MENU

Sunday, 6 de July de 2008 - 11:20F-1

PINTS (15)

SÃO PAULO (eu quero ir ao Canindé!) – Agora, Hamilton. Ressuscitou. Depois de ser bombardeado pela imprensa inglesa, e de começar mal o fim de semana, fechou o domingo com uma atuação de gala. Muito parecida com a de Fuji no ano passado. Parecia ser o único que não se importava com as condições dramáticas da pista. Sua largada foi espetacular. Kovalainen não ofereceu muita resistência, e a partir do momento em que assumiu a liderança, foi soberbo.

Recupera a ponta no Mundial, algo que ninguém acreditava que pudesse acontecer com três pilotos à sua frente na classificação. Calou os críticos e se recoloca na luta pelo título. É um piloto irregular. Não foi no ano passado até o segundo terço da temporada, mas de lá para cá passou a ser. Só que o campeonato tem sido muito irregular, de pilotos irregulares. É isso que lhe dá a oportunidade de sonhar com a conquista que deixou escapar em 2007 aos 45 do segundo tempo.

Como sempre digo, na F-1 um piloto é tão bom quanto seu último resultado. Hoje, Hamilton foi o melhor. E, por isso, é o líder. Se colocar a cabeça no lugar, a Ferrari que se cuide. E da Ferrari falo no próximo post.

35 comentários

  1. O Polêmico says:

    Teremos mais 2 provas de rua e ainda pode chover no oriente(Japão e China) e em mais uma ou duas provas na Europa.
    É…., Flavinho, se eu fosse vc, tiraria do ar a última coluna do WarmUp.
    Esse menino é duca! Se a McLaren emplacar com essa tampa de motor nova, esse campeonato vai ser de 3. E, o mais talentoso e agora um pouco mais experiente Hamilton leva.
    Em dezembro a gente volta a conversar.

  2. Matheus says:

    Ate q enfim vi um comentario da mesma opinioa q eu, a do YOU MAJEST, THE HAMILTON

  3. Roberto says:

    Depois da vitória , o Hamilton se tornou o principe da chuva, mesmo porque ,Rei só teve um, chama-se Airton Senna.
    Mas voltando ao assunto, muitos se esquecem que o Raikkonen antes de parar nos boxes tirou 6 segundos de diferença e quando parou estava à apenas 8 décimos do inglês, portanto a vitória do Hamilton tem muito a ver com os erros da equipe Ferrari, se não o Raikkonem teria muitas chances de vitória.
    Depois da parada nos boxes,a equipe Ferrari conseguiu transformar os vermelhinhos em duas Minardis, assim não dá !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!.
    Apesar das criticas, o Massa não pode ser crussificado do modo como esta sendo.
    Vamos espera o fim do campeonato,ai sim podemos criticar em cima de toda uma temporada
    Massa é um ótimo piloto, e não deve nada aos que ai estão, é lider e tem tudo para ser campeão.

  4. Roberto says:

    Até 15 dias atrás o Hamilton era uma besta quadrada,a imprenssa inglesa só faltou mandar prende-lo.
    Depois da vitória em Silverstone, voltou a ser gênio novamente.
    Até mesmo o grande campeão Jackie Stwart cometeu um ato falho, apontou o Hamilton como o piloto mais rápido na chuva, será ??????????????????, e o Rubinho, onde que fica nisso tudo, êle sim, foi o cara da corrida ,deu uma aula de pilotagem , se ele tivesse uma Mclaren teria metido facilmente uns 30 segundos no Hamilton.portanto não podemos reclamar muito da imprensa brasileira.
    A imprensa Inglesa foi tão ridícula que comparou a corrida do Hamilton com acorrida do Senna em Donington Park em 93, só há um detalhe nisso tudo, o Senna largou com pneus Slick, estando o asfalto molhado,e ultrapassou a todos antes de completar a 1ª volta, apenas isso , fácil !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  5. Roberto says:

    Até 15 dias atrás o Hamilton era uma besta quadrada,a imprenssa inglesa só faltou mandar prende-lo.
    Depois da vitória em Silverstone, voltou a ser gênio novamente.
    Até mesmo o grande campeão Jackie Stwart cometeu um ato falho, apontou o Hamilton como o piloto mais rápido na chuva, será ??????????????????, e o Rubinho, onde que fica nisso tudo, êle sim foi o cara da corrida ,deu uma aula de pilotagem , se ele tivesse uma Mclaren teria metido facilmente uns 30 segundos no Hamilton.portanto não podemos reclamar muito da imprensa brasileira.
    A imprensa Inglesa foi tão ridícula que comparou a corrida do Hamilton com acorrida do Senna em Donington Park em 93, só há um detalhe nisso tudo, o Senna largou com pneus Slick, estando o asfalto molhado,e ultrapassou a todos antes de completar a 1ª volta, apenas isso , fácil !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  6. Thiago Dias says:

    Nada contra Hamilton, pelo contrário, acredito ser ele o melhor piloto da F1 atual, pelo menos o mais talentoso. Porém, a imprensa inglesa é apelativa demais, as vezes o FG fala da imprensa brasileira e eu concordo plenamente, mas os ingleses chegam a ser ridículos. O “The Guardian” diz que a corrida de Hamilton foi tão espetacular, quanto a que Senna fez em Doninton Park em 93, que isso! Vamos manter pelo menos o respeito a inteligência dos leitores do jornal e dos verdadeiros fãs de F1. São situações totalmente distintas, não cabe comparações entre os dois, pelo menos nesse caso, não.

  7. McLaren says:

    A vitória de Lewis ontem foi mágica. Oportunista, se aproveitou da má largada do Webber, passou o Kimi e o Webber na primeira curva e por pouco não pula na frente do Kova.

    Pressionou o Kova nas 5 primeiras voltas, tomou a liderança e partiu para o passeio.

    Saiu da pista como tantos outros mas como a diferença era de “2 dias” para o segundo colocado não foi nem um pouco ameaçado.

    Provando que a Ferrari fez a escolha errada de pneus(não trocou os pneus dos 2 carros) e setups(carro pra pista seca) quando a pista foi secando, o Kimi encostou nele, que estava com carro pra pista molhada. Acho que mesmo que tivessem trocado os pneus do Kimi, ele não conseguria segurar a McLaren.

    A McLaren estava nitidamente mais veloz que a Ferrari, desde os primeiros testes feitos há duas semanas atrás.

    Se não fosse as cag… no Canadá e na França, já seria líder isolado no campeonato. Se não fizer mais burradas, acho que leva o caneco esse ano.

    Realmente Massa não tem habilidade em pista molhada. O duelo com Alonso ano passado, e que Alonso venceu…houve até uma discussão calorosa entre os dois…e a corrida de ontem provam isso. Em Mônaco foi uma excessão já que a velocidade é baixa perto das outras pistas.

    Quanto ao Rubens, que falta faz ele não estar em uma equipe grande como BMW ou McLaren. A gente iria ter mais alegria nos fins de semana de corrida. Barrichello foi gênio, correndo com uma CG 125, segurou o carro na pista, tudo bem que estava mais calçado com pneus pra pista molhada, mas mesmo assim foi gênio.

  8. marcos souza says:

    ÓTIMA PROVA HAMILTON E BARRICHELLO
    FELIPE MASSA PATÉTICO
    CANALHAS COMO DIRIA JOÃO CARLOS ALBUQUERQUE

  9. Matheus says:

    O HAMILTON simplesmente deu um TAPA NA CARA do Galvao q falou umn monte de besteira no sabado.

  10. Rafael Prete says:

    Alguém lembra Silverstone 98? Acho que foi 98, coincidentemente há 10 anos… também caiu água! E foi aquela corrida que o Schummy ganhou após entrar nos boxes, na última volta. Cruzou a linha no pit, completou a prova antes de descontarem os segundos de punição – acho (houve um esboço de rolo com a Mclaren, no final, não vingou nada e agora penso, do caminhão de vitórias que teve, talvez uma porrada delas “normal”, quais outras mais foram peculiares como essa? Tente junto aos blogueiros, levantar a mais esquisita das conquistas do alemão! Pode ser um passatempo divertido. Aliás, pode ser de qualquer piloto.
    Ademais, percebo que em tais circunstâncias (parecidas com Fuji, no ano passado) o Hamilton não mostrou apenas a ousadia, também teve muita habilidade pra manter o carro na pista até chegar a bandeirada, mas o principal seria que ontem foi uma boa oportunidade do Kubica sair lider do campeonato novamente. Ele foi varrido pra fora da pista, como o Nelsinho (inclusive na mesma curva). Mas imagine se ele recupera a liderança? Deixaria de ser uma surpresa pro campeonato. Será que já tem méritos pra ser considerado um candidato ao título? Compare: num campeonato enrolado como esse, que Hamilton faz corridas 8 ou 80; Kovalainen parece ainda estar aprendendo; Kimi nem consigo analisar; o Massa que parecia estar mais forte, ontem foi mais habilidoso pra sair com o carro da brita à continuar no asfalto; e o Kubica se mostra o piloto que compensa o desempenho inferior que a BMW tem, em relação à Mclarens e Ferraris, sendo assim, no momento, mais piloto que os demais. O interessante é olhar os canditatos e “ver” quem mais tem cara de campeão. Hamiltinho? Kimi? Kubica? Massa? Kovalainen? O Iceman não demonstra força de Bi; Hamilton ainda é muleque e na prõxima escorregada, chamará o pai pra dar entrevista no lugar dele; Kovalainen: no way; Massa que apesar de ontem, ainda tem mais potencial pra conquista; e Kubica, por regularidade (além de velocidade) vai se lapidando para se tornar mais completo que os demais… (faz lembrar outros que com equipamento inferior, ainda incomodavam os maiores nomes – ex recentes: Schumacher de Bennetton, Senna de Lotus não acha?). Abraço!

  11. The Quiet Storm says:

    Flavio, poderia me esplicar por favor porque para o L. Hamilton escreves : “É um piloto irregular. Não foi no ano passado até o segundo terço da temporada, mas de lá para cá passou a ser. Só que o campeonato tem sido muito irregular, de pilotos irregulares. É isso que lhe dá a oportunidade de sonhar com a conquista… ” E para os teus outros queridinhos ( Alonso, Kubica, Vettel, etc .. ) é so elogios mesmo quando eles erram ? então, se compreendo bem a tua argumentação ele so podera ganhar porque os outros são “irregulares”. Ao meu ver, isso é, NO MINIMO, ma vontade com um rapaz com o enorme talento que ele tem. Mas reconheço que isso não vem somente contigo, FG. Pasmem que no momento em que escrevo este comentario, existem 24 respostas ! Entre as quais metade fala de outros pilotos ou de tração … E olha que o cara ganhou a corrida, vamos dizer assim, dando chocolate em todo mundo. Mas, pelo visto é melhor comentar do Alonso que não teve sorte (de novo ) ou foi culpa da equipe desta vez que ELE resolveu guardar os mesmos pneus ? ! Ou do Vettel que é o pilotasso ou ainda melhor do Kubica, que claro tem talento mas que cometeu erros tambem … Por sinal, é MUITISSIMO estranho o que acontece com a capacidade de “critica” dos blogueiros daqui ! Não vi nenhum comentario do tipo o polonês não aguentou a pressão de ser lider do campeonato e amarelou, tão comum na boca da maioria dos criticos do L. Hamilton… Deve ter alguma razão, vamos dizer, mais profunda, para tanta animosidade GERAL para com o rapaz ! mas, é como sempre dizem, subconciente é uma m… mesmo. “Chassez le naturel et il revient au galop ! “

  12. Ao Frederico Martins Montanha says:

    “Controle de tração entrou na F1 em 1992”

    No dia 31 de março de 2007, a FIA determinou que a partir desse ano de 2008, o controle de tração estará proibido. Muitos vibraram; Alegam que assim os pilotos irão errar mais, as largadas serão mais legais, que haverão mais diferenças entre os pilotos, e outras coisas.

    O automobilismo em si existe desde 1906. Desde essa época, vimos pilotos mágicos, como Nuvolari, Rosemeyer, Fangio, Clark, Stewart, Lauda, Piquet, Senna, Prost e Schumacher. Todos aliavam uma técnica magistral a uma capacidade incrível; uns em quantidade menor, outros em quantidade maior. O controle de tração entrou na F1 em 1992. Desses pilotos citados, apenas 3 correram com o famoso TC.

    Como muitos sabem o que é o TC, não farei uma longe explicação. É um mecanismo eletrônico que monitora constantemente as rodas traseiras, e em caso de risco de patinagem, o TC diminui a injeção de combustível do motor para que os carros tracionem o máximo que podem sem patinar. Com isso, a capacidade de muitos pilotos de dosarem o acelerador sumiu; é pisar fundo, sem problemas.

    De 1906 a 1992, milhares de pilotos disputaram corridas. Muitos com carros super potentes, com mais de 600 cv, como nos anos 30 e 40, e mais tarde, já nos anos 60, com o surgimento dos grandes motores, até 800 cv. A F1 surgiu em 1950 e ficou 42 anos sem qualquer dispositivo do tipo. Nos anos 80, existiam motores turbo com até 1500 cv de potência em versão de treino, com pouca eletrônica. Nesse período de quase 90 anos, ninguém via os pilotos acelerando demais em toda curva. E não existiam diferenciais viscosos, pneus ultra-aderentes nem coisas do tipo.

    A diferença entre um grande piloto e um piloto ruim é entre outras coisas a capacidade de saber dosar o pé em saídas de curva. Pilotos como Senna, Prost e Schumacher eram mestres nisso. Um grande piloto consegue acelerar o máximo que o carro pode sem sair rodando. Pilotos piores aceleram menos. Essa é a vantagem do controle de tração: Nivelar um dos grandes diferenciais entre os pilotos. Em 2008, não veremos os pilotos rodando em toda curva, nem veremos borracha queimada o tempo todo. Os F1 atuais têm cerca de 750 cavalos. Em 1986, um F1 facilmente batia em 1000 cavalos e ninguém via os pilotos torrarem pneus. Devemos lembrar que os pilotos de F1 demoram em média 8 anos desde o início do kart até chegar a F1. Nas categorias inferiores, eles não usam controle de tração. Um carro da GP2 é bem mais difícil de guiar que um carro da F1, tem cerca de 600 cavalos, perto da F1, e um nível de pilotos pior. E não vemos ninguém rodar toda curva. Os pilotos não compram superlicença; Se a FIA dá para algum piloto, é porque ele tem capacidade para pilotar um F1.

    O que pode acontecer é que alguns pilotos bons que tem carros piores podem se destacar, já que poderão fazer sua capacidade se sobressair contra pilotos piores em carros melhores. Além disso, aquele que menos patinar pode economizar seus pneus traseiros. Os pilotos da frente continuarão na frente, os bons com carros ruins podem conseguir algo melhor.

    Para finalizar: A grande diferença com a ausência do TC é que a diferença entre um piloto bom e um ruim vai aumentar. E que um piloto bom com carro ruim pode conseguir resultados melhores. A largada pode ter pneus queimados; Mas não teremos toda curva pneus torrados.

    Atenciosamente,
    .`)> •ƒαяks• <(´.

    (crédito ao rapaz que deu essa resposta no Yahoo Responde)

    Schumacher correu sem controle de tração, mas se não existisse também ia dar na mesma, Schumacher foi superior na sua época, nem Senna ia segurar o Schumacher por muito tempo pq ia aposentar +- em 97,98 depois não ia ter mais gás, e antes disso ele e Schumacher iam trocar títulos na F1…Com Senna vivo, Schummy ia permanecer na Benetton aí ia dificultar muito a vida para Senna na Williams, uns 2,3 títulos o Senna ganhava de 1994 a 97,98 mais que isso é ilusão, outros ia ficar para o alemão! Depois Schumacher ia papar quase tudo a partir de 99,00 com Senna aposentado independente qual equipe estivesse!

  13. MSM says:

    Ja´na largada mostrou que estava melhor que o Kovalainen, partiu para cima e por pouco não sai os dois juntos na 1ª curva (o Kovalainen conseguiu controlar o carro). Depois deu pressão e passou com facilidade e aí foi acelerar e abrir a vantagem, só quando a pista começou a secar, que o Kimi deu uma certa pressão. MAs conseguiu sair na frente no pit stop e abriu a vantagem. Mesmo com o erro, não deu chance para os outros e venceu o gp.
    Já o Kovalainen parecia que ia fazer um bom gp, mas ficou na promessa e ainda tomou uma ultrapassagem dupla do Heidfeld.
    No final ainda lutou com o Alonso e conseguiu ultrapassá-lo.

  14. Adriano Silva says:

    Mas que o Galvão é um anti-Hamilton convicto, isso é. Passa toda a corrida secando o piloto; se ele não avança, diz que não tem mais brilho, se ele é arrojado, diz que é irresponsável… tem horas que acho que nem o Reginaldo Leme suportaria se pudesse escolher…

  15. Alexandre Gomes says:

    Putzz, time nãooo! Team-racing… Escusas!!!!

  16. Alexandre Gomes says:

    Ah!! E eu torço por Mirton… =D

  17. Alexandre Gomes says:

    Qual o critério de desempate entre Lewis e Filipe?

    Pô, o cara é grande, mas o melhor piloto da F1 hoje?

    Cara, dá a ferrari para Alonso, Kubica, Rubica??!!!

    O bom deste ano é que mesmo com a diferença das ferraris, graças as trapalhadas do time-racing, o campeonato está equilibrado, mas se eu tivesse dinheiro apostava no Kimi, ainda.

    O melhor conjunto é realmente da ferrari, mas hoje não, hoje não!!!!

  18. Alexandre says:

    Uma vitória para calar seus críticos…

  19. You Majesty , The Hamilton says:

    Hoje Lewis Hamilton é Sir Lord Hamilton, na Inglaterra. Provou, para os que duvidavam, que ele é o melhor piloto atualmente na F1… a despeito dos erros, que sao mais faceis de se cometer quando se é realmente agressivo. Completo por excelencia, no seco e na chuva. E essa corrida de hoje só confirma que ano passado ele teve que fazer o acordo com a FIA para nao ser campeao( e assim foi muito justo, pois foi jogo sujo da McLaren). Ano passado, na China, na chuva, ele passou varias voltas com um pneu prestes a estourar. Como isso nao aconteceu, teve que fazer aquele pessimo teatro na entrada dos boxes, a 60km/h… Hoje ele comprova que sabe, como poucos, pilotar na chuva. E apertar duas vezes o botao do neutro no GP do Brasil! Imaginem como ficaria feio, com todo aquele escandalo de espionagem, a McLaren ainda ter um piloto campeao! Hamilton nao foi campeao por justiça e nao por falta de habilidade. Nesse ano, ele é sempre o que pilota mais bonito na pista. Eu ja fui piloto de kart e ele me faz relembrar meus otimos momentos atras do volante, com sua pilotagem.

  20. JC Simonassi says:

    O Luis Hamilton realmente merece todos os louros de uma gde vitória. Foi praticamente perfeito (slvo uma escapadinha na grama). Ele é muito bom mas, é playboizinho pacas !!!!
    Agora resta saber como ele e o seu Papai (que já escreveram aqui “Mãe de Miss” … rsrsrsrs) vão lidar com essa volta por cima. Precisamos esperar pra ver se o deslumbramento vai chegar até a Alamanha e o playba vai fazer das suas !!! Abraços
    JC Simonassi

  21. Japoneis says:

    sem comentarios a narração do babao bueno…

  22. Wagner Scaglione says:

    Não esquecendo que o Hamilton também foi aparar grama.

  23. Max Mosley says:

    Hamilton foi estupidamente veloz e mereceu a vitória. Se tivesse ficado pelo meio do caminho, também seria merecido.

  24. petrafan says:

    e o Galvão o que quer? que o Hamiltom não passe dos 120 na reta pra não ser multado pelo seu guarda, que abra passagem para os bombeiros, que pare no sinal amarelo no cruzamento da Brasil com Rebouças e que chegue no final da corrida com os pneus ainda novos?

  25. leoengelmann says:

    O Luís Hamilton foi perfeito: ultrapassou no início da corrida e não errou mais.

  26. Marcos says:

    Torço por Hamilton: acho que ele leva o título se voltar a ser frio e equiulibrado, como o foi na primeira metade da temporada passada.

  27. felipe fugazi says:

    hamilton erra muito? erra mas erra pq anda no limite extremo, se fosse dar atenção para os criticos e baixar a bola iria se tornar um piloto comum, e isso ele não é, foi o que pode ser visto nas primeiras voltas, o carro querendo sair e ele andando do mesmo jeito.
    a vitoria na maioria das vezes pertence aos audaciosos.

  28. vivi says:

    o hamilton é muito estranho…

    em corridas bizarras (vide austrália….mônaco), ele vai bem…muito bem. hoje quase não cometeu erros.

    mas em outras ocasiões,faz cada m…

    é um piloto excelente, mas precisa de mais regularidade.

  29. Marcel says:

    Merecidíssimo!

    Flavio, é bm lembrar: nas últimas 3 corridas que choveu (Fuji-2007, Mônaco/Silverstone-2008), deu Hamilton.

    Fora ele, Alonso em Nürburgring, ano passado. Ou tem alguém que acha que aquilo na França foi chuva?

  30. Luana Marino says:

    Não gosto de fazer tal comparação, até por que não tive o prazer de acompanhar essa época, mas tenho lido que Hamilton lembra Mansel em muitas coisas… principalmente na incrível capacidade de ir do inferno ao céu em 15 dias, ou vice-versa.

    Belíssima corrida. Talvez tivesse a vida um pouco dificultada caso a Ferrari não fizesse o favor de jogar no lixo mais uma vitória certa de Haikkonen. Mas acho que venceria do mesmo modo, ele estava muito bem, seguro e concentrado como em poucas vezes.

    Agora divide a liderança com a dupla italiana. Ainda acho que não é páreo para eles, mas tem tudo para brigar pelo caneco até o fim. Só precisa ser mais regular.

  31. Anderson Andrade says:

    Concordo que realmente o hamilton tem sido irregular, mas o que o Massa fez nesta corrida, tá de brincadeira!!!
    A imprensa inglesa baixou a lenha no Hamilton, contudo, um piloto que deseja ser campeão não pode bobear tanto assim como o Massa fez hoje. Mas se depender do Galvão todo mundo sai da pista e fica só os brasileiros. Confesso que está ficando insuportável ouvir o Galvão! Se a equipe erra, malho na equipe, se o brasileiro erra ele fica quietinho. Ou critica todos quando deve-se criticar ou me poupe dos seus comentarios, mas bobo sou eu que não tiro o áudio.
    Mas como o Flávio disse, hoje o Hamilton foi melhor, ou sera que os outros que foram péssimos?

  32. Thiago Azevedo says:

    Corridaça do Hamilton, mais um que leva 10!
    É mala, mas guia muito!
    O Heidfeld também foi muito bem. Sempre andou na frente do Kubica (mesmo que o polonês terminasse, ficaria atrás do alemão).
    Os três primeiros foram os mais rápidos e que conseguiram não errar. Ou, conseguiram não errar muito!

  33. Ramirez says:

    Massa deu pane. Mesmo com as rodadas, poderia ter terminado nos pontos se tivesse mais calma e confiança. Acho que se desiludiu com a corrida desde o início.
    Barrica mandou bem demais. É um grande piloto.

    Apesar disso, os entendidos não-ufanistas devem estar comemorando. Viva Raikonen !!! Viva Hamilton !!!!!

  34. Frederico Martins Montanha says:

    Caro amigo Flávio Gomes, e imprensa esportiva de forma geral. Esse campeonato e esses pilotos não estão sendo irregulares apenas por demérito proprios.

    Esses erros todos de pilotagem são consequência direta da ausência do CONTROLE DE TRAÇÃO.

    Começo a imaginar como seria a carreira do Shumacher sem este adendo eletrônico. Será que ele iria ser sempre quase perfeito como foi? Ou iria errar também como os pilotos da atual temporada estão errando?

    FIca uma pergunta para você Flávio Gomes, ou amigos internautas: Quando o controle de tração estreiou na categoria?

    Abraços e viva a nova Fórmula-1 onde o braço realmente está aparecendo de verdade!!!

  35. guilherme says:

    Flavinho, um dado que eu vi agora. O Raikkonen fez pela sexta vez consecutiva a melhor volta da corrida. Com isso ele tem 31 agora, passou o Mansell e o terceiro na história em número de voltas mais rápidas. Atrás só do Prost e daquele alemão.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *