg
7 meses atrás

E a meia-dúzia de leitores nunca deixará este blog sem algum comentário.

Espero que ano que vem as coisas fiquem mais parelhas. Ou melhor, tomara que a Red Bull não seja tão díspar. Pq dali pra trás a briga tá boa.

Boa viagem!

Marquinhos
Marquinhos
7 meses atrás

E também Hamiltom faz o mesmo com Jorge e ninguém fala nada. Então os latinos não tem nada de reclamar

Megas Alexandros
Megas Alexandros
Reply to  Marquinhos
7 meses atrás

Contudo, o Russell ganhou do Hamilton na temporada passada. Já entre Verstappen e Pérez…

Mauricio Rocha
Mauricio Rocha
7 meses atrás

Eu continuo lendo este blog. Firme e forte.

Marcelo Dalbelles
Marcelo Dalbelles
7 meses atrás

Também diziam que a Honda dava motores melhores pro Senna em detrimento ao Prost, Piquet foi campeão em 83 porque a Brabham usava combustível ilegal.
Talvez, europeus também chorem bastante quando perdem.
No futebol, chegaram até a proibir os goleiros de agirem como o Dibu da seleção argentina, porque, segundo eles, holandeses e franceses perderam as cobranças por causa das atitudes do goleiro, enfim…

Sandro
Sandro
Reply to  Marcelo Dalbelles
7 meses atrás

Já Senna reclamava que a McLaren dava o melhor carro para Prost! E Prost reclamava que o melhor motor da Honda ia para Senna! Era a guerra psicológica dos dois lados. Era feito o sorteio do motor para acabar com qualquer favorecimento.

Marquinhos
Marquinhos
7 meses atrás

A F1 se resume a Max RBR, infelizmente as outras equipes não conseguem competir com eles e o piloto e a equipe são merecedores de tudo que conquistarem os outros é que precisam mostrar serviço. Com a AM em baixa, o terceiro lugar de Titio Alonso deve durar umas duas corridas….que pena dava gosto de ver o tiozão no pódio, as Alpines tavam precisando mesmo. E Perez está onde deveria estar os carros são da RBR e ponto final. É isso Flávio , dizem que pro Hamilton ir pra Ferrari foi uma questão de milhões de Euros, ele pediu demais, ele gostaria de pilotar um carro RBR mas isso está fora de questão, MacLaren podia interessar mas falta muita coisa… então por isso ele deve se aquietar no seu ninho mercedonico

Carlos
Carlos
7 meses atrás

Verstappen é muito superior ao mexicano. É indiscutível. O atual líder do campeonato não precisa que seu companheiro de equipe seja prejudicado para estar onde está.
Mas claramente Max é o primeiro piloto da equipe. Me pergunto até que ponto um carro feito “sob medida” para o holandês molda o massacre?

De toda forma, agora é esperar a fatura fechar. Catar é onde provavelmente Max se tornará tricampeão.

E vamos torcer para que não seja necessário esperar as mudanças de 2026 para termos a disputa pelo título.

Adriano
Adriano
7 meses atrás

Caro Flávio, por favor, acredite que o número de leitores que admiram sobremaneira o seu talento para escrita e informação, sem que se manifestem nos comentários, excede enormemente “meia dúzia” de dezenas de milhares.
Continue a nos brindar com este blog.

Eduardo
Eduardo
7 meses atrás

Negativo! Estimo que sejamos mais de 15. E passo a semana atualizando o site pra ler o sobre ontem, anteontem, transontonti… Só pode ser uma estratégia pra aumentar as visitas, não tem outra explicação.

José Angelo
José Angelo
7 meses atrás

Tenho pena do Perez, coitadinho… afinal ele é só um mexicaninho contra esse mundão todo.

Paulo F.
Paulo F.
7 meses atrás

“Da força da grana que ergue e destrói coisas belas” C. Veloso.
Basta ver: quem estoura o “justo” orçamento da F1 tem resultados. Quem não tem $$$ ( AM inclusa) ou não tem cara de pau; se vira como pode.
Enquanto isso o Domenicalle dá chilique e a caravana passa.
Ou libera geral ou usa óculos escuros como a vovó já dizia! Da maneira atual pode ter 3 corridas por dia que a coisa é a mesma. Joguinho de cartas marcadas.