MENU

domingo, 24 de novembro de 2013 - 20:46F-1

INTERNADAS (29)

O Box 20, da LF: emprestado paa a Caterham, última colocada de 2013.

O Box 20, da LF: emprestado para a Caterham, última colocada de 2013.

SÃO PAULO (já foi melhor, mas poderia ser pior) – Ali no cantinho esquerdo da foto, ao fundo, onde se vê algo que parece uma mochila preta, é uma pia com uma bancada de granito. Ali eu costumo deixar minha bolsa do capacete, a do macacão e a mochila do computador, bem encostada no canto da parede, para não molhar quando alguém precisa abrir a torneira por algum motivo. Debaixo da bancada ficam outras bolsas e mochilas, depende de quem chega na pista primeiro.

Numa daquelas quatro tomadas espeto o carregador do celular. É nesse cantinho, protegido por uma divisória coberta com um “canvas” azul onde se lê LF Competições e os nomes dos pilotos da nossa equipe, é que me troco, e numa mesa de lata, dessas de bar, às vezes ligo o laptop para escrever umas coisas, postar umas fotos, atualizar o blog quando coincide uma corrida das nossas com a F-1. Acontece, às vezes.

O Box 20, neste fim de semana, foi da Caterham. Todos sabem que é nosso, e emprestamos para a F-1 uma vez por ano. A Caterham terminou a temporada na última posição e por isso merece toda nossa solidariedade. Meianov sabe bem o que é isso.

Dei o passeio de sempre pelos boxes no fim da feira, como sempre faço. É inacreditável que essa zona toda volte para a Europa sem que percam alguma caixa, um pneu, quem sabe até um motor ou um carro inteiro. Não invejo os mecânicos da F-1. O trabalho é muito pesado, não o trampo de mexer nos carros e deixá-los prontos para correr. Duro mesmo é montar e desmontar tudo, 19 vezes por ano, na correria, na pressa para voltar para casa.

Eles têm casa, mas dormem nas suas camas cada vez menos. O aumento do calendário fez com que as equipes tivessem de contratar mais gente, porque nem todos vão a todas as etapas do ano. Ninguém aguenta.

É o lado bom dessa F-1 inchada, afinal. Dá mais emprego, pelo menos. Amanhã cedo não vai ter mais quase nada aqui. Só os restos mortais de mais uma temporada de Fórmula 1, o máximo que o automobilismo consegue produzir. Depois, o Box 20 volta para a gente, para o Meianov, o Karmann-Ghia do Mauro, o Bianco do Peixoto, o Puma do Gulla, o outro Puma do Paulo, nosso carrinhos que, no fundo, no fundo, são os astros da festa.

Já escrevi coisa parecida anos atrás, o box que emprestamos à F-1, na época era o 21, e tinha ficado com a Bridgestone, ou com a Michelin. É tema recorrente, afinal, porque de fato, sempre que termina um GP em Interlagos, dou um pulo no meu box para saber se está tudo no lugar.

A pia continua lá, as tomadas também. É o que temos.

Até a próxima.

32 comentários

  1. joao vieira peixoto filho disse:

    Dom Flavito…….aquele nosso cantinho foi invadido ,né ? ……e bateu um ciúme brabo. Nos vi empurrando mochilas para acomodar as atrasadas sob aquela bancada. Sensação estranha essa…vontade de esbravejar.

  2. Eduardo disse:

    Flavio, eh por isso que eu o acompanho desde a Jovem Pan… Começo dos anos 90, já ouvia a F1 pelo radio….

    Volta pra radio Bandeirantes, pra fazer o 40….

    Lindo texto…

  3. Klaus disse:

    De longe o melhor texto da série “Internadas”. Parece algo que foi observado por olhos humanos e não por lentes de uma câmera digital. Parabéns.

  4. Pdr Rms disse:

    Interessante como no início da temporada, vide a pequena evolução apresentada nos anos anteriores, havia uma percepção de que a Caterham poderia diminuir a distância das nanicas às equipes do penúltimo bloco (as Williams e Toro Rossos da vida), mas aconteceu justamente o oposto. Vamos ver como será o desempenho dessa equipe em 2014 já que neste ano praticamente voltaram à estaca zero (ou estaca -10).

  5. Celio Ferreira disse:

    Flavio com a mudança de projeto da reforma , que deve ser aprovado , ou seja
    reformar os velhos boxes , acho que viabiliza a idéia de aumentar a reta dos box,
    daria mais espaço ainda para os novos , e o novo traçado ficaria genial.
    use seu espaço na mídia para a campanha da mudança.

  6. Michel Matos disse:

    Flávio, não conhecia o blog. Tem poucos dias, na verdade, que “o descobri”! rs Muito bom ler suas matérias, cada uma delas! Sou um apaixonado por automobilismo desde pequeno e sonho um dia conhecer o autódromo de Interlagos. Aliás, me tornei Biomédico por “convencimento paternal”, pois nunca recebi apoio pra essa minha paixão. (Até porque não era barato também! Não os culpo!) Só depois de adulto, numa viagem a Gramado, pude experimentar pela primeira vez a paixão na prática! Encontrei um cartódromo e fui experimentar! Foi uma das melhores experiências que tive! Corri com 8 pessoas e perdi apenas pra o único piloto profissional na pista, que naquele dia, fazia seu treinamento! Foi fantástico! Gostei tanto que já estou correndo atrás de um curso de pilotos, aqui na Bahia! Enfim… Grande abraço!

  7. T1000 disse:

    Flavio, não pude deixar de reparar no comentário do Gavião Bueno no treino oficial, onde a câmera passeando pelo circuito deu um take nos boxes da Willians, eis que nosso digníssimo narrador falou:
    “Esta ali o Frank Willians sentado!”

  8. alan disse:

    Belissimo teso FG!

    Flavio, mais uma vez obrigado por mais um ano de F1 (e outros tambem) !

    Mas me diga FG, me ficou a impressao de que o felipe conseguiu essa vaga na Willians pra termos ainda um brasilerio no grid, por consideracao a historia de Emo, Piquet e Sena, mas principalmente pelo interesse comercial e politico, afinal pra que um gp no Brasil sem brasilero no grid, nao teria razai nenhuma de ocorrer, o publico e a audiencia seria pifios, os outros paises que nao tem piloto no grid nao tem esse problema porque eles nao tem esse historico , essa tradicao e esse apelo patriotico tipico do brasil. Quanto ao felipe, nao me impolgo com ele, na verdade ele me aborrece, nao gosto dele, mas reconhecamos que ele foi um bom piloto, correr de cart quallquer moleque de rua corre, nas categorias intermediarias varios tentam a chance de se profissionalizar, mas chegar a F1 e’ um grande m’erito, ficar la por tanto tempo mais ainda, ser contratado por uma grande equipe mostra que tem qualidade e reconhecimento, marcar pontos, poles, podios, ganhar corridas, tudo isso conta, ter a chance de ser campeao mundial e’ o penultimo degrau da consagracao, se bem que no caso do felipe foi bem ocasional, por falta de outro acabou sendo o felipe, pois o maior inimigo do amiltom em 2008 foi ele mesmo com sua inconstancia, seus desequilibrios, somado ao ano mais baguncado e corrompido (nelsinho piquete) e so depois disso e que felipe entrou na danca,. O problema do filipe e’ que ele aceitou facil ser o segundo piloto da ferrari, A FERRARI NUNCA O CONTRATARIA PARA SER O PRIMEIRO PILOTO (2008 FOI POR FALTA DE OPCAO) e filipe , sabendo disso, nao quis perder a oportunidade de correr na ferrari e entao disperdicou toda sua carreira como segundo piloto, teve seus beneficios, vitorias, etc….., mas entra na historia como o mais submisso piloto de todos os tempos, acho ate que superando o barrichello com folga, este dois sim os maiores entreguistas da historia da F1 !!!!!, nem Irvine chegou perto deles!!!! o felipe nao quis arriscar, pois se ele fica numa outra equipe poderia correr o risco de ter uma carreira curta na F1 como tantos pilotos com grande potencial tiveram, vejam so’ o Vettel, se a Redbulling nao chegasse ao nivel que chegou talvez ele nunca teria sido campeao, seria mais uma eterna promessa. mas ele confiou no seu talento e na equipe e nuca lhe passou na cabeca essa historia de ser um piloto de segunda linha, um capacho! por isso que a figura do felipe massa me causa nojo!!!!e o alonso= um verme que fala em espanhol, um baixinho invocado, mas vejam so, sem Vettel ele ja seria TETRACAMPEAO !!!!! acho ele melhor que o Senna, embora seja ainda somente bicampeao. e a globo? a globo e’ uma perua velha que se prostitui cada vez mais se enchendo de maquiagem !!!!!

    • alan disse:

      Complementando= a FIA sacaneou o Brasil, pois na abertura das transmissoes ela mostrou um favelao num morro (me parecia mais RJ do que SP) com um campinho de futebol no meio, que ymagem queriam passar????? Me senti lesado e fiquei indignadissimo com a FIA,
      Flavio, acho que te vi de relance numa imagem nas trasmissoes, nao me lembro se na corrida ou nos treinos/qulify, CONFERE???? ou era teu sosia????? ou teu irmao genio??? ou teu clone?????

      • alan disse:

        No caso da imagem do favelao me senti lesado sim pois a FIA nao mostrou na semana passada no Texas, os becos com pessoas drogadas e prostituidas dos USA, idem na europa e asia, so no Brasil poxa?????? problemas sociais=economicos todos tem !!!!!

    • alan disse:

      NO INICIO QUIZ DIZER BELISSIMO TEXTO (OBVIAMENTE) simples erro de digitacao!

  9. Alexandre disse:

    Está certo meu pensamento? Se o Massa tivesse ficado em quarto eles seriam vice campeões mundiais? ou seja, o drive thrue custou a diferença de pagamento do segundo para o terceiro colocado no mundial de construtores?

    • Leonardo Costa disse:

      Se ele tivesse chegado em quarto e todo o resto ficasse como ficou, a Ferrari teria feito 27 pontos (15 do Alonso com o 3º lugar e 12 do Massa com o 4º) contra 10 da Mercedes (2 do Hamilton no 9º lugar e 8 do Rosberg, que perderia uma posição com o Massa na frente e ficaria em 6º). Assim a Ferrari seria vice nos construtores. Ou seja, para quem gosta de falar do Massa pode dizer que além dos mals resultados dos últimos anos, ainda conseguiu tirar o vice da Ferrari.

  10. ALOISIO disse:

    Ótimo texto Flavio, agora por favor me tire uma dúvida, os pilotos da F1 realmente gostam de pilotar nessa pista de Interlagos ou este prazer todo que é anunciado pelos narradores da Globo, é mais uma dessas ilusões criadas pelo Galvão mascarar a pista atual que eu considero meia boca.

    Um abraço!

  11. Jose Brabham disse:

    Belo texto. Já estou com saudades dos GP´s de F1.

    Como eu gosto dessa bagaça! Vixe!

    Ah, sim… o triunfo de meu Bahia foi heróico, não?

  12. pedro afonso scucuglia disse:

    Como sempre, Fláviogomes, belíssimo texto. Tem emoção – e não é piegas. Gosto de quase tudo de seus escritos. E tem um mérito, você. Constrói frases sem abusar do “que”. Dia desses anotei, pura sacanagem de redator puta-velha/putavelha, quase 40 “ques” num texto do querido Gabeira. Lembrei do Narciso Kalili: “afaga o texto que ele cresce…”

  13. Fernando disse:

    Resumindo: corridinha chata do cacete hein!!!

  14. Luis disse:

    Isso aí Flávio, não tem sensação melhor do que sentir que, de alguma forma, você é “um dos caras”, afinal é isso que te motiva a sér jornalista de automobilismo. Continue assim com suas opiniões contundentes, análises imparciais e trabalho duro, pois é isso que pessoas como nós gostamos de pessoas como você, um exemplo de jornalista esportivo.

  15. A.Vandelay disse:

    Podia rolar um vídeo do pessoal explodindo os motores, uma hora dessas.

  16. Philippe Ambrosio disse:

    Fala Flávio. Encontrei você agora há pouco espiando o paddock. Não sei se lembra, perguntei a você “por aqui até agora?” E você respondeu: “Trabalhando”. Trabalho à parte, logo em seguida tirei uma foto do Maldonado saindo do box da Lotus com o Nicolas Todt, cumprimentando a todos. Ou seja: o negócio está sacramentado mesmo. Se quiser a foto, terei o prazer em enviá-la.
    Abraços

  17. Pablo Vargas disse:

    Boa, Flavio.
    Tirem logo do box 20 esses F1 projetados no paint.
    A Classic Cup vem pra dar show e fechar o ano.

  18. japoneis disse:

    Eu acho os carros da Catherham, junto com os McLaren, os mais bonitos da temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>