MENU

quarta-feira, 3 de junho de 2009 - 11:04F-1

VIROU FESTA

SÃO PAULO (eu adoro) – Pelas contas do Grande Prêmio, são 19 as equipes inscritas para o Mundial de F-1 do ano que vem — ou, ao menos, que mandaram seus formulários de inscrição para a FIA, o que é um pouco diferente. Está cheio de aventureiro, claro. Há equipes não confirmadas, como a March e o fantasma da Brabham. Há ainda essa Epsilon Euskadi que, se for aceita, será o time de nome mais esquisito de todos os tempos.

Eu acho o máximo, por mim entraria todo mundo. Mas serão só 13. Muita gente pergunta por quê, se nos anos 80 tinha um monte, pré-classificação e o escambau a quatro.

É por causa de logística. Espaço nos boxes, nos autódromos, no paddock para caminhões e motorhomes, caixas, equipamentos, transporte aéreo para provas transoceânicas. Nos anos 80 a coisa era meio varzeana. Lembro de ver equipe trabalhando debaixo de tenda, atrapalhando o tráfego. Era engraçado, mas desconfio que isso não cabe mais na F-1 atual, em que dá até para comer no chão de um box, de tão limpo. Os autódromos de hoje suportam 26 carros com toda a estrutura necessária para fazê-los andar. Mais do que isso é difícil.

43 comentários

  1. Felipe disse:

    Olá Flávio

    Vou confessar que preferia a várzea que era antes

    Põe 28 ou 30 carros largando que o negócio fica muito mais interessante. E daí que vai ficar tudo amontoado lá atrás.

  2. antonio disse:

    E tá prá lá de bom .
    Pra quem já teve receio de termos 14 ou 16 carros no grid, ter 26 já é uma benção !
    Tinha mais é que ter uma classe B , seja GP2 seja F-2 , seja qualquer coisa ,correndo no mesmo ou em outro circuito do aos sábados com largada após o fim dos treinos da F-1, com ascenso e descenso ( será que escrevi certo ? ) de equipes.
    Sempre achei que em se tratando de esporte ( automobilismo é esporte ? controverso o assunto…) a maior motivação é a vitória. Do jeito que está ,a maior motivação é o $ e enxergo neste aspecto o grande problema que a F-1 tem de contornar …

  3. maicon alessandro disse:

    nas proximas horas vai ser anunciada a inscricao da Galvao racing. com o primeiro piloto caca bueno e o bruno senna.

  4. Kleber Pereira da Silva disse:

    Metade destes NOVOS times se inscreveram por pedido do Chicotinho para pressionar a FOTA. A outra metade a pedido do Veigagá para pressionar alguém. No final vão sobreviver duas ou três….

  5. Rogério Magalhães disse:

    Pô, o Nipo matou a charada, hehehehehehehehe…

    Mas falando um pouco mais sério, por mim que se dê um jeito e entrem as 19 ou 20 ou mais que sejam… seria uma boa forma de fazer a sexta-feira valer alguma coisa e não ficar nessa modorra de treino livre que só serve para o Rosberguinho ficar sendo leão de treino. Seria simples: os 38 ou 40 carros (ou mais) na pista. Feitos os dois treinos do dia, os 20 melhores é que estariam classificados para o Q1 do sábado.

    As sextas-feiras ficariam muito mais interessantes, certamente… ou se for muito radical, que se use então aquele mais inútil 3º treino livre que acontece no sábado de manhã para fazer essa degola para o Q1.

  6. Vitor disse:

    Eu acho que a inscrição da Epsilon Euskadi é uma das que mais fazem sentido. Afinal, eles já projetam e constroem carros de turismo, tem um túnel de vento, diferente de algumas equipes de GP2, que nunca fizeram nada disso na vida e se inscrevem, provavelmente para tentar comprar um carro e correr com ele. Espero que entrem a Epsilon e a Lola. A outra o Bernie pode escolher.

  7. JBCarneiro disse:

    O sucesso da Brawn deixou todo mundo entusiasmado.

    Todas estas novas equipes pretendentes acham que vão fazer seus carros, conquistar a pole e vencer a primeira corrida com dobradinha, vencer as oito primeiras corridas do campeonato de 2010 e serem campeãs antecipadas.

    Tudo isso com o orçamentinho reduzido pelo Max. Tá fácil.

    Tudo o que o senhor Max quer, juntamente com o sr. Bernnie (é calro), é diminuir o custo das equipes de F1 o mais que puder para não terem que dividir a bilionária arrecadação da Formula 1 com as próprias equipes e, assim, eles dois continuam sendo os dois maiores beneficiários de todo o dinheiro e do poder na categoria.

  8. Roberto disse:

    Agora são 20 equipes

  9. N I P O - L U S O disse:

    SÓ FALTA 06 PARA TER 26 EQUIPES, ASSIM TIO MAX PODERÁ TER O SEU TETO ORÇAMENTÁRIO, POIS SERÁ UM CARRO POR EQUIPE…

  10. Kleber Pereira da Silva disse:

    Porque só 13 equipes? Não tem como aumentar os boxes????

  11. Zuquim disse:

    Tá no http://esporte.ig.com.br/grandepremio/formula1:
    epsilon euskadi confirma inscricao para campeonato de 2010

    Devo ter enlouquecido.
    Nunca imaginei uma equipe de F1 que tivesse nome parecido com epsilon euskadi…

  12. Chico 307 disse:

    Opa..já que virou festa…estamos aí caríssimo Flavio…pode dar a notícia em primeira mão….acabamos de inscrever a 1° Equipe Brasileira para o Mundial 2010…Inclusive teremos parceiros brasileiros..teremos apenas o motor dos Japeneses da Yamaha..Estaremos utilizando o seguinte equipamento..Chassi Mini Riomar – modelo Supremo S03 – Motor Yamaha RD135 – câmbio Yamaha e sistemas de alimentação e gerenciamento da Riomar/tilotson…Utilizaremos carenagem na cor preta..numeral 307… estamos viabilizando um segundo bólido…se for de interesse é só nos contatar…

  13. askjao disse:

    País Vasco?!?!?!?! Vou morar lá… ;)

  14. Edson Z. disse:

    Flávio, a quem possa interessar.

    Euskadi nada mais é que o nome do País Vasco em sua língua,
    o Vasco ou Euskera, em Vasco. A confusão com a ETA aqui comentada, dá-se pelo seguinte: ETA em Vasco é a abreviação de Euskadi Ta Ascatasuna, que quer dizer “Pela libertação do País Vasco”. A ETA não é uma unanimidade no País Vasco, muito pelo contrário, e ainda existem braços bastante conflitantes sobre a mesma sigla, tais como a ETA MILITARRA (militar) e a ERRI BATASUNA que luta pelos direitos sociais, históricos e polítcos dos Vascos de forma honesta e civilizada. Sobre a equipe, eles tem um site onde pode-se conferir a estrutura, o staff e a história deles. Tem gente boa lá e vitórias recentes em protótipos. Dêem uma espiada: http://www.epsiloneuskadi.com .

    Abraços Edson Zubizarreta.

  15. Rodrigo Duarte disse:

    Saudades da Brabham, da Lotus, March ou Leyton House, Footwork, Larrouse, Arrows, Benetton, Jordan, e a lendária Minardi.
    Saudades da Pré-Classificação, daquelas equipes pequenas se matando por um motor, por dinheiro, patrocinadores, tentando baixar o tempo para entrar na classificação do GP.
    Por mim também, entravam todas.

  16. Guga. disse:

    http://www.motorsport.com/photos/popup.asp?N=52&I=lemans/2008/24h/lemans-2008-24h-th-4014.jpg&FS=LEMANS&SN=1_64.235.98.12:10565&S=LEMANS
    Se o critério for beleza, a EE tá dentro faz tempo! Mas, na verdade, os caras tão sem grana até pra Le Mans esse ano. Respeito todas as opniões do mundo, menos a de que o Cristiano Ronaldo gosta de mulher, mas acho a Nascar a coisa mais chata do planeta.

  17. flavio perillo disse:

    É verdade. Me lembro da equipe Lotus trabalhando dentro de um galpão improvisado onde seria hoje mais ou menos o box 20.
    Bons tempos…eu ia pedir (mendigar) adesivos e recebia sempre um britânico (no!)

  18. Joel_RS disse:

    Criarei a RSF1 ou Gaudério Racing com patrocínio da Erva-Mate Jacutinga e Postos Di Trento (é Petrobras), hahahaha.

  19. Euskadi?? Essa equipe vai ser uma bomba!!

    (eita piada ruim)

  20. Roberto disse:

    Será que a Lotus voltará a F-1?

  21. Roberto disse:

    Falam que alguns nomes lá são cascatas, só jogada de marketing de titio Bernie e Mr. Max.
    Mas, ano passado falaram que Rubinho e Button estavam aposentado, que a Honda não ia correr (claro que eles estavam desenvolvendo um carro competitivo para 2009 nas mãos de Ross Brawn, têm tudo – conjunto, câmbio, chassis, menos o motor Mercedes).

    Agora é Brabham e Epsilon!

    Tá na hora do Brasil voltar a ter uma equipe na F-1!

    Cadê a Piquet Sports?

    Vou escrever logo a minha equipe, mesmo tendo um orçamento pequeno! Acho meio difícil colocar os meus carros para 2010 pois vão colocar só 13 equipes e a concorrência é grande! rsrsrs

    Para 2011!
    RSFGP Racing Team!

  22. francisco m disse:

    Caro Marcelo D seu comentario não esta fora da realidade,mais não teria o nome de COPERSUCAR e sim PIGUET – SUCAR.
    abraço

  23. Pedro Henrique Corado disse:

    Acho que é bem legal para tirar um pouco a marra das fábricas. Ter equipes “de corrida” é muito mais legal, abre mais espaço para possíveis “revelações” (pilotos, engenheiros, mecânicos e etc.).

    Por mim, entrariam todos os que estivessem afim e sairiam os que estão querendo zonear!

    Não que eu queira ver a Ferrari fora, mas a soberba de alguns está fora dos limites.

  24. Ademilson disse:

    Esse empresario deve ser um daqueles antigos fãs da serie japonesa, spectreman, melhor de todas por sinal, entao colocou este nome na equipe, Epsilon, nome do planeta do Dr. Goris….

  25. Valter disse:

    Acabo de saber que Lotus, Tyrrel, Copersucar, Dick Vigarista, Penélope Charmosa, Barão Vermelho, Peter Perfeito, Mario, Luigi, Toad, Bowser e Yoshi já manifestaram suas intenções mas ainda não se inscreveram.

  26. Smirkoff disse:

    A proposta da Epsilon é mais séria do que a da Prodrive; eles já fazem carros de corrida e têm gente que entende do assunto trabalhando. E, de quebra, a proposta dá uma rasteira na USGPE, que pretendia usar a sede da Epsilon como base na Europa. Acho que o resultado final desse processo de escolha vai vir de uma politicagem infernal.

  27. askjao disse:

    19 não… 20!!! Acabei de mandar a da minha Equipe, a Askjao Racing.

  28. Peixe Virtual disse:

    Ora, faz q nen no Brasileirão, cria a serie a e a seria b, as 2 piores equipes caem,e as duas melhores sobem, simples assim!

  29. Renato disse:

    Em outras palavras, a F1 mais parece uma Fashion Week com tamanha frescura e porque não, bichisse.

    Cada vez mais, eu me torno menos fã da F1 e mais fã da NASCAR, pois por mais que possam falar das bandeiras amarelas, das corridas em ovais e tudo o mais, eles correm quase 40 vezes por ano, ou mais, pois tem pilotos que correm nas três divisões, e isso dá quase 100 corridas por ano, e as moças reclamam em fazer 20, tem quase que ojeriza do público, enquanto lá eles fazem de tudo para aproximar, até inclusive corridas especiais em pistas de terra (inclusive terão uma hoje a noite, chamada Prelude to the Dream, corrida organizada pelo Tony Stewart para a caridade com os principais pilotos), e ainda não permitem que pessoas novas cheguem e conquistem seu espaço, ficando nas mãos de uma meia-dúzia.

    Ou seja, é muita frescura para uma categoria só, e ainda tem o Rubinho para criar mais antipatia com a F1. Sou mais o Montoyucho, Jeff Gordon, Tony Stewart, Jimmie Johnson, Kyle Busch…

    E a ponto do jogo de corrida mais conhecido do Japão (Gran Turismo) incluir a NASCAR em sua próxima versão, além de organizar uma liga online para que qualquer pessoa no mundo possa disputar virtualmente um campeonato sancionado pela categoria.

    Em outras palavras, quem vale mais a pena acompanhar?

  30. Rogerio BH disse:

    Por mim, também, que entrassem todas e ficassem brigando por 26 vagas no grid…o público quer ver carros e pilotos….
    tirando a Brawn que foi um evento este ano (que já acabou), a F1 estava sempre o mais do mesmo…
    mas duvido também que na hora H essas novas equipes ratifiquem a inscrição. Talvez a equipe americana..e olhe la´..

    mas que venham os 26 carros no grid…aí justica os 8 primeiros pontuarem….e quem sabe aparece uma vaga para o Barrichello permancer mais uma temporada…afinal carro para acertar e desenvolver nao vai faltar…

  31. Eduardo Baldi disse:

    Ja começo a pensar e gostar daquela idéia absurda (na época) de se criar uma segunda divisão na F1 com rebaixamento e tudo. Temos quase 20 equipes, 10 em cada divisão, sobe 2 e desce 2 em cada ano.

  32. Raphael Arqueti disse:

    Off topic: Flávio, vi esse video http://www.youtube.com/watch?v=VqHrCLt3Geo intitulado de O Curta Proibido De CLAUDE LELOUCH.

    Em agosto de 1978, o cineasta francês Claude Lelouch montou uma câmera na frente de uma Ferrari 275 GTB e convidou um amigo, piloto profissional de Formula 1, para fazer um trajeto no coração de Paris à maior velocidade que ele pudesse. A hora seria logo que o dia clareasse.
    O filme só dava para 10 minutos e o trajeto era de Porte Dauphine, através o Louvre até a basílica de SacreCoeur. Lelouch não conseguiu permissão para interditar nenhuma rua no trajeto.
    O piloto completou o circuito em 9 minutos, chegando a 324 km por hora em certos momentos. O filme mostra ele furando sinais vermelhos, quase atropelando pedestres e entrando em ruas de mão única na contra-mão.
    Quando mostrou o filme em publico pela primeira vez, Lelouch foi preso. Ele nunca revelou o nome do piloto e o filme foi proibido, passando a circular só no underground.

    RESPOSTA DO FG:

    Vi. Uns três anos atrás, quando coloquei aqui neste blog.

  33. filho do vento disse:

    Euskadi quer dizer região basca em basco. A equipe vêm dessa região e o ETA também
    http://fr.wikipedia.org/wiki/Euskadi

  34. Leandro Barbieri disse:

    Flavio Gomes,
    Acredito que 26 carros largando seria o número ideal, mas se tivesse 15 times? Imagina no treino classificatorio de sabado onde 4 carros estariam de fora do grid, seria uma coisa de louco, não teria equipe deixando para entrar faltando 3min p/ acabar o treino , pois se o piloto erra um abraço, corrida de domingo sem um carro da ferrari ou da maclaren. Olha que legal!
    Acredito que a competição seria mais interessante e que os autodromos suportam 15equipes, vc que conhece as pistas aha viavel isso?

  35. Felipe Passos disse:

    Por que não pegam estas 6 equipes que vão sobrar e montam uma 2ª divisão da F1, seguindo o regulamento do teto orçamentário. Poderiam correr em pistas diferentes das que a F1 corre. Aí a equipe campeã, ou até a segunda colocada subiriam para a F1- dentro do regulamento atual – no ano seguinte. Em contrapartida, as 2 piores da F1 cairiam para a 2ª divisão e obrigatoriamente teriam que seguir o regulamento do teto orçamentário, logicamente com uma enorme multa para não desistir de correr na 2ª divisão.

    Sei lá, é meio viagem hehehe

    Abraços

  36. Marcelo Giordano disse:

    Vamos inscrever a LF?
    Abraços,
    Giordano

  37. porsche 917 disse:

    O Mosley, raposão, tá visivelmente usando as inscrições desses times, pra pressionar a Fota. Que que é isso, esse time Epsilon Euskadi; pelo que me lembro a letra “E” do ETA (grupo de guerrilha basca) é justamente Euskadi, vai ver que estão planejando por uma “bomba” nas pistas… Brincadeiras à parte, torço que vingue a March, a Brabham, a Prodrive que pode virar Aston Martin e o time americano (daí poderemos ver se os gringos sabem construir carros de corrida de verdade) e se a Ferrari ou a Toyota ou ainda a Renault quiser sair, por mim bye bye pra qualquer um dos 3.

  38. Verde disse:

    Um chão limpo, es decir.

  39. Verde disse:

    Simpatizo com Epsilon Euskadi. Sei lá, é um “Force India” mais autêntico e menos clichê, e com o nome do país basco em sua língua de quebra. Adoraria ver um Alpha Eesti, um Omega Suomi ou um Beta Magyar.

    Por mim, entram todos também. É sádico, divertido, dá uma utilidade às sextas (quintas?) e rende histórias bacanas, como as marteladas da Life e o belga doidão da Onyx.

    E acho desnecessário um chão clínico de modo hospitalar. Box que é box está salpicado de graxa, parafusos e porcas e tem um calendário da Pirelli pendurado.

  40. Fernando Carvalho disse:

    FG, quanto a ponderação s/ espaço e etc, concordo que em alguns casos fica realmente difícil , mas alguns destes autodromos ,que fazem parte do circuito da F1 atual , recebem categorias com , sei lá 30 , 32 carros largando….
    Se houver 28/30 carros brigando pelo grid de classificação a coisa iria melhorar , pois os últimos anos (exceto este pela surpresa Brawn) tava sonolenta a catyegoria
    Para mim é tudo uma questão de ” não quero dividir o osso com novos cachorros”…, como declarou o capo Flávio Briatore ‘a dias atras, criticando as novatas que se inscreveram., e esquecendo como surgiu a categoria …

  41. disse:

    Nossa se era bagunçado, e não precisa ir muito longe, lembra a Andrea Moda do Moreno, Putz. Eu vi este carro. Cadeira elétrica era elogio.

  42. Vou mais adiante Gomes.
    Suponha que “em nome do Show” do Bernie se invente mais adiante que dá pra colocar 30 carros. Ele então põe mais um atonelada de exigências para quem quiser sediar uma prova e das tradicionais pistas do calendário a maioria some,zarpa,vai embora,desintegra.
    E teremos para nosso deleite tão somente pistas hollywodianas e paradisíacas no calendário, ABu-coisinha, Emirados-coisinha e afins, com provas emocionantes onde como não é possível ultrapassar porque o projeto do Hermann-coisinha não privilegiou esse aspecto desnecessário do esporte (afinal é show, não é esporte).
    Até acho que para pistas com esses nomes, nada mais adequado que equipes com nomes assim, Epsilon Dábliu Dábliu,Irmãos pedrada, Carroção do Tio Tomás, SuperKlusnk, Equipe TIM TERRA, e coisas “momosas” desse porte.

  43. Marcelo D disse:

    Daqui a pouco os Fittipaldi se animam e voltam com o Copersucar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *