MENU

Sunday, 25 de January de 2009 - 21:47Automobilismo brasileiro

TEM GENTE!

SÃO PAULO (milagre, bom milagre) – Para quem está acostumado a ver estas arquibancadas totalmente vazias, a foto enviada pelo blogueiro Cláudio Landim é um alento. Não há ironia nenhuma aqui. Claro, não é público de Gre-Nal, nem de Barcelona x Real Madrid. Mas tinha gente, bastante gente. Para os padrões do automobilismo paulista, o que se viu hoje foi um bom público para acompanhar os 1.000 Km de Interlagos, prova vencida pela Ferrari de Chico Serra/Daniel Serra/Chico Longo — vitória fácil, com 13 voltas de vantagem para o segundo colocado, já que o Porsche de Max Wilson & cia. quebrou.

Motivo? Talvez porque não havia cobrança de ingresso. Talvez porque a corrida tenha sido mais bem divulgada do que normalmente acontece, entrando no pacotão das festividades do aniversário da cidade. Seria interessante uma pesquisa com essas pessoas que estavam assistindo, para saber delas por que foram a Interlagos, o que as atraiu etc.

De qualquer maneira, é para comemorar. Parabéns aos organizadores, à FASP, aos vencedores, aos perdedores, um beijo para meu pai, minha mãe e para a Xuxa.

49 comentários

  1. Samuel - Puma GTI says:

    Obrigado pela dica, Eric. Se tiver, tô lá ! Grande abraço.

  2. Eric says:

    Samuel,acho que dia 14 de fevereiro tem outra.Só que a organização é pela FASP.

  3. Carlos Rossette says:

    Olá FG
    Comigo aconteceu algo diferente do habitual, costumo assistir as corridas em Interlagos desde 2004, quando meu irmão começou a pilotar. Domingo estava vendo a corrida pelo site brasilero de endurance, meu irmão estava em segundo, o que é bem raro, com a Maserati GT 21 Greco Vivo. Saí de casa esqueci a carteira e fui correndo pra Interlagos, sem dinheiro, tinha cobrança de R$ 10,00 do estacionamento, deixei o carro na rua e entrei a pé. Valeu a pena!
    Carlos Rossette

  4. RONALDO SANTOS says:

    Bem depende do horário que foi tirada a foto, pois a tarde a única coisa que tinha era uma banda de rock no padock tocando e bem por sinal, mas público que é bom…..

  5. Rodrigo says:

    Fui e achei o maximo,cheguei as 8:40 e fiquei na frente do boxe da ferrari nas arquibancadas,sai de la por causa da BMW que passava deixando todo mundo surdo.

    Fiquei na grade do S do senna e percebi que algumas pessoas enpurraram a grade no setor G e pularam para as arquibancadas,não sei se foi pelo barulho também mas fica a dica para os administradores do templo,na próxima vez abram o setor G pro público,mesmo se for só depois da largada,como era prova de endurance acho que se o setor G ficasse aberto 60% do público da manhã tinha migrado e ficado lá até o fim da prova.Digo isso por ouvir essa reclamação das pessoas que iam embora,mas no geral parabéns pela festa,espero que seja a primeira de muitas esse ano.

  6. Samuel - Puma GTI says:

    Há muitos anos eu não ia ao templo. Neste fim de semana, levei mais 5 comigo, e todos adoraram. No entanto, mesmo com um ingresso Vip, os sanitários estavam lamentáveis e a área de alimentação praticamente inexistente, além dos preços altos. Nos Boxes – quem correu na regularidade tinha acesso – a coisa melhorava, mas pouco : banheiros sem toalhas de papel, lixo jogado… Difícil. Tem que melhorar muito para a gente poder levar toda a família e os amigos. Ao final, foi um ótimo programa. Quando vai ser a próxima ? Um abraço, Eric – vocês são mesmo uma família!

  7. Ronald Wolff says:

    Obrigado por comparar o Gre-Nal com um clássico europeu……..dá-lhe Grêmio!!!

  8. gildo says:

    Fico fliz com o resultado para os participantes e para o publico!
    Preliminar tem que ser no mesmo dia e não como fizeram nas Mil Milhas: sábado Super Classic e Mil Milhas no domingo na hora do almoço.?!?!
    Gildo34

  9. regi nat rock says:

    Calma pessoas.
    Infelizmente a educação social do brasileiro médio, é muito boa “dentro de casa” pois boa parte dela é esquecida nas ruas. Eu vi muita gente com sacolinha na mão, carregando o próprio lixo, assim como pessoas pouco se importando onde largar sua sujeira.
    Fazer o quê?..
    Eu, pessoalmente reclamo mesmo e já me meti em confusão por conta disso. Legal foi ouvir o ‘sabão ‘ que o PM deu no reclamado.
    Voces não tem ideía da imundície que fica a praia aqui em Santos depois de um dia de sol, apesar do pessoal da Prefeitura manter esquadrões de garis varrendo e recolhendo o lixo o tempo todo.
    Percebo também que é cada vez maior o número de pessoas com essa preocupação social e de simples educação.
    Um dia vai melhorar e será excessão, não a regra.
    Apesar dos pesares, o Templo tem melhorado – e muito – nesse quesito. Falta bastante, mas a administração está atenta e trabalhando para isso também.
    Merecem crédito pelo que já conseguiram fazer.

  10. Ricardo laika azul says:

    Decepcionante foi a ausência do 69… ficamos inconformados!!!

  11. Fabio Luis says:

    Eu nao estou me gabando de deixar o lixo no autodromo, muito pelo contrario eu estou testemunhando a situacao lamentavel em que se encontro o autodromo hoje.
    Mais isto é justamente o que eu faco ponho o lixo numa sacola o ruim é achar algum lixo para jogar depois e quando eu faco a referencia ao lixo, eu me refiro ao lixo deixado na propria lixeira que deveria ter sido limpa até a data do próximo evento.

  12. Edu Harmel says:

    Ao Eric… tem toda a razão ! O Braz (s?) estava um pouco mais para trás… valeu!

  13. Hugo Borghi Filho says:

    Infelizmente quebrou o cãmbio na 4a. volta e a Brasinha e eu viramos espectadores!
    De qq maneira, foi bárbaro receber os aplausos e “tchaus” da platéia, mesmo quando rebocado de volta aos boxes no final da corrida. Uma sensação nova, e muito gostosa.
    Hugo Borghi
    Brasília # 71

  14. Tito Neto says:

    Esse resultado, acho que não foi com divulgaçao…. Eu não sabia que teria essa corrida nesse fim de semana…

  15. Eric says:

    Pô samuel…não tem que agradecer não…..volte sempre!!!!!!!!!!!

    Aguardo você na próxima hein….

    Abraço

  16. João Garays says:

    Fui ontem à Interlagos. Tava bacana. Tinha bastante gente sim. Além das arquibancadas. Tinha bastante gente espalhada pelo autódromo. Alguns assistiam na grade do S do Senna. Outras pessoas estavam no palco que montaram no estacionamento. Tinha até uma banda maneira lá, tocando vários clássicos do Rock. Pela primeira vez vi barraquinha de comida, com um valor justo. R$ 2,50 o pastel. Acho um valor bem justo. Grande abraço.

  17. Samuel - Puma GTI says:

    Amigos, eu tive um fim de semana inesquecível. Estimulado pelos malucos do blog e pelos outros amigos que fiz no Blue Cloud, resolvi realizar um sonho de adolescente: vou correr em Interlagos – regularidade, mas vou ! Inscrevi minha Puma GTI 80, amarela, e recebi meu número da sorte: 21. Sábado lá estou eu, levando junto meu amigo João Saad – vou de mecânico particular. Ótima recepção, estacionamento, vistoria, briefing ! Muito bom ter as orientações de quem está vivendo na casa !! Nosso templo sagrado! E o coração batendo acelerado ao sair dos “nossos boxes” e adentrar o asfalto do templo já na saída do S do Senna… Foram 45 minutos inesquecíveis, os melhores de minha vida, com direito até a rodada de 180º na curva da junção. No domingo, mais emoção, agora com maior responsabilidade pela presença de meu filho Rodrigo e do filho do João. Agora mais relaxado, a curtição foi ainda maior. Fazer ultrapassagens em frente aos boxes, e com torcida, foi demais !!! Obrigado ao Saloma, Eric e Finotti – foi só um fio do platinado que quebrou, carro antigo tem dessas coisas! Só pena foi não ter visto o 69 correr !

  18. Eric says:

    Ao Edu Harmel….
    O Fusca do Paulo Sousa #914 participou de um ótimo pega não com o Bras do Passat #21 e sim com o Natali Passat #45.

    Agora o do TL com o Fusca azul foi de arrepiar!!!!!

  19. says:

    Rogério, será que ninguém se ligou do problema do 69……..
    FG sentindo no final do treino algo estranho, levantou o pé.
    Como falava o Poeta Cazuza, o vai e vem frenético.
    O Vira cansou, gastou, enfim, “morreu”
    Culpa de quem?
    http://colunistas.ig.com.br/flaviogomes/files/2009/01/juliana004.jpg

  20. Rafael Bruno says:

    muito bom isso !

    venho para o trabalho de metrô e vi uma propaganda naquelas “televisõeszinhas” que tem nos vagões. o legal é que muitas pessoas iam perto para ver o dia e horário!

  21. Rogério Tranjan says:

    Caro Flávio,

    foi um pena o que aconteceu com o 69. A corrida, apesar do grid pequeno, foi muito bacana. Rasgar a reta com a arquibancada cheia é outra coisa. Confesso que fiquei me sentindo um piloto de verdade. Muito legal mesmo. Quanto à corrida da D2, o Magnusson com a Puma largou melhor, abriu uns 3 segundos e administrou. Estávamos virando na mesma casa e foi assim até o final. Cheguei em segundo com o Passat #44, vulgo Trovão Azul.
    Creio que se o 69 estivesse inteirão, ele beliscaria o primeiro pódio da marca soviética em Interlagos.
    Abs.

    Rogério Tranjan
    Passat #44

  22. Sebá says:

    Acho que tinha mais gente em Interlagos do que em Daytona.

    Lá a Rolex 24 foi testemunhada por um punhado de pessoas.

  23. Falando sobre abaixo assinado sobre a pista antiga… Gente, desencanem. A pista contirnuará sendo como está e ninguém vai injetar dinheiro pelo antigo. Aliás, eu nunca ví algum abaixo assinado dar em alguma coisa… Mas enfim, sucesso ai ai povo!

    Sobre Interlagos, ontem eu estive lá. Cheguei as 9:20 mais ou menose estava rolando o Regularidade. Depois, começou a Classic, mas eu achei o grid muito minguado, pois sempre leio aqui no Blog que se junta uma porrada de carros (mais de 20 “velhinhos”). Mas foi bel legal o pega entre o Fusca e o Passat pela terceira posição, até o piloto do Passat rodar no começo da subida do lago. O Puma que venceu passeou, nem deu graça. Ou “nem deu pro cheiro” como diriam antigamente.

    Os 1000km de SP foi bem legal o comecinho da prova, com o grande pega entre a Ferrari do Serra e o Porshe de… putz, não lembro quem é!

    Logo fui embora, mas posso garantir que foi uma bela diversão! Não fiquei até o final, pois 8hrs de prova, é muita coisa!

  24. Fabio Poppi says:

    Por… esse fabio é um porco!
    Larga o lixo na arquibancada é coisa de gente porca.
    Absurdo, todo mundo tem que ter bom censo e recolher o proprio lixo e jogalo nas lixeiras, se nao quer perde um minuto da prova pra procura uma garde tudo num saquinho e na hora de ir embora joga nos latoes.
    Deprimente ver que tem gente se gabando de tal feito.

  25. Marcelo costa says:

    A Xuxa mandou um beijo no coração pra você Gomes!

  26. +Rafael+ says:

    Milagre!!!!!!!!!!!!!!

  27. Claudio Landim says:

    Esava no autódromo desde a Superclassic, moro meio longe (Zona Leste) e não consegui chegar mais cedo. Realmente tinha um bom publico, tanto na Superclassic quanto nos mil quilomentos…essa foto foi tirada momentos após a largada dos 1.000 km de Interlagos. Na arquibancada coberta, logo ao lado dessa da foto também estava cheia, somete aquela próxima so S do Senna estava fechada. Dava pra ver que o pesoal logo se identificava com algum carro, principalmente o unico fusquinha que estava competindo nos 1.000 km, brigado bravamente no iniicio com Corsa, Peugeot e protótipos. A organização esta de parabéns pela divulgação, mas não sei se faltou educação do publico ou foi um problema da organização, mas os banheiros estavam impraticaveis em determinado momento.
    Foi um ótimo domingo em Interlagos.

    Abraços a toda a galera.

  28. Thiago Schauenberg Pereira says:

    Na verdade era assim:

    “Um beijo para a minha mãe, para o meu pai e um especialmente para você”

    hahaha

  29. Eron Nascimento says:

    Esqueci de um comentário final e que me perdoe o palavriado:

    O automobilismo é foda!

  30. Eric says:

    Tinha flyers em postos de gasolina também…perguntei ao cara se muita gente tinha pego o flyer e ele categorico mandou….”Tinha um puta bolo aqui e agora só ficou esse pouquinho….”

    Muito bom!!!!!!!!!!!

    E ainda levei MAIS UM troféu para casa!!!!!!!!!!

  31. Eron Nascimento says:

    Além das arquibancadas havia muita gente atrás das arquibancadas vendo a exposição de carros antigos, após o túnel que dá acesso ao Box e naquela nova área acima do Box, além de pessoas trazida por quem participou do festival de regularidade, outro evento que deveria ser citado, pois foi uma grande festa e uma grande confraternização em um ambiente muito familiar.

    Um grande momento para fazer de conta que é piloto, levantar o ego e amenizar as frustrações da infância.

    Amenizar não aumentar, por dois pontos não fui para o pódio…

  32. A. ROQUE says:

    Cheguei lá por volta das 9h, e o público presente viu somente a superclassic, porque quando a “prova principal” começou havia metade do público da foto.

    Havia muita gente que ia ao Templo pela primeira vez, muitos motivados pelos carros antigos expostos, foi bem bacana.

    A única coisa que me desagradou foi o lixo espalhado ao entorno da pista (até marmita com macarrão) e o mato enorme – Flavinho te mandei uma foto para comprovar a situação.

    Duas coisas, primeiro agradecer ao Regi, ao Du e ao Romeu pela forcinha…e a segunda, é que está rolando um abaixo assinado pela pista antiga de interlagos.

    Vamos divulgar!

    Abração,

  33. Lisandro Gonçalves says:

    Fui interlagos no domingo e a festa realmente foi legal. Só foi chato ver duas senhoras, com seus 3 filhos pequenos, brigando com os seguranças que impediam o acesso aos banheiros dos Box, como se houvessem outros por ali…

  34. Alex Moreira says:

    É, e seria interessante mostrar a parte coberta também, por lá deveria ter mais gente, já que essa parte descoberta é sempre a mais vazia… Nessa foto, deu pra ver que o público é maior que a GT3, mas ainda fica atrás da Motovelocidade e Truck

  35. Fábio Aguilera says:

    A divulgação estava sendo feita até mesmo na “TV Minuto”. “TV Minuto” pra quem não sabe, são monitores que estão instalados dentro dos vagões (quase todos) do Metrô.

  36. Mauricio Scarcioffolo says:

    Eu estive lá!!!!!
    Sim tinha bastante gente, tava legal.

    O que incomodava era de 5 em 4 minutos vir alguem com a frase: “Tio me dá um trocado?”

    Mas fora isso show de bola como qualquer visita ao Templo

  37. Pedro Araújo says:

    Gomes, estive em São Paulo na semana passada, voltei na quarta feira. Fiquei sabendo dos 1.00 km de Interlagos na programação que vocês têm nas TVs do metrô.

    Pelo jeito, dessa vez a divulgação foi melhor mesmo, Deve ser pelo fato da prova ter sido comemorativa do aniversário da cidade.

  38. Rogério Mosca says:

    Estive hoje em Interlagos, nenhuma novidade, vou em quase todas as corridas,
    mas pela primeira vez levei minha filha, também acompanhado da minha esposa,
    e eu não era o único, o ambiente estava muito legal, varias famílias no autódromo,
    um verdadeiro passeio.

    Na arquibancada notei que muitos estavam lá pela primeira vez,
    e muitos não tinham muita noção do que estavam vendo,
    um dos comentários momentos antes da largada de uma pessoa do meu lado foi
    ¨nossa eles vão trocar de piloto durante a corrida!¨
    outro ¨eles vão correr oito horas!¨
    também é bacana, mais pessoas conhecendo as corridas Longas,
    tomara que eles tenham gostado e voltem mais vezes.

    Bom o que eu tenho mesmo a dizer é que
    tinha mesmo um ótimo publico
    (ótimo porque mais publico no meu ponto de vista acaba ficando até ruim,
    imagina enfrentar um grande publico todas as vezes que for a Interlagos é muito cansativo,
    além de ser desconfortável, e dessa forma as pessoas acabariam também
    ficando cansadas de frequentar, já basta pra mim a F1),
    e principalmente dizer que foi um dos dias mais divertidos em que eu estive em Interlagos.

  39. N I P O - L U S O says:

    Foi divulgado no Metro (Poster e Mídia Digital dos Trens – TV) e tinha várias atividades no local (exposição de carro antigos,cinema, shows e outros…
    E o Saloma levou o 5º. Lugar na regularidade em carros antigos e Jean Bauder o 2º nos atuais…
    Na Superclassic o Pacman com Nenê foi 2º. e o grid foi magérrimo 15 largando e 14 chegando (alguns se arrastando na pista) , mas teve uma briga boa entre um dos Passat com um Fusca prata por várias voltas, mas quem levou o 3º foi o Fusca…
    O Primeirão foi o Puma verde… O Topolino só participou da reguraridade…
    Fique até às 14h30min, pois iria ao CANINDÉ, mas o movimento até essa hora foi forte…

  40. Fabio Luis says:

    Boa noite, assisti a corrida inteira e frequento sempre o autodromo para ver as corridas, esse publico, foi fotografado antes da corrida dos 1000km, esse era o publico da corrida dos antigos e da exposicao de carros antigos, tbm de manha, por que durante o dia e principalmente na parte final da corrida anoite dava para contar o publico com os dedos, se bem que de qualquer forma teve mais publico que as mil milhas 10 pessoas a mais rs, com a falta de organizacao é impossivel voce querer um publico grande, hoje pelo menos abriram os banheiros!!!.As lojas de comes e bebes, que deveriam dar suporte ao publico, como costumeiramente vao embora bem antes da corrida acabar, para comprar 2 refrigerantes fui obrigado a sair do autodromo para comprar.As arquibancadas sempre sujas, o lixo que eu deixar na arquibancada possivelmente quando eu retorna ao autodromo vou ver o mesmo e no mesmo lugar,de pista ate que o autodromo esta bem cuidado mas tbm só pq recebe a F-1, agora em relacao ao atendimento ao publico a situacao é lastimavel.Diretor de prova que libera uma largada lancada do geito que foi hoje nos 1000km é melhor se aposentar e endurance com 20 e poucos carros é brincadeira,tem sempre que trazer os carros de volta para os boxes pq senao a corrida vai acabar com menos de 10 carros.Desse geito nao tem como querer publico!!!

  41. regi nat rock says:

    Creio que uma das razões foi a massificação havida no metro (nas Tvs de lá) e tb nos onibus.
    Eu ficava ligado nos passageiros e muita gente leu o recado, curto, simples e direto (não tem som é só imagem) com especial destaque a frase “entrada franca”.
    Se foi isso ou não, não sei, mas que foi legal ver bastante gente por lá, isso foi.
    Conversando com o Ceregatti e com o SEixas, um dos nós górdios ainda existentes é a total ausencia de praça de alimentação e banheiros mais acessíveis. Que tinha credencial podia comprar no bar da Emilia, mas a maioria absoluta, teve que ir pra rua comprar dos biscateiros que ocuparam as calçadas. Uma garrafinha d’água = $ 2,50. uma lata de coca $ 3,00, Isso é assalto, caramba !.
    Isso não é legal pô !.

    Qualquer pasteleiro de feira, teria faturado uma basbaridade se houvessem organizado isso.

    Chegaremos lá em algum momento.

    Fora isso. o dia foi muito legal MESMO!!

    sÓ faltou esse russo enjoado.

  42. Edu Harmel says:

    Mais “legal” ainda pelo fato de que o público escolheu alguns carros e torceu por eles.

    O pega entre o Fusca (aquele que que voce poetica/épicamente deu uma p.. de uma fechada) e o Passat 21 do Braz e o pega da TL 112 com o Fusca do piloto paranaense (um dos irmãos Sermann) chegou a receber aplausos…

    No pódio, todos foram aplaudidos e muito. Realmente, neste aspecto, foi uma corrida diferente.

    P.S.: se o 69 não tivesse te deixado na mão, dava (no condicional já que carros de corrida são dados a estrelismos) para você ter conseguido o primeiro troféu, com um 5º ou 6º na D2C2…

    [ ]

  43. Claudio Ceregatti says:

    Faltou um beijo tambem ao Roberto Seixas e à SP Turis, que fizeram um “bem bolado” com a organização da prova e divulgaram a prova no Metrô e cartazes pela cidade. Eram famílias com filhos e muita gente que jamais tinha ido ao Templo.
    Eu e o Regi conversamos hoje pela manhã com nosso amigo, que compareceu ao Box 21 para nos visitar. Falávamos exatamente do público que começava a aparecer bem antes da prova preliminar, e outras idéias surgiram…
    Surpreendente como dialogamos com o gestor do Templo, e como as idéias surgem de parte a parte sem barreiras, como fluem sem impedimentos ou pré-conceitos.
    Nos disse ser “apenas sorte” o fato da SP Turis assumir a gestão e o Prefeito ter adotado Interlagos, investindo de fato. Discordei na hora e ainda acho ser mais do que sorte. Sorte não é nada sem competencia, oportunidade e bom senso.
    Primeiro o lucro, agora o público. Muitas boas notícias virão por aí.

  44. EDU PEREIRA says:

    Olha FG, na realidade esse público estava concentrado aí porque somente os “VIP’S” podiam se instalar em outros lugares. Tive alguns problemas com as “otoridades locais” e resolvi vir embora antes da chegada para não me estressar em pleno domingo ainda mais assisntido à uma bella corrida.

    Abs.

    Eduardo

  45. Milton says:

    Eu, na reta dos boxes, dando auxílio aos pilotos antes da prova da Classic, fiquei pasmo…

    Nunca apertei roda de carro com tanta gente vendo!rsrsrsrsrsrsrsrs

    Até comentei com o Rafa e com o Nenê…nunca a gente viu tanta gente aplaudindo corrida de carro antigo! Coisa mais linda!

  46. Iago Villar says:

    Não fui mais tambem gostaria de saber o que atraiu essas pessoas.

  47. fabio poppi says:

    Fiquei muito feliz por ver gente na arquibancada e na exibição de carros antigos.
    Um viva pra Sloma e Eric pelo regularidade e infelizmente o pegeout da nossa equipe quebrou por problemas provocaods um uma roda que se partiu, ainda bem que foi em pist e nao com um carro de estrada.
    Mas o estrago que ela fe foi como uma reação em cadeia e toda a suspenção dianteira ficou comprometida e foi se desmantelando.
    Uma pena porque o Cordova e o Marcão estavam empolgados com a prova.
    Fica pra proxima etapa no sul.
    Vai pra lá corre com o 69 FG?
    Ja pensou um carro russo na endurance?
    Um abraço e agora é correr atras dos reparos.

  48. says:

    Eu perguntei para uma Família, uma galera e um casal. Propaganda veiculada nas tvs. do Metrô, Ônibus e Trens………

  49. DINO says:

    Se cada um convecer pelo menos trez pessoas a assistir a proxima edição teremos um bom pulblico.(para os padões atual) Afinal não é todo dia que se pode ver carros tão diversos e de graça.Para muita gente com certeza foia primeira vez que virão uma ferrari ou porsche andando. E

    istoé muito bom pois ajudara a divulgar o esporte.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *