MENU

terça-feira, 25 de abril de 2006 - 11:52#96, Superclassic, farnéis, DKW & cia.

Mas não é de hoje…

SÃO PAULO (aquilo era pista) – Antes de 2003, bem antes, essa história de DKW na pista já tinha começado, porém. Eram os tempos da APCAH (Asspciação dos Pilotos de Carros Antigos e Históricos). Foi em 1988, quando comprei o verdinho.

Eu arrancava os pára-choques (na verdade quem fazia isso era meu manager Luiz Salomão), colocava o escapamento de lado, óleo de rícino no tanque e me pirulitava para Interlagos.

O Saloma ia levando uma Vemaguet 64 bege que eu tinha, e que fiz a besteira de vender. No porta-malas, um isopor com sanduíches de pasta de atum que minha mãe fazia e alguns refrescos.

Fizemos algumas corridas assim na pista antiga, sem nenhum tipo de preparação. No máximo aumentávamos a calibragem dos pneus. Nem lembro quanto tempo eu levava para completar uma volta naqueles intermináveis 8 km.

Nesse dia da foto, um sábado, corri o dia todo (eram várias baterias), saí do autódromo, mandei lavar a Deka rapidinho e no começo da noite estava levando uma noiva para um casamento. A noiva era minha amiga, o noivo também. Se eles soubessem que o carro que os casaria esteve correndo algumas horas antes em Interlagos…

Bem, souberam. Porque no domingo saiu uma foto dele na “Folha” e a Lucila, a noiva, perguntou ao Alejandro, o noivo: “Hei, não é o Flavinho?” Eles estavam já no avião para a lua-de-mel. Não deu tempo de me xingarem…

Ah, a foto é na Ferradura, com Janos Wessel de Mini ao meu encalço. Eu corria com o 11, que o Saloma recortava em papel Contact com um balde de molde para fazer a bolota e fita isolante para fazer os números.

71 comentários

  1. Filipe W disse:

    Valeu Marcos,

    NJ com neve, só de imaginar, já até trinco os dentes, quando estive lá da ultimas vez, ainda nõa era inverno pra valer e já estava um frio de rachar ainda mais com a ventania que dava na parte da tarde.

    Do Leopoldo tb não sei que fim levou nunca mais ouvi falar dele.

    O meu email esta no meu ultimo post.

    No mais valeu pela informações e vamos continuar desencavar umas histórias boas ai.

    um abraço

  2. Marcos disse:

    Para o Filipe:
    Não tenho nenhuma foto do Jorjão do Leopoldo !
    É uma pena ! Não sei que fim levou !
    O carro era muito bem feito mesmo !
    A suspensão era toda montada com ball-joints aeronáuticos, forjados de alumínio !!!
    Fui buscar os Koni, de trem, em um distribuidor de NJ ! Era dezembro.
    Nevava muito e fazia um frio do cão !
    Não tinha ninguém na rua ! Taxi, nem pensar ! Tive que ir a pé da estação até o distribuidor !
    Para a minha sorte, arrumei uma carona de volta até N.York !
    Boas lembranças !
    Alguem sabe do Leopoldo ? Nunca mais ouvi falar dele !
    O Alfredo está com uma aparência lastimável !
    Vai precisar de uma pintura completa quando chegar por ai !
    Mas mecanicamente é muito bom e anda direitinho ! O cara que me vendeu disse que o motor tem tudo do Cooper S.
    Mande-me um email que devolvo com as fotos !
    Abraços !!!

  3. Romeu disse:

    Consertar Interlagos agora, é impraticavel.
    O que deviam ter feito na época do “crime” era fazer um traçado menor p/ a F1, preservando o oval e o original de 7948 mts.
    Teriamos 3 opções de circuitos, como qualquer país civilizado teria feito.
    E o Chico Rosa que era o administrador na época tinha um projeto que mesmo reduzindo o traçado, não mutilaria o original, mas foi vetado…

  4. Luiz Carlos disse:

    Gostei da idéia rapaziada
    Nada mais coerente do que uma corrida de carros clássicos no traçado antigo de Interlagos, tô dentro. Pode contar comigo.

  5. VELOZ-HP disse:

    Jonny,
    pelo que ví, o anel externo pode ser usado sem grandes problemas, além dos acostamentos e áreas de escape tomadas pelo mato.
    O asfalto da Curva 1 até quase a Curva 3 visualmente está razoavel, apenas sujo pela falta de uso, mas na entrada, contorno e saida da 3, ví com o binóculo muitas manchas no piso que parecem restos de obra, como cimento ou concreto, mas depois dela, na saida até a união com o circúito misto não visualizei problema algúm, além do mato nas áreas de escape e grard rail enferrujados.
    Porém, como o Flávio bem disse, essas coisas provavelmente conflitariam com a F1, seus contratos e toda a sujeira implícita e é esse o maior entrave de todos, esse lixo de F1 e toda a sujeira financeira e corrupta que vem no vácuo dela.
    Abraços.

  6. Flavio Chinini disse:

    Seria muito bom, mas é impensável e inviável qualquer alteração no atual traçado de Interlagos.
    Vocês não estão vendo o que acontece com Jacarepaguá? Ninguém, com excessão de alguns abnegados, move uma palha para preservar o autódromo. É engano acreditar que em São Paulo seria diferente, nessa situação.

    É preciso analisar também que, com o atual traçado de Interlagos está difícil manter a Fórmula 1 no Brasil. Com ele diferente (mais longo, no caso da pista antiga) seria impossível a F-1, pois seria distante dos padrões da FIA (circuitos curtos e chatos).

  7. Jonny'O disse:

    Obrigado Joaquim!!
    Minha pergunta acabou dando um bom barulho ,legal…hei pessoal , vamos fazer um movimento aqui no blig ,sei lá ,quem sabe aparece alguém?Deveriamos fazer sugestões para que fique viavel a coisa!!!!!! Vou dar a primeira pincelada:
    –Primeiramente deveria ser algo parcelado; começando pelo anel externo , não sei se o recapiamento é tão necessario para correr com classic (é só olhar as corridas em alguns circuitos americanos mesmo que dá até arrepios) .
    –em segundo o setor da ferradura , que poderia virar um terceiro circuito alternativo .
    –Por fim o setor mais comprometido , a curva do sargento ,ai teriamos o circuito completo . O que acham?

  8. LSalomão... disse:

    …para Tohme…vai para Interlagos nesse final de semana e nos falamos no nosso box, OK!!!

  9. Filipe W disse:

    Valeu Marcos,

    quando o Alfredo tiver estalando de novo manda as fotos.

    hehehe só vc, o veloz, o joaquim e o caíque e que podem responder essas do baú, que eu mando.

    obrigado pela info do Dodge do Leopoldo, eu vi uma foto do carro outro dia, numa revista antiga mas não dava para ver direito, e como o carro era lindão, me bateu a curiosidade de ver ele melhor, principalmente por causa dos paralamas alargados que dava um aspecto brabo para caramba.
    Se tiver alguma foto dele e puder me enviar agradeço.

  10. Marcos disse:

    PARA FILIPE:
    Hahahahhh….
    Estou aqui conversando com o Alfredo neste exato momento !
    O bicho tá com medo de encarar o container para a viagem. Parece que ele tem medo do escuro !
    O Jorge do Leopoldo Assim-Assado !
    Putz ! VC desenterra cada coisa !!!!
    Tenho sim ! Era manso ! Tinha só 1 Iskenderian 296 e ignição Mallory.
    O Silvano Pozzi montou os Weber 48 IDA.
    O melhor do carro eram os amortecedores – Koni de alumínio.
    O carro era muito bonito ! O funileiro que fez os paralamas – o Chico – era
    um artista ! Foi o Leopoldo que encontrou. O Chico acabou trabalhando para mim anos e anos !
    Tem até carro que ele fez na capa da Auto Esporte.

  11. mauro chazanas disse:

    Flávio, concede um aparte nada a ver com a mensagem? É que gostaria de saber se você vai tecer comentários sobre a super quarta de futebol. Prezo a linha política de “Hay time en otra división soy contra”. Além do que irei a S Paulo hoje, oportunidade na qual olharei com meu carinho de sempre pro Canindé (sem ironia), torcendo pro nosso Santos continuar marchando pro título mundial de 2007, após o de 2006 ter sido conquistado pelo Corinthians em jogo inesquecível contra o Barça.

  12. zero disse:

    gostei do templante, e do logo do blog! parabéns!

    http://www.irmaos.blig.com.br

  13. pauloaidar disse:

    O Flávio parece o Pinheirinho não a Ferradura, certo ?

  14. Filipe W disse:

    Grande Marcos,

    E o Alfredo ? tá nos trinques ?

    aproveito para perguntar a se vc sabe da receita de preparação e/ou tem alguma foto do Dodge div3 do Leopolodo Abid Eçab.

    abraço

  15. joaquim disse:

    Ao Veloz HP,
    Com relação ao traçado original de Interlagos, li há algum tempo atrás que um grupo de abnegados estaria disposto a resgatá-lo, mas esbarrou na intransigência do atual promotor do GP de F-1, que aparentemente é associado ao sr. Bernie Ecclestone, exatamente pelo simples motivo que qualquer reforma no circuito antigo é impossível, sem se mexer no traçado atual. Daí….. Abs.

  16. Marcos disse:

    Para Henrique:
    IMPORTAÇÃO DE CARROS DE COLEÇÃO.
    É possível sim ! Você pode importar legalmente carros de coleção, com mais de 30 anos !
    Se vc quiser mais informações, passe o seu email para o FG, que ele – espero – passará para mim.
    Abraços

  17. Rafael disse:

    Gomes, se vc não dissesse nada, eu juraria q essa foto foi tirada na dácada de 60. [ ]’s

  18. Carlos Trivellato disse:

    Bom dia!

    Como já disse em um e-mail, acabamos nos aproximando sem saber lá por 1.988, lembro-me até da fenomenal arrancada, rotação subindo e o DKW queimando embreagem… Pergunto: não era mais divertido competir daquela maneira amadora do que agora, com esses carros todos transformados?

  19. Thiago amorim disse:

    Já pensou em escrever um livro sobre isso?!!?!?ia ser maneiro!!!!
    abraçooo

  20. cesar augusto disse:

    flavinho,
    gosto e nao deixo de acompanhar o seu trabalho. diria que voce eh um tipo de mainardi do automobilismo nacional.
    inteh.

  21. Ziul Sor disse:

    Agora sim um carro legal nesse blog!
    Ah, eu me refiro ao Mini, claro…

    Mini: Eu ainda vou ter um!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *