MENU

Sunday, 24 de August de 2014 - 23:08F-1

MOULES-FRITES (4)

moules004SÃO PAULO (já) – Há um componente cruel nessa disputa entre Hamilton e Rosberg. Os caras eram amigos. Amigos de infância, desde moleques. Já adultos, finalmente caem na mesma equipe de F-1. Já pensaram em algo parecido? Você e seu melhor amigo de infância se tornarem pilotos de F-1 e na mesma equipe?

E se um dia tiverem chances de ganhar um campeonato? Dá para imaginar alguma coisa mais legal?

Pois o esporte acabou com a amizade. Lewis acusa Nico, que acusa Lewis, que aponta o dedo para Nico, que devolve o mesmo dedo para Lewis. Em Spa, as coisas passaram dos limites.

Não foi a primeira vez. Já tem alguns meses que a relação começou a se deteriorar. Me corrijam se eu estiver enganado. Foi em Mônaco? Lá Hamilton insinuou que Rosberg causou uma amarela de propósito na classificação para assegurar a pole. Depois vieram outras faíscas. Na Hungria, uma ordem (absurda) de equipe que Lewis desobedeceu. Rosberg não se conformou. E, hoje, finalmente, o que todos na Mercedes temiam. O toque.

De início, juro que achei que foi casual, coisa de corrida e tal. Olhando as imagens, continuo achando. Claro, coisa que dá para evitar. Quase tudo dá. Mas acontece, quando a briga é intensa, os carros são parecidos, a luta por cada ponto é nervosa e dramática. Ninguém bate no outro de forma tão cirúrgica, porém.

Não?

Pois Hamilton soltou o verbo. “Ele falou na reunião que foi de propósito. Perguntem a Toto e Paddy”, disparou, assim que saiu do “meeting” pós-GP.

Parece, portanto, que Nico falou mesmo. E deu de propósito mesmo.

Dá para imaginar atitude tão virulenta em alguém que parece tão dócil como Rosberguinho?

Lauda, Toto Wolff e outros deram declarações indignadas com o episódio. Um Senna x Prost 25 anos depois. Quem diria… OK, os pilotos não são tão bons, nem tão carismáticos. Mas a situação é muito semelhante: um time dominante, dois moços sedentos por vitórias e títulos, atritos inevitáveis.

Há alguns anos, em 2007, em Interlagos, perguntei numa coletiva a Hamilton e Alonso se eles não achavam que estavam desperdiçando sua juventude com aquela briga idiota na McLaren. Afinal, eram dois jovens talentosos, ricos, famosos e cheios de coisas em comum que poderiam ter um ao outro como o melhor amigo. E, ao contrário, estavam se transformando nos mais mortais dos inimigos, se odiavam e desprezavam mutuamente, viviam num ambiente de trabalho pavoroso, negativo, carregado.

Ambos acharam a pergunta esquisita. Alguns boçais entre os jornalistas deram risada de uma questão tão… humana. Cortaram o assunto dizendo que não se odiavam, que as coisas eram assim mesmo, next question, please.

Pois acho que a pergunta ainda é pertinente. Coincidentemente, um dos personagens é o mesmo, Hamilton.

Não há esporte, não há disputa, não há resultado que justifique o fim de algo tão nobre quanto uma amizade.

A amizade entre Nico Rosberg e Lewis Hamilton, no entanto, já não existe mais. E nunca mais existirá.

Acho isso bem triste.

200 comentários

  1. Geralmente numa equipe que tem dois primeiros pilotos cabeças de chave lutando pelo título tem uma briga de foice que transforma o ambiente da equipe num inferno astral em que o tiro pode sair pela culatra. Hoje a F1 tem uma política estranha como essa punição de 20 segundos do Magnussen por não ter dado espaços ao Alonso nas voltas finais, então agora o piloto da frente tem que abrir um espaço convidando o piloto de trás para ultrapassa-lo.

  2. carlos lima says:

    Flavio, grande escriba, lúcido, humanista. É um prazer ler seus textos. Bravo!

  3. Anselmo Coyote says:

    “Não há esporte, não há disputa, não há resultado que justifique o fim de algo tão nobre quanto uma amizade.”.
    Também acho.
    Abs.

  4. Rafael Mafra says:

    Parabéns pelo texto Flavio. Em um dos programas Limite no finalzinho da temporada de 2007 da F1 tu falou isso mesmo que era uma pena o fim da amizade de Hamiltom e Alonso.

  5. beto says:

    O legal aí foi a vitória do Ricardo.
    Mercedes na frente já deu no saco.

  6. Luiz Carlos says:

    Nem Rosberg nem Hamiltom. Os verdadeiros melhores pilotos do ano são
    Ricciardo e Bo77as.

  7. roxxonvaldez says:

    o diretor de prova passou a mão na cabeça do NICO em mônaco. não precisa falar mais nada, virou um irresponsável.

  8. joao paulo says:

    aff,chupez alonso, nao tem vergonha de ficar so falando merda, jackie stewart disse essa semana que o unico genio da f1 atual e alonso, lauda ja havia dito sendo que trabalha pra mercedes, nao e segredo pra ninguem na f1 que alonso e o melhor piloto da atual geracao.

    http://globoesporte.globo.com/motor/formula-1/noticia/2014/08/jackie-stewart-diz-que-so-ha-um-genio-na-f-1-atual-o-melhor-piloto-e-alonso.html

  9. joao paulo says:

    que vergonha nunca vi um tetracampeao tomando vareio de um piloto que acabou de chegar na equipe, o proprio vergne que foi mandado embora disse que ricciardo andava na frete dele so nas qualificacaoes pq na corrida tinha melhor ritmo e se estivesse na rbr daria muito mais trabalho pra ele do que vettel. isso e vergonhoso vettel deveria devolver os seus titulos pq todo mundo esta tendo a confirmacao webber deu uma declaracao pra bbc que desde do meia do ano de 2010 ele nunca teve o msm carro que vettel. VETTEL A MAIOR ENGANACAO DA HISTORIA DA F1, PILOTO QUE SO VENCE COM UM CARRO DE 2 SEGUNDOS DE DIFERENCA.

    Responder

    • João Daniel says:

      Daí um cara senta na frente do computador, acha que sabe tudo e vem dizer que ser o mais novo a vencer uma prova, mas novo a ser campeão, mais novo etc. não é nada. Deixa de falar m#$#@!

      • Go HAM - hard as a motherf**ker! says:

        Isso só vale para estatísticas, foi o tetra mais novo a levar ferro do companheiro; foi o tetra mais novo a ser rebaixado a segundo piloto; foi o tetra mais novo a perder credibilidade no paddock, foi o tetra mais novo a…

      • Anselmo Coyote says:

        … o tetra mais novo a ser enrabado sem dó nem piedade pelo smile-boy, o que humilha e enterra sorrindo e com muita classe… kkkkkkkk CHUPA VETTEL, pilotinho fake.
        Abs.

    • tiago says:

      Acho interessante como todos comentam de F-1 sem ter pilotado um carro daqueles.. São todos iludidos. rsrs

  10. Paulo says:

    Engraçado foi quando vc disse; ” Alguns boçais entre os jornalistas deram risada de uma questão tão… humana”. Não sei quem foram, mas tenho convicção que deve ter sido os das grandes mídias mundiais, que de humanos não tem nada.

  11. Mello says:

    Se fossem amigos de verdade não estariam na mesma equipe. Vejamos o exemplo dos irmãos Schumacher: nunca correram juntos.

  12. EDSON CASTRO says:

    esse alemãozinho de merda não tem braço p ganhar do Lewis..ta até guiando bem, mas não teve a metade dos problemas que o companheiro de equipe…esse toto woolf é um safado, cínico que está adorando …se não fosse o Lauda, o rosberg estava a 100 pontos na frente do hamilton… MAIS QUE PODRE QUE PROCESSAMENTO DE CHUCRUTE…AGORA O HAMILTON VAI PASSAR POR CIMA DESSE NIQUINHO CARA-DE-´SANTO..

  13. Ted de Gros says:

    Nico vai ser campeão, jogou uma amizade no lixo e está sendo o mais canalha o possível, atacando o ponto fraco de Hamilton, que é mais rápido, mas menos centrado.

    Agora, genial seria se os dois dessem conta de perder o campeonato para o Ricciardo!

  14. Paulo Leite says:

    No mundo sem graça de hoje, onde assessores ditam ate a cor da cueca que o cara usa na entrevista, amizade jamais sera mais importante que dinheiro e a fama. Hein, o que eh amizade mesmo ???

  15. Vinicius says:

    Daqui uns 20 anos, vamos ter um filme maneiro sobre o tema, tipo o Rush. O problema desse filme vai ser encontrar um final feliz pra esta história. A ver!!!

  16. Tem vaga na McLaren sobrando…

  17. Marcão says:

    Mais corrida e menos novela, por favor. Essas discussões de bateu por querer, bateu sem querer, deixou passar, não deixou passar, obedeceu a ordem, deixou de obedecer a ordem já encheram o saco a muito tempo…

    Nem parece corrida!

    Vamos falar das últimas 3 voltas, do pega onde 4 carros dividiram side by side a reta, onde não cabiam 4 carros lado a lado. No asfalto, o pau tora. Só quero lembrar que numa situação parecida com essa, com pilotos da McLaren (na época o próprio Hamilton e o Alonso), Haikonnen manteve a mesma atitude que o Riccardo está tendo e foi campeão… Quem pilota ganha, quem faz criancice participa da novelinha…

  18. Alex Santos says:

    Como tinha falado aqui antes das Férias.

    Se fosse apostar iria de Rosberg, e pelo visto tinha razão. O Hamilton parece uma mulher, só sabe reclamar e reclamar, e o Rosberg sabe como deixar ele pilhado. E como o Rosberg não declara nada deixa o Hamilton ainda mais louco da vida, parece que o Hamilton está criando caso contra uma porta e colocando palavras na fechadura dela.

    Sobre o acidente, o próprio Hamilton podia ter evitado, ele viu que o Rosberg estava ali, claro que o Rosberg poderia ter espalhado e brecado ainda mais, mas ele poderia assumir o risco, agora o Hamilton já estava em 1º, foi burro e mostrou que a cabeça foi pro espaço, pq depois do incidente ele só ficou de mimimi no rádio por 40 voltas, sem um problema aparente no carro, Tinha carro para pelo menos chegar na pontuação.

    Acho que qdo se aposentarem vão rir da situação e fazer propaganda pra Mercedes ou Ford, fazendo pegas juntos, mas a relação de companheiros de equipe, esquece, essa já era.

    E to achando que a paciência da Mercedes com ele, já foi pro espaço, se alguém oferecer uma grana por ele, é capaz que saia, Mclaren-Honda é um caminho qse que natural. E Bottas o substituto natural dele na Mercedes. Isso se o Alonso não conseguir finalmente arquitetar um plano brilhante para pilotar o melhor carro, acho possível, se bem que ele é tão louco quanto o Hamilton no aspecto “Cabeça”, eu iria de Bottas se fosse a Mercedes.

    • Boca says:

      Bom, depois de largar em último duas vezes e chegar no pódio, dessa vez não dava. O carro ficou danificado após uma volta inteir com o assoalho batendo no chão, assim como o braço da suspensão do pneu furado.
      Mas concordo que está reclamando acima da média.
      Tem que pilotar!!!

  19. Seinfeld says:

    O povo aqui malha o Hamiton. O cara que chegou na McLaren e já tirou o sossego do então campeão Alonso na mesma equipe. E tirou o sossego do espanhol, porque teve COMPETÊNCIA NA PISTA E PERSONALIDADE. Alonso saiu e Hamilton foi campeão.

    Agora continuam criticando o cara, até quando ele não tem culpa e reclama do companheiro, que não tem nada de santo também. Reclamam do Hamilton, o cara que a equipe ALEMÃ mandou ele ir mais devagar e ceder a posição para o piloto ALEMÃO, seu maior rival pelo título e o inglês teve a CORAGEM de não obedecer a ordem dos boxes.

    Vocês reclamam do inglês por que ele não é um bunda mole, submisso, chorão e capacho que aceita perder para o colega de equipe, como Barrichello e Massa? É isso?

    Hamilton então é desagregador? Como Senna ao chegar na McLaren com Prost? Como Piquet na Williams com Mansell??

    Vocês não disfarçam a dor de cotovelo hein? Quem desdenha, quer comprar.

    Quem dera Hamilton fosse brasileiro.

  20. Marques says:

    Negada quando não gosta de alguém e quer distorcer as coisas é dose. Pela imagem onboard se vê claramente Rosberg virando o carro a direita. Hamilton não espalhou em momento algum, ele simplesmente manteve a linha onde estava. Deveria ter ocorrido punição, não por ter supostamente ter sido de propósito, mas sim porque como foi bem mostrado e analisado por Martin Brundle (e ele defendeu Rosberg a corrida inteira), o alemão cometeu um erro de estreante, tirou um cara da prova e NADA aconteceu com ele, de novo. Além de ter perdido a corrida com um desempenho ridículo, mas isso ninguém vai lembrar.

  21. Jorge Diehl says:

    Perdemos amigos de infância por coisas mais banais, como as nossas mulheres não se aturarem. Por fama e dinheiro, não creio que seja um motivo tão banal assim. Acontece…

  22. José Estevão says:

    “Um verdadeiro amigo é alguém que pega a sua mão e toca o seu coração.” ―Gabriel García Marquez

    Só isso a dizer, quem achar piegas o autor acima que se dane, eu acho ele muito mais importante que qualquer piloto de formula 1 em qualquer tempo.

  23. Jose Liborio says:

    Pode ser que no futuro eu seja desmentido até porque há muitas provas e a última valendo o dobro mas acho que Hamilton, com esse incidente da Bélgica, encaminhou sua derrota no campeonato de 2014 e se Nico ganhar, não fica na equipe.
    Já vimos esse filme antes, não? Enfim os “gentlemen” na F1 já se foram. Agora pau é pau, pedra é pedra. Salve-se quem puder.

  24. Luke says:

    Lennon e McCartney se amavam depois se odiaram e no final já estavam se entendendo novamente. Um louco estúpido chegou antes da reconciliação definitiva. Senna e Prost jogaram mais farpas um no outro que um porco-espinho inteiro. Na véspera de sua morte, Ayrton faz pelo rádio uma confissão carinhosa ao grande rival Alain… Acredito que daqui há algumas décadas, ambos bem velhinhos, Niko e Lewis vão estar juntos, tomando umas cervejas, e dizendo entre gargalhadas: “seu viado fdp, você me sacaneou mesmo naquele dia, né?”. O tempo cura e se encarrega de por todas as pequenas vaidades humanas na sua devida dimensão: nada.

    • Ted de Gros says:

      Lennon e McCartney já tinham retomado a amizade a muito tempo, Luke, chegando a tocar juntos durantes as louquíssimas gravações do disco Pussycats, do Harry Nilsson, em março de 74.

      A cisma maior sempre foi entre George Harrison e McCarney por razões que até hoje ninguém conhece.

      Pelo incrível que pareça, George tinha muitas reservas a Paul e não John, que tinha o agradável hábito de não participar das gravações das músicas de Harrison na fáse pós Sgt. Peppers.

      Quando Lennon morreu, a briga era pra convencer George a participar de uma possível reunião.

    • vamos ver se o kimi vai deixar alguma cerveja pra eles, eu duvido

  25. John Player says:

    Se sempre foi amizade mesmo, ela vai voltar após a aposentadoria das pistas.
    E terão grandes historias para recordar juntos.
    Pergunte aos ex-pilotos de F1 que brigaram por títulos na pista e até mesmo dentro da própria equipe.
    Esse negócio de “piloto melindrado” com colega de equipe, fazer “biquinho” no box, “ficar de mau” e mimimi só apareceu depois de 1988…
    Prefiro uma guerra declarada na busca de um título (afinal são jovens e querem fazer seu nome, sua história na F1) do que tapinhas nas costas e sorrisos falsos.
    Se foram amigos, se a amizade era importante, mais tarde, com sabedoria e sem disputa, vão voltar á amizade.
    Piloto “troféu simpatia” e “amigo da garotada” não ganha nada nunca…Muito pelo contrário.

    • John Player says:

      Vale lembrar que ao final da corrida, Alonso e Vettel tem m choque igual, e quem sai perdendo foi o espanhol, que perdeu parte do bico dianteiro e Vettel, ao contrario de Hamilton, não teve seu pneu furado.

      O que piora no caso do Rosberg é que era a primeira volta, dava pra ter evitado o choque justo com o colega de equipe, e ainda tinha a corrida toda para buscar a primeira posição novamente.

  26. beto says:

    Acredito que se o toque fosse de outro piloto, o melindre do Hamilton seria bem menor.
    Bater de propósito seria muita burrice, já que o carro é frágil.
    O Hamilton já tinha jogado o carro para cima do Rosberg, se não me engano na Malásia, mas o garoto ficou na dele. Em Monaco tivemos um xilique, e agora outro.

  27. Paulo says:

    Nossa, estamos vendo um cara fazer todas as trambicagens possiveis e não ter nenhuma punição, o cara estaciona na pista e nada, bate nos outros e nada, faz a tomada de tempo passando com as 4 rodas depois da zebra e nada, os carros rodam e ficar trancando a pista, mas como esse Piloto (Rosberg) esta na ponta, não dão saft-car…. estnao criando um campeão de merda forçado, nunca tinha visto isto antes.

    • Jose Liborio says:

      É como o Schumacher com o Hill. Teve alguma punição? Pois é…

      • Luiz Morais says:

        É, né?
        De repente Deus é alemão, o Bernie se diz Inglês, mas deve ser alemão, o Lauda também diz que é autríaco, mas deve ser alemão e é uma Alemanha toda contra um inglesinho tentando fazer a dele.
        Quando o Hamilton foi trazido de volta a pista por um trator ainda na McLaren e não houve punição, podia. Quando ele de marra atropelou o Schumacher no grampo em Mônaco, também podia. Jogou o carro contra o nico na Malasia e também pôde.
        Além disso a batida não foi proposital e o Hamilton espalhou sim.
        Hamilton é um frango resmungão e mimadinho pelo Ron Dennis, agora que leve o protegidinho de volta. Bem fez o alonso que, depois de teren-no preterido em função do Hamilton, delatou o esquema de espionagem e de lá pra cá a McLaren e Hamilton só se ferram, com exceção ao título perdido pela Ferrari, claro.

      • Marcos Paulo says:

        Schumy com o Hill foi coisa de corrida.
        Schumy em 97 sim fez sacanagem.

        Prost fez sacanagem. Senna fez sacanagem.

        Rosberg não fez. Foi de corrida. Só cego ou doido não ve isso.

        E o Hamilton deveria olhar para os próprios pés. Pq em 2011 ele acabou com a corrida do Massa furando o pneu dele. E o Hamilton nem ao menos colocou o carro de lado. Foi barbeiragem mesmo.

    • EDSON CASTRO says:

      NÃO TEM BRAÇO P GANHAR DO HAMILTON..MAS TEM A ALEMANHA TODA NA EQUIPE..SE O HAMILTON GANHAR, ESSE NICO TEM QUE CORRER A PÉ

  28. Lincoln says:

    Enquanto isso, em Londrina……????????? E aí????????

  29. Hugo X says:

    A fórmula 1 é um moinho movido por egos.
    Desde o dono (Bernie), passando pelo cara que paga a conta (patrocinadores), pelo cara que faz o carro, pelos diretores/engenheiros, chegando aos pilotos.
    Em ambientes com esse tipo de competitividade não há espaço uma pessoa ser amiga e vencedora.
    Os pilotos de sucesso tem o ego muito maior do que o super-ego. Caso contrário, não teriam sucesso.

    • José Estevão says:

      Me enchi o saco disso que esses caras que correm de F-1 são valentes, são sim uns playboyzinhos chatos, que dirigem carros e só, não fazem absolutamente nada, para ajudar ninguém, são egoístas, são chatos.E se sucesso é sinônimo de ego inchado,a gente , me incluo nesta, ficamos batendo palmas pra idiotas.

      • Luiz Morais says:

        Se eu tivesse a chance de ser um desses playboyzinhos chatos, milionários e que ganham a vida dirigindo carros, com certeza aproveitaria!
        Agora pergunto se vc faz alguma coisa relevante ao mundo, para realizar um comentário desse tipo?

      • José Estevão says:

        E você faz o que de relevante pra me encher o saco!!!!!

      • José Estevão says:

        E que é tão relevante ser piloto de F’1 ? se eles não existissem o mundo acabaria????

      • oba, vamos filosofar. Se eu não existissr, o mundo acabaria? Se tu não existisses, o mundo acabaria? Se o Flavio Gomes não existisse, o mundo acabaria? Nãooooo, mas eu gosto de ver a formula um e de ler os comentários deste blog, portanto vamos deixae relevancia pre masdre Teresa e pro Gan,dhi , e vamos os playboys chatos da F1

      • desculpe os erros de linguagem, meu teclado tá com as letrinhas quase todas apagadas, mas se quiserem me chamar de analfa tudo bem

      • José Estevão says:

        Prezado boot leão da montanha se tu não existisse o mundo seria melhor, se não gostou prencha os pontinhos F____-__

      • José Estevão says:

        Ah e já que gosta não precisa se explicar e Madre Tereza, Gandhi , acho que são melhores que tua filosofia baratinha, gosta ai do que você gostar problema teu não pedi tua opinião;.

  30. Junior says:

    Tava pensando aqui. O Hamilton é inglês, burro e emotivo. O Rosberg, alemão, inteligete e frio. Acho que Lewis vai afinar. E tava pensando ainda, se ele sair de lá, é claro que a McLaren passa a ser o destino óbvio, assim como o de Bottas na Mercedes, já que ele tem ligação com Toto Wolff, sócio do time. Sendo assim, Bottas e McLaren são Rosberg desde pequenininhos :) E quem faria companhia à Massa numa possivel saida do Bottas da Williams? Nasr? Ou a Williams chutaria Massa e traria Button de volta, mais competente, constante e menos azarado, além d’encerrar a carrria na mesma Williams onde começou? Interessante…

  31. Renato says:

    Rosberg é o novo Senna.

    Viadinho e bate de propósito no oponente :P

  32. vitão says:

    Mas as paquitas estão com TPM? uiiii ! que coisa mais feia, daqui a pouco vão puxar o cabelo e quebrar a unha ! Deixa o povo andar e se acertar na pista, bateu paga o seguro, quincho, e tiram o danoninho da sobremesa. Quem ta na frente fica, quem quer passar faça sem estragar a corrida do outro .
    Pra mim,, Hamilton vai assinar com a McLaren Honda . É questão de dias, em Monza anunciam.

    • vitão says:

      e que baita injustiça foi feita para o Mag, só porque deu uma espalhadinha pra cima da outra paquita xiliquenta espanhola? ! ? o menino guiou feito gente grande !

      • alem de tudo o alonso e a ferrari fizeram aquela cagada na largada, e tiveram uma punição onde apenas perderam uma posição, enquanto o Mag tomou 20 segundos (acho que foi isso, 20 longos segundos) o que estragou todo o resultado da corrida dele. A punição devia ser menor pro Mag e maior pro Alonso (por ter desrespeitado propositalmente ao regulamento)

  33. rogerV says:

    Hamilton / desagregador
    Rosberg / necessitava desmistificar a faceta de piloto passível… estava sendo minado a horas… sem uma resposta aonde deveria ser dada….
    Mecedes / que se cuide com o excelente LH… que sem toda pilotagem cerebral de um Alonso, pode `resolver`dar uma de maluco e colocar Rissiardo com mais frequência no pódio…

    • Bruno says:

      Estranho esse comentário porque, apesar de ser um lance comum de corrida tanto a espalhada do Hamilton quanto o toque do Nico, o acidente era perfeitamente evitável e o próprio Nico assumiu que poderia ter feito mas não o fez. Sendo assim acho que a briga tem que continuar na pista, mas quem colocou o australiano na ponta foi o alemão.

      • EDSON CASTRO says:

        ISSO MESMO..ESSE NIKITA AÍ NÃO TEVE PROBLEMAS NENHUM PERTO DO COMPANHEIRO DE EQUIPE..E AINDA CONSEGUE CHEGAR EM SEGUNDO..VAI SER O NOVO BARRICHELLO

  34. Valdemir Silva Braga says:

    Flavio, “o tempo é o senhor da razão”, ele apaga o grande amor da juventude, como as discordias, as amarguras, as tristezas, é certamente acontecerá com esses dois que estão no momento de glória, fama, fortuna. Daqui a algumas décadas, já aposentados da formula 1 e iniciando seus filhos no automobilismo, certamente recordarão estas batalhas da juventude e rirão muito de suas “criancices”, gravarão comerciais juntos, como Piquet e Mansell e sorrirá como Prost recordando Ayrton Senna. Acredito que no fundo continuam amigos, somente estão separados pelos prazeres que a formula 1 traz; o tempo apaga tudo.

  35. Vinícius says:

    Ótimo texto!

  36. Rodrigo monassa says:

    Antes de qualquer coisa, não é desfile de fantasias, é corrida de formula um, tanta gente aqui que idolatra Senna, Senna qdo precisava era Dick Vigarista sem problemas. Hamilton é super mimado, quer que os caras saiam da frente, senão faz bico. eles tão com a faca entre os dentes, não dá pra ficar de “rapapés”..

    • Bruno says:

      Outra bobagem esse negocio de pedir passagem, mas quem pediu passagem até agora foi o Nico na Hungria com o argumento de que faria mais uma parada, o Lewis acertadamente não cedeu e o alemão ficou de mimimi no rádio, todo mundo sabe que se tivesse cedido teria perdido a posição no fim da prova.

  37. Paulo Pinto says:

    Está na hora da Mercedes definir quem vai ser campeão. Ricciardo está chegando nos dois, perigosamente…

    Ross Brawn, cadê você???

  38. Daqui a pouco, vai rolar unhada e puxão de cabelo

  39. Tempos chatos , antes pilotos resolviam os problemas com ultrapassagens ou no máximo trocavam socos quando chegavam no box (isso ai, as vezes lutavam box no box) . Agora, Luisinho vem choramigar junto a imprensa , Niquinho manda recados via videoblog , que lixo se transformou o mundo moderno. Tambem, agora tão deixando crianças virarem pilotos de F1 . Quem gosta de corridas de verdade vai ter que ver endurance (até onde eu sei, não tem essas palhaçadas em LEMANS).

  40. Kadu Nogueira says:

    Será que a amizade acabou mesmo? Acho que quando ambos seguirem rumos diferentes, pararem de correr e olharem pra trás, vão ver quão estúpida é a motivação de uma briga como essa e tudo voltará como antes.

    Senna e Prost fizeram as pazes. Piquet e Mansell idem. O tempo cura esse tipo de coisa.

  41. não entendi, os chefes foram dar aquela carcada no Rosberg e ele iria falar : bati, bati messsssmo, e vou bater muito mais, porque quero. cara, tá dificil de acreditar nisso , se fosse fórmula indy, ou yndy, ou yndi (sei lá como escreve isso) eu até acreditaria, mas na f1 , nem em sonho desrespeitar os chefões assim. o hamilton tá blefando forte (até que é legal o blefe, jogar a caca no ventilador pode animar o show e coisa e tal) ,só que o blefe pode se voltar contra ele .

  42. Thiago Jhonathan de Souza says:

    Flávio, acho que ao final da temporada a cabeça de um ou de outro piloto da Mercedes vai rolar. Pelo caminhão de dinheiro que a equipe deu para trazer Lewis para a temporada de 2013 creio que Rosberg vai dançar e um Bottas da vida vai assumir seu lugar, brincando brincando podemos ter uma dança das cadeiras maior que a de 2013.

    • Boca says:

      Rosberg já renovou até 2018.

      • Thiago Jhonathan de Souza says:

        obrigado pela informação, então com o contrato tão extenso assim para Rosberg não há motivos para se admirar se ocorrer uma saíde de Lewis para outra equipe ou até o retorno do mesmo para a Mclaren, que tem por exigencia da sua nova fornecedora a Honda uma dupla de pilotos fortes.

  43. Edu Moreira says:

    Flavio, pouco antes de morrer o escritor João Ubaldo Ribeiro publicou uma crônica sobre o “bom perdedor”, onde ele comentava sobre um professor americano que teve e que dizia: “mostre-me um bom perdedor e lhe apontarei um perdedor”! Inexistem competições que sejam positivas. Toda competição implica em um vencedor e um ou mais perdedores. E dependendo daquilo que está envolvido na competição, vale até mesmo vender a mãe, dependendo da personalidade dos envolvidos. Quem está numa competição como a F1 não está ali para perder. Quando trabalhava na Telebras, eu e um colega de trabalho éramos amigos e tínhamos características e experiências profissionais que eram complementares. A amizade durou até que nosso chefe achou que essa complementaridade era pouco e passou a estimular a competição entre nós, Foi o suficiente para acabar a amizade, a complementaridade e azedar de vez o relacionamento, apesar de todos os meus esforços para não entrar nesse tipo de jogo. Querer que a relação entre Hamilton e Rosberg não fosse para o espaço com duas “prima donnas” envolvidas seria muita inocência. “Tolinho” você! kkkk

  44. Billy the Kid says:

    É dificil qualquer amizade resistir a uma disputa tão intensa e apertada como essa que Rosberg e Hamilton estão tendo. Se fosse o Vettel que o tivesse tocado Hamilton dificilmente diria que foi de proposito mas como foi Rosberg ele acusa que foi intencional,é claro que poderia ter sido evitado mas não acho que foi de má fé. É uma forma tambem de dizer que Rosberg so pode vence-lo se jogar sujo. Lembro que no Bahrain,a primeira vez que eles disputaram diretamente um contra o outro o clima depois da corrida era de camaradagem,com sorrisos e abraços,mas agora com acusaçoes o desgate ja era esperado. Um piloto so ve o outro como rival quando este começa a incomodar,foi assim com Prost e Senna,Piquet e Mansell,Alonso e Hamilton…

  45. Mauricio says:

    O Hamilton não consegue manter a amizade nem com o próprio pai.

  46. Bruno says:

    Tecnicamente é indiscutivel que o Hamilton é mais piloto que o Rosberg, basta analisar a pontuação de entender o motivo das provas não completadas ou problemas na classificação tidos por Hamilton que na minha opinião não teve culpa na maioria absoluta delas (já teve problema de cambio, perda de freio(2x), incêndio) e mesmo assim está a apenas 29 pontos do lider levando em conta que o Rosberg só não completou Silverstone, isso sem contar que o tempo de barada nos boxes do Hamilton em geral é inacreditavelmente 0.5s maior que o de Rosberg. O fatos descritos acima e o alto nível de competição tornam o clima da equipe uma caixa de pólvora e qualquer fagulha da nisso. De fato o incidente me pareceu um lance de corrida e sobre espalhar em uma curva vamos parar de ser hipócritas todo mundo aqui sabe que é tão ou mais normal do que o toque entre ambos, bem como era perfeitamente evitavel pelo Rosberg. Foi um grande azar do Hamilton que ia colar na pontuação no campeonato, mas acredito que a briga vai chegar até a ultima prova.

  47. Hector says:

    Pelo visto, são raros os pilotos que podem dizer como Piquet: “Jamais ganhei um título batendo o carro” e olha que ele perdeu o primeiro título em 1980 por conta de uma batida proposital de Alan Jones. Ou seja, canalhas (como disse o Lauda) campeões é o que não falta. Desde 1980 foram 16 campeões. Mas diferente do que pensa Lauda não são a totalidade dos campeões. Foram campeões sem manobras desleais na pista para prejudicar concorrentes: Piquet, Keke Rosberg, Mansell, Hill, Hakkinen, Raikkonen e Button. Quase a metade deles.

  48. Lembro do primeiro pódio do Rosberg, de Williams, em 2008. Foi numa vitória de Lewis, na abertura da temporda, na Australia.

    Me chamou muito a atenção a alegria de Hamilton com a conquista do parceiro. Achei aquilo bem legal. Quem diria…

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *