MENU

quarta-feira, 6 de abril de 2011 - 17:26Automobilismo internacional, One comment

ONE COMMENT

Safety-car na pista, e o diretor de prova manda a luz verde. Aí o mundo lá atrás bate, porque a turma da frente percebe que alguma coisa estava errada e tira o pé. Dá até medo de ver aquele coitado no Audi à frente do pelotão e o povo todo vindo babando. Aconteceu em Paul Ricard, na abertura da LMS neste fim de semana. Quem mandou foi o Vinicius Zanini.

O comment: pensam que é só aqui que fazem cagada?

28 comentários

  1. 2SIX disse:

    O problema foi que o safety-car não saiu da pista. Ainda bem que os carros da primeira fila foram lúcidos o suficientes para ignorar a luz verde…

  2. Renato Muller disse:

    E os caras correm na Mistral inteira…. Enquanto na F1 temos Cingapura, Valencia e trolhas semelhantes. Sacanagem!!!

  3. Paulo Franco disse:

    Pois é, bem isso que eu estava pensando!
    Um circuitão maravilhoso, com tradição, com curvas de verdade, perto da sede da maioria das equipes e é ignorado?
    F-1 capenga!!
    Bernie chifrudo!

  4. Homônimo/Ce disse:

    O bandeirinha literalmente “amarelou”.

  5. ALEX B. disse:

    E bota Merda nisto! :)

  6. Léo disse:

    Flávio,

    Merdas à parte, me explica como pode a França e um autódromo como esse ficar de fora da F1. A única resposta que consigo imaginar é que os francese não querem se sujeitar a pagar aos valores exorbitantes daquela múmia do Bernie.

  7. Kartbsb disse:

    Esse deve ser o cara que deu curso ao Sergio Berti ahhahah

  8. Ernesto Longhi disse:

    Heya! já existe…

  9. Francisco Ponte disse:

    Neste caso o piloto do Safety Car pode não ter saído na hora certa mas o maior culpado é foi o Diretor da Prova que jamais poderia ter autorizado a largada sem conferir se a pista estava livre.

  10. marcelo ivo disse:

    na Nascar os caras fazem “melhor”!

  11. mauro disse:

    Não se preocupem.

    Quem deu a ordem da largado, o cara que apertou o botão, era da CBA.

    Foi convidado para acompanhar corrida de verdade.

  12. Gustavo Oliveira disse:

    Isso foi claramente uma manobra ferrarista para promover a primeira vitória da feiosa 458 Italia GTC, claro. Se vcs repararem, só os Porsches das equipes oficiais (Felbermayr/Proton e IMSA Matmut) é que ficaram no meio do caminho…

  13. André disse:

    Essa foi engraçada. E é engraçado porque não é trágico, lá tem segurança e tal. Simples.
    André / Piloto no http://www.f1bc.com

  14. Adal Avin disse:

    Kagada com K maiúsculo! E o preju? Dá muita pena ver estas maravilhas mecânicas batidas deste jeito!

  15. Flavio Bragatto disse:

    Uma cagadinha de alguem que custou alguns milhõeszinhos de dolares.

  16. Stevan disse:

    Como é bom rir das cagadas da vida… hahaha

  17. FernandoMoser disse:

    O narrador diz que ninguém pode fazer ultrapassagem antes da linha de largada… provavelmente o primeiro colocado deu uma de Hamilton…

  18. Flávio Colorado disse:

    Pois é…nenhuma categoria do automobilismo é perfeita!

  19. Tigrão disse:

    Como dizia minha santa vovozinha: Que puta cagada !

  20. Junior disse:

    Fez isso, e veio trabalhar na CBA.

  21. galileu disse:

    vi certa vez em interlagos algo semelhante em uma mil milhas, para não patinar largavamos com os opalas em 2ªmarcha, só que o cara colocou 4ª por engano, o carro apagou e a resto passou por cima.

  22. ulisses.race disse:

    Ilustrado indiana gomes, oi eu aqui de novo
    na maioria dessas provas de garbo e elegancia, existe um “sistemazinho” que em ingles tem um nome que eu não sei qual é, que quando da cagada na largada ou o safety car vai pra pista, a torre aperta um botãozinho que envia uma onda via ondas de radio que faz acender um pequeno led bem perto da viseira do capacete, e assim opiloto do bolido sabe que alguem fez alguma cagadinha, ou vc acha mesmo ó guru automobilistico do carro meia nov que piloto olha no retrovisor? nem fud….!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  23. Sergio Mancini disse:

    Me lembro que em 1977, fui assistir a uma etapa da Divisão 1 em Interlagos. Na classe A largavam mais de 30 Passats. Não sei bem ao certo o que ocorreu, mas parece que alguém cometeu um engano que inverteu o procedimento de largada. Primeiro acenderam a luz verde e depois mudaram p/ vermelha. O pessoal das primeiras quatro ou cinco filas largaram e pararam, ainda em primeira marcha. Mas o pessoal que vinha do fundo do grid, loucos para fazerem uma “boa largada” , só viram a luz verde.
    Resultado, corrida interrompida e a relargada aconteceu com 10 ou 12 carros a menos, sendo que metade do grid estava remendada com “silver-tape” . Felizmente ninguém se machucou.

  24. Léo Engelmann disse:

    Que lixo.

    O safety car não saiu da pista. Se era pra sair, teria ido aos boxes.

    As bandeiras continuavam amarelas, mesmo depois do sinal verde.

    Quem era o que apertou a luz verde?

  25. Ervino disse:

    Nossa, se a CBA descobre o nome desse diretor de prova manda trazer ele rapidinho pra trabalhar aqui.

  26. Cranio disse:

    Acho que o pessoal quer efetuar alguma mudança no circuito e, como é necessário algum acidente para promovê-lo, resolveram acender a luz verde antes da hora… hehehe

  27. Sergio Villarim disse:

    Pois é… shit happens everywhere…

  28. Phillipe disse:

    Lembrei daquela vez no sul-americano de turismo (em que o Cacá Bueno corria) que o Peugeot safety-car teve que sair da frente do pelotão porque superaqueceu…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *