FANFARRÃO

SÃO PAULO (só rindo) – Frank Williams colocou sua equipe na ciranda financeira hoje. Ele pretende capitalizar a Williams oferecendo ações do time e da sua empresa de desenvolvimento de novas tecnologias ao mercado. Elas foram lançadas hoje na Bolsa de Frankfurt.

Não entendo nada disso, invisto todo meu dinheiro no cheque especial do banco, mas o release fala em captar 265 milhões de euros de investidores, jogando na roda 27,39% das ações do grupo. Claro que os acionistas passam a ter participação nos lucros e coisa e tal. Mas Frank segue sendo o controlador de tudo, acionista majoritário.

Até aí, nenhuma novidade. Engraçado, mesmo, foi o depoimento de Bernie Ecclestone no comunicado oficial, para estimular os investidores. Vejam:

“I have known Frank Williams for more than 40 years. He has always run a very efficient organisation. He has never wanted to be taken over by either a car manufacturer or a large company. He has supported Formula One in many ways most of his life, as has Patrick Head. We want more Franks and Patricks. If I could buy shares in the Company I would.”

Como assim, “se eu pudesse comprar”? Tá precisando de algum emprestado, Bernie?

Comentários