MENU

domingo, 3 de março de 2013 - 13:33Stock Car

BEL’ FINALE

estoque2013caca01SÃO PAULO (tô na pressa) – Cacá Bueno venceu a abertura estoquiana de 2013 num belíssimo final de corrida em Interlagos. As duas últimas voltas foram mesmo eletrizantes na disputa que envolveu também Valdeno Brito e Átila Abreu. Que, no fim, ainda perdeu o pódio para Ricardo Maurício.

Com 30 vitórias na categoria, Cacá dá demonstrações frequentes de ser o melhor piloto em atividade no Brasil. É, de novo, o cara a ser batido neste ano. E os demais terão trabalho.

Barrichello foi uma das vítimas do pneu traseiro direito que estourou em vários carros. Os estóquicos tiveram pouquíssimo tempo para treinar com os Pirelli. E, da mesma forma, os testes de adaptação da borracha ao carro foram insuficientes (soube de alguns estouros preocupantes no Tarumã, mas foram em frente do mesmo jeito).

De qualquer maneira, a maioria não furou nada. Portanto, que cada um se vire com o que está disponível será argumento aceitável. Mais ou menos, na minha oipinião. É óbvio que a questão não pode ser tratada com tanta leniência. Pneu é coisa séria. Quando se definiu pela troca da Goodyear pela Pirelli, seria muito natural uma bateria de testes razoável em mais de uma pista. Nem é tão caro assim, e evitaria a vergonha da borracha se desintegrando, a irritação dos pilotos, as críticas e, sobretudo, os riscos.

A óitima e extensa cobertura da abertura da temporada está aqui.

24 comentários

  1. José Morelli disse:

    Estive no Autódromo neste domingo. Sempre que dá vou prestigiar a nossa Stock. Acho que este ano o pessoal da Stock está mais humilde, acho que a Caixa não estando mais lá, patrocinando o evento, “algo” deve ter feitos eles ficarem com o pé no chão este ano e centrados na realidade dura da Stock, uma categoria que ainda não conseguiu um núcleo sólido e amplo de fãs. A Globo não transmitindo também é uma grande vantagem, pois a cobertura da Globo era tão ruim e constrangedora que acabava fazendo até mesmo propaganda contra a categoria, uma vez que a cobertura era tão grotesca.

    Claro que ainda há muito que melhorar, mas tem que ter pé no chão mesmo. A ÚNICA coisa que eu não consigo entender, entra ano, sai ano é o motivo das corridas serem RIDICULAMENTE tão curtas. Já tentei entrar em contato com a organização e nunca obtive uma resposta sobre.

    Na época que era transmitida na Globo, era até meio que compreensível fazer corridas curtas, afinal como a Globo estipulava horário pra caber tudo na mesma programação e tentar resolver a perda de audiência, então você imaginava que 40 minutinhos de corrida era só pra dizer que a Globo transmitia e fazia a parte dela. Mas agora que a categoria está ao vivo na tv fechada, por que motivo continuar com corridinhas de 40 minutos???

    Me desculpem os pilotos, mas todos hão de concordar que 40 minutos, com mais de 30 carros no grid, é muito complicado aferir alguma habilidade que valha, estratégias ficam muito limitadas e consequentemente o show perde valor, perde peso.

    É claro que corridas curtas beneficiam os pilotos que sabem fazer “blitz relâmpago”, como é o caso do Cacá Bueno, especialista nisso (o que explica os 5 títulos) mas 40 minutos ainda é um intervalo de tempo insuficiente pra chamar o evento de “corrida”. Fica ainda muito na esfera de “evento apresentação”. É ruim isso pro esporte!

    E mesmo das arquibancadas, as pessoas ficam muito chateadas com a corrida acabando muito rápido. Tudo bem, quem fornece os equipamentos e etc, as equipes e etc, é cômodo que as corridas sejam curtas, afinal o desgaste de equipamento acaba sendo menor, a economia é maior. Mas poxa….não quer gastar equipamento, não faça corrida então. O que as pessoas precisam entender é que Automobilismo também é teste de resistência físico-mecânica, é resistência à durabilidade, a longos percursos. Não dá mais pra continuar com essa fórmula de 40 minutos, ainda mais com um calendário diminuto como esse, de apenas 12 etapas ao ano. A Stock ainda transparece uma imagem de “evento de apresentação” do que propriamente uma competição com “c” maiúsculo. Tem que entender isso gente…

    • borduna disse:

      provável que essa duração tenha sido adotada completamente em função da transmissão televisiva, em canal aberto, já que vem de temporadas anteriores.
      concordo que é um pouco curto demais para potentes carros de turismo, embora seja uma sprint race – se bem que se analisarmos direito, esses carros são um tipo de protótipo, e não da categoria turismo (estes o são realmente os carros do atual brasileiro de marcas).
      o que notei, vendo pela TV, foi que não há mais as arquibancadas adicionais, temporárias, que eram montadas ao redor do S do Senna, de grandes patrocinadores, como a Caixa. aliás acho que não há patrocinador principal do evento este ano (o campeonato não leva mais nome comercial além do stockcarbrasil) – posso estar enganado, desatento.
      sei que há as novas arquibancadas fixas em frente o pitlane, mas pela TV deu pra ver que o setor A estava bem pouco ocupadp por público – as novas não apareceram na transmissão, ao menos eu não vi.
      ficou mesmo uma impressão de que o público foi pouco.

  2. Para Dr. Eduardo Dias disse:

    Gostaria de saber do Dr. Eduardo Dias sobre o desempenho de Barrica, vulgo 25º colocado na Estoque…
    Aguardo comentários…

  3. ALEX B. disse:

    Bela corrida com final “hollywoodiano”!

  4. João Carrieri disse:

    E aquele cara da equipe do Átila Abreu chorando, indo mostrar o “um” na camera, todo mundo se abraçando e etc, parecia final de Copa do Mundo e depois o piloto no final despenca e chega lá pra baixo!

  5. Basilio disse:

    Candidatos ao título de 2013: Cacá (Já mostrou não ser apenas o filho da Galvão, pra minha surpresa) e o Valdeno Brito. Átila Abreu até agora tem sido carro demais pra piloto de menos.

  6. Marcelo Ferreira Alves disse:

    Mas e a baixíssima presença do público???

  7. Luciano disse:

    A corrida foi boa. A transmissao tambem, boa. A cobertura dos treino tambem, boa. Apesar do Reginaldo Leme estar em Marte na transmissao, pois cometeu algumas gafes, correu tudo bem. A minha preocupacao é com o narrador que é fraco! Apesar das criticas deste blog correu tudo bem na transmissao.

  8. Alfredo Junior disse:

    Um grande final, faz tempo que não via um final desses, preferia que a vitória ficasse na mão do valdeno ou Átila mas valeu pelo pega, detalhe também para o estreante Sérgio Gimenez que sempre andou na frente .

  9. Ricardo Sarmento disse:

    Engraçada a Stock… Chega na frente quem não ficar sem combustível ou estourar o pneu!

    • Thiago disse:

      Sim, porque o Cacá Bueno não é um dos melhores pilotos em atividade no Brasil. É sorte, é porque é filho do Galvão… Você assistiu a corrida completa?

      • Ricardo Sarmento disse:

        Primeiro, fala direito que eu não sou tua nega.

        Segundo, assisti a corrida inteira, e vi que vários pilotos com boas possibilidades de resultado final, viram a corrida ir pro espaço por problemas de pneu ou mesmo combustível:

        Átila Abreu
        Julio Campos
        Thiago Camilo
        Sérgio Jimenez

        Tá entendido?

  10. LMF disse:

    Flavio, lembra de um post teu onde tu perguntava quanto tempo ia demorar para a primeira vitória do Rubens na Indy?
    Pois é… Essa nunca saiu…
    E o desafio da primeira da Stock? Se sair eu acho que demora e vai ser por zebra…
    Que piloto fraco e azarado…
    Sorte… Ah, essa só acompanha os bons.

    • Alfredo Junior disse:

      Que diferença entre o Rubinho e o Sérgio Gimenez, que era Kartista e logo na estréia andou entre os primeiros, além de largar nas primeiras colocações no Grid ? O Rubens ta prometendo novamente ser um coadjuvante na Stock.

    • Thiago disse:

      Para quem estava acostumado a dirigir uma “nave espacial” e agora tem que dirigir um “Uno carburado” acho que vai levar tempo para se adaptar. Mas as vitórias virão, podem ter certeza (o que também vai depender da equipe).

  11. Thiago disse:

    Nem Goodyer nem Pirelli… pra mim, o problema é no projeto dos carros, aconteceu ano passado, acontece agora. Além do que, estourar pneu pode ser comum, mas a carenagem se despedaçar com um pneu furado é meio absurdo, tinha que ser algo mais resistente. Se estou falando besteira, me corrijam.

  12. Bruno A. disse:

    Só vir aqui para Cascavel dar umas voltas. Se sobreviver aqui, vai bem em qualquer lugar.

  13. pc disse:

    Vão deixar como está, até que estoure em uma curva de alta. Aí, movidas a defunto, ouviremos as desculpas de praxe e as promessas a não serem cumpridas de todas as partes. Puta cadeira elétrica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>