BABACOLÂNDIA | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

terça-feira, 9 de janeiro de 2018 - 18:37Turismo

BABACOLÂNDIA

camboys

RIO (não me espanta) – Foi o Denis Souza quem mandou o link com esta notícia sobre um episódio ocorrido domingo em Balneário Camboriú. Resumidamente, uma porção de donos e/ou usuários de carrões resolveu se exibir na avenida Atlântica, fechando o tráfego e dando até zerinhos, diante do olhar admirado de retardados de todos os tipos, espécies, gêneros, idades e classes sociais. Até que alguém chamou a polícia, que conseguiu apreender apenas dois carros — um deles dirigido por um cara aparentemente embriagado, outro com carteira vencida.

Parece que essa demonstração de virilidade automotiva não é incomum na cidade, e se for assim tendo a acreditar que as autoridades sabiam que ela iria acontecer, mas acharam por bem não incomodar os cidadãos de bem que dela participariam.

Balneário Camboriú é uma cidade bastante peculiar. Conheci a praia nos anos 70, numa longa viagem que fizemos, num Opala, de São Paulo a Porto Alegre. Como todo o litoral de Santa Catarina, era praticamente virgem, com um ou outro hotel e longas faixas de areia. Belíssimo vilarejo, uma graça mesmo.

Hoje, me parece o local com maior concentração de babacas por metro quadrado do país. A começar por seus prédios. Eles são tão altos que já não bate mais sol na praia — passou alguma coisa na TV domingo, lembro de ter escutado algo no aparelho ligado na cozinha para distrair meu cachorro, acho que o prefeito exaltava a pujança da orla, sua beleza e riqueza, alguma coisa assim.

Os locais, ao que parece, se orgulham desses espigões de arquitetura horrorosa que ostentam no topo, como se fossem esculturas, os nomes das construtoras que os levantaram — uma espécie de grife do imóvel. Compradores disputam a tapa coberturas e andares bem altos, porque quem tem apartamento abaixo do 20º andar não é muito levado em consideração. Creio ter ouvido, no mesmo programa de TV, uma conversa sobre o pai de Neymar ter comprado uma, ou algum cantor sertanejo conhecido, ou vários, sei lá.

Desfiles de carrões também fazem parte da rotina do balneário, onde a única regra a seguir é a do hedonismo-jeca: mostrar que tem grana, seja ao volante de um automóvel, ou pela roupa que veste, relógio que usa, prédio onde dorme empilhado. É a elite branca brasileira em sua essência, concentrada numa pequena faixa de terra que um dia foi uma linda praia, onde a beleza da natureza foi substituída pela idiotice humana.

Se um dia for a Santa Catarina, passe direto. Dá para ver essa aberração da estrada, à esquerda de quem desce a BR 101. Já é o suficiente para se assustar. Se não quiser nem chegar perto, pare antes, em São Chico, e divirta-se. Caso contrário, siga em frente e vá conhecer Bombinhas, Guarda do Embaú, Garopaba, Ibiraquera, Imbituba…

A não ser que tenha uma Ferrari, ou um Lamborghini. Nesse caso, procure saber quando tem outro desfile na babacolândia, para aproveitar bem a estadia.

126 comentários

  1. Anselmo Coyote disse:

    A expressão “cidadãos de bem” diz tudo. Mas eu tenho mais algo a dizer: se alguém me chamar de “cidadão do bem” terá o seu nome costurado na boca do sapo todas as noites por toda a eternidade.
    E é só.
    Abraço e Feliz 2018 a todos.

  2. marcos andre disse:

    EXCELENTE TEXTO !!

    Nem todo cara que tem carrão, mulher gostosa é um babaca ostentador…. mas infelizmente eles são a maioria…. e desses onstentadores 98% são pilantras de todas as espécies.. tem sonegador, tem corrupto, tem contraventor, miliciano, traficante, estelionatário e afins

  3. JC Dias disse:

    Tem também Laguna, as belas praias e dunas na região do Farol de Santa Marta. Lugares maravilhosos onde o que impera são as belas praias, dunas mar azul e natureza exuberante. Passo reto por Balneário (vindo do Paraná) para Laguna! Só não passo mais rápido por conta dos congestionamentos.

  4. ricardo disse:

    a babaquice é democrática.

    tem em todas as classes sociais.

    quem não lembra da “peste das cinquentinhas” ? os caras compravam cinquentinhas roubadas, de marcas “maravilhosas” como shineray , Traxx e outras impronunciáveis, tiravam os escapes daquelas bostas de duas rodas e faziam rolezinhos aos bandos, de 30 a 100, numa barulheira infernal ? aqui em recife teve muito, até que a regulamentação surgiu, a polícia apreendeu de monte e essas desgraças sumiram.

    do mesmo jeito que tem imbecis que pegam suas Kawasaki e aceleram até o corte de giros, numa barulheira infernal, descendo a toda a velocidade pela av 17 de agosto, cortando bairros nobres do recife ? recentemente um se espatifou num poste, foi metade do babaca pro lado direito e a outra metade pro esquerdo, indo ambas as metades arder no inferno.

    tem babaca de toda cor, de toda classe social, em todo o país.

    quer coisa pior do que imbecis com paredões de som ?

    cordiais saudações
    Ricardo

  5. antonio stricagnolo filho disse:

    minha avó falava que “jacare comprou cadeira mas não tem bunda pra sentar”

  6. EWERTON disse:

    Fico pensando aqui se esse comportamento é só no Brasil ou em outros países também é assim. Por que não temos mais prédios bonitos como no passado? Nem temos mais piores como tivemos na italia no passado? Como já foi dito aqui nos comentários, problema não é ser rico, problema é ser babaca, ignorante, cego mental.

  7. Tohmé disse:

    Perfeito texto.

    Que a “Dubai” brasileira fique com sua turminha exibicionista.

  8. Zé Zanine disse:

    O que causa espanto é os arquitetos que trabalham na Secretaria de Planejamento de Camboriú deviam estar com os olhos e ouvidos fechados quando da discussão da lei de zoneamento implantada em 2008.
    É inacreditável que não tenham adotado gabarito de no máximo 6 pisos na orla!

  9. Leonardo disse:

    Flavio, tenho posição política diferente da sua, sou mais liberal e acho que cada um faz o que quer com a mera que tem. Mas concordo em gênero, número e grau com o seu texto sobre BC. Virou uma terra de babacas e, como bem dito, com arranha céus de extremo mal gosto. Fora o fato, também bem analisado, de não fazer sol no fim da tarde catatinense que dura umas 4 horas no verão. ..
    Aliás, você tem bom gosto em relação as alternativas. Minha esposa é de Imbituba e sempre vou para lá no verão. A Barra de Ibiraquera é sensacional para levar as crianças. E esta bem mais barato. Tomara que não descubram e facam de lá mais uma BC…

  10. Alexandre disse:

    Aqui no Tatuapé ( para os que não são de SP é um bairro na zona leste) isso virou rotina, principalmente nas noites de quinta até domingo. Fica um verdadeiro inferno para quem mora por aqui.

  11. Rafael Mafra disse:

    PORSCHE BOXSTER S placas FPE-0718 de São Paulo e FORD MUSTANG SHELBY GT placas BEM-0549 do Paraná

    Nasci aqui e moro aqui. TURISTAS são bem vindos? Sim! cacalhada são bem vindas? Não! ou não deveriam serem bem vindas, maaaaaaaaaasssssss…

  12. Simplesmente peguei nojo de Balneário. Uma pena.

  13. Paulo Carvalho disse:

    Como sempre Flávio: “na mosca”. Abraço.

  14. Fabio disse:

    Flavio,
    Concordo com você sobre o crime de fechar o tráfego e dar zerinhos pra demonstrar virilidade automotiva… Uma ofensa aos cidadãos de bem.

    Mas não vejo diferença entre os jecas que mostram seus carrões potentes e os jecas que colecionam/cultuam carros antigos como os seus.
    Pra mim, ambos são faces da mesma moeda.

    Donos de carrões e de antigos apresentam o mesmo hedonismo-jeca, pois, querem mostrar que tem grana ao volante de um (ou vários) automóvel(is).

    As duas turmas são a mesma elite branca/negra/amarela brasileira em sua essência.

    Carros são maquinas feitas pra transportes e não pra exibição.
    Simples assim.

  15. Fabio disse:

    Babacolandia, idiotolandia, estupidolandia, salvo as exceções…., e o que hoje se transformou este pais. É de dar nojo.

  16. Marcos disse:

    Camboriú já era, virou reduto de parasitas políticos, jogadores de futebol cantores sertanojos…

  17. Leo disse:

    Guardada as devidas proporções essa enfermidade ” Babaquite aguda” ocorre no Brasil inteiro.

  18. RecrutaZero disse:

    São homens de bem ou “com bens”.

  19. Antonio disse:

    Morei em Balneário Camboriú, a trabalho, durante 5 anos. Até hoje falo, para quem me pergunta do lugar:
    Trata-se de um lugar maravilhoso, com excelente qualidade de vida, DURANTE 10 MESES DO ANO.
    Quando chega o verão, suma de lá. Alguns dos motivos estão descritos pelo Flávio. Existem muitos outros, mas todos estão ligados a esta mesma fauna que migra, em bandos, durante o verão, para aquela região de Santa Catarina.

  20. Ricardo Sandri disse:

    Sou apaixonado por carros, isso é fato, mas quando vou ao litoral, principalmente no catarinense o que gosto de ver não são os carros e sim a beleza feminna do local.

    Uma coisa que eu noto faz tempo: Toda ferrari, lamborghini, porsches quase nunca estão com uma bela mulher no banco do passageiro. Sempre são dois cuecas, estranho….

  21. TEVEZ disse:

    Perfeito analise
    Balneario Camboriu foi bom ate o final dos anos 80

  22. Rafael disse:

    Moro na cidade ao lado, em Itajaí/SC, por opção…
    Já morei em BC e não tenho saudade de absolutamente NADA.. na temporada então.. a cidade realmente se lota de “babacas” querendo ostentar até o que não tem (mtos desses carros são financiados em 60x e com IPVA atrasado e por ai vai).
    Uma cidade que o foco é “explorar o turista trouxa” que vai gastar seu dinheiro em baladas, no comercio.
    Tem cidades próximas mto + acolhedoras, que tratam a pessoa com respeito e o local tb com respeito, como são chico que é lindo, Imbituba, a Guarda é fantástica..

    Como sabiamente falado pelo Flávia, “Se um dia for a Santa Catarina, passe direto.” !!!

  23. charles disse:

    A esmagadora maioria dos imbecis que “ostentam” com carrões importados, não são munícipes de BC, igual acontece em Jurerê, a maioria residem em outros Estados, inclusive, em SP, no entanto, não se pode denegrir a cidade ou bairro (Jurerê) por atitudes de certos babacas.

  24. Banana Joe disse:

    Não confundam as coisas. A maioria dos habitantes de Balneário Camboriú é composta de idosos aposentados e estudantes universitários, a maioria, sem um tostao no bolso furado. A maioria das pessoas que conheço que mora lá nunca foi nesse bobo desfile congestionado de carroes da Av. Atlantica.
    Durante o verão, por ser um lugar com vida noturna bastante agitada uma pá de gente, principalmente de outros estados do Brasil vai pra lá e comete esse tipo de papelão. A maioria dos carros com documento vencido inclusive.

  25. Thiago disse:

    Verdade verdadeira. Inclusive, se um dia passar pela Barra do Ibiraquera em Imbituba, avise, tem quarto garantido e entreveiro preparado em disco de arado.

  26. Thiago Leal disse:

    Prédios na orla… em João Pessoa é proibido, por isso (entre outros motivos, possivelmente)

  27. Arlei Vieira disse:

    Sobre o tema….leio agora a seguinte materia na ZH (principal jornal do RS:)
    https://gauchazh.clicrbs.com.br/comportamento/verao/noticia/2018/01/florianopolis-decide-ate-junho-se-cobrara-taxa-para-acesso-a-ilha-cjc9goy0d00fy01kepdhgiyjm.html
    O mais incrivel é o paragrafo final que reproduz uma fala do prefeito de Floripa:
    “— Queremos estimular cada vez mais o turismo de alto poder aquisitivo, que deixa mais recursos — sinalizou o prefeito.”
    Ou seja……na cabeça de nossos politicos doentes, transformar cidades e praias em parquinhos de diversão para a classe de “alto poder aquisitivo” e altissima taxa de babaquice e exibicionismo é a grande sacada para engordar seus cofres.
    Vamos bem mesmo neste pais.

  28. José disse:

    O pior de tudo é que quem vê “de fora” o cara com um carrão desses, acha que são ricos. São uns babacas que precisam de um carro pra mostrar que são melhores (não são). Cheios de dívidas, documentos atrasados e CNHs vencidas. Se tirarem os carrões de quem está nessa situação, não sobra metade. E no geral, são babacas que acham que estão acima da lei.

    Sempre digo, quem muito mostra que é rico, é porque não é tão rico assim. Rico de verdade, quer mais é esconder que é rico.

  29. Ulisses disse:

    Geralmente, praias urbanas em orlas muito valorizadas (“imobiliariamente”) concentram um número muito grande de babacas por m², portanto é difícil saber onde concentra-se mais, Camboriú ou Guarujá.
    O páreo nesse caso é muito duro!!!

  30. Julio disse:

    Calma, calma. Não pode-se depreciar a cidade por causa de 1 duzia de imbecis. Sim, durante a temporada vai uma galera que gosta de ostentar seus carros e apartamentos de milhoes mas nao da para generalizar, fora da temporada a cidade é muito boa e com varias opcões de entretenimento alias, de Itajai a Garopaba (ou ate um pouco alem) o litoral de SC é muito legal. O maior problema de Balneario são os predios da orla, se houvesse um planejamento no passado ela poderia ser como Santos e seu jardim mas, infelimente, a especulação imobiliária falou mais alto. Nao generalize, por favor.

    A FG não é do Flavio pessoal, FG significa Francisco Graciola, nome do fundador da construtora.

    • Rodrigo disse:

      Exato, não dá pra generalizar, parece que ser rico é crime. Ser rico qualquer um pode ser, o que é ridículo é ser rico E babaca, e isso lá tem mais porque é concentrado. Assim como tem pobre babaca, mas não consegue fazer babaquice com ferrari, porsche, etc… Outra cagada parece ser a reportagem, deu a impressão que foi reportagem paga por algum rico babaca, pra falarem bem da cidade, que é legal ter prédio gigante fazendo sombra na praia.
      Fora isso a cidade é ótima fora de temporada.

Deixe uma resposta para Rodrigo Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>