MENU

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013 - 15:55Corridas de clássicos

JESUS SAVES

SÃO PAULO (justíssimo) – Vejam que legal. Lá na Inglaterra, tem um campeonato de F-Ford clássicos construídos entre 1974 e 1982. É forte, com corridas em circuitos não menos clássicos como Donington, Brands Hatch, Snetterton, Mallory Park, Pembrey, Thruxton, Oulton Park, Croft e Castle Combe. E este ano estreia a equipe JSR: Jesus Saves Racing.

Sim, isso mesmo que vocês estão imaginando. É uma equipe fundada sobre tudo aquilo que Alex Dias Ribeiro e seu irmão Fernando construíram na Europa na década de 70. “Jesus Saves” era a inscrição que Alex usava em seus carros e capacetes desde 1967, ele que se transformou no grande líder mundial dos Atletas de Cristo, que têm atuação forte no automobilismo — na F-1 inclusive, especialmente quando Alex era o piloto do Medical Car. Em 1978 ele criou a equipe Jesus Saves Racing.

O piloto Adriano Medeiros vai tocar o Van Diemen RF79 nesta temporada, carro que o caçula de Alex, Fernando, guiou em 1979. Medeiros vive há dez anos na Inglaterra, correndo de um monte de coisa e trabalhando como instrutor de pilotagem e também no “Top Gear” da BBC.

Uma lenda viva, o Alex. Outra, a JSR. Mais vivos do que nunca, o Alex e tudo que sua equipe representam até hoje para tanta gente. Aplausos de pé e nossa torcida eterna.

jesussavescar

40 comentários

  1. Marco Antônio Rodrigues da Cunha Jr. disse:

    Sensacional a volta da JSR…!!!

    Realmente, é de se dar glórias a Deus!!!

    E agora irá se juntar a todos vocês da JSR o nosso grande talento FELIPE GUIMARÃES que estréia dia 25 em Silverstone, correndo pela FORTEC na F3 Britânica, tendo no maior espaço de seu carro e macacão o “JESUS SAVES”, para a honra e glória de DEUS !!!

    Vai ser tremendo!!!

  2. Meybe disse:

    Finalmente deu certo, Adriano!
    Parabéns pra você, pro Alex e pro Fernando… e parabéns pra você Flavinho que tem coragem sempre. Já te disse que sou sua fã, né.
    Abraços.

  3. Estou muito contente com a ressurreição do Jesus Saves Racing Team. A mais de um ano vinhamos orando para ter certeza que essa idéia do Alvin Davies, um Inglês estudante de teologia, era da vontade de Deus. Durante as Olimpíadas de Londres nos reunimos com ele, o Adriano e a turma da velha guarda do Jesus Saves para determinarmos os propósitos as diretrizes do novo time. E a coisa acabou decolando. Todas as informações sobre o projeto vc encontra em http://www.jesussavesracing.com clicando na opção UK na esquerda da pagina de abertura. Este é um dia muito feliz pra mim porque esse é o tipo de legado que sempre sonhei em deixar para as próximas gerações. abs Alex

  4. Bravo, Alex, estou enviando meus melhores pensamentos

  5. Ulisses disse:

    Super, Mega, Hiper Alex Dias Ribeiro!
    E ele andava muito naquele carro patrocinado por “Cristo”!!!!!

    A alguns anos me encontrei com Alex no Prêmio Visa de Música Instrumental, tanto eu como ele éramos espectadores, um de meus ídolos da adolecência, não resistí e puxei um papo. Pessoa amabilíssima, de uma educação rara, gente da melhor espécie, se eu já o admirava como piloto desde sempre, conhece-lo pessoalmente só reforçou minha admiração, acresentando-o também como uma de minhas referências de carater.

    Mega abraço para o Alex e a torcida de sempre!

  6. wilchaia disse:

    control-S tambem salva…

  7. Ola a todos, que satisfacao ver essa materia e os comentarios, eu agradeco a DEUS por essa oportunidade. E quero agradecer ao Flavio pela reportagem.
    Estamos nos preparando e estreiamos em 6 de Abril em Donington.

    Um abracao a todos
    Adriano Medeiros

  8. jefferson lauda disse:

    alguem aqui sabe quando foi a primeira vez que o alex testou um copersucar ???

  9. JT disse:

    O automobilismo é um dos esportes mais caros do mundo e abrir mão de um patrocinador para estampar “Jesus Saves” na carenagem do carro é algo espetacular. Construir uma trajetória de vida baseada nesta mensagem é para bem poucos.
    Tem gente que renuncia na reta final, mesmo protegido no pátio de um castelo, mas tem gente que persiste, mesmo correndo na cova dos leões.
    Não conheço o Alex Dias Ribeiro pessoalmente, mas li seu livro “Mais que vencedor” e recomendo sem ressalvas, pois Jesus salva e acredito piamente nisso.

  10. Jose Brabham disse:

    Jesus Save Brazilian Motor Racing…

  11. Alfredo Junior disse:

    Uma bela iniciativa , principalmente vindo de um cara bacana como o Adriano Medeiros, que conversei algumas vezes no Orkut a alguns anos atrás, me contou a historia de um Monza Hatch que ele correu nos 500 Km de interlagos e que eu via próximo aonde trabalhava. E a história do Alex Dias Ribeiro daria um belo filme, pois o livro é espetacular.

  12. egberto disse:

    Vcs desenterram cada uma que não tem como deixar de ler o blog diariamente. abs FG

  13. Rafael Chinini disse:

    essas rodinhas dão uma má impressão! hahaha

  14. Muito legal nessa foto, além é claro de tudo o que já foi mencionado, é ver a deformação da suspensão e mais ainda dos pneus com a pressão na curva.
    Parabéns a todos os envolvidos nesse projeto.

  15. Tohmé disse:

    Nesse carro o Fernando quase morreu

  16. Rafael disse:

    Olha, caboclo, se eu te contar que fiquei procurando o botão “curtir” no seu blog tu acredita?

    Grande Alex Ribeiro!

  17. Fernando Monteiro disse:

    Legal essa hein!! Correr naquela época em qualquer coisa sobre rodas realmente não era para qualquer um. Pela foto vemos como realmente era muito perigoso. Acidentes eram comuns e sair ileso contrariava as regras. “Jesus Save”

  18. Mavex disse:

    Jesus saves também é uma musica do Slayer

  19. jovino disse:

    Muito legal isto. Semana passada, aqui em Brasília, fui ao lançamento do livro do Alex, “Muito Além de SUcesso Significado” com prefácio de Emerson Fittipaldi. Conheço o Alex desde quando era dono da Camber e foi o meu primeiro ídolo no automobilismo quando corria com o Patinho Feio. Ele comandou também por muitos anos “os Atletas de Cristo”. Vou mandar o link para ele ver. Jovino

  20. Nelson disse:

    Boa Flavio. Voce sempre coloca coisas diferentes e interessantes. Deste Adriano, nunca tinha ouvido falar. Foi ótimo saber ao mesmo tempo triste que a midia impressa e televisiva nunca dá importancia aos que estão fora do circuito Indy-F1. O cara deve ser muito bom, pois só fazer a DRUIDS com um camaro não deve ser mole!!!

  21. Paulo César_PCB disse:

    Alex me contou mais ou menos 3 meses antes de embarcar para as olimpíadas de Londres e que iria se reunir com o pessoal de lá para viabilizar a volta da equipe. É bom saber antes, mas melhor é quando a mídia confirma .

    Já valeu o ano. Só falta o documentário do patinho feio chegar mas telas. Telinha ou telona não importa.

  22. JOANNIS LYKOUROPOULOS disse:

    GDE ALEX,ESTOU APLAUDINDO DE PÉ TB.

  23. Mário Benoni disse:

    Vai fazer curva com esses pneus fininhos! Tem que ser muito bom!!!!!

  24. Rodrigo disse:

    Aproveitando o gancho, pena que no livro “Mais que um Vencedor”, o Alex não fala da sua experiência como piloto do Medical Car.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *