FOTO DO DIA

Alonso e Raikkonen andaram em Spa com carros ultraeconômicos que fazem, sei lá, 5 mil km com 100 ml de gasolina. O projeto é da Shell, com universidades europeias. Consta que Kimi pediu para correr com o dele domingo.

<a href=F1 Grand Prix of Belgium - Previews" width="700" height="467" srcset="https://flaviogomes.grandepremio.com.br/wp-content/uploads/2014/08/novaeconomia-1024x683.jpg 1024w, https://flaviogomes.grandepremio.com.br/wp-content/uploads/2014/08/novaeconomia-300x200.jpg 300w, https://flaviogomes.grandepremio.com.br/wp-content/uploads/2014/08/novaeconomia-785x523.jpg 785w, https://flaviogomes.grandepremio.com.br/wp-content/uploads/2014/08/novaeconomia.jpg 1037w" sizes="(max-width: 700px) 100vw, 700px" />

Comentários

  • Esse negócio de economia de combustível vai muito da técnica do motorista. Meu Gol Rallye 1.6 automatic comigo faz 12,1 km/l na cidade. Já meu irmão quando viaja com ele, o computador de bordo marca 11,8 km/l.

    • Consumo mais baixo na estrada é perfeitamente normal, mas no seu carro a diferença é pouca.

      O que acontece com alguns carros automáticos é que as marchas se reduzem automaticamente quando vc vai fazer uma ultrapassagem, quando precisa de mais potência , o que acarreta em um consumo maior.

  • Esse negócio de economia de combustível vai muito da técnica do motorista.
    Meu gol rallye automatic 1.6 faz 13,1 km/l na cidade, e eu não ando batendo válvulas. Já meu irmão quando pega ela pra viajar, quando volta o computador de bordo está marcando 11,8 km/l. Eu falo que eu tenho um estilo de dirigir parecido com Prost, Niki Lauda, Piquet , mas o povo pensa que eu não sou humilde…

  • Só acho estranho uma empresa de petróleo que incentiva o desenvolvimento de carros com uma autonomia tão absurda… talvez estejam se preparando para um futuro aonde o litro de gasolina custe $ 50,00.

  • Gostei do micróbiozinho da direita.
    Poderia ser um belo conceito para um desses mini carros de 2 lugares.
    O desenho é mais bonito que aquele Smart horroroso. Falando nisso, acho que eles fazem este tipo de carro, feios e caros para ninguém comprar mesmo (exceto a Tera Patrick)

  • O Shell EcoMarathon existe há muitos anos em diversos países e no Brasil recebe o nome DanaEconomia. Lá fora tem equipe mirando os 5.000 km por litro. São microcarros com motores de combustão interna de menos de 50 cc. E esse triciclo da foto não fatura nada com essa suspensão/freios totalmente superexposta. Mesmo com as baixas velocidades, a aerodinâmica conta muito.

  • Boa noite Flávio,

    Esses carrinhos são os protótipo de eficiência energética desenvolvidos por estudantes de graduação e ensino médio ao redor do mundo. Eles participam da competição de eficiência energética Shell Eco-Marathon, que é dividida entre Américas, Ásia e Europa. O Brasil já teve representantes na competição dos continentes americanos através da Equipe UFSC de Eficiência Energética da qual fiz parte até 2012, projeto que une vários cursos de engenharia da Universidade Federal de Santa Catarina além de outras equipes de universidades brasileiras. No ano de 2012 nosso protótipo competiu em Houston no Texas e sagrou-se 7º colocado na categoria gasolina entre mais de 60 participantes, com a marca oficial de 412 km por litro. Se não me engano ainda é a melhor marca de uma equipe brasileira na competição. O site do projeto é o http://www.e3.ufsc.br e lá tem fotos da participação da equipe assim como mais informações. Infelizmente no Brasil o apoio a essas iniciativas universitárias ainda é muito pequeno, e o que o pessoal do exterior consegue com relativa facilidade, exige um esforço colossal dos alunos de nossas universidade.

    Grande Abraço!