FW33 (2)

SÃO PAULO (chupando drops de aniz) – A Williams divulgou hoje sua pintura para 2011. Sinceramente? Era mais bonito o azulão dos testes. Essa nova lembra os carros patrocinados pela Rothmans, anos 90, morte do Senna e tal. De qualquer forma, pode ser que seja mais bonito do que aparenta. Nas fotos divulgadas, parece que esqueceram de acender a luz.

Ah, o time também anunciou um acordo de patrocínio com o cozinheiro britânico Michael Caines. Vai melhorar o rango no motorhome.

Comentários

  • Essa pintura lembra o Williams fw16 a fw18, que ganhava corridas sozinho. Depois que o Senna morreu a Williams melhorou. Deu um carro campeão durante 3 temporadas para o Damon Hill (um piloto ridículo muito abaixo de outros pilotos de sua época como Barrichello, Alesi, Berger, Hakkinen, Frentzen). Para mim esta pintura lembra a morte do maior piloto da história e a consagração de outro piloto medíocre que nunca mereceu pilotar um carro de Formula 1, só más lembranças.

  • esse motor Cosworth nao anda…nao sei pq a Williams ainda insiste nele…deveria opar pelo Renault ou Mercdes, poxa esse carro nao tem motor, nao adiante ter boa aerodinamica se nao tiver um motor bom que empurre que dê potencias e boas esticadas em reta…nao sei como esses caras nao vêem isso…nunca a CosWorth vai vencer nada na F1 ela nao tem menor estoria.

  • Bem, parece com um monte de carros de outros tempos, por causa de vários pequenos patrocinadores. Bem, olhando pra esse carro com um degustador de vinho… um pouco de Ligier 80´s, um perfume da própria Williams 90´s, uma leve lembrança de Brabham. Será que o Reginaldo Leme vai chamá-la de Brabham?!

  • Bonito ficou, mas precisa dizer ao Chef que Rubinho tem que manter o peso e espero que ele (Rubinho) não peça para modificarem a coluna da direção….precisamos de boas brigas pois não aguento mais a mesmice da Red Bull…Boa Sorte!

  • Já se foi a época que podiamos dizer -” puxa o motor Ferrari é mais possante, mas é pesado em relação aos DFV”- Todos os motores hoje são bons, a Coswort está tentando otimizar seu propulsor que na verdade não é ruin como apregoam por aí. Vejamos alguns fatos: Tempos atrás diziam que o motor Mercedes era o melhor, porem a Braw andava muito bem, a McLaren meia boca e a propria equipe Mercedes não se achava. O propulsor da Renault andava em baixa, tanto que ela requisitou a Fia um equiparação do seu propulsor que estava desatualizado. Alguns da própria Red Bull não confiam neste motor. E está aí ganhando campeonatos enquanto os carros da Equipe Renault não acompanham. O que conta hoje é a confiabilidade. Se o carro da Willians fosse realmente muito bom o Coswort daria conta do recado.
    abraços a todos.

  • Olá pessoal.
    Bom como sempre acompanho F1 desde dos anos 70 acho que posso dar um pitaco sobre a nova barata do Rubinho. É carro para andar no meio do bolo, não muito mais que isso. Nos treinos ele andou sem o Kers, ou seja, com ele no lugar deve perder mais aguns decimos de seg. Na F1 para saber se um acrro realmente é bom basta ver a cara do piloto quando ele termina de sair do carro após o primeirp teste. Se sair com aquela cara de bobo com risinho escondido o carro é bom, se vier com esse negocio de – “é carro é bom, ainda temos alguns pacotes aerodinamicos, só temos que ver onde estamos em relação aos outros, aí já era. Depois da computação tomarem conta dos projetos lá no inicio dos anos 90, não dá para concertar carro, remediar, ou o carro é bom ou não.

    Abraço a todos.

  • Flavio, foi mancada a Williams romper com a BMW? Pô que saco…a Williams parece ser uma impresa tão atraente…por que ninguem investe nela? Várias idéias legais como essa do Chef de Cozinha e a da Bolsa de Valores, fora o histórico na Formula 1. Por que é tão dificil para eles arrumar um bom patrocínio? O Tio Frankie ou o Cumpadi Patrick é que é enjoado?

  • 1
  • 2