FALA MUITO

950espnSÃO PAULO (e nada sobre Neymar) – O podcast “Limite” desta semana está no ar. Na pauta, Stock, MotoGP, a morte no kart, Indy e um especialzinho sobre os 20 anos da última vitória de Emerson Fittipaldi em Indianápolis, inclusive contando umas histórias sobre a participação de Piquet naquela corrida.

Para ouvir, aqui.

Subscribe
Notify of
guest

15 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Harlan Rodrigo
Harlan Rodrigo
10 anos atrás

Flávio,

Me tire uma dúvida sobre o “Warm-up”. Ele já está integrado ao Flipboard, aplicativo para android e IOS, que facilitam a leitura de notícias e agrupa todas em um único lugar? Não consegui achar na lista do app, mas acho que será muito adequado ao portal, especialmente para os blogs e para a Revista.

Vlw, até…

Harlan Rodrigo
Harlan Rodrigo
Reply to  Flavio Gomes
10 anos atrás

Entre nesse site (http://flipboard.com), baixe o aplicativo pra Android ou IOS, dê uma futucada. Acho que vai acrescentar ao grupo e dá uma cara bem legal à Revista Warm-Up, vai ficar bem antenada, etc e tal…

Até…

Marcelo Mendez
Marcelo Mendez
10 anos atrás

Flávio, me desculpa a intromissão aqui em vosso Blog mas, eu queria agradecer a sua gentileza de ter Retuitado minha crônica sobre o Maracanã (DEIXEI MEU CORAÇÃO SANGRAR NA GERAL DO MARACANÃ) no Terra Magazine. Não consegui faze-lo no twiter mas não poderia deixar de tentar por aqui. Brigado e vc é um puta cara maneiro!

Abraço!

Marcelo Mendez
Marcelo Mendez
Reply to  Flavio Gomes
10 anos atrás
Andre
Andre
10 anos atrás

Oh no!!!!
Falando (e nada sobre o Neymar) ja e a mesma coisa que falar dele…

Fernando Sandrini
Fernando Sandrini
10 anos atrás

Quando teremos o Limite de volta na TV ? Quem tirou do ar é um …….Aliás, desde que o Palomino assumiu a direção da emissora, só fiasco…. uma pena.

Flávio – Ontem postei no blog do Victor um link do Terra onde diz que a Globo anuncia hoje se vai transmitir ou não o GP do Canadá pois tem jogo do lixo canarinho as 16h… Você sabe de algo já ?

Segue o link: http://esportes.terra.com.br/automobilismo/formula1/jogo-do-brasil-pode-deixar-fas-de-f1-sem-corrida-ao-vivo-na-tv-aberta,53f7460a7ca0f310VgnVCM20000099cceb0aRCRD.html

Abraço

André Mendonça
10 anos atrás

Bom mesmo é ouvir Rush na abertura :)
Qual o nome dessa música mesmo?

José Morelli
José Morelli
10 anos atrás

Flávio, discordo um pouco da sua opinião sobre a Bia, acho que ela tem feito um excelente trabalho, se você for avaliar Indianapolis 500 como um todo, ela não fez uma má atuação. Em primeiro lugar, não é nem um pouco fácil se classificar pro grid de 33 no Brickyard estando fora de ritmo (já que ela não está a temporada completa). E a prova em si, me recordo de ter visto uma atuação sólida.

E acredito que se ela estivesse em Detroit, faria um bom trabalho sim. E por favor, não judie da Indy, a categoria tem qualidade sim, claro que não são os áureos tempos de Emmo Fittipaldi, Al Unser Jr, Nigel Mansell, Mario Andretti e companhia limitada mas tirando a F1, a Indy concentra um núcleo interessante de pilotos. Não é nenhum piloto de GP2, AutoGP e World Series que encara pistas como Indianapolis, Texas, Long Beach, Pocono e etc, tem que ser firmeza pra estar lá. O grid da Indy é um grid mediano sim, com altíssima qualidade se considerarmos o naipe de alguns, Helinho, Tony, Sebastian Bourdais, Justin Wilson. Se fosse assim do jeito que você fala, o Rubinho teria erguido vitórias ano passado após passar 19 anos na F1…..o Rubinho não só levou um pau na Indy como saiu desmoralizado com o rabo entre as pernas.

Francisco
Francisco
10 anos atrás

Piquet nao largou “lá atras” na Indy 500 93, como diz o FG. Ele largou em 13*. Considerando um grid de 33 carros, a posição nao pode ser considerada “lá atras”.

Martim
Martim
10 anos atrás

São 19:42. Vou ouvir depois, não posso interromper a Voz do Brasil rs

John McClane
John McClane
10 anos atrás

E o Piquet… era “só” o Piquet. Fodástico. Imagino se ele encontrou o Mansell por lá e o que devem ter se falado – ou xingado.

John McClane
John McClane
10 anos atrás

As 500 milhas de 93 foram, talvez, o auge da F-Indy. Puta grid. O Emerson ganhou, mas garfaram o Raul Boesel, que, se não tivesse sido punido, provavelmente teria vencido. Teve um pega animal do Mansell contra o Al Jr. também.