MENU

sábado, 4 de julho de 2009 - 13:06F-1

PEDE PRA SAIR

SÃO PAULO (cada vez mais doido) – Todo mundo tem direito a opiniões, a achar o que quiser de quem for. Mas, em alguns casos, flertar com o inaceitável é… inaceitável. Bernie Ecclestone fez elogios a Hitler em entrevista ao seriíssimo “The Times”. Hitler era um debilóide assassino. Mas tem seus seguidores até hoje. OK. São pessoas desprezíveis. Mas, pelo menos, assumem o nazismo como doutrina. Por mim, poderiam todos morrer assados em fornos iguais aos que vi em Dachau, mas como o mundo é felizmente civilizado em alguns lugares, eles não são assados — são apenas processados e, às vezes, condenados quando espancam outras pessoas, na falta de outra coisa a fazer.

Bernie, no entanto, não se assume nazista. Enrustido, assopra fazendo um elogio aqui e morde com uma crítica ali, a tática mais elementar de despiste, no fundo uma escrotidão. Quando se trata de Hitler e do nazismo, não há meio-termo. Há questões em que só há um lado para defender — como no apartheid, na  tortura, na escravidão, no tráfico de drogas. Nessas coisas, e em muitas outras, o máximo que minha civilidade permite é respeitar o direito que todos têm, de novo, de pensar o que quiserem. O que me dá o direito igual de não respeitar o que pensam e achá-los todos, os que escolhem o lado errado, uns merdas.

Em certas questões, quem está do outro lado não tem desculpa. Bernie não tem desculpa.

138 comentários

  1. Daniel L disse:

    Gostaria de compreender o mecanismo psicológico que faz um sujeito como Flávio Gomes ser tão veemente contra Hitler e, ao mesmo tempo, defender assassinos comunistas incondicionalmente.

    Gostaria de saber.

  2. André disse:

    Vc poderia incluir nas questões com só um lado para defender a revolução comunista de 1917 que exterminou e destruiu a vida de milhões de pessoas. O experimento social mais sangrento do século XX.

  3. Alessandro disse:

    Há certamente pessoas com as mais variadas opiniões possíveis, inclusive que defendam a ditadura militar, o nacionalismo, a segregação racial entre outros.

    Como ditadura militar podemos citar como exemplos Saddam Russein, Adolf Hitler, os governos da ditadura militar , entre outros.

    No Nacionalismo a História dá conta de Adolf Hitler como um indivíduo que pouco se lixava com as demais nações. Queria que o seu país crescesse, mesmo que em detrimento ou prejuízo de outros povos. Aliás esse é um dos elementos que o Nacionalismo pode herdar. Em outras palavras, o Nacionalismo é algo mais forte que o Patriotismo. O Patriotismo representa o amor à Pátria, nada mais que isso. Já o Nacionalismo apresenta um amor cego que leva alguém a querer enxergar apenas a sua própria pátria como algo que deva ser valorizada. Assim, tivemos o Nazismo na Alemanha, o Fascismo na Itália, entre outros.

    Como segregadores raciais temos como grandes exemplos Adolf Hitler e Saddam Russein. Não à toa Hitler procurava dominar territórios, povos, nações. Não à toa a forma de Saddam governar só implicava em dano aos curdos e xiitas, embora estes formassem a maioria dos iraquianos. Que governo é esse que só enxergava defeitos nos curdos e xiitas, mas não via nada de pecaminoso nas atitudes dos sunitas???? Será que as suas etnias, as suas origens eram tão nefastas em relação às dos sunitas????? Bem, embora os sunitas compunham apenas uma minoria do Iraque, Saddam Russein era de descendência sunita. Ora a diferença entre os sunitas e aquelas outras duas etnias era, fora as suas origens, as tradições, sobretudo de cunho religioso. A Democracia prega o respeito, o Autoritarismo, o desrespeito.

    Mas o mais interessante é que vocês puderam observar esses dois indivíduos em quase todas as más classes que aqui expus. A diferença é que Saddam Russein não tinha o poder para combater grandes nações; por isso se limitava a combater contra o ínfimo país Kuwait, menor que muitas cidades do Brasil, além do Irã, por meio de uma guerra cujo cessar-fogo foi decidido sem a definição de um vencedor. Posso não provar seu Nacionalismo, mas que esperar de um indivíduo que discriminava raças predominantes em sua própria Pátria????? Certas nações guerreiam umas contra as outras, mas Saddam guerreava contra o próprio povo, um racismo manifesto dentro do seu próprio país.

    Então qual é a vantagem de um sistema autocrata em relação a um democrático???? Seria a liberdade de tentar dominar povos, que nem Hitler, sem um senado para impedir suas debilóides atitudes???? Tornar povos em escravos, nações em colônias, para enriquecer a sua pátria da melhor forma possível???? Seria a ditadura militar, criando um “milagre econômico” à base da contração de dívida externa e escondendo isso dos olhos da sociedade por achar que ela não tem direito de opinar e nem criticar?????

    Quando me lembro de ditadura militar, lembro-me de um outro termo muito mais comum nela que em qualquer outro sistema de governo: GOLPE DE ESTADO. Os militares eram tão a favor do seu sistema de governo, que eram uns matando os outros PELO PODER. Mas que isso???? Se os sistemas deles davam certo, por que matavam uns aos outros para tomar o poder???? Por que não se estabelecia uma eleição ao invés de tomar o poder matando???? Até na troca de poder não podia haver democracia???? Até a troca de poder mostrava o símbolo do militarismo, que era a violência????

    Podemos, contudo, observar que, apesar do momentâno “milagre” do governo militar, antes mesmo que esse período chegasse ao fim, os ricos se tornaram mais ricos e os pobres mais pobres ainda, aumentando consideravelmente as desigualdades sociais, evidenciando cada vez mais a má distribuição de renda per capita. Então observamos que para alguns o milagre econômico surtiu um belo efeito capitalista, impulsionado sobretudo pela dívida externa, que mais tarde se tornaria um dos grandes pesadelos dos presidentes sucessores. O País passou a produzir para pagar não a essência, o principal de uma dívida, mas os seus juros e correções monetárias (acessórios de uma dívida).

    Mas dizer que o Brasil cresceu durante o período da ditadura militar apenas com base na dívida externa não é verdade. Além da dívida externa, tivemos a abertura do País para o capital estrangeiro, onde várias multinacionais se instalaram em nosso território. Pequenas e médias empresas nacionais perderam seu espaço para empresas estrangeiras e a má distribuição de renda social se agravou muito mais. As empresas tentavam resistir à sobrevivência através da inflação, que por outro lado corroia o bolso do consumidor.

    Mas o Autoritarismo funciona no mundo dos negócios sim!!! Funcionava no mundo dos antigos Senhores Feudais, que utilizavam a mão-de-obra gratuita de seus escravos para, com sua AUTORIDADE, conseguir atingir seus objetivos gananciosos!!!! O Autoritarismo funciona no mundo dos negócios sim!!! Funcionava e ainda funciona em certos países onde as empresas e fazendeiros mandam e desmandam, sem o abrigo de leis trabalhistas, leis essas que restringiriam ou inibiriam o excesso de autoridade daqueles que só pensam em capital e renda e pouco se lixam para os seus empregados. O Autoritarismo teria de tudo para erguer mais ainda a Alemanha como potência mundial, não fosse a derrota de Hitler. Se os seus desígnios pudessem ser concretizados, certamente teríamos uma Alemanha Senhora do Mundo, e as outras nações seriam suas ADORADAS COLÔNIAS. A ONU, que exerce, de certa forma, função democrata em questões mundiais, seria transformada em um de seus quartéis ou zonas de concentração a favor do império germânico. Não é o comunismo ou socialismo superior ao capitalismo; se assim o fosse a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas não teriam se desintegrado e abraçado o capitalismo. O problema está na área egocêntrica daqueles que aproveitam o capitalismo para satisfazer apenas o seu Eu e, NESSE CASO, Hitler era PERFEITO, afinal, à base de corrupção ou não, Alemanha se desenvolvia. Os valores do bem-estar, da ciência, da tecnologia e da mordomia certamente estariam acima da decência, da sobriedade e da Justiça e, isso, acredito, fosse o mais interessante para os alemães, pois estes eram guiados por outro cego e quando os liderados seguem um líder cego, logo se fazem cegos também e caem todos no mesmo poço de lodo. Morto o líder, os cegos recuperaram a sua visão e, para mim, enxergar o mundo de forma honesta e agir como gente honesta é melhor que vender a sua alma para a desonestidade a troco de rios de dinheiro.

    Não entendo bem o propósito de Bernie, se era apenas defender o Sr. Max Mosley ou se ele mesmo estava se declarando autoritarista, conivente e a favor das decisões unilaterais tomadas pelo presidente da FIA. De qualquer modo, não há justificativas para tamanha baboseira.

  4. Eduardo disse:

    Nada ver o que você falou. Hitler tinha inumeras habilidades. Qualquer demente percebe isso. Seus maiores inimigos perceberam.

    O que foi incrivelmente mau-carater foi ele ter elogiado ditaduras, isso sim mostra seu lado dominador, e se for nazista, é nesse comentario que ele mais transparece. Constatar que Hitler foi habil é uma conclusão inevitável. Ele era, e ai do inimigo que não percebesse sua incrivel habilidade e se antecipasse á ela. Entendeu?

    O assombroso aí foi o apreço dele por ditaduras, não a constatação obvia de que ”Hitler fazia as coisas acontecerem”

    E é bem bobinha essas fotos do nazismo no site, fazendo tempestade em copo d’agua. Acho que uma foto da foice e do martelo sim elucidariam melhor a parte podre do comentario do Bernie.

    O curso de jornalismo não deve ser muito dificil de concluir…

  5. Rafael disse:

    ufa, achei que o Gomes ia defener de novo o Max!

  6. valter prieto disse:

    A idade é implacável. Bernie está gagá. Paciência com o velhinho.

  7. Rick disse:

    Hitler fez coisas péssimas e outras geniais, tem todo direito de ser esculachado pelo que fez de ruim e aplaudido pelo que fez de bom. Pior é querer fuzilar e dizer que é proibido dizer tal coisa, praticamente fazer o mesmo procedimento de intimidação e censura que era pregado pelo tipo de pessoa por quem estão lutando contra. Pra mim, esse negócio de não ter meio-termo não cola, é querer impor uma regra para uma discussão. É limitar. Com todo respeito.

  8. Lionel disse:

    Só mais um esclarecimento para o pessoal que que esta pedindo a cabeça do Bernie ( que acho que já se arrependeu de ter falado tantas besteiras….)
    Bernie não é empregado….como seu amigo Max é da FIA….
    Bernie é dono da FOM…..( e para quem não sabe era quase dono da FIA também à alguns anos atráz …ai quando o Governo Britânico e mais um monte de caras fortes forçaram ele vender seus direitos ….mas ficou com a FOM e ai exigiu que seus direitos valessem por 100 anos pois estava abrindo mão de UMA GRANA PRETA e que foi Ele que conseguiu….devido a sua genialidade …AI TODOS CONCORDARAM…..
    BERNIE É GENIO ….sabe que pode falar besteiras…
    Por isso não adianta fazer boicote em Interlagos no GP Brasil….É PURA PERDA DE TEMPO….
    SÓ existe uma possibilidade dele sair…
    Seria a FROTA ter ido em frente com um campeonato sozinho e sem usar o nome Formula 1…..do contrariu é tudo dele…
    e não canso de falar Ele ficou rico…mas sempre pois muito dinheiro dele nas equipes e continua pondo sem parar…é Ele que arruma patrocinios bons para as equipes quando estão em baixa…
    Bem diferente de seu amigo MAX….( que esta tirando em vez de por….risos….) por isso vamos ter Bernie até Ele morrer…..já Bernie só mais 3 meses….
    abraços
    Lionel

  9. Felipe disse:

    Depois de todos esses comentários eu percebi que o mundo não tem mais jeito mesmo. A formula 1 já era, a paz mundial já era. Por favor, me dêem licença que eu vou me matar!!!!!!!!!!!!!!!!

  10. Na minha época de butequeiro rockeiro, bons tempos aliás, estava num bar em SBC ouvindo uma banda muito doida tocando. Eis que entram 2 moleques vestidos 1/2 punk e com símbolos nazistas por todos os lados. O bar inteiro ficou cabreiro com os moleques. Ninguém se conhecia, mas todos se entenderam nessa hora. Eis que um cabeludo levanta e foi discutir com os moleques, eu já fui logo atrás e em questão de segundos começou a pancadaria. Nunca dei tanto soco em alguém como nesse dia.

    Não é covardia, não senhores. Esse é o tratamento que se deve dar a quem sustenta o nazismo dentro de si. Porrada. Sempre que encontro um neo-nazista pego o que tiver na mão e arrebento no sujeito. Seja uma garrafa, ou um carro.

    Ah se eu fosse piloto da F1!!!!!

  11. Ismael disse:

    Caro Sr.(?) de nome estranho logo acima: MELHOR SERIA VIAJAR NOS BELOS AVIÔES A HÉLICE DO QUE TER PASSADO POR MAIS UMA GUERRA INÚTIL INICIADA POR DEMENTES.
    Internet???? preferia ver jornal como nos bons tempos e nunca ter havido esta ou outra guerrinha de malucos. A “modernidade não vale a vida de milhões de pessoas, mas logicamente o Sr. não tinha familia lá, não é mesmo?
    Fora Bernie, fora Max Chicote, fora…

  12. José Alves disse:

    Qualquer ditador e qualquer fascista é a mesma merd…..
    O Bernie é o ditador da F1 há mais de trinta anos, claro que os ídolos dele são ditadores, e lembrando que Jesus (nascido judeu), disse haver bons e maus judeus (os maus se vendem por dinheiro, antes e agora), o Bernie é um mau Judeu, e maluco.

  13. IDM disse:

    Não há como defender o que o regime nazista fez com seus presos – nada justifica a tortura e o tratamento dados a judeus e outras etnias. CONTUDO é uma SIMPLIFICAÇÃO TOLA confundir elogios à capacidade de mobilização social da pessoa Adolf Hitler com o regime que ele conduziu. Não sei – e não me interessa – o que o Bernie quis dizer, sequer li a entrevista original – e não lerei. O ponto é: elogiar a capacidade de Hitler de fazer (capacidade de agência, agency theory) não faz de Bernie um nazista, muito menos enrustido. Ao contrário dos ilustres repórteres esportivos que cobrem a F1, nunca nem vi o Bernie ao vivo, quanto mais conversei com ele sobre o que quer que seja. Talvez ele tenha deixado escapar, ao longo desses anos, vários elogios ao regime nazista, sei lá. Mas se isso nunca aconteceu, rotulá-lo de nazista por conta dessas declarações ao The Times transparece fúria tola e juvenil.

  14. Ainnem Agon disse:

    Podem criticar a Segunda Guerra que Hitler causou, mas hoje em dia gozamos dos resultados que o sangue derramado lá atrás pagou: temos aviões avançadíssimos, carros estupendos, fomos para a Lua, temos Internet e informação infinita à disposição. Tudo isso são produtos que os cientistas alemães desenvolveram para Hitler. Quem estudar um pouquinho da tecnologia da Segunda Guerra vai entender para onde foram os cientistas alemães (Oppelheimer, … ) após o final da guerra.

    Sem a megalomania de Hitler, estaríamos ainda voando em aviões a pistão.

  15. Por que não saiu meu coment[ário falando sobre a gênese do Bernie?

    RESPOSTA DO FG:

    Provavelmente porque eu não gostei.

  16. marcelo disse:

    Esses velhacos que foram capazes de aniquilar etnias inteiras, de jogar suas nações umas contra as outras, de soterrar rios por pepitas, de dizerem-se porta-vozes de um certo deus enquanto abusam de crianças e extorquem pobres etc etc, só podem estar em lenta extinção. Oxalá!!
    Os novos tempos agora são de informação massiva, das desmistificações, de entendimento, do inicio do fim dos velhos movimentos já descontextualizados, carregados de ódios ancestrais e ressentimentos nutridos por esses que aos poucos vão sendo enterrados.
    XÔ neles…
    abs!

  17. jose vicente firme disse:

    Seria muito bom que todos os governos contrario a opinião do ancião da FOM, não permitisse a entrada dele em seus territórios. Daqui alguns anos poderá aparecer a suástica estampada em algum bólido.
    vicente

  18. ed disse:

    é muito simples em resolver esta situação não ligue a tv para ver as corridas não pagar ingresso para ver as corridas quero ver se estes idiotas ainda vão ficar com papo furado se achando que é deus ou dono do mundo . todos que se acharan donos do mundo ou deus tiverran um final muito horroroso somos nos que matemos os eventos seja as corridas futebol temos que deixar pessoas como ricardo tixeira ou bernie max tomar conta do mundo sendo que omundo é de todos

  19. Marcelo disse:

    Fiz um comentário e fui ler os posts… o do Mario Mesquita é perfeito… me dê licença e assino seu comentário tb…

  20. ed disse:

    este berne é um verme da pior especie não é a toa que em portugues berne é vrme que ataca animais bicho que aparece atraves das mosca varejeira nazista sem vergonha covarde que atacou povos inocentes e desarmado sem chance para se defender destes alemães ordinarios como foi hitler no mundo fora com esta mosaca de boi

  21. Ricardo disse:

    Nao entendo pq falar de Hittler tenha que ser sempre considerado um mal. Pelo que li na declaracao dele, ele nao apoiou incondicionalmente o Hittle, mas sim elogiou a capacidade dele de movimentar multidoes e fazer as coisas rolarem (isso é fato inegavel). Claro, vc pode usar este poder para o bem ou para o mal, e me pareceu que o Ecclestone admitiu que Hittler se perdeu e fez a coisa para o lado ruim. Posso ter entendido mal as declaracaos dele, mas isso tambem nao me faz um adorador de Hittler.
    Isso nao quer dizer que o Ecclestone seja um adorador de Hittler e nem vai fazer a terceira guerra mundial em nome do ditador alemao.
    Ele tambem esta certo ao afirmar que foi errado tirar Saddan do iraque. Bem ou mal, ele conseguia controlar o pais (nao que tudo estivesse bem, e nao estava). Mas hoje, depois da guerra a coisa esta bem pior. Depois da guerra? Ela ja acabou? Nao é o que parece… Hoje morre muito mais gente lá do que na era de Saddan. Mais uma vez; nao sou fã de Saddan nem apoiava o regime ditatorial dele.

    Outro fato que achei tosco: lembram quando o filho do principe charles se fantasiou de Hittler numa festa? Quase mataram o cara de tanta critica. Opa.. nao era uma festa a fantasia? Isso por um acaso significa que ele é adorador de Hittle e endossa todo o mal que ele fez? Claro que nao.
    Acho sim, que devemos sempre relembrar os grandes e crueis ditadores para que não deixemos que isso aconteça novamente. Nao será empurrando a história para debaixo do tapete que vamos evitar problemas no futuro.
    Basta olhar os bailes de carnaval aqui no Brasil e veremos muitas mascaras de Saddan, Bin Laden e muitos outros ditadores crueis que mataram muito mais gente do que o proprio Hittler.

    Pq ninguem fala nada sobre Mao Tse-Tung?? Esse matou 3,5 vezes mais gente que o Hittler. Nao é pouco não… Mas até carro em concurso de frase ja ganharam com ele. O refresco TANG premiou a seguinte frase: Se Mao Tse-Tung, bom tem que ser TANG.
    Convenhamos, foi bem criativa, hehehehe. Mas teria sido vencedora uma frase com o nome de Hittler? Duvido. Pois Hittler tem muito mais fama negativa. Politicamente Hittler está fudido. hehehe.

    De acordo com o professor americano Rudolph J. Rummel, que dedicou sua vida a estudar o que chama de democídio, a morte causada pelo estado, os ditadores que mais mataram pessoas na história são:

    1 – Mao Tse-Tung (1893-1976) – 77 milhões
    Líder do partido comunista chinês, instaurou um regime de terror no país e matou milhões em várias campanhas revolucionárias. Na década de 1950, provocou, com uma tosca tentativa de reforma agrária, a maior onda de fome da história.

    2 – Joseph Stalin (1879-1953) – 43 milhões
    Psicopata notório, assumiu o poder na União Soviética em 1928. Deixou de lado os ideais socialistas e instaurou uma das ditaduras mais sanguinárias das que se tem notícia, além de promover intencionalmente a fome na Ucrânia.

    3 – Adolf Hitler (1889-1945) – 21 milhões
    Eleito na Alemanha, se tornou ditador em seguida e iniciou a Segunda Guerra Mundial, na qual promoveu o assassinato em massa de judeus, homossexuais, ciganos, rivais políticos, deficientes físicos e mentais, e outras minorias.

    4 – Kublai Khan (1215-1294) – 19 milhões
    Neto de Genghis Khan, atacou a China e inaugurou o império da dinastia mongol, provocando guerras em várias partes da Ásia. Seus soldados eram conhecidos por atos cruéis, como estupros coletivos e castração de rivais.

    5 – Imperatriz Cixi (1835-1908) – 12 milhões
    Mãe do imperador Tongzhi, acabou assumindo e poder em uma época de muitas rebeliões e levantes populares. Reprimiu todos de forma rígida.

    6 – Leopoldo II (1835-1909) – 10 milhões
    O rei belga promoveu uma matança discriminada de africanos durante o século XIX e introduziu a prática de decepar membros de rivais, barbárie corriqueira nas guerras civis africanas dos séculos XX e XXI.

    7 – Chiang Kai-Shek (1887-1975) – 10 milhões
    General que comandou o governo nacionalista da China na guerra civil daquele país, entre 1928-49. Depois de derrotado, fugiu para Taiwan, onde continuou a matança.

    8 – Genghis Khan (Mongólia, 1162-1227) – 4 milhões
    Liderou os mongóis por aventuras militares que culminaram com a morte de milhões de pessoas em toda a Ásia.

    9 – Hideki Tojo (1884-1948) – 4 milhões
    Primeiro-ministro do Japão entre 1941 e 1944, comandou as forças japonesas na Manchúria antes da Segunda Guerra Mundial

    10 – Pol Pot (1925-1998) – 2 milhões
    Comandante do governo comunista do Camboja entre 1971 e 1975, matou quase a metade da população de seu país.

    Ricardo.

  22. Haroldo disse:

    Só mais 1 coisa…a página é sua , voce coloca as fotos que quiser…mas mesmo por conta da já infeliz menção do Sr. Bernie, a foto do ditador é de péssimo gosto neste seu ótimo site.

  23. Marcelo disse:

    PQP, agora ele se superou…. Em nada o gagá Bernie lembra aquele cara, lá de tras, da Brabhan Lembra????
    Pois é parece que ele o Mr. Xikotinho piraram de vez…
    Será que esses caras passaram a vida toda enganando todo mundo??? Que o mundo enxergue isso e coloquem esses loucos pra fora desse esporte fantástico que é o automobilismo…

  24. Haroldo disse:

    Ele deveria ser alvo de investigação policial, no mínimo deve patrocinar (ou ser patrocinador ) de tais ideais nazistas, porque com a cultura que ele passa para o mundo, não foi atoa a propaganda que ele plantou com esta declaração. Não confundam isso com idade(ou velhice), o tempo traz mais sabedoria, para o bem ou para o mal. PEDE PARA SAIR é ótima!

  25. David disse:

    Como dizia o comercial da Folha:
    http://www.youtube.com/watch?v=xmbM8XGMZxI
    É possível contar um monte de mentira dizendo só a verdade.

  26. Daniel disse:

    Hitler teve êxito em liderar a Alemanha porque sabia manipular um bando de otários, tipo “alguns” dos que comentaram acima, que acreditam que o Bernie e o Max estão transformando os bastidores da F1 em algo abominável. ACORDEM!!! Os bastidores da F1 sempre foram comandados por caciques desse tipo, assim como o sistema financeiro, a igreja, a FIFA, e por aí vai.

  27. Cristiano Azevedo disse:

    A culpa é do Bernie.

  28. Júlio disse:

    Todo mundo tem o direito de ter uma opinião, e de tê-la respeitada, afinal, democracia é isso!!

    O que me intriga é a intolerância que existe quando se toca em certos assuntos, sem entender o contexto. Em nenhum momento percebi ele defendendo o holocausto provocado por Hitler, e sim sua forma de gestão. É a velha mania de generalizar e fazer tempestade em copo d’agua, tsc, tsc.

    Hoje, mocinhos e bandidos, em sua forma mais pura, não existem mais, principalmente na política. Ao invés de ficarem defendendo um ou outro, sejam mais críticos, e aprendam a analisar prós e contras de todos antes de emitir qualquer tipo de opinião…

    Sempre vi sistemas totalitários com grande receio, não há como convencer todas as pessoas a pensarem da mesma forma, muito menos pela força… mas tenho grandes ressalvas com relação aos atuais regimes democráticos que, de maneira bem mais sutil, acaba tendo as mesmas intenções totalitárias de tempos atrás…

  29. Alessandro Silva disse:

    Chega desses dois nazistas filhos da p#%*+}@!!!
    Será que já não enrriqueceram o suficiente? Caiam fora! Vão procurar sua turma! Vão pra longe!
    Acho que eles deviam mesmo seguir o exemplo do filho do Max: morrer!

  30. Leonardo Lago disse:

    O texto de Dachau é de 2003?

    Lembro de ter lido ele no Lance!, cuidando do caixa da loja de cosméticos da minha mãe, como fazia aos sábados. Acho que comprava o jornal esportivo para me esconder atrás de suas folhas, impedindo que os clientes me pedissem opinião sobre cremes, esmaltes e maquiagens.

    Já faz mais de 5 anos! Na época eu era calouro de Direito na UFSC, agora estou formado e trabalhando no TJ daqui. E não passo mais os fins de semana no caixa da loja da velha.

  31. evandro garcia disse:

    por isso que foi o primeiro a sair em defesa do mosley quando ele foi lá no bordéu apanhar na bunda de chicote das prostitutas vestidas de soldados nazistas,um cara que declara que hitler era um exemplo pro mundo realmente só pode ta maluco mesmo,só que este não pode ser destituido do poder porque é o dono da FOM (formula one managenement),a dona do nome formula 1,pois é galera infelizmente tem dono,embora achei que o publico fossem os donos.

  32. Manfred W. disse:

    `Pois é,Gomes,a Fórmula 1 virou uma novela…Primeiro foi o “núcleo” indiano com a Force Índia,e agora o núcleo do Hospício…

  33. Iam Cantarino disse:

    Obrigado pela resposta, confesso que temia uma represália satírica.

    Eu sei que leria tudo mesmo se eu escrevesse mais, mas comentei que talvez não tivesse saco de me responder. Só que agora quem não tem paciência de digitar sou eu.

    Continuo sempre aguardando seus ótimos textos aparecerem na tela, é um prazer lê-lo e concordar (como em 95% dos casos), mas tô achando que dá mais satisfação encontrar argumentos pra discordar.

  34. Ramón Portal disse:

    Quem dera alguns jovens aqui tivessem um milésimo da acuidade e vitalidade de Bernie… Se ele está fazendo “hora extra”, não sei o que alguns de seus críticos estão fazendo. Nada?… Antes de opinar não custaria nada fazer um pesquisa rápida sobre quem é e o que faz o sujeito…

  35. Ridson disse:

    ei Gomes, divulgando aqui o blog mais uma vez…post falando sobre ecclestone e o totalitarismo, puxando a verve historica do blog para analisar essa gafe.
    Cito lá vc e o Victor Martins..gosto do seu blog, sempre acompanho. Também vou procurar analisar como Ecclestone chegou a esse posto, quem ele eliminou e quem o apoiou nessa empreitada.

    Só faço a ressalva: Homens que ascendem como líderes totalitários não chegam lá sozinhos. Sempre têm alguém que os apoiam, pessoas com os mesmos pensamentos e/ou pessoas que vêem neles a possibilidade de tomarem vantagem no processo.
    Confiram lá se acharem pertinente.

  36. Valmir Passos disse:

    É de dar nojo. Esses dois gagás já estão fazendo hora extra na terra!!

  37. Eduardo Azeredo disse:

    Eu li alguns trechos da entrevista e o Bernie foi bem sensato no que disse. E ele não foi apenas de elogios para o Hitler, também fez críticas. Muito mais que uma apologia me pareceu uma análise de um regime.

    E cá entre nós, um judeu nazista é um pouco esquisito, não?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>