CAMINHÃO DA FIRMA | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018 - 21:48Caminhões

CAMINHÃO DA FIRMA

Um Mercedes e um Scania. Onde terá sido tirada essa foto?

04021d64-4a95-4cd7-8f72-e3369ef3d6c8

36 comentários

  1. Cotanet disse:

    Que incrível. Deve ter sido na sede mesmo essa foto.

  2. Marcos Alberto disse:

    Transportes e comércio Bonassi de Concórdia,sc
    Veículos de propriedade do Sr Nevio Bonassi

  3. Daniel T. disse:

    Chapecó ou Concordia SC

  4. William Alves Xavier disse:

    O 3º eixo traseiro, adaptado em meados dos anos 70, foi proibido posteriormente, com alegação de que com maior arrasto, “comia” muito pneu, consequentemente, mais combustível, em época de crise de petróleo.

  5. Marques Goron R. da Silva disse:

    Essas fotos, com suas cores esmaecidas, me transportam imediatamente para o passado…

  6. Robertom disse:

    Provavelmente em Concórdia, SC.

  7. S LUIZ ARDUIN disse:

    Concórdia /SC ?

  8. davi disse:

    Flavio, bom dia.
    A Scania tem três eixos e no canto direito acima parece um FêNeMê.

  9. LEONARDO KOERICH disse:

    Eu acho que deve ser em Concordia, a sede original da Sadia ( Sociedade Anonima concorDIA).

    Voce sabia que em 1955 a Sadia criou uma empresa de transporte aéreo para distribuição de seus produtos. Mas eles aproveitavam o espaço do avião para transportar passageiros também. Mais tarde a Sadia Transportes Aereos foi rebatizada de TRANSBRASIL.

  10. Claudio disse:

    Que bacana, 3 eixos sem ser carreta.

  11. João Paulo Toledo Piza disse:

    Chapecó…

  12. Farid Salim Junior disse:

    E, tem um Mercedes-Benz 111 “cara chata”, com cabine estendida, à esquerda da foto… Este parece ser de carreteiro autônomo “agregado”, pois o cavalo mecânico não está pintado com as cores da Empresa…

  13. Antonio disse:

    E ainda tem dois M Bens 331 ou 1520 dependendo do ano

  14. Airton Silva disse:

    Os três eixos traseiros do Scania imediatamente me remetem aos anos 80, quando existia o Mercedes-Benz 1519 com três eixos traseiros. O 1519 era vendido como cavalo mecânico para puxar um semirreboque de dois eixos, mas o pessoal pegava a versão “toco” comprida e metia mais dois eixos. Ficava lindo, ainda mais com cabine leito. O 1519 tinha motor de cinco cilindros, Diziam que não dava para instalar turbo. Então, eu, para ter alguma coisa para dizer em rodas de adultos motoristas, dizia “o 1519 não dá para ter turbo”, e ficava feliz porque os caras concordavam. Mas o motor tinha um barulho muito agradável. Mais ou menos igual ao do Marea. Até hoje não sei porque a Mercedes-Benz fabricava e vendia caminhões somente em versão “toco”, porque a primeira coisa que o pessoal fazia era mandar instalar turbo e um outro eixo traseiro, ou dois, no caso do 1519. Creio que tinha a ver com o IPI que incidia no preço de fábrica. Dias atrás vi um 1519 no litoral e parei a caminhada para só para vê-lo (e ouvi-lo) passar.

    • Zé Tros disse:

      A Mercedes não vendia somente caminhões “toco”. O 1519 mesmo foi produzido de 1975 a 1985 em três versões L(chassi rígido 4X2) LK(basculante) e LS(cavalo-mecânico).

      Muitos autonômos aproveitavam a versão LS que tinha cabine leito e transformavam em chassi rígido 6X2 alongando as longarinas. Haviam casos com três eixos traseiros tbm, mas não era muito comum. Algumas empresas de ônibus compravam o L-1519 e mandava encarroçar.

      O motor tinha 5 cilindros mesmo. Era o modelo OM-355/5 aspirado com 192 cv e 67 kgfm de torque. Mas dava pra instalar turbo sim, tanto que posteriormente a própria Mercedes lançou o LS-1524 com o mesmo motor de cinco cilindros do L-1519, porém, turbinado com 238 cv e 98 kgfm.

      Esse motor foi amplamente usado pela Mercedes em seus ônibus como os chassis OH-1517, OH-1419, OH-1520, assim como nos monoblocos e plataformas O-364, O-370 R, O-371 R e O-371 UP.

      Segue link ilustrativo:
      http://caminhaoantigobrasil.com.br/wp-content/uploads/2012/06/LS-1524-1986-3.jpg

    • Zé Tros disse:

      Depois de reler seu comentário, eu entendi o que vc quis dizer com “vendia somente caminhões toco”.

      Haviam versões toco(4X2), mas haviam tbm versões 6X2 e 6X4 para serviços mais severos. Mas isso não era só na Mercedes, tanto a FNM quanto a Scania, ofereciam na época as três opções, 4X2, 6X2 e 6X4.

      Link ilustrativo:
      http://caminhaoantigobrasil.com.br/wp-content/uploads/2012/06/7.jpg

      • Airton Silva disse:

        Gostei dessas informações. Obrigado. Não sabia que esse motor de cinco cilindros do 1519 recebeu turbo de fábrica e equipava o 1524 e os ônibus. Achava que era outra linha de motor. Creio que o 1924 também tinha esse mesmo motor de cinco cilindros. Vou pesquisar.

    • Zé Tros disse:

      Olá Airton, o 1924 usava outro motor, o OM-355/6, com 6 cilindros tbm aspirado com 240 cv. Posteriormente a Mercedes lançou o 1924 A, com o mesmo motor dessa vez turbo, que ele chamou de OM-355/6 A e mais tarde renomeou para 1929. Ambos tinham 285 cv e torque de 108 kgfm.

      No caso do 1524 e tbm 1525, o motor em sua versão turbo chamava-se OM-355/5 A, ambos com 238 cv.

      Esses motor de 5 e 6 cilindros foram substituídos mais tarde pelos motores OM-449 A(turbo) e OM-449LA(turboccoler), ambos com 5 cilindros e OM447LA(turbocooler) com 6 cilindros, respectivamente.

      Abço.

  15. Halexandre disse:

    Que interessante. Me chamou a atenção o quarto eixo. Hoje os caminhões vem de fábrica. É algo recente alguns anos atrás.

  16. charles disse:

    Concórdia – SC

  17. Roberto disse:

    Acho que foi no pátio da Sadia!

  18. TARCISIO FRASCINO FONSECA disse:

    Um palpite: em alguma fábrica no Sul.

  19. Claudio aun disse:

    Chutao Concórdia onde nasceu a Sadia

  20. Eltontoptec disse:

    Américo Brasiliense, SP?

  21. Abdo disse:

    Bem provável em Concórdia. Aliás a região centro-oeste catarinense foi berço das grandes empresar aviárias. Frigorífico Chapecó, Aurora, Perdigão.

  22. Ulisses disse:

    Toledo, Paraná?

  23. Luigi Perini disse:

    Essa foto foi tirada em TOLEDO-Pr sem sombra de dúvidas, a sadia funciona até hoje lá, já trabalhei lá e meu pai entregava porco pra saida de toledo até morrer.
    Scania 3 eixos foi uma idéia que não vingou muito, aliás todos os caminhoes 3 eixos não vingaram, garanto que essa scania e esse mercedão devem estar rodando até hoje se duvidar, verdadeiros heróis da estrada com desempenho e durabilidade!!!.

  24. Anderson disse:

    Eduardo, os dois caminhões que aparecem atrás são Mercedez-Benz LP 331.

  25. Robertom disse:

    Os Mercedes no piso acima são LP1520, o 1º cavalo mecânico pesado lançado pela marca alemã no Brasil.

  26. Zé Tros disse:

    O primeiro foi o LPS-331 com 193 hp, a maior do mercado brasileiro na época. Depois veio o substituto, LPS-1520.

    A princípio, pelas rodas raiadas, o da esquerda parece ser um LPS-331 S(cavalo-mecânico) e o da direita um LP-331(chassi rígido).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>