EM INTERLAGOS | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

terça-feira, 26 de junho de 2012 - 19:37Automobilismo brasileiro

EM INTERLAGOS

SÃO PAULO (que frio!) – Nosso lambe-lambe Rodrigo Ruiz publicou extenso álbum de fotos no VelocidadeOnLine das corridas de Mercedes, GT e moto no fim de semana em Interlagos (está cheio de foto de mulher pelada, também!). A gente estava curioso aqui para saber como seria o público.

Foi bom. Pela foto abaixo, infinitamente maior do que em todas as corridas do Paulista dos últimos cinco anos juntas. Andaram falando em 25 mil, mas me parece um exagero. As duas arquibancadas cobertas diante dos boxes ficaram cheias, de fato. Mas as de alvenaria que formam o Setor A da F-1, como sempre, estavam quase vazias. Nos boxes, HCs e paddock, também tinha bastante gente.

No olhômetro, eu diria que nessas duas tribunas havia algo em torno de 5 mil pessoas. Um pouco mais, um pouco menos. Mais algumas centenas no Setor A. Já a capacidade dos boxes deve estar ali pela casa de 2 mil, 3 mil pessoas no máximo. Arredondando para cima, quem sabe 10 mil almas num domingo frio, mas de sol, em Interlagos. O que estaria ótimo do mesmo jeito.

Seria legal ler aqui depoimentos de quem foi. Nas duas modalidades: pagando, ou com convite. Contem tudo. É importante para tentar entender o momento pelo qual passa o automobilismo brasileiro.

32 comentários

  1. Marcio Henrique disse:

    Fui no sábado. Autódromo VAZIO. Para ser sincero, não pediram nem o meu ingresso na entrada. Só não esqueceram de me cobrar a exorbitância de R$ 40,00 (quarenta reais) para estacionar. Cenário completamente diferente do domingo…

  2. Luciano Silveira disse:

    Sobre as corridas, excelentes.
    .
    E o Márcio Campos (Mercedes Grand Challenge) mostra que está em um padrão diferente de todos os demais. Ano passado já havia saído de último para a vitória em Curitiba, e agora sai de 15o (penultimo) para a vitória, mesmo cometendo um erro. Isso sem contar do desempenho dele, que vem colocando até 1s nos demais pilotos nas sessões de Warm Up.
    .
    Espero que seu patrocinador esteja vendo isso e que ele consiga subir para a GT.

  3. egidio manoel disse:

    aqui em curitiba tb junta bastante gente quando tem corrida da gt. não chega a ser um sotck ou Ftruck, mas e bastante gente. so diminui muito quando chove, porque não temos arquibancadas cobertas.

  4. fabiogp5 disse:

    Olha, só pela presença deste publico, eu já acho bastante alentador. Se foram ver as motos ou os carros não importa muito, o importante mesmo é estarem lá para prestigiarem o evento e os pilotos, afinal, estes também gostam de torcida. Torço para que os eventos no autódromo de Interlagos atraiam cada fez mais publico e que façam desse espaço, um belo final de semana, como nos velhos e bons tempos.

  5. marcolla disse:

    Visitei o album de fotos mas nao vi nada de mulher pelada lá =/
    Fui logrado!

  6. Luc Monteiro disse:

    Pelo meu envolvimento com o evento (narro o GT e o Grand Challenge para a Rede TV!), sou obviamente suspeito pra emitir qualquer ponto de vista. No geral, os internautas que aqui se manifestam fazem um bom resumo do que foi o fim de semana. As corridas foram bastante interessantes para o público, todas elas, algo raro numa programação composta por seis corridas.

    Algum dos amigos aqui listados citou o fim do contrato com a empresa que atualmente promove a Top Series como causa do atendimento eficiente aos espectadores, do que discordo. O esquema de atendimento, em todos os âmbitos, é exatamente o mesmo que a SRO mantém pelo menos desde 2008, quando cheguei ao Brasileiro de GT – não estive na primeira temporada, em 2007. É interessante ler relatos como esses, de quem esteve lá, até para filtrar as falhas detectadas pelo público e revertê-las nos eventos seguintes.

    As primeiras informações que recebi da audiência na TV (não são as oficiais, ainda) apontam para um saldo bem interessante, também. O Brasileiro de GT está mesmo se firmando entre as categorias preferidas e mais conhecidas do público de automobilismo, apesar de ser ainda bastante jovem se comparada à Stock Car ou à Fórmula Truck, por exemplo.

    Para manter os eventos em Interlagos como parâmetro, teremos um comparativo em dezembro, dias 15 e 16, quando a temporada terá lá mesmo suas últimas corridas.

  7. Marcão disse:

    O final de semana da GT em interlagos foi muito bom mesmo…Elogios com a recepção do publico, condições de permanencia e algum conforto foi proporcionado ao torcedor…
    Banheiros estavam abertos, aqueles embaixo das arquibancadas novas estavam limpos na medida do possível é claro..Os mais antigos, também…Água, refrigerantes e cerveja, também estavam a disposição, lanches de todos os tipos estavam sendo vendidos por lá..
    Até pastel tinha, aqueles de feira, onde as barraquinhas fazem verdadeiros milagres na diversidade de opções… Descobrimos que os mais pedidos, eram sim os “”a portuguesa””. além é claro dos tradicionais….A segurança “”da vanguarda”” pecou de novo.. Demoraram demais para abrir o setor “”A””, principalmente no sábado!!Carros podiam ser estacionados por lá, mas a permanencia do publico era vetada… Ninguem soube informar “”como sempre”” de onde partiu a ordem de não liberarem o setor…. Mas com a pronta intervenção dos organizadores o problema foi corrigido…. E o torcedor podem enfim escolher onde ficar…..Depois da “”bronca”” em cima da vanguarda, as familias puderam deixar seus filhos brincarem ou correrem pra lá e pra cá durante os intervalos.. Afinal, criançada se ficar sentada nas arquibancadas novas, não ficam nem meia hora por lá….Com relação ao setor “a” ficou claro que quem administra o templo achou que as arquibancadas novas seriam suficientes para acomodar o publico, quando perceberam que se enganaram trataram de passar vasouras as pressas por lá.. Parece que o “”grande problema mesmo”” foi o desleixo para com o publico e o evento que o templo estava recebendo.. Nota zero para os gestores e vanguarda nesse ponto……
    Do outro lado das telas de proteção, na pista tudo correu bem, foi um ótimo espetáculo mesmo, grandes corridas e ótimos treinos….
    O problema mesmo é aquela bendita chincane, resolveram deixar a gosto do fregues o modo de encara-la a cada volta….Uns simplesmente decolavam lá, fora do sólo, rezavam pra descer com as quatro apontando pra saida a cada volta..Alguns não tiveram a sorte, e outros por quebra acabaram com prejuizos…
    O certo lá, seria fazer como no ano passado, restringir a entrada pra diminuir a velocidade, e as concequencias dos acidentes….Deu no que deu..
    Juinta a merda que é aquilo, uma proposta indecente para a qualidade dos carros que estão encarando aquilo.. É o mesmo que botar esses carros com pneus lisos e tudo o mais pra andar numa pista de rali, não dá.. Alem de perigoso, fica muito mais caro passar por aqueles 15 metros de pista do que o resto do circuito… Essa chincane, não tem nada a ver com a qualidade do nosso “Templo””.. Fora as rodadas e 360 por lá algumas batidas foram registradas , algumas de vulto financeiro grande, afinal esses carros são caros de manter em condições… O maior prejudicado mesmo foi o Viper 17,, ao tocar numa das zebras de entrada o triangulo dianteiro se entortou ou quebrou, fazendo o carro ir de frente com as proteções por lá.. Não foram suficientes e acabou destruido o sonho de termos esse carro no fim de semana. Alguns dizem que será complicado colocar novamente esse carro em condições de corridas algum dia… O estrago foi estrutural e mecanico grave….
    “”””Eu particularmente se fosse o dono dessa maravilha mandava a conta pra dupla de “”bozos”” lá da CBA. Nem tentava um acordo com eles, ia mesmo por meios judiciais”””””…
    Afinal aquilo tá complicado, tá díficil de engolir, foi feita pra esconder um erro gigantesco feito em nosso templo.. Que com essa chincane e aquele muro de metal deixou infelismente a fama de seguro pra trás….Tudo por imbecilidade, arrogancia, e prepotencia de quem nunca na vida pilotou um carro de corridas, ou bateu forte contra um muro de metal. São ineficases mesmo… Fazem questão absoluta de o serem.. Essa é infelismente a unica forma de chamarem a atenção para si…
    Em alguns momentos percebemos que os comissários desportivos não conheciam as regras das corridas, regras essas construidas junto a Confederação e a organização…Se tem regra é pra cumprir, quem não a cumpre e usa de artimanhas proibidas pelas regras, tendo uma boa lábia acaba não sendo punido e acaba prejudicando um monte de outros competidores…. Afinal o comissário está lá pra derimir questões extra regras.. Não está para interpretar a seu modo.. Se está escrito, não pode e não vale… Tem que fazer cumprir o que está escrito no papel.. Só isso.. Esse negócio de inflar o ego por estar trabalhando “”hoje”” nesse final de semana, num Brasileiro importante, não dá o direito de ser o manda chuva absoluto nas tomadas de decisão.. Isso é um problema sério que a CBA acabou recebendo de presente,,, comissários despreparados ou pior ainda “”coniventes”” em algumas situações… Vários toques foram observados e considerados toques de corridas, outros que sim foram toques de corrida, foram conciderados fora da esfera esportiva….Isso complica, isso torna evidente a falta de preparo dessas pessoas “”voluntárias””,, que são apadrinhadas pela CBA ou por algum CBAno de plantão…A capacidade de decisão deveria vir acompanhada de mais de um comissário, deveriamos ter sempre duplas julgadoras, outra pra “”rever”” o problema, e ai sim depois passar o problema para o diretor de provas pra se tomada a decisão definitiva….Os toque são apenas uma fatia do bolo das aberrações feitas em nome da não observação do regulamento desportivo…..Outro problema grave e visível é esse…. Queima de largada é normal, mas se a largada é feita em bandeira verde, e em movimento, claro que um carro acelera mais que o outro , ou que um piloto está mais atento, ou tem o reflexo mais rápido que o competidor, precisa ser revista essa mudança de tragetória pros lados, mesmo não tendo a ultrapassagem,,, É meio complicado mas é importante se observar as condições de largada em movimento nas corridas…O certo seria se “”criar” uma zona, entre o pré largada e o largada, pra se evitar o que estamos vendo ultimamente….Se formos analizar a distancia de um carro pra outro no alinhamento parado, em comparação a distancia mantida entre os competidores nas largadas em movimento veremos que em movimento, os pilotos praticamente “”colam”” seus carros, tanto lateralmente quanto na traseira do próximo competidor….É um perigo eminente isso, principalmente quando largam e vão até a primeira curva no final da reta… Um gride inteiro, praticamente no mesmo espaço,, Claro que há toques, claro que alguns ficam por lá mesmo…Precisa rever isso… Seria mais prudente obrigar os pilotos a manterem a distancia de segurança e ao chamar a bandeira verde no PSDP, os postos anteriores também deveriam agitar essa bandeira, dando condições de largada igual pra todo mundo….Principalmente do meio do grid pra trás…
    Outra coisa importantissima em se tratando de largada é o semáforo do templo.. Ele está superado,, suas lampadas não atendem mais para os padrões de hoje… Lampadas mais eficazes e mais luminosas como as de LEd. seriam melhores para a visualização dos pilotos e de quem tem que ve-las… O pessoal da TV criou uma polemica danada dizendo ou que estavam apagadas ou que não funcionaram como deveriam… Só por que essas pessoas não estavam olhando doretamente para o semaforo, ((tendo a visão forntal))..
    Mas funcionaram como deveriam, tanto é que os pilotos fizeram direito sem problemas os procedimentos após o apagamento do semaforo…. O ideal é que “”todos”” vejam o momento do semaforo. Todos…
    Quase 100% dos problemas, foram criados, ou pela administração do autodromo, outros pela CBA…E a organização do evento toureando de um lado pro outro esses problemas todos… Seria muito bom se das próximas vindas de Brasileiros para o templo, esse povo todo ficasse em casa vendo pela TV. não se metessem naquilo que não sabem fazer definitivamente…Pra atrapalhar tá cheio, mas pra ajudar tá dificil de encontrar….
    Agora quanto as “”peladas”” essas fazem parte do espetáculo, dividem as atenções das máquinas para as “”maquinas””
    Elas fazem bem, deixam o ambiente mais leve e menos club do bolina, são bem vindas sempre….
    O importante é que o publico compareceu, se é 10 mil, ou 15 ou 20. não importa, nenhuma ocorrecia foi registrada, ainda bem porque policia por lá que é bom.. Nada, só aparecem mesmo os que gostam do evento e dão uma palhinha pra “”prestigiar””
    Pra chegar domingo de manhã tava bom, a sinalização do departamento de transito tava boa e tranquila…..
    Tinha bastante comida por lá, e banheiros Finalmente abertos,,,
    Tava bom tava legal,, Quem organizou está de parabéns.. Nao é fácil pagar por toda a estrutura, pagar “”muito” mais do que vale, e receber de volta um monte de “otoridades mandonas por lá”” ….
    Ainda mais agora que tem mais de um autodromo em SP pronto pra receber eventos assim,, Se um dia os caras lá do Vello Città resolverem concorrer com o templo, os caras ganham de “”W O “… De tão ruim que é a adminstração do nosso templo, vem desde a prefeitura passa pela SPTuris, vai nos gestores, e esbarra na vanguarda, que jura não saber nem onde foi colocada a chave pra se abrir os portões por lá…Sabe aqueles pregos na parede! pois é, bota um em alguma parede pôe as chaves e pronto. problema resolvido….Tá mal tá mal..
    Há deixei por último uma coisinha interessante de propósito… Com relação á segurança do “”templo””
    Eles se julgam tão importantes e superiores que um individuo ficava pra lá e pra cá o tempo todo na sexta e no sábado atravessando a pista á pé entre a pista de serviço o portão do hospital que dava para a pista. Sem se importar se tinha ou não atividade nos momento em que ele queria atravesar. Passou na frente de motos, carros, e nunca foi abordado.. Depois falaram que o cara era da TV. colocando cabos, depois ainda falaram que era da organização.. Só depois,, muito depois se descobriu que o cara era mesmo da vanguarda, tinha que fazer sua ronda e registrar sua presença em alguns pontos… Esses pontos o obrigavam a atravesar a pista, assim fez.. E achou que tava certo…
    Bom.. Não vi, Não escutei, Nem falei…. Igual aos 3 macaquinhos… Lá do Vello Cittá..
    Só sei que tanto lá como cá esses macaquinhos famosos sabem muito bem das coisas….

    • Luc Monteiro disse:

      Na transmissão, de fato, ficamos “vendidos” quanto à questão do semáforo. A incidência da luz do sol, pela imagem que recebíamos nos monitores, não nos permitiu uma definição precisa sobre se as luzes vermelhas haviam ou não sido apagadas. Como você bem observou, os pilotos parecem não terem enfrentado tal dificuldade.

      • Marcão disse:

        Sr Luc Monteiro, boa tarde!!
        Comentei que: Funcionaram como deveriam….E não parecer ter enfrentado tal dificuldade…
        Mas o problema é que o semáforo é deficiente sim, quem não o olha diretamente tem problemas…alguns pilotos mais tarimbados no “templo” acostumados com as largadas nesse horário, dizem ter uma manha pra tentar driblar esse inconveniente. Chegam no grid quando da placa de 3 minutos fecham os olhos, esperam um pouco baixam a cabeça e abrem os olhos, quando veem dentro do seu cockpit levantam os olhos diretamente para as luzes, e ficam olhando só pra elas….
        Para o Sr, ver que temos graves problemas de manutenção no nosso “”Templo””, esse é um deles, já foi pedida renovação não uma mas sim várias vezes. Mas a prefeitura de SP junto com o seu departamento de transito teimam em não dar a atenção que isso requer…Não estranhe ao ler departamento de transito, pois eles é quem fazem a manutenção dessas luzes…Dai se percebe como são feitas as coisas quando se tem a prefeitura encabeçando as coisas…O dinheiro que entrou lá só nesse fim de semana com o aluguel da pista, arquibancadas e estacionamento chega a valores absurdos, seguramente daria pra se comprar um desses carros de sonho, arrisco a dizer que o mais caro deles…E a contra partida sem duvidas vcs da TV sentiram na carne ao exercerem seus trabalhos… É isso que ganhamos toda a vez que estamos lá.
        E a culpa naquele momento também seguramente recaiu em cima daquele que tem a responsabilidade de apagar ou acender essas luzes.. Quer dizer.. Um bandeirinha, quer dizer a culpa por tudo o que acontece por lá cai sempre nas costas deles…Eles que vão até lá só pelo prazer de estar perto de tudo o que o evento promete, emoção corridas e carros de sonho… Nem á água recebem, o almoço é pago com o do próprio bolso.. Recebem sim como pagamento por seu trabalho árduo .. A culpa de tudo o que acontece no autodromo…..
        Só para o seu conhecimento já que o Sr. é do meio televisivo, estamos sendo alvo da administração do autodromo e estão nos culpando por toda a sujeira acumulada na pista. Engraçado sr. é que uma verdadeira comunidade frequenta a pista nos eventos, tais como fotografos, cinegrafistas, “”visitantes””resgate, seguranças, bombeiros, etc….O complexo tem quem o administre, e nessa fatia administrativa inclui-se a limpresa dele todo. Quer dizer que o bandeirinha deve limpa-lo, e quem administra fica com o dindim…
        Na sexta mesmo pela manhã, acho que a piloto Michelle estava andando com o seu carro particular pela pista enquanto os postos eram montados, e ela fazendo tomadas e freando no limite .. Não deu outra, já começou a caça as bruxas, queriam porque queriam o nome do bandeirinha que estava dirigindo daquela maneira. No mínimo pra crucificar o cara em praça publica… Quando perceberam que não era bandeirinha coisa nenhuma a unica resposta que recebemos foi que: -Já percebemos!!!!…
        Ai a conclusão… Era uma piloto, mas bem que poderia ter sido um bandeirinha…
        Quando cai uma peça no meio da corrida, quem é que vai lá arriscando a vida pra tirar o pedaço da pista?
        Quem é que chega lá por volta das 6,40 7,00 hrs da manhã?
        Quem é que passa um frio danado, toma chuva ou aquenta o calorzão??
        Quem é que sai de lá umas 18,30, 19,00 hrs pra estar lá de novo na madrugada ddo dia seguinte??
        Quem é que é barrado na portaria ao chegar pra trabalhar no evento?
        Quem é que é cobrado pra caramba, quando não vê um problema na pista?
        Quem é que tem que ter uma meia duzia de olhos pra ver tudo durante os eventos sem direito a riplay, sem poder errar???
        Entre outras coisas que nem convem comentar aqui!
        Há ! Quem é que se ferra de verde e amarelo quando os politicos sismam de fazer politicaiada nas pistas???
        Só falo isso que é para que o senhor saiba de alguns problemas que enfrentamos por simplesmente amarmos o esporte….
        É só um desabafo, o sr não tem culpa nenhuma….
        Nós sim somos culpados por amar tanto um esporte,, por ele engolimos até pedras pra estar lá…

  8. Eu fui!!! Ganhei no sorteio da Bleck & Decker no Twitter (@theovniboss) mas se vocês derem uma olhada, não foi nada fácil.

    Não tinha ninguém nos portões 7 e 8 para me recepcionar, tive que falar com os seguranças do autódromo que conseguiram entrar em contato com alguém da empresa que autorizou a entrada, sem identificação nem nada.

    Cheguei por volta das 9 horas da manhã só liberaram nossa entrada por volta das 10 da manhã, portanto se em 1 hora eu e meus 3 amigos não encontramos ninguém identificado da Bleck & Decker tenho quase certeza que ninguém estava lá.

    No minimo a viagem não foi perdida, mas faltou informações e organização por parte da empresa. Dentro do Autódromo estava até bem organizado, mas só fiquei na arquibancada.

  9. Acarloz disse:

    Metade do público foi pra ver as motos (ou mais).

  10. Fabinho Moura disse:

    Estive la no fim de semana, (isso tem hifen?) e , tudo estava muito bem organizado como sempre. A lamentar apenas os valores do estacionamento R$ 40 e dos alimentos como sempre superfaturados. Mas gostei da corrida, foi bem disputada e o pessoal da organização muito simpatico, e atencioso. Ao contrario de outros eventos aos quais ja frequentei em SP. Nos resta esperar pra ver se isso não tem a ver com a divisão das categorias, como uma forma de agradar o publico num primeiro contato pos racha!!
    Mas no geral foi bom demais!!

  11. Antonio disse:

    Fui na corrida (ganhei convite da BMW), acredito que você acertou pelo olhômetro Flávio. Tinha umas 10, 12 mil pessoas acompanhando as corridas. Até que os pilotos das Mercedinhas fizeram um show legal, o pessoal do GT também, as motos nem se fala (era o principal motivo de eu estar ali…hehe).

    Quanto à estrutura, acredito que estava quase tudo certo. Por ignorância minha paguei 30 reais pra estacionar o carro na calçada, porque depois vi que dentro do autódromo estavam cobrando 40 reais para estacionar. Fiquei sentando nas arquibancadas do Setor A (perto da curva do café) na sombra das arvores, o clima estava perfeito para acompanhar as corridas (sol e sem calor). Acredito que somente faltou a organização instalar uns alto-falantes naquele setor, pois quem não conhecia muito não entendia nada do que estava acontecendo (um menininho toda hora me perguntava quem estava em primeiro….hehehe), mas de resto foi ótimo, quase tão bom quanto assitir as corridas de classic cup.

  12. Flávio, falando sério… o que podemos fazer para ter um público de um terço disso no nosso tão amado paulistinha?!

  13. Matheus disse:

    Flavio, nada a ver com o post, mais de uma olhada. Uma dkw de corrida abandonada em um sitio em limeira http://carrocultura.files.wordpress.com/2012/06/limeira-8.jpg

  14. claudino disse:

    ô Flavio, o meianov vai correr em interlagos neste ou no proximo fds? é que eu sou de belém e vou estar ai em SP por esses dias e ia ser legal ir ver esses clássicos acelerando em interlagos. abs

  15. Anonimo disse:

    Gomes, vc teve a notícia sobre a morte do piloto Marronzinho de Laguna/SC?

  16. Felipe Lima disse:

    tinha mais gente em interlagos que no jogo entre SP x Lusa no caninde

  17. Marcelo disse:

    “está cheio de foto de mulher pelada, também”

    Fui obrigado a parar a leitura, daqui a pouco eu volto e dou minha opinião…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>