MENU

Monday, 14 de December de 2009 - 18:43Indústria automobilística

TRISTE FIM

SÃO PAULO (mundinho fajuto) – Parece que não tem mais jeito. Ninguém apareceu para comprar a SAAB da GM, chegaram os chineses, e levaram. Levaram maquinário, direitos de produção e ferramental de dois modelos, e sei lá mais o quê. A marca ainda não foi negociada, mas se não aparecer ninguém para comprar até dia 31, ela simplesmente desaparecerá, é o que leio neste blog aqui, indicado pelo Paulo Monteiro.

Hoje à noite, ao chegar em casa (ou “a casa”, para usar o português perfeito), vou conversar com meu pobre carrinho, que ficará deprimido quando receber a notícia. Isso se já não recebeu, porque tem um carrinho chinês que é vizinho de vaga dele.

20 comentários

  1. MSM says:

    Mas uma que vai para o domíno do Império Chinês.

  2. Eu tenho muito orgulho de ja ter andado a bordo dum Saab 9000 .
    Meu primo que é mecânico de caminhões ( camioes em PT) em Portugal tem um .
    E um carro diferente de tudo e não há nada parecido com ele.
    me recordo da Revista Motor 3 que fez um teste com o 900 Cabrio ou com o 9000 . ou os 2 acho, tenho de achar a revista .
    O Saab sempre foi um carro de personalidade e sua estamparia nunca se pareceu com os outros
    Até hoje nao entendo como no nosso país quase ninguem conhece esta marca de carro .
    Aqui se conhece apenas o caminhão Scania
    Se falar Saab então…
    E triste afinal um ícone desaparece e pq será que o governo sueco não salvou a marca mitica ?

    Resta ao Gomes comprar um 9000 e traze-lo ao país.

    Saudações do forum downforce.com.br a todos Gomista do Blog

    []´s

  3. Luizguima says:

    FG, “para usar o português perfeito”, o certo seria: “à casa”…

    • rubem rodriguez gonzalez says:

      Exatamente, a regrinha é quem vai A e volta DA, crase no A, quem vai A e volta DE, crase por que?

      Ex ; Vou a Brasília e volto de Brasilia, sem crase . Vou a casa e volto da casa, crase no A,

      Limão também é curtura………

    • petrafan says:

      pode ser “a casa” ou “à casa”. porém, o segundo caso só se aplica se houver um adjunto adnominal (um modificador), como por exemplo “cheguei à casa da marquesa santos”, “fui à casa de Pedro”, etc.

  4. leandro tullii says:

    é uma pena, eu lembro quando comprei uma 4rodas do saab 9000, quando vi o embarque de tecnologia e segurança que ele tinha na época fiquei muito impressionado, além do projeto do motor de junta sanfonada que eles estavam desenvolvendo, pqp pra esta crise que pra mim é fajuta, só vai encher cada vez mais o bolso de f……………!

  5. marcello baviera says:

    Gomes,é fantástica a sua paixão por determinadas marcas não comerciais,continue assim!Ninguem me apoia a guardar ou “colecionar” meu VOLVO 940 TURBO,é um modelo tão comum nas repúblicas soviéticas e nos EUA,mas raro por aqui.A VOLVO só importou os 460,850 e alguns raros 960 (I6).

  6. rubem rodriguez gonzalez says:

    O capitalismo sem alma e sem coração é tão vira-lata que por ironia todos acabarão nas mão sdos comunistas chineses……
    No capitalismo pode vender até a mãe, a velha tem que demonstrar que é viável. depois de se tornar uma fonte de prejuízos melhor que morra, é assim que se tratam as pessoas e sentimentos no grande capitalismo, não deu retorno , vala!!!!!! Aí aparecem o s chinas compram tudo apreço de banana para depois enfiar tudo de volta no rabo dos inteligentes capitalistas. O segredo? propaganda e marketing os grandes combustiveis dessa sociedade podre de obsolência planejada, inclusive a nossa.
    Que os Suecos ardam no mármore do inferno, aquele verniz de sociedade equilibrada e só isso: um verniz.

    • petrafan says:

      como se a sociedade chinesa não fosse capitalista…

    • rubem rodriguez gonzalez says:

      Só para enrabar capitalistas…… fizeram um sistema misto que graças as mazelas e desniveis do capitalismo selvagem vão dominar tudo e todos, inclusive liberais como você amigo…. os chinas botaram o burro na sombra , combateram veneno com veneno , tomaram o dinheiro do capitalismo em troca de bugingangas. Agora estão mais seletivos, já começam a se apoderar das empresas de nome, segue abaixo uma síntese de um e mail muito engraçado que rercebi sobre os reis do liberalismo:

      Triste realidade… os EUA estão no lodo.

      O sujeito se chama Marc Faber.

      – Ele é Analista de Investimentos e empresário.
      Em junho de 2008, quando o Governo Bush estudava lançar um projeto de ajuda à economia americana, Marc Faber encerrava seu boletim mensal com um comentário bem-humorado:

      “O Governo Federal está concedendo a cada um de nós uma bolsa deU$600,00.”

      Se gastarmos esse dinheiro no supermercado Walt-Mart, esse dinheiro vai para a China.
      Se gastarmos com gasolina, vai para os árabes.

      Se comprarmos um computador, vai para a Índia.

      Se comprarmos frutas e vegetais, irá para o México, Honduras e Guatemala.
      Se comprarmos um bom carro, irá para a Alemanha ou Japão.
      Se comprarmos bugigangas, irá para Taiwan…

      E nenhum centavo desse dinheiro ajudará a economia americana.

      O único meio de manter esse dinheiro na América é gastá-lo com prostitutas e cerveja, considerando que são os únicos bens ainda produzidos por aqui.
      “Estou fazendo a minha parte…”

    • petrafan says:

      puxa vida, e agora, quem poderá nos defender?

    • rubem rodriguez gonzalez says:

      O Chapolim colorado……..

  7. xing ling xhou zhoug says:

    Os chineses serão os donos do mundo

  8. petrafan says:

    na boa, por mais que os chineses tenham o ferramental e a tecnologia, e que o chefão da Saab tenha louvado o negócio, para mim qualquer produto chinês oriundo dessa tecnologia e ferramental jamais será um Saab.

  9. dcoelho says:

    Opa!!!! É SAAB e não SAAP, como tá escrito. O carro não merece mais essa minha pérola…

  10. dcoelho says:

    Coitado do teu SAAP! Uma traquitana russa de um lado (Lada) e um xing-ling chinês do outro…

  11. Caro FG, qdo manobrar o SAAB, faca com esse chines o mesmo que fez com o fusquinha…só de raiva.

  12. Ricardo Bigliazzi says:

    O maquinário da SAAB vai gerar lucro lá na China, acho que aqui no Ocidente ninguém acreditva que ele seria capaz de tal feito… tenho certeza que a engenharia reversa chinesa vai gastar um bom bocado de horas desvendando os “segredos” da SAAB.

    Segue o jogo…

    Imperador

  13. Talvez mais triste do que isso é saber que Stanley Jordan tocou para 17 pessoas num show na periferia de SP, parece que os nosso ícones estão morrendo pelo desinteresse do público, de que vale uma boa boa música ou um carro bem construído? Não estão nem aí.
    http://musica.ig.com.br/noticias/2009/12/14/stanley+jordan+toca+para+17+pessoas+em+guaianases+9233246.html

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *