AUTO UNION, 80

SÃO PAULO (a melhor de todas) – Hoje, 29 de junho, a Auto Union completa 80 anos. Foi em 29 de junho de 1932 que Audi, Horch, Wanderer e DKW se juntaram para formar a mais espetacular fabricante de carros de todos os tempos, que deu nisso aí que aparece no vídeo.

História já contada 200 vezes aqui, as quatro argolas que hoje são o símbolo da Audi nada mais eram que as quatro fábricas unidas logo depois da Grande Depressão, para otimizar produção e atender os vários mercados da época. A DKW ficou com as motos e carros compactos. A Wanderer, com os carros médios. A Audi, com carros de luxo para a classe média alta, se é que existia isso naqueles tempos. E a Horch atenderia o que hoje chamam de segmento “premium”, com carrões luxuosos e caríssimos.

A administração, desenvolvimento, testes, vendas e operações de marketing foram centralizadas em Chemnitz. Com dinheiro do governo nazista, vieram as corridas na metade da década de 30 e as flechas de prata que dominaram as competições até estourar a Guerra, brigando com a Mercedes pau a pau. Terminado o conflito, a maioria das fábricas ficou do lado oriental da Alemanha, e o governo comunista estatizou tudo, passou a fabricar Trabants e Wartburgs com motores dois tempos derivados dos DKW, enquanto que no lado ocidental a Auto Union ressurgia para fabricar DKWs em Dusseldorf e Ingolstadt. A empresa seria comprada pela Mercedes, depois pela Volkswagen e, já em meados dos anos 60, a marca Audi seria ressuscitada tendo como logotipo as quatro argolas da década de 30.

São 80 anos do início dessa história hoje. Quem me lembrou da data foi o Rafael Linhares, ministro do STF em Brasília. Ele tem uma Auto Union stationwagon branca, conhecida também como Vemaguet. Linda de morrer.

Subscribe
Notify of
guest
18 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
thiago
thiago
9 anos atrás

Flavio,
história bem legal essa, e acho muito interessante. Tem algum leitura que valha a pena pra conhecer mais sobre o assunto?

Marcelim
Marcelim
9 anos atrás

Se a união dessas quatro resultou em Auto Union, a reunião da Toyota com a BMW vai se chamar o que? auto fodón? Fodon Union?

Gustavo Stricagnolo
Gustavo Stricagnolo
9 anos atrás

Vorsprung durch Technik!!!

Roberto
Roberto
9 anos atrás

Prezado Flávio Gomes,
Gostaria de fazer um registro para que todos tenham ciência que a Auto Union está sempre a frente do seu tempo.
Há quase 2 anos tivemos nosso lar invadido por uma propaganda ENGANOSA de mais uma montadora COREANA sem K mesmo.
Lançaram um carro feio dizendo que era lindo, o tal do VELOXTER da HYUNDAI.
Falaram que era uma inovação. Bull Shit!
A nossa Kombi com K foi o primeiro carro com três portas, sendo essa de correr. Muito melhor que de abrir.
Como sempre a AUTO UNION constrói carros e outros copiam e montam.
Esse é registro que gostaria de fazer.
Roberto.

trackback
9 anos atrás

[…] A data não poderia passar em branco por aqui… O Flavio Gomes lembra, através do seu blog, que o dia 29 de junho de 2012 marca os 80 anos da fundação da Auto Union, que vocês vão ouvir […]

peter von wartburg
9 anos atrás

essa antiga fábrica DKW em düsseldorf é hoje da mercedes. produzem ali comerciais leves que sao embarcados nos trens e distribuidos além-mar.

ba
ba
9 anos atrás

1) Não entendo bem qual a força que a NSU teve na história da Audi… na verdade, o que não entendo é quem comprou quem…
2) Pergunta existencial: se a Audi é anterior à Auto Union, como é que o significado da sigla é AUTO UNION Deutschland Ingolstadt?
3) Flavio, você gostou da exposição exclusiva que a Audi fez em 2008?? Achei que merecia um pouco mais (de carros antigos), mas tudo bem, trouxeram aquele monstro (no melhor sentido) do Type C.
4) Obrigado por lembrar da data! Calhou de coincidir com a ótima cobertura que você fez da Le Mans!

Roberto Fróes
Roberto Fróes
Reply to  ba
9 anos atrás

A NSU entrou no grupo depois, já em 1969, mas não foi acrescentada uma 5ª argola ao logotipo.
Esse, na verdade, foi alterado: eram as 4 argolas, com uma barra horizontal central, onde se lia “AUTO UNION”.
Com a entrada da NSU, foi alterado para uma barra preta onde se lia “AUDI NSU”, sem argola nenhuma.
Essas voltaram em 1985, sem palavra nenhuma, apenas as argolas, na configuração atual.

Quanto ao tal significado de “AUTO UNION Deutschland Ingolstadt”, não entendi bem, mas parece que você está equivocado.
As 4 argola são apenas o logo atual da empresa, que se situa em Ingolstadt, Deutschland.

Faster
Faster
9 anos atrás

Afinal as flechas de prata era a Mercedes ou a Auto Union?

Danilo Cândido
Danilo Cândido
Reply to  Flavio Gomes
9 anos atrás

E a história de que algum tempo depois (mas ainda na década de 1930) os Auto Union eram conhecidos também como Silberfische (“peixe de prata”) procede, Flavio ?

hendrix
hendrix
9 anos atrás

sobre a tutela de fernandinho porshe.

Joseh
Joseh
9 anos atrás

Maravilhoso! Para mim (que sou fã de Rally) o ápice foi do minuto “1:11” até o “1:18”, aquilo sim era loucura…da grande!

Oliveira
Oliveira
9 anos atrás

Acompanho automobilismo desde pequeno e nunca torci para uma marca ou equipe. Mas tenho que confessar que, ultimamente, isso anda mudando. Acompanhei Le Mans durante todo o fim de semana, pela internet, torcendo pelos e-tron e ultra (mas queria uma briguinha com os Toyotas!). Isso em função do blog, desde que você escreveu sobre a história da Audi, sobre o Bernd Rosemeyer, a disputa com Mercedes, etc… Não é apenas notícia superficial, é história.
Minha única queixa é a respeito do que você disse que em Le Mans: “Le Mans é laboratório, já tiramos muita coisa daqui que hoje está no seu Audizinho aí na garagem e você nem sabe”.
Fui lá fora ver e descobri o seguinte: o mal-educado, sem-vergonha, sacripanta, proxeneta, bandalho, alcoviteiro, pascácio e mentecapto do Flávio Gomes mentiu… NÃO TEM PORRA DE AUDI AQUI NA GARAGEM!

Roberto Fróes
Roberto Fróes
Reply to  Oliveira
9 anos atrás

Mas se você tem ou já teve um Passat, Santana, Gol ou Voyage (desde que dos modelos mais antigos, com motor longitudinal), você já teve um AUDI “mais simples” na garagem. Eu tive 5 (procure no Google as imagens de Audi 80 e Audi 90.
E só de curiosidade, compare o DKW F102 e o Audi 60. Não se espante!

Rafael Linhares
Rafael Linhares
9 anos atrás

Viva o DKW!

Marcelo Pacheco #49
Marcelo Pacheco #49
9 anos atrás

Fantástico o vídeo e a trajetória nas pistas. Gosto mto da fase antiga, qdo pilotar era mais habilidade do que hj. ainda é mas a eletrônica manda muito. Gosto de ver o piloto trocar a marcha na alavanca, segurar no braço e não no controle de tração, ter um painel cheio de manômetros, saber qdo e qto podia acelerar, sem ter controle independente por roda…
Nostalgia talvez, mas eu gostava mais antes.