IS JUST WAITING (3)

LE MANS (vocês estão zoando que o Palmeiras ganhou do Grêmio, né?) – O Grande Prêmio vai cobrir as 24 Horas de Le Mans com a competência de sempre, e fizemos uma divisão justa. Eu entro com as cascatas e a turma do site se vira com o que a gente chama de factual. Como o treino que definiu o grid ontem à noite, por exemplo. Hoje não teve carro na pista.

Lotterer fez a pole com o e-tron, como se esperava, e o ultra do ano passado ficou em segundo. A Toyota ficou em terceiro apenas 1s055 atrás. Vai dar briga. Tem muito piloto bom na parada. O outro Corollão ficou em quinto. A corrida será entre as duas marcas, para a vitória na geral.. Mas é claro que tem as outras categorias, a LMP2 e as GTs, com 56 carros no grid. Diversão para todos. No total, serão 25 ex-pilotos de F-1 para a corrida, que começa amanhã às 15h daqui, 10h daí.

O Toyotão, assim como o e-tron, é híbrido. Mas não tem tração nas quatro. Os dois usam um motor elétrico alimentado pela energia das freadas. Um Kers com fermento. O motor a combustão dos Audi é o TDI V6 3.7 já usado há algum tempo com sucesso.

Le Mans faz parte do calendário do Mundial de Endurance da FIA, o WEC, que tem oito provas (duas já foram, em Sebring e Spa; deu quatro argolas em ambas), uma delas em Interlagos no dia 15 de setembro. A Audi vai levar dois carros, como Wolfy já avisou aí embaixo. É corrida para encher o autódromo. Se não encher, melhor assumir que brasileiro está cagando para corridas. O promotor é Emerson Fittipaldi, com quem vamos falar amanhã. A prova brasileira terá duração de seis horas.

A pole do Letterer foi a primeira de um híbrido na história de Le Mans. Assim como a primeira de um carro com tração nas quatro rodas, ainda que não seja uma tração permanente, como no meu Niva. O motor dianteiro, elétrico, só funciona de vez em quando.  A tração nas quatro, por exemplo, só rola a partir de 120 km/h e em determinados pontos do circuito. Mas é econômico. São apenas 58 litros de combustível no e-tron e 60 no ultra.

Não sei se vai passar a corrida na TV, mas tem este link aqui para assistir. Outra atração, sem dúvida, é o DeltaWing da Nissan, a segunda marca, depois da Audi, que mais barulho faz em Le Mans. O carrinho preto tem a simpatia do público, mas é hors-concours, corre apenas para desenvolvimento de novas tecnologias e não terá classificação em categoria alguma. O Ricardo Divila está trabalhando nele. Amanhã vou visitá-lo pela manhã nos boxes. Ele acabou de me mandar um e-mail dizendo que já está pra lá de Bagdá, cuidando também de um carro do Pescarolo. Melhor dormir um pouco.

A parada dos pilotos foi hoje no centro da cidade, pequena, típica das pequenas cidades francesas. Choveu muito, mas todos os pilotos desfilaram em carros antigos, abertos ou não, sem se importar com o frio ou com o assédio do público, que não é invasivo, mas é interessado e apaixonado pela corrida. Uma parada até simplória, sem grandes cerimônias. O troféu foi levado num Horch.

A Audi Tradition levou uns DKWezões Horch e Wanderer do pré-Guerra para seus pilotos desfilarem. Gosto da foto aí embaixo, os e-umbrella apertados no banco de trás acenando para o público e dando entrevistas com o carro andando, na buena. Sem frescura nenhuma.

O que adoro na Europa é essa paixão das pessoas por carros e corridas. Paixão verdadeira, autêntica, que leva milhares às ruas num dia frio e chuvoso para ver pilotos em sua maioria desconhecidos desfilando em calhambeques. Afinal, dos 150 e poucos que largarão amanhã, o mais célebre é Tom Kristensen, oito vezes campeão em Le Mans, um cara que a maioria de vocês não reconheceria se cruzasse com ele na avenida Paulista.

Da turma que já esteve na F-1, talvez Fisichella seja o mais famoso. E talvez por isso era o que tinha mais cara de cu no desfile. Os demais, como Bourdais, Gené, Sarrazin, Nakajima, Brundle, Chandhok, McNish, Wurz, Heidfeld, Davidson, Minassian, Montagny, Bouillon, estavam curtindo adoidado aquela coisa de dar autógrafos em folhas de papel molhadas, atirando camisetas, bonés e “cards” para o povo. Eram tratados com a mesma deferência que os gordinhos de cabelos brancos que também correm há anos em Sarthe com seus Porsches, Ferraris e Aston Martins, todos orgulhosíssimos e fazer parte de algo que, afinal, é puro encanto, uma declaração de amor ao automobilismo.

Enfim, uma festaque celebra o automóvel e a velocidade, a tradição (será a 80ª edição) e a coragem desses homens que vão varar a noite e a madrugada acelerando nas míticas retas de Le Mans, um autódromo de verdade, com gente de verdade, muros de verdade, torcedores de verdade, gente acampada por todos os lados e vinda de todos os cantos com seus carros novos ou velhos, trailers, Westfalias, Alfas, MGs, Triumphs, Renaults, Citroëns, Peugeots, Mercedes, BMWs, tem de tudo, uma miscelânea mecânica de todas as épocas e tipos, barracas com bandeiras, churrasqueiras, milhões de hectolitros de cerveja e, sobretudo, olhos brilhando.

Steve, o velho McQueen, sabia do que estava falando.

Subscribe
Notify of
guest
14 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Dionisio
Dionisio
9 anos atrás

10 !

Oswaldo Roschel
Oswaldo Roschel
9 anos atrás

Flávio:

Posta muita foto, incluindo as girls. Pela amostra elas são de primeira.

Caio
Caio
9 anos atrás

Tudo maravilhoso, massa mesmo.

Só pare de falar de mulher, não force a barra. Quem te conhece sabe que vc não curte essa parada.

Fora isso, boa cobertura (ops)!

Abçs

ricardo bifulco
ricardo bifulco
9 anos atrás

Salve Flávio! Que legal. Ano que vem quem sabe realizo meu sonho de estar aí também.(estou trabalhando para isso)
Curta tudo mesmo cara. Isso é um sonho para nós que temos a ignição funcionando aqui no lado esquerdo do peito.
Um abraço! :)

Marco, de Brasília
Marco, de Brasília
9 anos atrás

Beleza.
Vamos ver pela webtv.

A Audi bem podia reservar uns convitinhos da corrida do Brasil para distribuir (sortear?) entre os dekamaníacos… A gente manda o comprovante de propriedade, uma foto legal, um texto inteligente… Sei lá.

:)

regi nat rock
regi nat rock
9 anos atrás

Conversando ontem a noite com o Pandini (que está em Mogi pra cobrir a corrida dos Fuscones), deixei escapar um : “tô com um puta inveja do FG que está em Le Mans”.
Ele concordou e confirmou tb o mesmo frisson…

Leva a mal não, Flavio, mas tô, SIM, com uma puta inveja. :)

Steve sempre soube do que falava.
Divirta-se.
De verdade!

Ze Pedro
Ze Pedro
9 anos atrás

Parabéns pela cobertura!
Como voce mesmo diz, aproveite e…. seja feliz!

Emerson Fernando
9 anos atrás

O europeu é pura paixão por automobilismo.
Anos atrás fui a um encontro de fãs da marca MG em Silverstone e é algo que não existe nem parecido no Brasil.
Cerca de 20 mil pessoas foram até o autódromo ou acamparam todo fim de semana em suas dependências.
Havia feira de peças usadas com mais de 200 barracas, trailers com comida e corridas com MG’s de vários épocas

http://formula-retro.blogspot.com.br/

Marcelo Pacheco #49
Marcelo Pacheco #49
9 anos atrás

Ano que vem vamos assistir a prova eu e meu amigo tambem piloto da TCC Ike Nodari, que ja foi, sozinho, a dois anos atras. Mas como aperitivo vamos este ano ver a etapa brasileira, sem duvida

Marcelo
Marcelo
9 anos atrás

Audi vs Peugeot- Incredible Battle for the Lead 2011 24 Hours of Le Mans (Part 1 of 3)

http://www.youtube.com/watch?v=Y8JCh9WbnXk&feature=related

Galvão Bueno "clone"
Galvão Bueno "clone"
9 anos atrás

Troca de marcha do Audi R18 é “manual” ou no volante?

Se for no volante, segundo meu largo conhecimento de mais de 30 anos de Formula 1…não tem a mínima graça.

É 24 horas de Le Mans para “criancinhas”…maioria dos experts em esporte a motor no Brasil esta comigo!

Gustavo Oliveira
Gustavo Oliveira
Reply to  Galvão Bueno "clone"
9 anos atrás

É no volante sim, já faz uns 10 anos, alias acho que desde que a marca entrou oficialmente em Le Mans, nunca uma marcha se foi trocada na alavanca. Pra falar bem a verdade, acho que nenhum dos carros desse grid tem cambio manual, são todos no volante.

Agora, quanto ao criancinha. Vai assistir F1 com ultrapassagens forçadas pelo regulamente, vai!

Marcelo
Marcelo
9 anos atrás

“começa amanhã às 15h daqui, 10h daí”

Valeu Gomes, agora minha esperança é ver a largada pelo link abaixo, onde passa todo tipo de corrida.

http://www.thefirstrow.eu/

Clique em “Motosport” e boa sorte…

Marcio
Marcio
9 anos atrás

Sua descrição foi 10. Estive três vezes aí e não vejo a hora de ir a quarta. Pra quem tem gasolina na veia realmente não tem lugar melhor. Pena que esse ano sem TV pra nós brasileiros. Ótima cobertura.