MENU

domingo, 10 de agosto de 2014 - 11:31Automobilismo internacional

TRAGÉDIA TOTAL

SÃO PAULO – Difícil imaginar desgraça maior. Numa dessas corridas de midgets perto de Nova York ontem à noite, Tony Stewart atropelou Kevin Ward Jr., 20 anos, que descera do carro para reclamar do tricampeão da NASCAR, com quem havia se envolvido num toque na volta anterior. Ward morreu.

Pilotos famosos costumam participar dessas provas em pequenos e precários ovais de terra nos EUA. São perigosas e repletas de acidentes. Neguinho vive se arrebentando. E essa história de descer do carro para reclamar do adversário no meio da pista é, infelizmente, normal por lá. Todos se acham valentões, gesticulando e atirando capacetes nos adversários. Andei postando aqui, também, pancadarias em provas de outras categorias nesses ovais, com piloto jogando carro em cima do outro como num dérbi de destruição.

Violência o tempo todo, é o que vemos por aí.

73 comentários

  1. Fernando Parlangeli disse:

    Jogou 20 anos de vida pelo ralo, em poucos segundos e por uma causa imbecil……..justificar que é macho suficiente pra agitar torcida e peitar outro piloto dentro de um carro??? Desculpe, mas isso mostra a imbecilidade do ser humano.

  2. CorredorX disse:

    Bom, pelo menos os pilotos americanos se dão ao luxo de ter que fazer uma grande bobagem para conseguir se matar. No Brasil, os autódromos já vem com a “assistência suicídio” habilitada por padrão.

  3. Paulo Pinto disse:

    O temerário gladiador resolveu desafiar as feras mecânicas, no reles coliseu da velocidade. O polegar da morte cobrou o devido quinhão pela insensatez.

  4. Jason Vôngoli disse:

    Darwinismo em ação.

  5. Mario Gasparotto disse:

    Isto foi uma merda do tamanho de uma fábrica de bonde!!! Por mais errado que o Kevin Ward Jr estava ao sair do carro e reclamar (injustamente na minha opinião) do Tony Stewart, ele jamais deveria jogar o carro em cima do moleque! Mesmo que fosse pra dar um susto ou o que fosse! Meu Deus, que merda!

  6. Alex Santos disse:

    Pra mim, os dois tem culpa. Um já pagou com a Vida.

    O outro merece no mínimo ir pra um tribunal, claramente ele tenta “Assustar” o moleque, e por algum motivo o moleque não sai da frente, e arremessa ele longe.

  7. Romeu Pinto disse:

    A falta de limites na educação desses jovens, os levam a imbecilidades desse tipo.
    Há poucos dias um menino perdeu o braço, ao dá-lo de sobremesa a um tigre .
    O que há de comum nos dois casos: educação sem limites do bom senso.

  8. Vitão disse:

    Penso que ali a culpa é dividida.
    Um lesado quis dar uma de machão indo pra pista meio que no escuro pra dar esculhambada fora de hora e o outro doido, que quase perdeu a perna em um acidente no ano passado em outro acidente em midget, e que provocou um pile up de mais de 10 carros no começo do ano , e tentou dar uma fina e errou o cálculo.
    Cabeça quente dos dois, é a mansão do capeta.
    São bem conhecidas brigas homéricas nos USA.
    No box com portas fechadas o pau come solto e ninguém entra pra separar, principalmente nas categorias regionais da NASCAR
    Acaba a briga, problema resolvido, parte-se pra próxima corrida.
    Bem democrático
    .Mas foi chocante o atropelamento. O porpeta vai demorar – se é que vai – pra se recuperar,sem contar que mesmo inocentado, a familia vai cair de pau por indenização. Tá ferrado dum jeito ou outro. ( texto do Regi Nat Rock no sub blog, o qual assino abaixo) .

  9. Dudu Patton disse:

    Fiquei sabendo agora da existência destas corridas. E, independentemente da tragédia, não achei graça nenhuma nelas.

  10. JP disse:

    o Automobilismo americano é uma versão agigantada da nossa Stock Car. Tem seu público e seu dinheiro. E só. Não produz nada de relevante para o mundo.

  11. John Player disse:

    Vou dizer por que acho uma merda o automobilismo norte-americano:

    1 – Corridas em circuito OVAL PRA TODA E QUALQUER CATEGORIA!

    2 – “pequenos e precários ovais de terra” .

    3 – “São perigosas e repletas de acidentes. Neguinho vive se arrebentando”

    4 – “E essa história de descer do carro para reclamar do adversário no meio da pista é, infelizmente, normal por lá. Todos se acham valentões, gesticulando e atirando capacetes nos adversários.”

    5 – “(…) pancadarias em provas de outras categorias nesses ovais, com piloto jogando carro em cima do outro como num dérbi de destruição.”

    6 – “Violência o tempo todo, é o que vemos por aí.”

    Pronto.

    E depois vem zé mané criticando a F1.

    Queria ver se acontecesse tudo isso aqui no Brasil se não estaríamos revoltados, com vergonha, e pedindo para acabar com a “categoria” desse caso.

    Reclama da “frieza” do clima da F1, nos EUA é uma várzea isso sim, até na Indy.

    • Luiz disse:

      Acontece na F1 também (pesquise), acontece em várias categorias pelo mundo, a diferença é que nos EUA tem muito mais “automobilismo”, mais corridas, então acontece mais. Não é um bom tópico para ser apenas antiamericano, houve uma morte afinal.

      • Anselmo Coyote disse:

        Piloto descer do carro e ir p/pista reclamar de outro piloto que está correndo? Nunca vi. Vi o Piquet dar uns sopapos no Salazar, mas ambos estavam fora da corrida, na área de escape (também foi estúpido, mas ambos sobreviveram).
        Abs.

      • Leonardo Costa disse:

        O estilo de pista favorece esse comportamento. Lá você bate no muro e continua dentro da pista, além de que, por ser uma pista muito pequena, o piloto que te jogou para fora passa ao seu lado dez segundos depois.

  12. Eder disse:

    coisa de psicopata isso ai, alias é o que mais existe nos eua.

    • luiz alberto disse:

      Então deve ser por isso que eles tem um prédio lá na capital só para reunirem os maiores psicopatas do pais,que quando não tem um inimigo real eles inventam algum(de preferência num país árabe ou de terceiro mundo só para jogarem algumas bombinhas em cima ou testarem novas armas ou também gastarem munição antiga (que tem prazo de validade),Este prédio deveria ser conhecido como Psicpatagano,onde reúnem- se as mais brilhantes mentes belicosas da America(mas do tipo que preferencialmente adoram bater em bêbado).

  13. Burrichello disse:

    Assisti ao vídeo do acidente e percebi com bastante clareza que no momento do impacto o carro estava com as rodas viradas para a direita. Não consigo entender que raio de manobra evasiva Stewart poderia querer fazer virando o volante para a direita. De qualquer forma, não tem como não considerar que o principal culpado pela coisa foi o coitado do garoto, que se colocou numa situação incrivelmente perigosa. Lamentável.

  14. Lothar disse:

    Esse tal de Kevin Ward é serio candidato ao Darwin Award de 2014.

  15. José disse:

    Independente da culpa do Stewart, qual idiota entra numa merda de pista, pra reclamar de uma merda de um acidente em uma merda de corrida que não vale merda nenhuma?

    Belo presente de dia dos pais o cara deixou pro velho dele, né?

    O mundo tá perdido de tanto idiota que tem…

  16. Rubens Bueno disse:

    A várzea é lá.

    E pode registrar este óbito como suicídio.

  17. Marcelo R disse:

    Como a vida está valendo tão pouco, tanto para os que a tem quanto os que se acham no direito de acabar com ela.

