IS JUST WAITING (13)

LE MANS (sol e calor) – Todo mundo só vai falar da Audi, claro. Afinal, vai dar quadra, domínio absoluto, primeira vitória híbrida e tal. Parabéns pra você.

Mas o mais belo momento destas 24 Horas está aqui. Satoshi Motoyama, depois de ser covardemente jogado para fora da corrida por Nakajima, da Toyota, tenta consertar o carro orientado pelos mecânicos do lado de fora da pista. Ele pode, o piloto pode mexer no carro para tentar fazê-lo funcionar. Os mecas, só nos boxes. Era como alguém tentando pousar um avião em pane, piloto e co-piloto assassinados pelos terroristas, com um comandante experiente, aposentado, dando instruções pelo rádio.

Motoyama, meu herói de Le Mans, fez de tudo. Esvaziou o pneu. Arrancou a carenagem. Tentou, tentou. Quando viu que era inútil, chorou. O sonho do DeltaWing acabou. O povo aplaudiu.

Isso foi lindo. O resto, esperado.

Comentários