MENU

domingo, 17 de agosto de 2008 - 2:57Pequim 2008

INDEFERIDO

PEQUIM (mais uma semana) – Hamed Ehadadi tem 2,18 m de altura e joga basquete. Joga bem. Ontem, contra a forte Argentina, por exemplo, fez 21 pontos e pegou 16 rebotes. Alto, ágil e eficiente, Hamed Ehadadi chamou a atenção de dirigentes da NBA, a liga americana de basquete. Só que ele não pode jogar nos EUA. O problema de Hamed Ehadadi é que ele é iraniano.

A história de Hamed é destaque hoje em alguns jornais dos EUA e em sites especializados. A NBA consultou o departamento de imigração dos EUA e foi alertada de que “uma decisão federal proíbe que qualquer pessoa ou empresa contrate cidadãos iranianos para trabalhar no país”. É isso que a entidade informou a suas 30 equipes em carta enviada na última sexta-feira, quando vieram à tona as notícias de que “dois ou três times”, de acordo com o agente de Hamed, estariam interessados em levá-lo para a América. Do Norte.

Hamed pode assinar com qualquer time da NBA porque quatro anos atrás participou do draft, o processo de escolha de novatos antes do início de cada temporada, e não foi selecionado por nenhuma equipe. De lá para cá as relações entre EUA e Irã ficaram mais tensas, porque os americanos passaram a não gostar mais de turbantes, tapetes e chá. Por isso, iranianos em geral deixaram de ser bem-vindos na terra prometida.

O Irã não é propriamente uma potência no basquete. Perdeu as quatro partidas que disputou em Pequim: 49 x 71 diante da Rússia, 67 x 99 contra a Lituânia, 68 x 106 para a Austrália e 82 x 97 da Argentina, no seu melhor jogo. Mesmo assim, Hamed , que tem 23 anos, se destacou. E disse que sonha em jogar na NBA, com os melhores do mundo.

Pelo jeito, vai ficar sonhando.  

5 comentários

  1. Carlão disse:

    Meio embaçado esse tal sonho americano; não poder ir a Cuba (pode ser que os americanos fiquem encantados, e aí falar bem da terra de Fidel) é a morte… pro Embusho.

  2. Bullitt Kowalski disse:

    Ele não pode jogar nos time canadenses da NBA, Toronto ou Vancouver?

  3. bruno disse:

    bobagem isso, o eua tem uma grande colonia iraniana principalmente na california, se ele consegue entra nos eua e pedir asilo ja era, ou sera q mandam de volta pro seu pais como fizeram com uns boxeadores o ano pasado em um lugar por esses lados da terra?

  4. Andrey disse:

    não passam de meros ditadores, esses estado-unidenses !

  5. Francisco Luz disse:

    Aquele “Ira!” nas tags relacionadas está sensacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>