  18. Carlos Alberto disse:

    Me desculpem se estiver errado, não sou piloto. Mas em corridas de terra com estes tipos de carros, o ato de acelerar não seria justamente para mudar a trajetória do carro. Acho que o Tony tentou desta forma desviar do outro piloto na pista. Não acredito que tenha tentado atropelar de propósito ao outro. Mas quem tiver mais experiência com corridas pode falar melhor.

  19. Maurício disse:

    Nunca entendi que graça tem correr num carrinho destes, Um V8 com rodas no meio da terra. O Tony escorregou como qualquer um escorrega neste tipo de corrida. O garoto que foi burro de sair do carro e ir para frente do outro reclamar. Não dá para ter certeza se o Tony acelerou ou jogou o carro para assustá-lo ou não. Se fez isso, foi MUITO MAIS irresponsável que o garoto de 20 anos e merece ir para a cadeia. Se não, o erro foi do garoto.

  20. Jonny'O disse:

    AH…estavam lá porque gostam de correr nessas pistas, tem Isle of Man , alpinismo ,voo livre….etc…….. tem briga de torcida com tv mostrando ,torcida do Santos e Corinthians ….neguinho dando com pau um no outro.

    Quem parte pra cima ..não segura a onda…..vai sempre correr risco de morte, e as vezes vai morrer.

    A violência vai continuar uma constante, no esporte, nas ruas ……nas divisas , o homem moderno desandou ,creio…….. nos inicio dos anos 90 eu acreditava em um movimento positivo de paz entre os homens , muro de Berlin ,Mandela …etc, mas não, desandou mesmo.

    E preparem-se , que aqui no Brasil a coisa vai desandar ainda mais rápido, o estado agora separa as raças ……….vai desandar muito.

  21. João disse:

    Se fosse a CBA iria ter mimimi de bueiro, de zebra, de taxa, etc… agora como é nos EUA é “normal”…. Dois pesos e duas medidas…. As vezes um comentário “político” acaba com a credibilidade de um site tão bom….

  22. Go HAM - hard as a motherf**ker! disse:

    Tony Stewart dando uma de escroto como sempre, tá certo que ele não quis matar o outro piloto, mas primeiro o jogou pra fora, (quis mostrar que não se passa fodao da sprintcup por fora?? Olhem o movimento das rodas da frente, é bem nítido a sacanagem..) e depois resolveu dar um “susto” no garoto, repare que aos 35 segundos do vídeo há uma acelerada. Pra mim ele usou o carro como uma arma, já deveria estar preso.

  23. disse:

    Outro dia o Tony Stewart numa provinha dessas, causou panca com 15 carros. O moleque cresceu vendo o pessoal da Nascar descer e brigar, foi jogado e desceu para encarar um cara que é campeão da Nascar, macaco velho, que não respeitou a bandeira amarela. Mais um acidente que serve como exemplo. Agora lá será que vão punir quem desce do carro?

  24. Tom disse:

    É o sentimento de assassino que todos nos temos falou mais alto,só que tem neguinho da turminha do politicamente correto,vai falar “não o cara não queria fazer isso”,é a humanidade não evoluiu nada..

  25. Paulo F. disse:

    Pais doente e violento!

  26. Os americanos são um povo muito contraditório. Lideram o mundo em muitas coisas, mas em outras parecem ser uma nação de malucos. O que esse Kevin Ward achou que ia fazer? Se ele foi prejudicado, devia ter ido reclamar para a direção de prova, se é que tinha. Ou sei lá, xingar muito no Twitter. Não ir para o meio de uma pista de corrida. As vezes parece que esses caras ainda vivem no velho oeste…

    • Claudio disse:

      E no trânsito de SP, parece que há um bando de neanderthais com carteira de motorista. Espero que os neanderthais não se ofendam com a comparação.

      • Luiz disse:

        Hoje. Moema. 15 horas. Dois motoboys na CICLOVIA, que nenhum ciclista usa, dois ciclistas na CALÇADA e na contra-mão. Um quase me atropelou. Joguei os dois na rua. Temos o direito de andar na calçada sem sermos atropelados. Temos o direito de retirá-los da calçada. Não há fiscalização. Somos todos Neandertais, somos obrigados a ser.

      • Flavio Gomes disse:

        Nossa, que valentão.

      • Luiz disse:

        Sem violência caríssimo, existe uma coisa que se chama argumentação, mas se precisasse sairiam da calçada de outra forma sim. Nem imaginava que você pudesse concordar que ciclistas andem nas calçadas na contra-mão atropelando todos, justo no seu bairro (nosso) coxinha, e que motoboys ocupem as ciclovias, enfim… É como é o mundo, se não há governo o governo somos nós. Não é assim a revolução? Isso foi brincadeira, não sou machão, sou consciente e tento cumprir as leis. E se precisar cuido para que cumpram.

  27. Diego disse:

    Estas caras são todos doidos, até demorou para acontecer.

    Mas se os caras gostam problema deles, que assumam os riscos e a consequência das mortes, que vão acontecer mais frequentemente pelo “show” macabro proporcionado e que infelizmente, muita gente gosta.

    Acho que já passou dos limites essa valentia exacerbada deles.

  28. Luiz G disse:

    Muito triste a ocorrência.
    Muito triste ver um garoto perder a vida de forma tão estúpida por causa de uma atitude inconsequente.

    Que fique de lição á todos que tomam atitudes impensadas quando estão com cabeça quente.

  29. roxxonvaldez disse:

    Isso tudo só serve para os babacas de sempre que acusam o automobilismo de esporte de loucos. Agora, ficaram com a razão.

  30. Anselmo Coyote disse:

    “Não foi amor nem dinheiro a causa da discussão, foi apenas um pandeiro que depois ficou no chão. ” Paulinho da Viola

  31. Luiz disse:

    Aparentemente a participação de Tony era parte da promoção da prova de WG, da Nascar. Certamente se Kevin estivesse dentro do carro estaria vivo, se estivesse em casa também. Tony desviou seu carro para a direita e acelerou deliberadamente para assustar Kevin, que era perfeitamente visível no momento, como é possível constatar (há on-board da corrida na íntegra), e deu no que deu.

    É claro que Tony não quis matar Kevin, mas causou sua morte. Deve responder por isto, não foi apenas um acidente de corrida. Foi mais um maluco descendo do carro em corridas “malucas” do país das corridas. Acontece toda semana, não me lembro de alguém já ter morrido assim por lá, basta não acelerar e não jogar o carro em cima do maluco, faz parte do “show”, desta vez de horrores.

    • Luiz G disse:

      Como saber se ele queria “assustar” Kevin.
      Não é possível imaginar que ele tenha feito um movimento-reflexo quando viu alguém na pista?

      Acho estranho que, sempre que acontece um acidente, todo mundo acha que sabe o que aconteceu, o que a pessoa pensou, quais eram suas intenções, pra onde estava olhando…..

      O cara saiu gritando no MEIO da pista, com carros em movimento e não tem NENHUMA culpa pelo que aconteceu?

      Acho que Tony deu um azar horrível de não ver o garoto ali e o atingiu.
      Deve sair dessa situação sem sequer uma menção de culpa e seguir a vida.

      E que todo mundo aprenda a esfriar a cabeça antes de qualquer atitude impensada.

      • Luiz disse:

        É que tem gente que sabe mesmo o que acontece nestas corridas. É comum um piloto fazer o que Tony fez apenas para jogar lama no adversário “bravinho”, assim como é comum sair do carro para reclamar, arremessar capacetes e até tentar pegar o outro piloto pelo cangote.

        Você não conhecer esse tipo de “corrida” não significa que ninguém conheça. “Saber ler”, leia o que o Flávio escreveu sobre interpretar textos. Eu não escrevi que Kevin não teve parte da culpa.

    • Thiago Azevedo disse:

      Cara, foi bem isso. Não vi a imagem on-board, mas dá para ouvir a acelerada e o contra-esterso do Tony.
      Um foi tolo de bancar o valentão ao descer dando de dedo e o outro de tentar pregar um susto.
      Vamos ver se o pessoal se liga agora. É uma pena que seja necessário esse tipo de incidente/acidente para o pessoal perceber o quão estúpido é esse comportamento. Não deveria ser assim, pois a perda é muito grande.

