MENU

quinta-feira, 14 de agosto de 2014 - 19:35Antigos em geral, Indústria automobilística

SURPRESA INDIANA

SÃO PAULO (de parabéns) – A Tata, que comprou a Jaguar e a Land Rover (e a empresa na Inglaterra passou a se chamar Jaguar Land Rover) está supreendendo. Os indianos, há algumas semanas, compraram uma coleção de 543 carros de um dentista que resolveu vender tudo por 100 milhões de libras. Para preservar o acervo, que está cheio de Jaguares e outros carros britânicos, a Jaguar Land Rover foi lá e arrematou tudo.

Agora, a companhia resolveu retomar a produção de um modelo de… 1963! O Jaguar E-Type Lightweight, todo de alumínio, foi concebido para uma tiragem de apenas 18 unidades. Fizeram 12. Os seis faltantes, inclusive seguindo a numeração de chassis, serão concluídos agora. A história está aqui, no “Auto Esporte”. Foi Antonio Chambito quem passou a dica.

Aí fiquei pensando… Imaginem se alguma montadora brasileira encontrasse, hoje, alguns chassis e carrocerias de alguma série limitada ou especial que ficou no passado, encostados num canto qualquer da fábrica, e resolvesse, décadas depois, concluir sua montagem. Qual você gostaria de ver? Já pensaram, um zero quilômetro feito hoje  com peças de anos atrás? Ou talvez atualizado com uma coisinha ou outra?

Eu ficaria torcendo para a VW encontrar uns restos de SP2.

jaguar_lwe_tracking_03

57 comentários

  1. Jean disse:

    Se a nossa VW achar chassis zero e carrocerias guardadas, ela transforma em prego.
    “Preservação histórica” e “VW do Brasil” são incompatíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>