MENU

Tuesday, 26 de August de 2008 - 8:48Pequim 2008, Turismo

TODOS AQUI

PEQUIM (chove lá fora) – Enquanto meu avião não sai, e é só amanhã, vamos tentar colocar a vida bloguística em dia… Mas, antes, algo que eu eu queria mostrar aqui desde o dia em que cheguei a Pequim, mas acabei esquecendo. Os mais velhos se lembram que em São Paulo, antes de a Telefônica comprar a Telesp e pintar tudo de amarelo-camisa-reserva-do-Palmeiras, os orelhões de todo o Estado eram cor-de-laranja.

Pois eles sumiram do mapa, e fui encontrá-los lépidos e faceiros na capital chinesa, vejam só… A foto do original, abaixo, eu emprestei deste ótimo blog fotográfico de Alexandre Gabriely.

E notei que está tão difícil de achar fotos de orelhões antigos na internet quanto na ruas. Mas consta que alguns laranjões ainda resistem bravamente, principalmente em bairros de periferia.

12 comentários

  1. Emerson says:

    Pôxa vida no comentário anterior eu disse “ficha”, é estou ficando velho mesmo

  2. Emerson says:

    Eu lembro, meu pai tinha um chevette da mesma cor dos orelhões. Era um tal de gente colocando ficha na porta para tirar um sarro do velho…

  3. Mario Della Nina says:

    O pior projeto já feito no mundo para telefônes públicos!!
    Capta todo som externo para dentro do orelhão, ou seja, horrível pra ouvir no telefône. Quem teve esta idéia provavelmente pensou apenas na aparência… e não na Acústica.

  4. Essa Alexandre manja demais, né? Cara super gente-fina também.

  5. Eric says:

    Legal mesmo eram as Fusquetas e Kombosas laranjas e com a escada no teto meio de ladinho…..

  6. Polaco says:

    Dia 22/08/2008 – 13:25, vc postou a conta… e em um post anterior disse que passaria no final das olimpíadas… mas valeu…

  7. Acarloz says:

    Tenho algumas fichas guardadas…

  8. Bonilha says:

    Há um perto da rua onde morava, em São Mateus, caso vá lá nos próximos dias, tiro uma foto e envio para você.

  9. Max Mosley says:

    FG, li em algum lugar que o cara que clonou esses orelhões é casado com uma brasileira, por isso essas cópias por aí. Com a entrada dos celulares, a fábrica de orelhões faliu e adivinha: o cara começou a fabricar celulares idênticos aos Motorola e Nokia. Isso que é visão de mercado hein!!!

  10. Marcos says:

    Flavio, excelente blog e excelente cobertura na China.

    Como curiosidade aqui segue a explicação da “semelhança” dos orelhões:
    http://olimpiadas.uol.com.br/2008/reportagens-especiais/ult6174u54.jhtm

  11. JT says:

    O orelhão é uma invenção brasileira. As primeiras unidades foram produzidas pela Lafer, que gostou da idéia de moldar a fibra de vidro em curva e depois colocou um carro no mercado: o MP.

    Mudando de assunto, a corrida de Valência realmente foi um tédio. A comparação com a Indy resume tudo. Só faltou a TV mostrar gente bebendo cerveja e comendo cachorro quente.

  12. Polaco says:

    Bom dia Flávio! Quantas medalhas teria ganho a extinta União Soviética?

    RESPOSTA DO FG:

    Putz, será que alguém foi louco o bastante para fazer essa conta?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *