MENU

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012 - 16:16F-1

MITO NA FRENTE

SÃO PAULO (até que é bom) – E coube a Kobayashi, o Mito, fechar a semana com o melhor tempo de todos em Barcelona. Enquanto Red Bull e McLaren rodam, rodam, rodam e rodam, e a Ferrari se descabela, equipes menores se revezam na ponta. Nos últimos três dias deu Force India, Williams e Sauber. É ótimo, o segundo pelotão será divertido.

Koba-san fez seu tempo com pneus macios, o que é bom para o time. A Williams ficou em segundo de novo com supermacios, pneus cerca de 0s3 mais rápidos por volta que os de logotipo Pirelli amarelo na lateral.

Dá para dizer algumas coisas desses quatro dias. Red Bull e McLaren parecem já ter encontrado seu potencial de velocidade e estão só pensando em andar o máximo, para garantir 100% de confiabilidade (e pontos) na primeira parte do campeonato. A Mercedes saiu um pouco atrás pelo atraso do carro novo e a Lotus para trás ficará também, por conta dos problemas nos seus chassis que resultaram na perda de uma sessão inteira de pré-temporada. Será melhor falar algo dessas duas equipes depois da última bateria catalã de treinos, que começa no dia 1°. A Ferrari, por sua vez, anda preocupada. Muitos probleminhas e o carro não é rápido como se esperava.

O bloco da folia estará interessante, com o acréscimo da Toro Rosso às três citadas lá no alto. Aliás, eu tiraria a Williams desse carnaval. Pode até andar mais ou menos numa pista ou em outra, mas na média estará mesmo é brigando com a Caterham, tendo obrigação de ficar na frente sempre.

40 comentários

  1. Mauricio disse:

    Estou com vc e não abro.
    Semana que vem esses tempos baixarão até três segundos inteiros quando as grandes equipes baixarem o pé.
    Só discordo de um ponto, esse ano Willians volta a correr no pelotão do meio beliscando um pontinho aqui ou outro ali, como em 2010.
    Quem vem forte é a Force Índia, talvez melhor até que a Mercedes. Vamos ver.
    E como vários aqui, espero que um dia o Koba entre numa escuderia decente, de ponta e deixe de ser apenas um mito e vire piloto de ponta por que potencial ele tem, e muito. Penso até que se conseguisse subir para uma Ferrari, daria um suador decente num espanhol metido a piloto que está lá, coisa que um desanimado Massa não conseguiu e pelo visto não vai conseguir.

  2. Geraldo - Lagoa Santa MG disse:

    p q vc deletou ou não publicou as minhas criticas aos comentarios? então acho que o FG mudou de comportamento!! pois vc independente de qualquer coisa, publicava os comentários de seu leitores!!
    cara não vejo sentido em vc praticarf sensura a algo que escrevemos, voltou se ao tempo da Ditadura ou seu chefe sentou vc no colo pra passar graxa né!!
    Rídiculo seu comportamento!! esse não é o FG que tenho visto ai

    Sera que vc naum admite mais que flaa as verdades (mesmo que contestável), pois como vc sabe a unanimidade éw burra, e eu esternoi mesmo o que penso !! e pra sua idiota avaliação da meu comentário que vc sensurou!! sou memso torcedor de qualquer piloto Brasilero em quqluer categoria
    na F1 temos o Massa e o seu odiado Senna (sobrenome que te encomoda)
    não precisa publicar este meu comentário!! pois não é para o público do seu blogo, é só para vc ler (sei que leu) e refletir sobre as besteira que vc faz aqui!! ah se vc quiser5 publicar (para satisfazer eu ego nas sua educada resposta) fique a vontade

    mas vou continmuar lendo se Blog pois mesmo com essa sua babaquice, eu acho que vc é um bom jornalista de F1..

    Geraldo

  3. Jorge Valenzuela disse:

    …. ei !!! Esqueceram de falar do Brunno Eike $enna.

  4. Roberto disse:

    Kobayashi futuramente pode ser um campeão na F-1. É diferente de todos os japoneses que correram na f-1. Como Satoro Nakajima, Ukyo Katayama, Aguri Suzuki entre outros.

  5. Roberto disse:

    Alguém daqui pode avisar ao Eike se ele não quer criar uma equipe brasileira na F1. E criar a EBX Brazil Racing Team. Para investir em jovens pilotos brasileiros e ter quem sabe parceria da Petrobrás, Vale ou BNDES? É um sonho possível ver novamente uma equipe brasileira assim como foi o Copersucar Fittipaldi no passado.

    • Álvaro Mendes Wanderley disse:

      Não concordo. Nenhuma estatal tem real interesse nisso, porque o empresariado brasileiro no geral ainda é burro, e só pensa em resultados imediatos e em propaganda governamental. Com a Copersucar foi assim, e na hora que bem entenderam, a famíla Fittipaldi foi deixada sozinha com as dívidas. Hoje, parece que todos aprenderam que quem encara automobilismo como aventura, se ferra então ficam todos na deles. É melhor assim, já que o fato de haver uma equipe de Fórmula 1 brasileira, por si só não vai aumentar a quantidade de pilotos que correm lá fora.

    • Marcelim disse:

      Brasileiro é um bicho esquisito, uns pensam que os empresários são heróis, outros pensam que eles são o papai-noel. O negócio de empresário é fazer dinheiro, e para se montar uma equipe de Fórmula 1 é preciso muito investimento a fundo perdido.

      E como patrocinador, só quem tem um negócio que tenha possibilidades de retorno vai investir no esporte. Qual o retorno que teria uma EBX da vida com a Fórmula 1? Qual o retorno da Vale?

      Se há um grupo brasileiro que pode investir na Fórmula 1 é o GP investimentos, dono da AmBev/Imbev, das lojas Americanas, do Burguer King (do qual o Eike tb tem parcela) e outros negócios de consumo de massa. O grande problema é que eles já têm seus gastos publicitários pulverizados pelo mundo, alguns deles elevadíssimos, como o Superbowl.

      Das cervejarias, seria interessante ver os japoneses da Kirin/Schincariol investindo no esporte, já que a concorrente Itaipava se faz presente no automobilismo. Empresas como a Telefônica, que tem investimentos altamente rentáveis no Brasil é que deveriam investir mais no esporte nacional…

  6. claudio aun disse:

    Ferrarri na mão só italianos ,fracasso na certa, só batem cabeça

  7. Maxwell B. Medeiros disse:

    Espero que esteja errado com relação a Williams. Bom, nada é para sempre!

  8. Gabriel disse:

    Já dizia o Chacrinha “Na Tv nada se cria, tudo se copia”.
    Parece que na F1 também é a mesma coisa, bastou alguém imaginar um “degrau no bico” que quase todos foram copiar.
    Pelo jeito, quem anda mais imagina algo “invisível” e “incopiável”.

  9. ALEX B. disse:

    Pré-temporada e a F1-B se consagra e vai pra galera! Que beleza!!!!!!

  10. gera disse:

    Red Bull, Maclaren e Ferrari podiam rodar com os pneus super macios para ver o que vai dar.
    Estão amarelando ou então escondendo o jogo.

    • Álvaro Mendes Wanderley disse:

      Equipe grande não precisa fazer brilhareco. Os carros mais rápidos vão botar ordem na casa na hora que quiserem.

      • Marcelo disse:

        Acho que a Ferrari não vai não!

      • Marcelo disse:

        Aliás Alvaro, hoje em dia as grandes “escondem o jogo” sim. A Ferrari, nos testes do ano passado, andou muito bem, a imprensa havia decretado que a F150 seria “o carro à ser batido” e desde a primeira corrida, viu-se que não era nem de longe o foguete da pré-temporada, mostrando que principalmente a Red Bull é que tinha ficado na “surdina”. Eu, sinceramente, não confio em nenhum resultado de pré-temporada. Com exceção à Ferrari, que acho que errou novamente.

  11. Roberto Carvalho disse:

    Só dá para botar fé, depois do Sábado em Melbourne…antes disso só suposições. Pra mim nada mudará em relação ao ano passado.

  12. Marcelo disse:

    Se o link der problema, veja no tube:

    Rubinho e o GP da Turquia 2009
    http://www.youtube.com/watch?v=-CcEJBvWd6c

  13. Antonio Eduardo Gomes disse:

    Além de koba-mito, é koba-lider-da-2ª-bateria-de-testes.

  14. Marcelo disse:

    Não menosprezem Maldonado, a pachecada fez isso com Button em 09, e o mesmo se repetiu com Maldonado em 2011. Deu tudo errado, no geral em 09 Rubinho “apanhou” que nem gente grande do inglês. Rubens com carro de ponta na Ferrari ou Brawn-GP era um sofoco vencer um GP na F1, imagina vencer na Indy em uma equipe que não é das melhores. Flavio Gomes na 7º corrida já sabia das chances de Rubens em 09, e ainda faltava 10 provas para o final! E teve muito pacheco que satanizou Gomes na época:

    “O Gomes não sabe nada de F1, NOSSO Rubinho vai virar o jogo e ser campeão, vai calar o matraca Flavio”

    Rubinho e o GP da Turquia
    http://tvig.ig.com.br/esporte/automobilismo/rubinho+e+o+gp+da+turquia-8a49800e2b4a9e15012b4b9272b70d5e.html

    Pra piorar, o novato venezuelano botou pressão no experiente Barrichello em 2011, Maldonado fez duas belas corridas em MON e BEL, em Mônaco se classificou muito bem(8º),largou bem e fazia uma corrida até espetacular pelo carro que tinha, mas infelizmente Hamilton o tirou da prova, poderia ter chegado em 7º, pois Lewis chegou em 6º. Na Bélgica, Maldonado largou em 21º e chegou em 10º, para um novato foram duas grandes performances. Lembrando que o venezuelano foi 3 vezes ao Q3(Rubens nenhuma). A batalha de grid foi apertada em favor do brasileiro(10×9), Barrichello em 2011 tomou sufoco de um novato-pagante, isso é fato! Reclamou tanto que P.Head admitiu que já estava de saco cheio!

    Na Indy a pachecada acha que Rubens vai “abafar” em cima dos pilotos, boa sorte, ele pode até um dia ser campeão, mas não vai ser fácil. Quantos títulos o Brasil conseguiu na Indy nos últimos 10 anos? Mudar que categoria não é fácil, o piloto tem que se adaptar! Alesi e Hakkinen foram para o DTM e pouco fizeram, o mesmo acontece com Ralf Schumacher. Montoya sofreu pra vencer a primeira corrida na NASCAR! Rubens também vai encontrar dificuldades na Indy.

    Quantos pilotos brasileiros correram na Indy e não vingaram? Boesel, Gugelmim e Moreno são exemplos de bons pilotos que não deram certo, paciência!

    Bater pilotos “afiados” em alta como Franchitti, Dixon e Power não vai ser fácil, ainda tem Kanaan e Castro Neves, não estão em uma boa fase, mas podem dar a volta por cima.

    Andretti, Fittipaldi e Mansell fizeram sucesso na Indy(antiga), porque eram pilotos “diferenciados”. Rubens sempre foi um bom piloto-limitado, pode se dar bem na Indy, mas a categoria não é mais a mesma a anos. Antigamente piloto não tomava conta da Indy como ocorreu anos atrás, caso dos tetracampeões Bordais e Franchitti.

    Pachecada tem essa mania de menosprezar! Petrov foi outro caso, mas ele botou pressão no Heidfeld e no geral bateu B.Senna na Renault.

    Maldonado e Petrov podem não ser fora de série, mas pagante por pagante, eles botaram pressão em alguns pilotos. Na parte de trás do pelotão eles dão trabalho! Brasil esta em baixa no circo, vamos com calma, já são 20 anos sem título na Formula 1.

    Se vc não bota fé no Maldonado, o mesmo acontece em relação aos pilotos brasileiros lá fora!

  15. RENE FERNANDES disse:

    BOA TARDE FÁBIO GOMES! APRECIARIA MUITO SE O “KOBAZILLA” ARRUMASSE UM CARRO DECENTE PARA PILOTAR…. PRÉ TEMPORADA É IGUAL A EXAME DE ULTRASSONOGRAFIA EM GRÁVIDA..SABE QUE TEM OS MEMBROS, DESCOBRE ATÉ O SEXO….MAS SE VAI SER BONITO E INTELIGENTE, SÓ O TEMPO….( ou os tempos).

  16. Felipe Marcos disse:

    Caterham vai ser a única equipe dessas novas a ir pra frente.

  17. Carlos D'Orazio disse:

    Tomara que as equipes de ponta estejam mais níveladas para o Alonso e o Vettel brigarem de igual pra igual. Mais um ano com o domínio absoluto do Vettel vai ser insuportável.

  18. Marcelo disse:

    Muito complexo analisar os tempos, única base que encontrei foi comparar os carros mais rápidos nessa semana com a classificação de grid em 2011 na mesma pista, todos se classificaram com pouca gasolina, e geralmente estavam com pneus moles. Outro dado, quem fez mais voltas é bom sinal, o carro ficou longe de problemas, mais tempo na pista e menos no boxe é sinal de confiabilidade.

    O problema é que, nesses treinos alguns carros usaram pneus super-moles, aí é complicado saber quem fez isso e com quanto de gasolina.

    Foram multi-configurações a testar(classificação em volta lançada\ tanque cheio, médio e quase vazio simulando corrida\ os vários tipos de pneus\ ritmo de corrida no começo, meio e fim de prova, fora a durabilidade do equipamento). Como podem ver, não tem molesa não existe “almoço pronto”, ninguém fica brincando de vídeo-game.

    Agora, imagina fazer tudo isso com carro completamente novo e complexo como é o caso da Ferrari. A mídia italiana fica em cima da Ferrari como o Brasil fica em cima da seleção brasilera de futebol, exigem resultados!!!

    Os melhores tempos na semana ficaram assim:

    Dia 24: Kobayashi 1m22s312(145 voltas), em 2011 a melhor Sauber largou com o tempo de 1m23s367

    Dia 23: Maldonado 1m22s391(106 voltas), em 2011 largou com o tempo de 1m22s952.

    Dia 22: Hulkenberg 1m22s608(112 voltas), em 2011 a melhor F.India largou com o tempo de 1m26s126.

    Dia 21: Vettel 1m23s.265(79 voltas), em 2011 largou com o tempo de 1m21s181.

    Melhor volta da corrida em 2011 foi de Alonso com 1’26”727

    Deu para observar que, as equipes de ponta não se preocuparam em fazer tempos rápidos, e sim acertar o carro. As equipes inferiores capricharam nos tempos, com certeza para conseguir mais patrocinadores. De todas, a que mais convenceu na pista foi a F.India.

    Os dias vão passando e o tempo vão caindo(o tempo da F.India nessa pista da Catalunha melhorou um absurdo em relação a 2011), e a Lotus precisa da autorização para treinar, sem isso vai ficar em um baita prejuízo. Lembrando que início de março as equipes voltam a testar nessa mesma pista, e os tempos devem cair mais ou não, a FIA já mudou a regra em relação aos escapamentos.

    http://www.corridadeformula1.com/fim-da-palhacada-fia-vai-acabar-com-buraco-na-regra-dos-escapamentos-afirma-autosport/

    Lembrando que, o aquecimento e consumo de pneus é fator chave na hora de desenvolver o carro, a Mercedes sofreu muito com isso em 2011 em várias provas.
    Fora isso, o piloto tem que dar a sorte de “casa” com o carro, Webber e Massa são bons exemplos, e admitiram que tiveram problemas com os pneus em 2011. Olha o caso do Felipe, tecnicamente enfrentou dificuldades com o carro o ano todo, e durante as corridas sofreu com erros de boxes, quebras, alguns erros ao volante, acidentes na pista(foram 6 toques com Lewis durante o ano).

    Lembrando que o fator mental é fundamental, Lewis sofreu com isso o ano todo, por isso, foi superado por Button em várias corridas, isso com Lewis largando a frente na maioria das provas.

    Veja como foi o último treino dessa semana, dia 24, minuto a minuto:

    Home:
    http://totalf1.com/full_story/view/407637/Live_timing_for_Barcelona_test_Day_1/

    Em seguida, clique em: LAUNCH LIVE TIMING

    Última etapa, clique em: CLICK HERE
    Use a barra de rolagem pra ver os tempos abaixo da página, minuto a minuto!

    Outra dica boa é clicar em:
    “mostrar o gráfico de voltas em ordem cronológica normal (últimas voltas no fundo)”

    Assim as últimas voltas ficam na parte de cima da página, e não lá no final, fica ao gosto de cada um!

  19. Edgar Bianchi disse:

    o Venezuelano não boto fé não. Mais o MITO esse anda muito espero uma boa equipe para ele em 2013

    • fagner andre disse:

      A Williams vem para o pelotão do meio , pode acreditar que vai brigar pelo posto de quinta equipe,

    • Fernando Cruz disse:

      O Maldonado não fica a dever nada ao Kobayashi em velocidade pura. Aliás na GP2 o japonês não fez nada de relevante enquanto o venezuelano foi campeão.

      • José Cruz (Lisboa/Portugal) disse:

        Comparar Maldonado com Kobayashi é o mesmo que comparar égua de colono com água de colónia!!!

      • Fernando Cruz disse:

        Eu comparei em velocidade pura, aquela que normalmente é vista nas qualificações. Kobayashi foi batido pelo estreante Perez neste aspeto, enquanto Maldonado, também estreante (como o mexicano), bateu muitas vezes o experiente Barrichello. Em corrida as coisas são diferentes, o japonês tem mais cabeça fria enquanto o venezuelano não foi tão regular. Mas era estreante e pode melhorar este ano!

        Na GP2 a ronda asiática era apenas um mini-campeonato e foi aí que Kobayashi foi campeão. No campeonato principal não fez nada de relevante, enquanto Maldonado foi campeão. Isto é um facto que tende a ser esquecido. Na F1 Maldonado e Kobayashi nunca foram colegas de equipa e portanto a referência que temos é o GP2, onde os carros são iguais, embora haja equipas melhores do que outras.

        Se me disserem que Kobayashi é mais cotado na F1 do que Maldonado aí sim, concordo inteiramente. Mas isso não quer necessariamente dizer que um seja muito melhor do que o outro e muito menos que seja sequer mais rápido. A verdade é que ambos são pilotos agressivos e a diferença maior é que o japonês tem mais um ano de experiência na F1, tendo pilotado carros um pouco melhores do que o venezuelano.

      • JC disse:

        Glock também foi campeão na GP2. Assim como Giorgio Pantano, em 2008. Bruno Senna, Petrov e Piquet Jr foram vice-campeões. E daí? Categorias diferentes…

      • Fernando Cruz disse:

        Na GP2 os carros são iguais, ao contrário do que acontece na F1. Não dá para dizer qual deles é mais rápido porque na F1 Maldonado ainda só pilotou o fraquíssimo Williams de 2011.

      • Rafael disse:

        Pra ver como isso não faz sentido, uma informação: eles correram juntos em 2008 pela temporada da GP2 asiática. O Kobayashi foi campeão e o Maldonado foi 15º.
        A diferença entre os dois, a meu ver, é que o Kobayashi é mais inteligente.

      • Fernando Cruz disse:

        Sim, Kobayashi parece mais inteligente mas também tem os seus maus momentos. Na GP2 Maldonado também foi batido por Hulkenberg, seu colega em 2009, mas na F1, no geral, não fez pior face a Barrichello do que fez Hulkenberg em 2010.

      • RENE FERNANDES disse:

        Maldanado não é páreo para Kobazilla.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>