FALA VATANEN

SÃO PAULO (já tem meu voto) – Sou muito simpático a essa turma nórdica dos ralis e, ampliando (graças a um blogueiro que me corrigiu), da Escandinávia, e por isso acho que Ari Vatanen seria melhor para a FIA do que Jean Todt. Lendo esta entrevista dele, minha simpatia aumentou. Mas vai ser muito difícil segurar o pequeno Napoleão, candidato da situação, por assim dizer. Se ele ganhar, colocarão a raposa para tomar conta do galinheiro, no que diz respeito à F-1.

Todt, nem é preciso dizer, é tudo que a Ferrari quer. Daí que não entendo, mais uma vez, o apoio de Max Chicotinho ao francês.

Aliás, nos últimos tempos, não entendo mais nada.

Subscribe
Notify of
guest
34 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Anselmo Coyote
Anselmo Coyote
12 anos atrás

Gil de Queiroz – esqueci uma coisa: Vá pentear macaco!

Anselmo Coyote
Anselmo Coyote
12 anos atrás

Gil Queiroz – Vc fundamenta muito bem seu ponto de vista. Sinto-me honrado.

Alexandre Lannes
Alexandre Lannes
12 anos atrás

Bom… tanto o Vatanen quanto o Todt, são advindos do rally. Todos dois foram da Peugeot… Todt conhece o Vatanen como poucos… Vatanen conhece o Todt também muito bem.

Como piloto, o Vatanen é o meu ídolo junto com o Kankkunen. Talvez tenha sido mais piloto que o velho Juha… talvez. Agora… politicamente falando, o Vatanen era da linha conservadora.

De qq forma, só por ser quem é, por pilotar o que pilota até hoje, já tem meu voto.

Seria legal ele zoar pilotos. Tipo técnico de futebol que jogou muito tendo que ministrar futebol para perna de pau. Zico dirigindo o Obina ou coisa do tipo.

Tem o meu, mais por simpatia do que por qualquer outra coisa.

Em tempo, rally sempre foi a minha categoria preferida… passei a conhecer automobilismo através do Grupo B. Depois fui ver e entender o que era a F-1.

william
william
12 anos atrás

Eu também prefiro a turma da escandinávia. Quanto ao fato de o Mosley apoiar o Todt tenho uma teoria. Acho que é uma estratégia para acabar com a FOTA pois com vitória do Todt significa que os interesses da Ferrari estão garantidos e muitas vezes colidirão com os interesses das outras equipes.

Gil Queiroz
Gil Queiroz
12 anos atrás

Pois é parece que o Vatanen é aquele desconhecido que parece um conhecido, cara bacana e honesto. Talvez fosse melhor que Todt mesmo, pois o francês certamente puxará uma sardinha para Ferrari.

* Rafael Rego, conheço esse tal de Anselmo Coiote do blog do Livio, o cara é maior mala, não perca seu tempo com ele, vê só o que ele escreve, só fala bobagem, acha que é o sabereta.

Lucas Rafael Chianello
12 anos atrás

Cá estamos fazendo campanha pra Vatanen!

http://naretaoposta.blogspot.com/2009/07/vatanen-presidente-boletim-n-1.html

“Eu sempre fui uma pessoa muito idealista; sempre acreditei na justiça, e por isso entrei na política. Vi muita miséria, pobreza e injustiça durante a minha vida e acho que todos nós precisamos contribuir quando vimos algo assim”. Ari Vatanen

Vai ter carater assim lá no inferno! Avante, Vatanen!

Fabio Ferreira
Fabio Ferreira
12 anos atrás

Gosto do Vatanen. Comecei a acompanhar rali quando ele era o cara.
E é protagonista nesse filme clássico, não me canso de ver.: http://www.youtube.com/watch?v=TKgeCQGu_ug

Pacheco
12 anos atrás

Ora, a maior parceira da Ferrari é a FIA. Nada de surpreendente. A Ferrari há alguns faz o que bem entende, e é assim que eles querem continuar. Amortecedor de massa não pode; já as calotas aerodinâmicas…

HM
HM
12 anos atrás

é impossivel nao gostar do cara, tudo que ele vem falando é o que deve ser feito

Mari
Mari
12 anos atrás

Pois é, tb não entendo mais nada.

Anselmo Coyote
Anselmo Coyote
12 anos atrás

Luca – Como torcedores nossas opiniões ficam sob suspeitas, claro..rs. Mas vc tem razão. A Mc Laren, assim como a Renault não são santas mesmo. Aliás, qual equipe é? Acho que nenhuma. Talvez a Williams.

Rafael – Desculpe-me. Foi sim. Tá anotado. Mas, como disse, o Massa não tem nada a ver com essas decisões. Já, a Ferrari…

Marcio – O Lívio Oricchio é um grande conhecedor de F1. Todavia, em dois assuntos ele carece de credibilidade.

Um, no que diz respeito aos brasileiros reivindicarem legitimamente seus direitos. Ele é contra (pelo menos no assunto que discutimos no blog dele).

Dois, no que diz respeito à Ferrari. Ele é torcedor roxo, sem qualquer isenção. Sobre o episódio Hamilton x Raikkonen e a devolução da posição depois da ultrapassagem na chicana, ele defendeu os comissários com os argumentos mais absurdos.

Abs.

Side Show Bob
Side Show Bob
12 anos atrás

Causa espécie que FGomes, um bolchevique assumido, torça pela vitória de Vatanen, que nos 10 anos em que esteve no Parlamento Europeu, pertencia ao Bloco Conservador-Neo-Liberal-Direitista (tanto quando foi eleito pela Finlândia, quanto quando eleito pela França).

Salvo se a alcunha auto-imputada de multimídia de araque, também sirva para um Trotskista de araque.

Daniel Neves
Daniel Neves
12 anos atrás

A FIA não é só F1.
Só o fato de ser alguém que é fora da F1 já me é de bom agrado.
VATANEN neles!

Josiel Barreto
Josiel Barreto
12 anos atrás

Gente nova na FIA é bem vinda. Pode ser o Vatanen, o Jackie Stewart ou o Nelsão Piquet. Precisamos de gente do ramo e não pseudo esportistas.

Tem muita coisa para mudar, inclusive muitas regras. Precisam ser claras e duradouras.

Gostei da entrevista do “alemão”…..

ECidade.
ECidade.
12 anos atrás

Prezados,

Também sou Vatanen desde garotinho. O Mais que Mole e o João Nescau em suas nefastas (e curtas) experiências como pilotos viram logo que não eram do ramo e viraram cartolas rapidinho. E logo provaram que eram do ramo, no mau sentido da expressão. Parece que essa praga de cartolagem não é privilégio nacional… Já o Ari Vatanen além do bom caráter e da boa formação, era do ramo, um “bota” da maior expressão.

Espero que ele vença e traga sangue novo para o esporte a motor.

Um abraço a todos.

Francisco Camargo
Francisco Camargo
12 anos atrás

Caramba, participar do blog do Flávio Gomes com o Ricardo Divila é muita honra!!!

Flávio você pode nos informar por onde anda o Ricardo Divila?

Grato.

Francisco Camargo
Francisco Camargo
12 anos atrás

Pois é pessoal, é muito triste nós discutirmos política no automobilismo. Infelizmente o mundo da política é contaminado e viciado, não acredito em mudanças na FIA. Tudo vai continuar na mesma com jean Todt. Mudar para ficar na mesma.

Marcio
Marcio
12 anos atrás

Flavio da uma olhada no que seu colega de profissão Livio Oricchio escreveu:

http://blog.estadao.com.br/blog/livio/?title=todt_sera_um_bem_para_a_formula_1&more=1&c=1&tb=1&pb=1

edson zubizarreta
12 anos atrás

Flavinho,

Não é que agente “não entende mais nada”. O que não entenmos é tanta ganância por poder e grana. Supera todos os limites dos homens de bem.

Abraço, Edson Z.

Julio
Julio
12 anos atrás

Flávio, você está se enganando em um ponto, a Ferrari não quer Todt… apesar da longa parceria, Todt chegou a um ponto que tinha mais poder (pelo menos simbólico) do que Montezemolo, como um diretor pode ter mais influência que um presidente? Apesar de não transparecer isto, a saída de Schumacher da Ferrari se deu por uma grande guerra entre Todt e Luca, Schummy e Todt tinham tanta influência que praticamente ditavam as regras… Schummy saiu, Luca colocou Kimi, que ele queria como piloto, manteve Todt por apenas 6 meses na direção da equipe, depois foi deslocado para a fábrica e, finalmente demitido, portanto, não há nenhum interesse em sua eleição, muito pelo contrário, Todt não é “amigo” da Ferrari, hoje são inimigos, apesar das “aparências”.

Por isto Max o apoia, sabe desta guerra nas sombras…

Romulo
Romulo
12 anos atrás

Este Jean Todt apesar de frances e ja ter trabalhado por longos anos na Ferrari, vai ser o candidato do presidente da Ferrari e pode fazer tudo como a Ferrari quer.
Assim, o Max chicotinho tem toda a razão quando diz que o presidente da FIA não pode ter ligação com esta ou aquela equipe, senão vai deixar de ser imparcial e a Ferrari pode ganhar tudo nos bastidores e depois por politicagem pode ganhar na pista tambem.
Mas por outro lado o Jean Todt como grande conhecedor de F1 e das equipes, se for imparcial politicamente,pode fazer um grande trabalho na FIA, pois ja esteve nas pistas e sabe bem como funciona e o que as equipes precisam para fazerem um bom campeonato. O Jean Todt ja mostrou o seu valor na Ferrari como chefe de equipe, cabe agora a ele fazer o mesmo da FIA e, tomara que consiga tambem.
O candidato Vatanen apareceu de repente para a midia, ninguem nunca viu e não sabemos o que ele pode aprontar. Apesar de bem intencionado o Vatanen para mim é um soco no escuro. Vai ser dificil esta decisão de quem sera o novo presidente da FIA, Vatanen ou Todt.

Joaquim de souza
Joaquim de souza
12 anos atrás

Imagina o Vatanen na presidência da FIA????

Mario Souto Maior
Mario Souto Maior
12 anos atrás

Não seria melhor um Jackie Stewart ?

Sostenes
Sostenes
12 anos atrás

“Todt, nem é preciso dizer, é tudo que a Ferrari quer. Daí que não entendo, mais uma vez, o apoio de Max Chicotinho ao francês.”

Simples, meu caro, sado-masoquismo.

MSM
MSM
12 anos atrás

Também acho que para a entidade seria melhor o Vatanen, mas a força do françês diante das equipes é muito grande e infelizmente acho que ele vai ganhar.

Huller moreno
Huller moreno
12 anos atrás

Agora… uma coisa é certa. O Ari Vatanen é a cara do Max, atual presidente da FIA. O Vatanen é igualzinho a ele, pelo menos se parecem muito fisicamente. hehe

Diogo M.
Diogo M.
12 anos atrás

ARI VATANEN PARA PRESIDENTE!!!!!!!!!

Rafael Rego
Rafael Rego
12 anos atrás

Opa, Anselmo, Massa foi punido sim por deixar Hamilton virado pra tras em Fuji, plo que lembro.

Ricardo Divila
Ricardo Divila
12 anos atrás

O Ari foi meu piloto em duas Paris-Dakar, e tive a honra de o ver ganhar sua 50sima etapa do Dakar com meu carro…

Posso dizer que ele e um verdadeiro esportista, e divertidissimo, com um humor seco e agucado….Nao posso imaginar um melhor dirigente para a FIA, para botar as coisas em ordem, porem tenho medo que o sistema vai ganhar outra vez….o dinheiro fala alto, e as vezes emudece o esporte…abracos
Ricardo

FABIANO ROCCO
FABIANO ROCCO
12 anos atrás

Flávio, só uma pequena correção:
Na realidade, os finlandeses como o Vatanen, Keke Rosberg, Hakkinen e Raikonen não são escandinavos, pois a origem cultural e linguistica dos finlandeses é diferente dos chamados Países escandinavos (Dinamarca, Noruega, Islândia e Suécia, que aliás, em vários momentos da História foram um único País, com a unificação das “coroas”).
Abs.

RESPOSTA DO FG:

Corrigido, valeu!

Luca Bastos
12 anos atrás

Também sempre gostei de Raly e consequentemente sempre admirei a turma da Escandinávia.

Aliás, tenho ótima impressão do Vatanen com o pouco que sei dele. Mas o que ele sabe sobre F1. Conseguirá se impor?

O Todt conhece tudo de F1 e todos sabemos que tem vínculos com a Ferrari. Mas não é assim em muitos esportes? Qual federação que não é dirigida por alguém que veio de algum clube ou alguma entidade?

Colocar o Vatanen seria experimentar algo novo. Algo incomum em quase todos os esportes.

Sempre respeitei a competência do Todt (que faz falta na atual Ferrari) e para mim parece melhor preparado para dialogar com as grandes raposas da F1. Não posso prever se vai se apoderar de todos os ovos.

@Anselmo Coyote

Você está quase certo. A McLaren também não é santa. E minha opinião também não é100% isenta porque torço pela Ferrari.

Thiago Azevedo
Thiago Azevedo
12 anos atrás

Porque? Porque no fundo no fundo, por ter sido escurraçado, ele torce para que o se sucessor não logre êxito. Se quem vier depois não fizer um trabalho bom, isonômico, que agrade a todos, ele vai dizer: no meu tempo não era assim, mas como vocês não quiseram…
Malandro esse tal de Max!

Maurício MV.
Maurício MV.
12 anos atrás

Concordo em tudo.

Anselmo Coyote
Anselmo Coyote
12 anos atrás

FG,
Muita gente acha que tanto faz. Claro que não. Lembremos que em 2008 Mosley e Ferrari eram “parceiros”. Eentão vamos lá:

1. Hamilton foi punido mesmo tendo dado passagem ao Kimi, depois de ultrapassá-lo na chicana.

2. Glock foi penalizado por ter sido abalroado por Massa quando saía dos boxes e estava na extrema direita da pista.

3. Massa não foi punido por ter deliberadamente jogado seu carro pra cima do Hamilton, tirando-o da pista e deixando-o literalmente de “cara pra trás”.

Tudo isso beneficiou o Massa.
O piloto não é culpado dessas decisões, claro. Mas a Ferrari, no barato, no barato, levou o título de construtores.

Agora a esta equipe anda dizendo que não apóia Jean Todt para comandar a FIA porque a credibilidade da F1 ficaria em xeque.

Acredite se quiser.