O MAIOR DO MUNDO | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

terça-feira, 23 de setembro de 2014 - 20:17Cinema

O MAIOR DO MUNDO

SÃO PAULO (exemplo) – Vários blogueiros me mandaram, e agradeço. Este é o trailer de um filme sobre Alessandro Zanardi que deverá ser lançado em novembro. Só esses três minutos são suficientes para encher os olhos de qualquer um de lágrimas. E de alegria. Porque ver o que esse cara passou e no que ele se transformou… É para ficar alegre, sim, só de ver até onde a superação pode levar um ser humano.

No vídeo, Alex mesmo se pergunta: “Onde eu estaria hoje se não tivesse sofrido aquele acidente?”. Zanardi perdeu as duas pernas numa corrida da Indy na Alemanha, em 2001. Foi um dos acidentes mais pavorosos da história. Algumas semanas depois, saiu sorrindo do hospital, pilotando sua cadeira de rodas e encarando o mundo. Começou uma nova vida, voltou a correr (e ganhou corrida, e não foi em qualquer categoria, não), tornou-se atleta paraolímpico, ganhou duas medalhas de ouro em Londres. “Se aquilo não tivesse acontecido, talvez eu fosse hoje um cara com duas pernas. Mas não uma pessoa tão feliz como sou.”

Alex, meu caro, não sei o que você seria se não tivesse sofrido o acidente. Mas todos sabemos o que você é. Você é o cara mais foda do mundo.

60 comentários

  1. Alexandre Carvalho disse:

    Vale lembrar que o diretor desse filme, Tim Hahne, é sobrinho do ex-piloto Hubert Hahne, que correu na Fórmula 1 entre 1966 e 1970, disputando cinco GPs, tendo como melhor resultado um nono lugar no GP da Alemanha de 1966.

  2. Zeca Olazio disse:

    Flavio, o termo agora é Paralímpico. Sem a letra “o”.

    Bom fds.

  3. Alessandro disse:

    Meu… nem sei o que dizer.

    Misto de orgulho de ter o mesmo nome, de admiração pelo tanto que esse cara corre, pelos culhões que teve de encarar a vida depois do que sofreu…

    Qualquer coisa que se diga para ele é pouca. O cara é muito foda!

    Viva Zanardi!

  4. carlos lima disse:

    Alessandro Zanardi, sensacional. Bravo!

  5. luiz dellano disse:

    tapa na cara….

  6. Luciano disse:

    Flavio, poucos devem ter noção do quão inspirador este cara é. Meu filho nasceu com um problema ortopédico e teve que amputar uma parte da perna esquerda. Já assisti este trailer umas 10 vezes chorei em todas! Mas de felicidade, de ver que tudo depende de como você encara sua vida, seus obstáculos. Obrigado por me mostrar este vídeo. Grande abraço!

  7. Alexandre Zamariolli disse:

    Ao receber o troféu “Casco d’Oro” da revista italiana AutoSprint no ano do acidente, ainda se adaptando às próteses, o homem se levanta da cadeira de rodas, toma o microfone e diz: “Fazia muito tempo que eu não me emocionava tanto, estou tão emocionado que minhas pernas estão tremendo…”
    Dizer mais o quê de um sujeito desses?!

  8. Fabiano Archer disse:

    Sensacional a história de vida desse cara, a capacidade de olhar pra frente e ser agradecido por ter praticamente nascido de novo.
    Até seu senso de humor é de contagiar, mesmo tendo que superar obstáculos. Uma vez ele mesmo disse que, de agora em diante, se quebrasse uma das pernas, tudo o que ele iria precisar era de alguns parafusos e uma chave de fenda…

  9. Felipe disse:

    E tem muita gente por aí reclamando à toa da vida… Zanardi mito. Sem mais.

  10. Wagner disse:

    Amigo Flávio,

    Concordo com todos os comentários elogiosos sobre o Zanardi.

    Ele merece cada um deles.

    Agora, na minha modesta opinião, afirmar que hoje é mais feliz do que antes, é forçar a barra.

    Nem ele acredita nisso.

  11. Ainnem Agon disse:

    …e dono da ultrapassagem mais foda de todos os tempos (RIP Piquet x Senna em Hungaroring 86)!

  12. Alex Santos disse:

    Ele é um Mito vivo!!

    Tudo que ele fez até hoje foi sensacional!

    Como já falasse, ele é o cara mais foda do mundo. E ponto final!

  13. Alexandre disse:

    Na verdade, Zanardi será um dos principais temas de um filme a respeito da história da BMW. Há uma página no Facebook: https://www.facebook.com/adrenalin.thefilm/info
    Abraços.

  14. Luiz Ronaldo disse:

    “Sempre que me perguntam “Alex, porque afinal você voltou, nessa idade, ao automobilismo?” Eu respondo “ouça o som do motor, se isso não é uma resposta não é problema meu””

  15. Glen Stevenson disse:

    Literalmente eu chorei e chorei muito…. pensando que pessoas como o Alex Zanardi superam problemas que ele tem e sao felizes… eu que tenho as pernas e nao sou… penso que eu tenho a vida sem prazer ou sem apreciar ela… obrigado Zanardi pelo insentivo… ja era o seu fan… me lembro quando eu consegui a assinatura dele em Homestead na Florida…. agora voce e a minha enspiraçao
    valeu

  16. Marcelo disse:

    Em 2003 ele deu as 13 voltas que faltavam na corrida que ele se acidentou, no Lausitsring, com um carro adaptado da Indy. Cara, aquilo me fez chorar. 13 voltas com todos na arquibancada aplaudindo o cara de pé….foi foda!!

    Eis o vídeo : https://www.youtube.com/watch?v=DgMz33lc7Dc

  17. Ricardo Linares disse:

    De arrepiar. O cara é um exemplo.

  18. Bom demais. Emocionante… Decisão é tudo.

  19. Hector disse:

    Flávio Gomes: “Alex, meu caro, não sei o que você seria se não tivesse sofrido o acidente. Mas todos sabemos o que você é. Você é o cara mais foda do mundo.”
    Disse tudo.

  20. Leandro Custodio disse:

    E tem gente que prega o “Foco, força e fé” porque é marombadinho de academia…

  21. Paulo Lava disse:

    ÓTIMO exemplo da BMW em termos de apoiar o Zanardi. Por outro lado, penso que TODAS as montadoras do planeta deveriam fazer o mesmo (leia-se: apoiar pessoas com deficiência).

  22. CLayton Araujo disse:

    Foda mesmo! É de arrepiar!!!

  23. Hermann disse:

    Não é fácil ver a morte de perto, escapar dela e se recuperar/superar com as marcas que ela deixou,,, Esse cara junto com o Lauda são exemplos..

  24. Antonio Ribeiro disse:

    Nunca o vi correr (comecei a acompanhar automobilismo s’o em 1998), mas isso aqui ‘e de uma beleza sem igual: https://www.youtube.com/watch?v=6bLSNIfO6LM (narra’c~ao em espanhol porque os latinos s~ao muito melhores em dar emo’c~ao `as coisas).

  25. Brabham-5 disse:

    “Se aquilo não tivesse acontecido, talvez eu fosse hoje um cara com duas pernas. Mas não uma pessoa tão feliz como sou.”

    Me parece mais um “mantra” para se auto convencer (e se conformar) do que uma certeza…

    Enfim, parabéns ao Zanardi por não se abater.

  26. Alessandro Silva disse:

    Sem palavras…

  27. Fábio Burian disse:

    Com certeza é um dos caras mais foda do mundo.

    Nascer com deficiência é extremamente difícil. Contudo, nascer “normal” e ter que reaprender tudo de forma diferente do que sempre fez e desde o início, aceitando as limitações atuais, tornam as coisas muito mais sacrificantes, sendo que muitos não conseguem.

    O cara não bastasse a brutal superação que já seria incrível, ainda ganhou duas medalhas de ouro em Londres. Falar mais o que….

    Parabéns Alex. E muitos pedem esmola na rua sem qualquer problema de saúde, apenas preguiça….

  28. Fabio Amparo disse:

    Alex é o tipo de cara raro, desses que nascem 1 a cada 100 milhões.

    Vida longa, cheia de desafios e conquistas para ele.

  29. disse:

    Zanardi está acima de todos pilotos.

  30. Rafael Banzales disse:

    Trailer muito bom! Espero que o documentário/filme saia o quanto antes para vê-lo. Interessante como uma tragédia pode ser vista com um ponto de vista positivo. Quem pensaria que perder as duas pernas poderia fazer a vida ser melhor. Todos temos medo de mudanças e quando elas são inevitáveis não só mudam a vida, porém a qualidade de vida poderá melhorar. Claro, irá depender da pessoa. Muitos não conseguem superar estas dificuldades e entram em profundas depressões.

  31. Nelson Barreiros Neto disse:

    Bom dia a todos.
    Alugarei ou comprarei esse filme para mostrar a meus filhos. O dia todo é tanta negatividade, tanta coisa ruim que preciso mostrar algo simplesmente fantástico que um homem simples conseguiu fazer.

    Thiago Sabino, não sei se existe superlativo pra “foda pra caralho”, mas esse cara é tão foda, que se “cara foda pra caralho” fosse expressão pra se consultar no dicionário, teria que ter uma foto do Alex lá para o consultante saber do que se trata.

    Grande homem!!! Exemplo!!!

  32. Wendell Fiorin disse:

    Tá ai um cara que eu queria muito ter tido a oportunidade de dizer cara te admiro, lembro como se fosse hoje os dias de poucas noticias sobre a sua recuperação após o terrivel acidente em Lautiz na Alemanha, naquela época as informações não eram igual a Hoje…Esse é um verdadeiro Heroi, um exemplo para muitos e um mundo onde tantos tem deesistido de viver, num mundo que vem sendo dominado por monstro da mente, depressão, panico… Te amo Zanardi…Minhão paixão por você é a paixão da vida cara.

  33. Maximo disse:

    Alex Zanardi é o cara + foda do mundo… sem dúvidas…

  34. Gilberto Martins disse:

    Esse é fodão….

  35. Luke disse:

    Alguns não passam por aqui a passeio. Esse cara é um deles.

  36. gustavo maia disse:

    Outra passagem boa é quando ele diz que não se tornou campeão ao subir na bicicleta e vencer a prova olímpica, mas se tornou campeão ao subir na bicicleta.

  37. jose disse:

    e ver estes carinhas da formula um atual,nao se compara com a leva deste ZANARDI que e um baita exemplo de vida como foi CLAY REGAZZONI

  38. Toni Casagrande disse:

    Não tenho ídolos. Fora o Zanardi.

    Nunca pedi autógrafo para ninguém. Mas me arrependo bastante de, por timidez, não ter pedido autógrafo para ele quando trabalhei na etapa do WTCC em Curitiba.

    • Antonio disse:

      O meu boné com autógrafo dele está bem guardado lá em casa. É um dos meus troféus. Sempre muito assediado nas coletivas do WTCC em Curitiba, atendia a todos com enorme simpatia. É uma rara exceção em pessoas deficientes, que, ao invés de pena, desperta inveja – da boa é claro – de sua simpatia, vontade de viver, capacidade de trabalho, etc. etc.

  39. Valente disse:

    É o mais foda e muuuito divertido, piadista e tirador de sarro dos bons, Tive o prazer de passar vários momentos com ele durante as temporadas da CART de 1997 e 1998, anos que ele faturou os dois campeonatos.
    Aliás, um crédito dele que poucos sabem: ele foi o inventor dos famosos “donuts” na pista, pelo menos nos Estados Unidos. Em uma das vitórias dele ele resolveu comemorar borrachando os pneus e começou a virar em círculos. Foi multado pela direção de prova por isso. Não é preciso dizer que foram diversas multas e delírio da torcida.

  40. Diego disse:

    Zanardi… Uma lenda, não tem como não se emocionar ao ler ou assistir qualquer coisa sobre ele… Não importa o que ele seria se ainda tivesse as duas pernas, nem as tantas vitórias que teve sem elas, mas sim, por ter dito sim à vida, que cravamos sem dúvida, Zanardi é Foda pra Caralho, um vencedor!!!

  41. Tom Dreyfuss disse:

    fodíssimo!
    Tem outros filmes legais tb no youtube.

  42. Chupez Alonso! disse:

    Esse sim é exemplo.

  43. Luciano Balarotti disse:

    este é o cara.

  44. alvaro augusto disse:

    Caras simplesmente normais como eu, como você, como nós, somos isso: simplesmente normais. Esse cara é extraordinário, fantástico, fenômeno, esse merece carregar esse adjetivo, não aquele gordinho, normal como todos nós.

  45. Dudu Patton disse:

    Me lembro do acidente como se fosse ontem:

    Eu, no auge dos meus 15 anos, começando a acompanhar o automobilismo com maior proximidade. Foi na semana do atentado do 11 de setembro. É claro que o dia em NYC foi um dos piores da história da humanidade, mas, não sei o motivo até hoje, o acidente de Alex me causou muito mais comoção…

    Isso por quê eu não sabia que ele estaria assim hoje. Parabéns, campeão!!!

  46. Maurício disse:

    Este cara é sensacional. Melhor exemplo de superação e de coragem que já vi.

  47. Thiago Sabino disse:

    Alex

    Você é o cara mais foda do mundo!

    Puta que pariu.

    Se alguém encontrar algum superlativo acima de “foda pra caralho”, me avisem.

    A personificação dessa frase está nesse video.

  48. JP disse:

    Não tenho vergonha em dizer que, juntamente com Ayrton, esse cara foi o que mais me enchia os olhos e me divertia nas corridas! Tive o privilégio de vê-lo antes do acidente, com seu estilo pra lá de arrojado e empolgante e tenho o mesmo privilégio de vê-lo competir no mesmo nível, depois que tudo aconteceu.

    • Antonio disse:

      Vi todas as corridas do WTCC que ele fez aqui em Curitiba e em todas elas, o momento mais emocionante foi um terceiro lugar que ele fez numa das provas. A arquibancada inteira gritava o nome dele. Foi o terceiro lugar mais festejado que já vi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>