MENU

Saturday, 3 de January de 2009 - 1:28Carros, One question

ONE QUESTION

NATAL (putz) – Aluguei um carro. Raríssimas vezes aluguei carros no Brasil, mas por estas bandas um veículo é bastante útil. Fui buscá-lo alegremente agora à noite na locadora, uma dessas grandes, e achei bem caro. Nem seguro tem. Os caras usam uma tal de “taxa de proteção”. Aconteça o que acontecer com o indigitado, pago dois paus. Melhor do que pagar o carro todo. Paguei a taxa.

A reserva era para a categoria C, que vem a ser “econômico com ar-condicionado”. OK. A moça, muito simpática, Karla com K, me mostrou o que havia no pátio para escolher. Nada muito animador: um Gol, um Palio e um Corsa sedã. Todos 1.0. Optei pelo menos rodado. Karla com K me entregou a chave do Fiat.

Entrei no veículo. Ainda com cheiro de novo. Afinal, tinha apenas 7.137 km rodados. É bem pouco. Acabou de sair da loja. Na lateral está escrito “Celebration”. Atrás, “Fire”. Não sei que modelo é. “Fire Celebration”? Ou “Celebration Fire”? Nos primeiros 500 metros, tudo que consegui dizer a mim mesmo foi: como é que alguém compra uma porcaria dessas?

O automóvel, com o ar ligado, arfa para passar dos 60 km/h. A relação de marchas é lamentável. A direção já está desalinhada. O tampão de plástico do porta-malas range irritantemente. Os instrumentos são de uma pobreza franciscana. Os materiais de acabamento me dão uma saudade imensa de Elena, que perto dessa coisa parece o palácio de Buckingham, luxuosa e espaçosa que é. O vidro do pára-brisa distorce a visão nos cantos interiores. E o ruído que os pneus transferem do asfalto para o interior do carro é insuportável.

Nunca tinha guiado um Palio antes. É a maior bomba que já dirigi na vida. E olha que já guiei coisa ruim por esse mundão afora…

Devo ter rodado uns 15 km hoje. E ao estacionar o dito cujo no hotel, me veio à mente uma única questão: como é que vocês têm coragem de falar mal de Lada?

241 comentários

  1. JUNIOR says:

    OLA FLAVIO, TUDO BEM,TENHO UM FUSCA 1960,TODO ORIGINAL ,O CARRO É LINDO E ESTA APTO A PLACA PRETO,GOSTARIA DE VENDE-LO POR FALTA DE GARAGEM,SE PUDER ME AJUDAR ,SE TIVER INTERESSE OU CONHCER ALGUEM QUE POSSA SE INTERESSAR EM ADQUIRIR UM FUSCA 1960 MUITO BONITO,POR FAVOR ENTRAR EM CONTATO COMIGO , POSSO TE MANDAR FOTOS ,UM ABRÇAO

  2. Flavio Bragatto says:

    É o reconhecimento que as montadoras têm pelo consumidor de seus produtos. O termo “carro popular” está a cada dia mais ridículo. Ainda vejo o dia que o conceito de carro popular será o mesmo dos Fusca Pe de boi ou Renault Dauphine (nao lembro o modelo, mas o banco era uma estrutura de metal que era coberto só por cima)

  3. Insatisfação com meu carro chamado de Novo Gol e solicitação de providências (entre em contato comigo)
    Caixa de entradaX

    Responder a todos
    Encaminhar
    Responder com bate-papo
    Filtrar as mensagens assim
    Imprimir
    Adicionar à lista de contatos
    Excluir esta mensagem
    Denunciar phishing
    Informar que não é phishing
    Mostrar original
    Exibir em fonte com largura fixa
    Exibir em fonte com largura variável
    Texto de mensagem truncado?
    Por que isso é ou não é spam?
    jbapereira Pereira
    mostrar detalhes 19 mai (9 dias atrás) Responder

    Profissionais da Redação,

    Antes eu tinha um automóvel, simples, pintura na cor básica, era um GOL l.0, ano 2003 conhecido como “Bolinha”, que nunca me causou nenhum problema e apenas com 62 cavalos de potência. Pois bem, agora tenho um carro chamado de Novo Gol, que nem parecido é, com alta tecnologia, DVD para instruções, bonito, arrojado com 76 cavalos que dá a sensação de 50 cavalos.
    O Gerente de Oficina da Concessionária Carbel SA de Belo Horizonte, Sr. Marcos, entrou em contato comigo onde fui prontamente recebido. Antes do carro entrar para o oficina, o próprio Sr. Marcos dirigiu e também sentiu as pequenas falhas (Tipo Solavancos) nas 1, 2 e 3 marchas. Voltando a oficina foi feita AFERIÇÃO GERAL no carro e continuava durante todo dia em observação. No final da tarde fomos fazer um teste com o Sr. marcos no volante. Continuava o problema dos pequenos solavancos, um carro cançado, depois de rodar-mos por quse 30 minutos ele me passou a direção e ele constatou que eu dirijo com as mesmas características dele (foi bom para saber como eu dirijo) e o carro não correspondeu às nossas expectativas, pois não passou de 8 KM por litro em nossa média e até hoje com 6.760 KM rodados (amaciado) continua nos 8 KM litros.
    A Concessionária com toda a parafernália eletrônica não deu jeito no carro. Lembro-me bem das últimas palavras do sr Marcos: “Sr. joão, nós fazemos de tudo aqui, mas MILAGRE infelismente é impossível”.Agradeço a atenção do Sr Gerente da oficina, Sr. Marcos pela atenção a mim dirijida. Resumindo estou com um “ABACAXI” nas mãos e nem ao menos tenho faca para descascá-lo. No percurso que faço de caso ao trabalho não consigo pelo ou menos fazer certas curvas de 3 marcha, porque este carro não aguenta, ele sofre demais.Com o AR ligado então é simplesmente um desastre, perda de potência (Medíocre). Se este carro pudesse falar, ele pediria para voltar-mos para casa para ele descançar um pouco, ou mudar de trajeto. Senhores redatores, estão percebendo que eu só o chamo de carro? Pois no meu caso eu seria um hipócrita chamá-lo de veículo ou automóvel, de carro já está bom demais. Não estou generalizando, estou falando deste carro 1,0 chamado de Novo Gol que é o meu caso e que não ganhei de presente. Pois paguei 37.000,00 (Completo) e que não é barato comparado com um TOP de linha tipo o POLO que custa por volta de 45.000,00 (Veículo Mundial). Outro problema são dos dois Recall nos freios, outro desastrre e ficou pior do que era. Esclarecço que já coloquei álcool, casolina e até misturado e nada. Finalizando não sou ingênuo de pensar que VW me daria um zero KM em troca, porque lugar de sonhar é na cama. Ai que saudades do me “Bolinha”, aquele sim é um automóvel que merece carregar o nome GOL. Esclareço que continuo com os mesmos problemas sem soluções (até quando?).

    OBS: Estou à inteira disposição desses conceituados meio de comunicação( Revista, Órgão ou Ministério) para quaisquer esclarecimentos e até se for de interesse, envie um profissional para testá-lo e confirmar tudo que disse pelo Fone (031) 9617-6040

    Desde já agradeço, atenciosamente

    João Batista A. Pereira
    Carro placa HPJ-6702
    Chassi final 15015

  4. Tiago says:

    É lamentável, o indivíduo paga por um carro classe C e quer os benefícios de um classe A…
    Faça um test drive em um curto intervalo de tempo (de preferência no mesmo dia) em Palio, Celta, Corsa, Fiesta, 206 (207 eu nunca dirigi) e Clio, (é claro que todos com motorização e itens/equipamentos semelhantes), se possível, compare com testes feitos por outras pessoas.

    * Barulho dos pneus varia de modelo e marca;
    * Rendimento com ar ligado, realmente é ruim em qualquer um 1.0;
    * Dirigibilidade, uma das melhores (senão a melhor), da categoria, e
    * Nível de ruído interno um dos menores da categoria.
    Agora, tudo depende da conservação do veículo, não vai querer me falar que um carro de locadora está em estado de 0km…

    Basta ler um pouco mais sobre o cenário automotivo pra concretizar o que afirmei aqui, a final, um jornalista multimídia tem que ser uma pessoa antenada e BEM INFORMADA.

    RESPOSTA DO FG:

    Clube do Palio Tuning? Meu pai…

  5. Otto Lima says:

    Se a sina do brasileiro for andar de carro manco e pelado, que venha logo o Tata Nano, pois ele é bem mais barato do que qualquer carroça brasileira 1.0 e anda quase tanto quanto.

  6. Leandro says:

    Falando em moto, com os mesmos 29.000,00 de um 1.0 pelado e manco, eu compro uma Suzuki Bandit 600cc, 4 cilindros com 90 HP, que vai me dar muito mais prazer e levar mais longe com muito mais conforto.

  7. BX says:

    Em nome do CPT não kra, em seu nome mesmo. Vou vender meu Palio e comprar um BMW Série 7 depois de ler esse texto.

  8. CPT PR says:

    EM NOME DO CPT (CLUBE PALIO TUNING) , EU DIGO QUE EU E TODOS DE LA ACHAMOS PALIO UM JOSTA…FRACO E BEBERRAO…..VOU TROCAR POR UMA MOTO, O CONFORTO EH O MESMO E BEBE BEM MENOS!!!

  9. Mateus Daitx says:

    Bom, tirando o comentário do Gomes, não sei como anda esse Palio 2009. Meu pai tem uma Weekend 2a geração, conforto e acabamento razoáveis, motor e câmbio idem, mas acho o carro bastante instável, principalmente em curvas de alta. Já dirigi um Palio hatch (também 2a geração) de Porto Alegre ao Rio de Janeiro e fiquei com uma impressão boa, o motor 1.0 8V rendeu melhor do que o esperado e consumia muito pouco, conforto e acabamento razoáveis. No trabalho do meu pai tem um Gol 1.0 16v, só presta motor e câmbio, é muito mal acabado e acho que o carro mais desconfortável em que já andei, especialmente para os passageiros. Sem contar que o volante não esterça nada, pra manobrar é uma porcaria. Ford Ka eu dirigia um básico na auto-escola e achava ótimo (tirando espaço interno pra quem vai atrás e tamanho do porta malas), carrinho muito na mão e com um câmbio muitíssimo bem escalonado. Minha mãe depois comprou um mas com direção hidráulica, acho que estraga o carro de tanta manutenção que dá por causa dessa coisa.
    Mudando pras coisa boas, já tivemos um Escort 1987 1.6 à álcool, ótimo carro, acabamento de primeira (muito melhor que qualquer carro médio 0km) e um motor resistente e que era ótimo nas arrancadas e ultrapassagens (tá, a velocidade final era baixa pra um 1.6, mas em que estrada se anda a mais de 120km/h?). Meu pai ainda tem uma Marajó 1985 Álcool, guerreira, acabamento nem chega perto do Escort, mas em compensação virou 250mil km sem precisar de manutenção mais forte no motor. E o xodó da casa, um Gurgel X-12 1977, ótimo carrinho, não tem lá muito espaço interno, mas é um jipe com 800kg de peso e motor Vw 1600 acoplado num câmbio de Kombi, reboca até caminhão se precisar. Certamente é o mais divertido de se dirigir!

  10. HN says:

    ”profundo conhecedor de carros” ,filho criado com vovó que so andou de carro importado a vida toda, e mao de vaca ainda.

    carro de seguradora desalinhado (nooooossa que novidade)
    tu nao quer que um carro popular venha com motor 2.0 e banco de couro ne? podia ter pegado o gol ia ver oq e bomba, ou melhor podia ter um celta pra vc pegar.

  11. Aham says:

    A Fiat é vergonhosa mesmo. Na primeira semanda de 2009, lançou o Pálio Fire “ano modelo” 2010. Isso que é apelo para vender carro. Brasil deveria seguir regras de países que só permitem as fábricas “anunciarem” anos-modelos seguintes bem próximo ao final do ano. É legal o “consumidor” fazer um teste. Chega numa agência de usado e olhe um carro 2002/2003 e pergunta o ano. Eles falarão 2003. Agora chega com um carro 2002/2003 numa agência e fala que quer vender… eles falarão que pagarão tanto pelo seu carro 2002.

  12. Leonardo Luiz Verleun says:

    Caro FG,
    Dê-se por satisfeito…Agradeça muito a mocinha da locadora em não ter-lhe oferecido um “Celta”…

  13. Os-car says:

    Desculpe pelo erro de digitação anterior !

    Pra quem anda de Audi é fácil falar de Palio !!! Infelizmente é o que o dinheiro de alguns pode comprar…!!!

  14. Os-car says:

    Pra quem anda de audi é fácil falar de Palio !!! Infelismente é o que o dinheiro de alguns pode comprar…!!!

  15. Otto Lima says:

    Se somos obrigados a pagar quase R$ 30 mil por um pé-de-boi 0 km e se o Governo embolsa quase 40% desse valor em impostos, sem que tenhamos o devido retorno, é porque não somos tão rigorosos com as montadoras e com nossos governantes e legisladores quanto somos com quem manifesta publicamente sua preferência por sedãs ítalo-soviéticos.

  16. Fabiano says:

    Você dirigiu o menos pior das opções que tinha. Agora o pior de todos, na minha humilde opinião é o Celta. Além de todos os defeitos identificados por você no Palio ainda possui o volante torto em dois sentidos. Deslocado do eixo do motorista e com a necessidade de esticar o braço esquerdo mais que o braço direito. Voltei para a locadora xingando os caras e fui ver que a culpa nao era do carro que tinham me alugado e sim do projeto. Fora que o banco do Celta tem uma densidade muito ruim, o que acaba contribuindo ainda mais para a crise de coluna.

    E pensar que o Ka (antigo e novo), o antigo Fiesta (que mais tarde virou Street) e outros populares com dignidade vendiam tão pouco.

  17. Krisley Ferreira da Silva says:

    Flávio, ruim é não ter nenhum carro pra dirigir! Vivemos num país de desigualdades: desigualdades de oportunidades, desigualdades de intelectualidade e sobretudo desigualdade de renda. Já que pra você é uma tortura dirigir um palio, passe a andar de ônibus ou metrô. Ou, se achar melhor, distribua o seu salário de jornalista (que deve ser bem maior que o da maioria da população) ao povo para que possa andar de DKW, LADA e coisas do tipo. Se liga, rapaz!

  18. Fabrício says:

    Só mesmo na internet, em bons sites e blogs, para se ler algumas verdades sobre as carroças nacionais… Nas revistas só tem elogio! É “goleada” para cá, “nova geração” para lá, “maçaneta de Audi” em Gol acolá… E a indústria continua a se divertir com a nossa cara!

  19. Heitor says:

    É muito engraçado mesmo. A Zastava Automobiles produziu na Sérvia por muitos anos o Fiat 128 com o nome de Laika .

  20. Eduardo Okubo says:

    Ahh, para complementar o que escrevi, leiam aqui:

    http://www.fordhp.com.br/Testes/2007-KaXR16/inicio.htm

  21. Eduardo Okubo says:

    É o seguinte, meu sonho de consumo é um Ford Ka 1.6 antigo (gozado, como pode ser antigo se é mais bonito que esse monstro que desenharam no Brasil, já viram o Europeu). Imagina aquela estabilidade em curvas, centro de gravidade baixo, rodas 14 polegadas 185. Tenho um 1.0, que acho o menos pior de todos, e fico imaginando andar de Ka(rt) quando comprar o meu 1.6.

    Abraços a todos, lembrem-se que isso aqui não é para ficar se digladiando verbalmente, é antes de tudo um passatempo saudável e amigável!

  22. Camargo says:

    o Flavio Gomes é emergente, empresário,novo-rico, da elite paulistana. para ele palio é porcaria. mas para a maioria brasileira trabalhadora é uma das poucas opções em matéria de carro. éd daqueles em que o trabalhador compra financiado em 60 meses e se sacrifica para pagar o carnezinho de 500 reais.
    não cuspa no prato em que comeu gomes. vc não adorava o golzinho ? porque nao alugou o Gol ? porque no fundo sabe que é ainda pior que o Paliozinho Fire. E sua familia merece um pouquinho mais de conforto.

    RESPOSTA DO FG:

    Eu sou o quê?

  23. Isto ai não é nada!

    Eu fui de São Paulo a Garopaba (SC) de Gol G4 1.0 de uma ex namorada…

    Imagina o estado que cheguei naquele Estado!

  24. ANTONIO JUNIOR says:

    Já te falei…aluga uma BMW ! aí se achar defeito vc reclama do preço…

  25. vitão says:

    Eric, o FG não pode ir no final de Ponta NEgra porque é um rapaz de “família” ; deixa pro bandidos como a gente…..

  26. Sebá says:

    ……….o celta quando fazia muitas curvas rápidas com giro alto o motorzinho começava a bater vávulas quando voltava a andar devagar o barulho demorava um certo tempo pra parar, perguntei para um amigo meu que é mecânico e ele disse que os motores de baixa cilindrada da GM são assim mesmo, uma bosta….

    Morro de rir lendo os depoimentos feitos neste blog. Fiquei tentando imaginar as condições de uso do Celtinha acima mencionado.

    Provavelmente é utilizado nos shows do Globo da Morte, ahuahuahuahuahuau

  27. Ainnem Agon says:

    Concordo que ar-condicionado é coisa de viado: se você está com calor é porque não está correndo o suficiente! Conforto necessário em um carro só mesmo um rádio AM, e mais nada.

    Agora, enquanto não compro meu tão sonhado Ka 2001 XR 1.6 primeiro modelo com reloginho oval, vou destruindo as estradas na minha fiel Suzuki Intruder que até inundação aguentou já!

  28. Sergio says:

    O Flavio Gomes está com saudades das ferias na Disney. Lá ele alugou um SUV.

    Passar as férias em Natal num Palio alugado? Escolheu mal Gomes, essa cidade não tem nada pra se fazer a não ser aquele passeio de barco fraquinho. e o cajueiro do garotinho. hehe eu já cai nessa tambem. Minha dica é Fortaleza, que dá de 10 a zero em Natal.

  29. Caráca, 210 comentários…
    Oh povo que gosta de diz-que-disse…

    Mas gostei da teoria do R. Augusto.
    Pega um pé de boi que já mudou de motorista 400 vezes e mia?
    Ah, vai de Corolla, Tomático, vai, vai ?!?

  30. Essas “carroças” são caras e ruins… Mas são o que se dá para comprar para quem ganha o que eu ganho por exemplo. Por isso sempre fiquei feliz quando pego um pé-de-boi zerinho. E não adianta aconselhar a pegar um carro melhor usado, porque se ele fica mais barato é porque a manutenção é caríssima. Vá trocar uma máquina de vidro elétrico de um Vectra 2002, uma lanterna traseira de um Civic 2004, um catalisador de um Passat 2003…
    É fácil para quem pode ter Audi A3 detonar os poisézinhos da turma do salário magro.
    Hoje estou no Sandero completinho, mas meu melhor carro foi um orgulhoso e valente Palio ELX 2002 – 25 anos. Primeiro carro zero, comprado à vista. Me deu 4 anos de bons momentos e alegria! E era lindo! Uma conquista!

  31. JP says:

    “Um carro de 900 kg e aerodinamica simples deveria fazer algo como 11, 12 km/l de álcool. Na cidade, 7,5 a 8.”

    Deveria??

    Pfff….
    O meu CHT 1.6 álcool carburado faz mais que isso!!

  32. Renato Augusto says:

    Pelo visto, a turma desse blog é só alto nível. Devem andar só de Rolls Royce, Bentley, Maseratti…
    Porque vc não alugou um Corolla ou um New Civic ou um Omega?
    Pega um pé de boi e ainda fica dando chilique…

  33. Luiz H de Allbuquerque says:

    FG, até parece que temos várias opções.
    Quem precisa comprar nossos carros “populares” é obrigado a comprar estas porcarias.
    Teu comentário parece uma coisa meio Maria Antonieta.
    Porque não compramos Mercedes?
    Cai na real Flavio.

  34. Christian - Do Niva says:

    Por estas e outras que eu prefiro meu Focus GLX 2002, 115CV, custou 10 mil a menos que um “Celebration”, mas tem Ar condionado, que funciona, inclusive na subida, ABS, Air-Bag, Rodas de Liga Leve, Freio da disco nas 4 rodas, vidros elétricos em todas as portas, trava, alarme, som com controle do volante, retrovisores elétricos, sensor de estacionamento, computador de bordo, bancos em veludo com regulagem de altura e sobretudo espaço desempenho, conforto, silêncio e estabilidade. Só tem dois defeitos, ser prata (afinal um usado em excelente estado não se escolhe a cor) e não ter teto solar.

    Estas porcarias (são porcarias sim, só defende quem não teve um carro melhor) só são assim pois o povão “apaixonado por carros” não é exigente, aceita qualquer coisa, que tenha “bom valor de revenda” e que seja preto ou prata…

  35. Rodrigo Tossato says:

    Minha noiva tem um Palio Fire 2003 com ar, não achei tão barulhento assim…mas que o painél é pobre isso é, e o motor é muito fraco mesmo sem o ar ligado, qualuer subida e o motor “peida” e vc tem que diminuir para embalar…

  36. Pedro Jungbluth says:

    9,8 km/l para um compacto na estrada é beberrão mesmo, ou você anda sempre acima dos 130 km/h

    Um carro de 900 kg e aerodinamica simples deveria fazer algo como 11, 12 km/l de álcool. Na cidade, 7,5 a 8.

  37. Gustavo Stricagnolo says:

    Para ser bem sincero a indústria brasileira sempre fez porcaria, com exceção a linha VW (Passat e linha Gol até 94 tirando o 1000 CHT que era um verdadeiro lixo). Pior que hoje todo mundo acha lindo andar nessas porcarias 1000 que custam um absurdo, por mim iriam todos para prensa, o que ajudaria o transito tb.

  38. Heitor says:

    Na verdade o Laika é cópia do Fiat 128, hehehe ….

    RESPOSTA DO FG:

    Nossa que engraçado. Estou me dobrando de rir. E ainda erra o Fiat…

  39. Heitor says:

    O FG , será que tu não sabe que a base de construção do Lada Laika é da Fiat. Se um Laika é tão bom quanto você apregoa porque não dizer que é cópia do Fiat 130.

  40. Marcelo Oliveira says:

    sorry, typing error: “Guardadas as devidas porporções”

  41. Marcelo Oliveira says:

    Ainda lembram quando Fernando Collor falou que nossos carros eram carroças? Quardadas as devidas proporções, houve pouca evolução. Vejam quantas modificações “nossos carros” ainda sofrem para serem exportados! Somente agora cogitam a possibilidade de exigir air bag e ABS (talvez em 2014) como ítem de série para todos os carros, enquanto este é um ítem obrigatório em qualquer país que respeita seus consumidores. Estes ítens salvam vidas!!!O que se paga por um meio de condução aqui no Brasil, compra-se um “carro de luxo” em outro país.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *