MENU

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013 - 18:44Automobilismo brasileiro, Dica do dia

(OUTRA) DICA DO DIA

cidmoreiraSÃO PAULO (como fala, como escreve!) – Grande Comendattore! Nosso Cláudio Ceregatti, que agora virou piloto de verdade, escreveu uma Barsa sobre sua última corrida de F-Vee, no fim de semana em Interlagos.

O Cabeça Branca tem andado muito bem. De verdade. Mas, sobretudo, renasceu (em todos os sentidos) dentro desses carrinhos deliciosos. Querem saber? Acho o Cerega um exemplo. De como é possível rejuvenescer a qualquer momento na vida, bastando para isso um negócio chamado paixão.

Leiam seu relato no Blog do Mestre Joca, cheio de vídeos, também. Falando neles, ainda tenho de editar o meu, vou fazer isso amanhã, que estou de folga.

37 comentários

  1. O Cerega sempre parece um pinto no lixo, é o mais entusiasmado piloto do grid e é rápido e dedicado, fica horas analisando os vídeos dele e do Sandro Freitas buscando ganhar aqui e ali. Ainda arruma tempo para ficar batendo bumbo sobre a Formula Vee, que por sinal foi um dos idealizadores iniciais, não pode continuar, mas estava lá e é passado, agora partiu para o desfrute da idéia inicial e até está emagrecendo. Como é uma liderança reconhecida pelos seus pares, que poderiam ser seus filhos ou mesmo netos, ele ajuda muito no estabelecimento de regras de comportamento em uma categoria que tem hoje em dia 43 carros cadastrados de 56 vendidos. A corrida de Formula Vee não tem sido fácil, os carros são iguais e um grid de quase 30 carros se torna muito problemático, não há o espalhamento imediato na largada e na primeira volta, vai o bolo todo. A presença de alguém com credibilidade dentro do grid ameniza um pouco as coisas e diminui os riscos. Essa é a parte boa, a parte ruim a gente esconde, mas nem precisa de um lugar grande para isso, um bolsinho do colete cabe.

  2. Carlos Alberto Moraes disse:

    Claudio vou marcar com o Ze e vamos ai para se falar . voçe e o cara pura emoçao as pessoas de hoje tem muito a aprender com voçe . MORAES

  3. disse:

    Ontem, sexta na pizzaria, o Ceréga pelas horas que contou histórias está engatilhando algo!!

  4. kalunga sabe tudo disse:

    omar shariff

  5. Rogério Magalhães disse:

    Grande Commendattore Ceregatti… a quem agradeço sempre por ter me permitido uma volta lançada em Interlagos de carona num lendário Celta prata num cair de tarde de sábado pós-farnel… e uma volta de ônibus junto com o povo da terra de SC…

    Quem conhece a figura, sabe que esse relato no blog do mestre Joa seria exatamente o mesmo caso estivesse diante dele ouvindo. Traduziu em palavras o factual, dá pra imaginar até a entonação. Coisa de quem realmente gosta do barulho e da velocidade, reencarnação de grandes pilotos de priscas eras.

    Deve estar mesmo se divertindo pouco o Cerega, hehehe… abração pra ele!

  6. O Cerega é “O CARA”! Gente boa demais, querido demais, alto astral e o melhor de tudo: ‘mintiroso’ de marca maior!
    Que saudades dessa turma toda…
    Abraços empoeirados do Sul Maravilha

    • Claudio Ceregatti disse:

      Minto mesmo Francis, e agora de verdade!
      E os caras acreditam, fiz uma corrida horrorosa, e tecem loas!
      Tudo bração, tudo bração…
      Ainda bem que é o Blog do FG, combina…

  7. Edu Dias disse:

    Salve, Flavio, Comendatore e demais Confrades !!!

    Pensem num cara feliz… multiplica por 1.000 = Claudio Ceregatti !!!

    … agora pensa noutro cara feliz … corro o Campeonato 2013 de F. Vee na equipe SanRace do Prof. Sandro Freitas que é a mesma equipe do Mestre C. Ceregatti!!!

    E não vejo a hora de chegar dia 23 de Fevereiro pra alinhar pra 1a. Etapa de 2013!!!

    Abçs

    Edu Dias F. Vee 08

    • Claudio Ceregatti disse:

      Bem vindo ao time, Edu!
      Não vai prestar:
      - Marco Vale, lindão
      - Basilius, pilotão
      - Euzinho, bração
      - Edu Dias, doidão
      Time completo!!!
      Porque “doidão”? Ora…
      Antes de + nada tem que ser doidão pra entrar numa equipe cujo chefe senta a bunda no carro e ganha corrida…
      Não sei quem tá + feliz: Se eu ou se voce!!!
      Abraço, parceiro! Abraço, piloto! Abraço, irmão!

  8. regi nat rock disse:

    Ceregatti foi o primeiro cara que eu conheci em osso e carne no já distante farnel da praia. Se antes já eramos amigos virtuais, de lá pra cá a coisa engrossou de vez. A alegria verborrágica, insana e contaminante é tão exuberante que não há quem não abra um sorrisão com o jogo de cintura. E escreve bem pra cacete. Nem parece que é engenheiro, a maioria sabidamente ruim de texto. Nunca tem tempo ruim por pior que sejam as opções. É uma lição de otimismo desenfreado . Sonhador ao cubo e vez em quando até os pés tira do chão, mas sem os sonhadores a vida – modo geral – seria bem mais insípida. Muito bom ser amigo desse doido de pedra. Recomendo fortemente o texto dele lá no Joca e também os 4 videos.

    • JackSpeed disse:

      o que vem a ser farnel?

      • Joaquim disse:

        Caro Jackspeed, farnel (ou farnéis, no plural pois foram várias) eram reuniões gastronômicas-etílicas-automobilísticas que este que vos escreve, o Roberto Brandão e Cláudio Ceregatti começaram a organizar em Interlagos lá por 2006, para saudar um certo jornalista-piloto-escritor multimídia que nos agraciava com seus épicos desempenhos ao volante de um saudoso DKW #96, que fez história e hoje repousa de seus bravos dias no Museu do Automobilismo de Passo Fundo. E, como dizem por aí, o resto é história…

    • Claudio Ceregatti disse:

      O Regi, velhusco, sabe:
      “Doido de Pedra”
      Na mosca!!!!
      “Esse cara sou eu”

  9. Acarloz disse:

    Cerega ! Personagem ilustre desse Blog, meio ausente mas um dos dinossauros aqui como eu, Figura que tive o prazer de conhecer pessoalmente nos encontros e farnéis do passado, que entrava no templo às 5 da matina só pra dar umas voltas com o seu celtinha na pista, e já acelerava muito. Abração Commendattore !!! Um meninão !!

    • Joaquim disse:

      Pois é, Acarloz. Quase seis anos se passaram do tempo dos nossos farnéis e quanta coisa mudou. Cerega e eu envolvidos com Formula Vee, depois de passar anos na “fila do gargarejo” nas arquibancadas. abs

      • Acarloz disse:

        Mestre Joca ! Todo o meu respeito a você meu amigo ! Abraço !

      • Joaquim disse:

        Apareça em Interlagos, estamos sempre nos boxes 21 e 22. Abração !

      • Claudio Ceregatti disse:

        Anos e anos só, Mestre Joca?
        Uma vida!!
        E ôôôôôôô vida comprida…
        Mas, como voce bem disse, esse mundão deu voltas, muita coisa aconteceu, voce encontrou o teu lugar, e eu invadi meu sonho de novo…
        Tanta coisa aconteceu, tanta água rolou, tanta coisa se modificou, inclusive a gente.
        Só o FG, tadinho… Continua o mesmo…
        Mais careca, mais fortinho, mais bonitinho, mais chatinho.
        Mas não há meio daquele placar de 2 x 0 mudar, impressionante como ele me escapa…
        Já botei adesivo, já chamei pro pau, já fiz filme desafiando e publiquei, e nada…
        E isso que ele pesa uns 30Kg menos que a anta aqui!!!

    • Claudio Ceregatti disse:

      Meninão?
      Agora cresci… Tenho 17.
      Não vejo a hora de ficar “de maior” pra ver se a vergonha perdida reaparece, ou se a responsabilidade que esqueço se manifesta.
      Um dia, um dia…

  10. Antonio Luiz Siqueira disse:

    Tenho uma sequência internética matinal. Blog do Gomes, F1 corradi, Mestre Joca, Fórmula vee Brasil, Minis do mundo…de vez em quando dou uma olhada no Seixas ……ia muito no blog do Saloma, mas as vezes demorava para carregar…..vou lá as vezes e fecho minha liturgia no paperslot.
    Sonho acordado lendo alguns textos…..inveja é bom ou ruim? Depende, mas procuro ser positivo na maioria das vezes então imagino que ela seja das boas.
    Sonho acordado lendo as peripécias do Ceregatti e fico decidindo até a cor do carro que eu faria ( Laranja Brambilla ?, Amarelo Camilo Christofaro?, Porsche psicodélico de 1970?, Prata ou amarelo copersucar? ).
    Sonho e ainda mantenho a esperança quando leio que os 55 não impedem de chegar lá. Eu com os meus 50, apesar de muitos sinais no horizonte sinalizarem ao contrário.
    Agradeço o texto que li/leio.

    • Claudio Ceregatti disse:

      Não olhe os sinais no horizonte, meu caro.
      Ignore-os solenemente.
      Dá um nó, faça das tripas coração, mas não se deixe levar. Leve voce!
      Venha pra Interlagos, vai ser um prazer recebe-lo, te apresentar as pessoas, conversar.
      Voce é nosso convidado, ou voce acha que cada um dos perdidos que sentam no carro não ansiaram um tempão por isso?
      Uma hora, a “hora” chega.
      Dê-se esse direito, presenteie-se com esse prazer.
      Se voce quer, é porque voce merece.

  11. Boris disse:

    Ceregatti.Infelizmente não nos conhecemos.Os teus sonhos e alegrias tambem são as minhas.Tenho 58 anos , vi tudo que voce relatou,tambem acampei no retão do templo,trabalhei de bandeirinha na curva 3 ,lembro bem das corridas do Moco e dos Fittipaldi,vi o Jean Pierre Jarrier fazer as curvas 1 e 2 de pé em baixo,enfim tudo que voce relatou, vivi tambe.,E aguarde, as suas palavras me entusiasmaram tanto,que me sinto com 17anos, para quem sabe ,em algum dia, estaremos juntos em algum grid da vida.

    • Claudio Ceregatti disse:

      Então, Boris… Porque não aparece lá na próxima etapa?
      Dá um nó e venha, uai!
      Venha pra dentro dos boxes com a gente, reviver todas aquelas alegrias juvenis.
      São iguaizinhas, garanto!
      Na verdade, até melhores.
      O tempo que passou faz a gente dar um valor ainda maior, os dias que passaram fazem a gente curtir com muito mais prazer, acredite!
      É só aparecer, simples assim.
      Não requer prática, nem habilidade.

  12. Marcelo Pacheco #49 disse:

    Esse cara é nota 11! Merece toda a alegria que esta sentindo. Me recebeu muito bem qdo fomos apresentados a dois anos e de la pra cá nos tornamos amigos, trocando boas figurinhas, ele com a experiencia de vida no templo (que o digam seus cabelos brancos) e eu com minha humilde tocada aqui na velocidade na terra, em SC.
    Parabéns Cerega! És o cara!

    • Claudio Ceregatti disse:

      Humilde tocada, Marcelo?
      O cacête, o escambau!
      Vi todos os teus vídeos, acompanho daqui as barbaridades que voce, o Francis, o Ike perpetram aí na terra.
      Voces são anormais, rapá!
      Sem guar-rails, a área de escape é um barranco, uma poeira infernal que é pior do que o spray na chuva…
      Um dia, “um dia”, apareço por aí.
      Preparem os porteiros, os guardas, os caras que tomam conta da pista.
      Alugo um carro e passo a madrugada andando, pode esperar!!!
      E vê se “faz coincidir” uma vinda tua a trabalho pra Sampa, como daquela vez, pra gente se divertir de novo.

  13. Daniel disse:

    Quanto custa uma temporada na F-Vee?

    Aliás, FG, sugiro uma matéria sobre alguns “caminhos das pedras” para nós, que assistimos corridas das arquibancadas, mas ainda não desistimos do sonho (aparentemente tão distante) de passar para o outro lado do alambrado, possamos iniciar projetos para essa transição. Por onde começar? Quanto custa?

    Seria um erorme serviço prestado, não apenas aos que querem começar de algum jeito, mas não sabem exatamente como, mas também ao morimbundo automobilismo nacional (ao menos para os regionais)…

    • Joaquim disse:

      Daniel, discordo de você quanto a dizer que as categorias regionais estão mortas. Estão vivíssimas, pelo menos em SP. Quanto por onde começar, sugiro uma visita a Interlagos nos dias de prova. Há várias opções para todos os bolsos e preferências. Você pode alugar ou comprar uma carro para correr na Clássicos, Formula Vee, Marcas, Força Livre, Stock Paulista, etc. No pior das hipóteses, vai valer o espetáculo. terei o prazer de atendê-lo nos boxes 21 e 22 da Formula Vee. E o convite fica estendido a todos aqui.

  14. Ceregatti é ÍDOLO! Muito ÍDOLO. Sou fã desse cara.

    • Claudio Ceregatti disse:

      Rodrigo… pó pará, rapá!
      VOCE é “o cara”.
      Como disse uma pilha de vezes, “The best”.
      Euzinho sou um velhinho perdido, que “finalmente” teve a oportunidade de dar vazão a essa tara que tenho. Nada mais do que isso.
      Ahhh… Se o automobilismo tapuia fosse um décimo do que o nobre esporte bretão é… Voce seria um mito vivo.
      Escolhemos o esporte equivocado, meu caro.
      Nossa paixão, esse nosso amor que (ainda) mata, nos mata sem querer.
      Tenha fé! Não esmoreça! Tua hora vai chegar!
      Todos vamos te ver brilhar.
      Tenho certeza absoluta!!!

  15. Roberto Martinez disse:

    O Cerega, meu ex professor de DT e agora um amigo, merece viver esse momento, que seja bem longo, pela paixão que tem por corridas de carro e carros de corrida, como poucos !!

    • Claudio Ceregatti disse:

      Demorô, né Martinez?
      Mas chegou… Até quando vai durar, não sei.
      Mas tambem não estou preocupado.
      Quando não der mais, não deu.
      Feliz de voce que acelerou MUITO por aquele asfalto.
      Feliz de voce que ainda tem mais lenha pra queimar.
      Feliz de voce que, tenho certeza, dia desses partilha o grid conosco…
      Abraçasso!

  16. Carlos Alberto Moraes disse:

    E o 44 nao da para esquecer estivemos juntos na casa de Ciro Cayres lembra ele deu
    as dicas para montar o motor do opala . isso em 1980 . estou torcendo por voçe e esta categoria . MORAES

    • Claudio Ceregatti disse:

      Moraes, Moraes…
      Mais de 30 anos que não te vejo!
      E voce conhece o Zé Augusto, aquele safado com 9 títulos!!!
      Encontrei o Zé ontem, e falamos de voce, da história do Opala de estreantes e novatos que voce fez o motor, do Luis Garcia, do Tide, da Auto Run, da oficina minúscula em Mauá…
      Apareça, por favor apareça!!!
      Voce é o cara que fez meu primeiro carro de corrida, caray!
      Porque não vem?
      VENHA!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>