    • Gilberto disse:

      Falou tudo meu caro . Imagem não costuma mentir

    • Marcelo disse:

      Tem on-board? Pelo video amador não consegui entender se ele tentou desviar ou tentou assustar…

    • Igor Dusse disse:

      Infelizmente, eu senti isto, o Tony Stwewart joga o carro em cima do menino, apesar de ser anormal alguém sai do carro reclamando.
      Junção de dois malucos justiceiros normalmente acaba em tragédia.

    • Luiz G disse:

      O que há de produtivo em alguém apodrecer na cadeia?
      Qual o perfil criminoso de Tony Stewart?
      Qual justiça será feita se ele apodrecer na cadeia?
      O mundo será um lugar mais seguro?
      Menos pilotos serão mortos quando estiverem gritando no meio de uma pista de corrida com carros em movimento?

    • Douglas Arruda disse:

      Por que você pensa assim? Que se apurem as responsabilidades, mas, rasteiramente, me parece uns 50% de crédito para a própria vítima… Quanta presunção se projetar contra os carros no meio de um circuito oval!

    • Douglas Arruda disse:

      Ironicamente, morreu protestando contra um acidente que ele provocou sozinho. Dá pra ver que ele saiu largo e tocou no muro sem ter recebido toque de ninguém – ao menos naquela tomada.

  32. Fernando disse:

    Vendo o video fica bem claro que ele pediu para morrer. Um americano do meio oeste, numa idade de 20 anos, pensa que pode segurar uma bomba atomica na mao. Acho que ele pensava que era o Hulk e ia pegar o carro do Tony Stewart e esmagar. Pior de tudo e um piloto da Nascar se sujeitar a disputar estas provas.

    • Luiz G disse:

      Tirando a última frase, concordo contigo.
      O cara saiu do carro e foi pro MEIO da pista com os carros em movimento….Uma idéia, no mínimo, infeliz.

      É o que dá fazer as coisas de cabeça quente.
      É o preço da inconsequência da juventude.

      Não acho que Tony Stewart seja culpado. Estava de noite, ele vinha acelerado e não tinha como ver um moleque vestido de preto, gritando no meio da pista….

    • Edward disse:

      Fernando, ele era de Lyons Falls, no estado de Nova York. Errou ao ficar na pista discutindo, como já vimos muitos profissionais da Nascar, Indy e outras categorias “top” fazerem.
      Mas quem realmente errou foi o Tony Stewart ao acelerar quando passava ao seu lado sabendo que o carro iria traseirar, que é o comportamento desses dirt cars.
      A participação desses pilotos nessas corridas é comum, havendo até corridas oficiais da nascar em pista de terra.
      Fico também impressionado com o fato do Tony Stewart confirmar que vai correr hoje em WG.

      • Trapizomba disse:

        Existe telemetria, ou algo que prove que o Stewart pisou no freio ao ver um cara no meio da pista? Se eu vejo um cara no meio da pista, eu piso no freio, nao interessa qual categoria ou qual situacao eu me encontro. Tb temos que ver se pelo fato do cabra estar saindo da curva tenha retardado o piloto em ver o sujeito em pe’ na pista.

      • Go HAM - hard as a motherf**ker! disse:

        Exato, sem falar que o Tony já fez exatamente o que o Ward fez com o Matt Kenseth:
        http://youtu.be/wwc8obMmv7o
        É até cultural esse lance de reclamar nos ovais.

    • Robertom disse:

      Ele gosta muito deste tipo de corrida, participa de algumas provas e tem uma pista de terra de meia milha (Eldora, OH) onde correm Outlaws, Midgets e tem até uma etapa da NASCAR Truck series.
      Ano passado quebrou a perna numa prova destas e perdeu metada da temporada da Sprint cup.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *