MENU

sexta-feira, 15 de agosto de 2014 - 16:24Corridas de clássicos

VITÓRIA!

SÃO PAULO (uau!) – Sabem quem ganhou duas corridas da Historic Formula One em Silverstone em julho? Um Copersucar! O F5A, pilotado por Ollie Hancock, levou dois troféus daqueles do alto do pódio. Ricardo Divila, que sabe bem do que se trata, mandou o vídeo. Deliciem-se.

29 comentários

  1. Rodrigo monassa disse:

    Impressão minha ou faltou conjunção de fatores para que a Fittipaldi fosse uma equipe vencedora?

  2. Paulo disse:

    Na Europa existem pelo menos 3 carros em pleno funcionamento e que vão participando em provas do Campeonato Mundial Histórico e em alguns outros eventos , podem ver isso na pagina do facebook da copersucar fittipaldi f1 , lá são os próprios pilotos que postam fotos e se alguém quiser saber alguma coisa técnica sobre os carros actualmente eles falam.. Não será só em Inglaterra que algumas pessoas preservam carros antigos de competição , um dos donos de um dos carros é Belga e alem do F8 tem mais dois williams alem de outros de ralis e resistência e participa com eles todos nos mais variados eventos, penso que o Brasil finalmente se começou a abrir para esse tipo de preservação o próprio Emerson hoje em dia ja tem uma coleção bem legal embora pequena, mas é um começo única pena é ele não correr neles nestas provas , mas reconheço que seria bem dispendioso levar os carros para a Europa e montas toda uma estrutura lá .. quem sabe um dia ..

  3. Tiago disse:

    Show de bola o vídeo! E mais massa ainda foi a ultrapassagem da Benetton do final, por fora! Incrível!

  4. Alex Santos disse:

    Câmeras onboard são demais!

    Ainda mais nesse carro…

    É um show a parte! Ainda espero ver uma corrida dessas em loco!

  5. Paulo Emilio disse:

    Muito legal ! O vídeo é sensacional ! O F5A foi o melhor carro da equipe Fittipaldi !Mas não dá para negar que o sonho do irmão e o dinheiro do Volnei Atala destruíram a carreira do Emerson na Formula 1 ! Eram no mínimo mais 02 títulos mundiais !

  6. Mário Sérgio disse:

    Querida Inglaterra, por que és tão longe? Nessa corrida eu iria, assinaria TV a cabo e daria o maior ibope pra esse treco ai. Deve ter sido um show de evento.
    É dureza gostar de automobilismo por aqui.

  7. Alfredo Silveira disse:

    Não sei a nacionalidade do dono do carro, mas, como já observado em algumas oportunidades, em outros países parece haver uma preocupação bem maior em preservar a memória dos engenhos concebidos pelo homem. Vejam que enquanto no Brasil a única equipe nacional a figurar na formula 1, de maneira muito mais decente do que tantas outras (inclusive algumas das atuais que não conseguem marcar um mísero ponto em 4 temporadas), é tratada com desdém, na Inglaterra os caras preservam o carro (estrangeiro para eles) e ainda o promovem para um disputa juntamente com outros carros históricos.

  8. Mario Mesquita disse:

    O melhor Fitttipaldi da equipe na minha opinião.

    Um dos meus F1 preferidos, junto com a Tyrrel P-34.

    Pena que o F6 foi uma bomba e quebrou a equipe…

  9. Frederico disse:

    Poxa, demorou, mas até que enfim um copersucar ganhou uma corrida! hehehehe, brincadeira, um belo carro esse e muito importante ver um restaurado e funcionando. Meu pai tem até hoje uma jaqueta oficial da equipe. Ele trabalhava numa usina que era filiada à copersucar e conseguiu uma através de contatos com o pessoal da equipe na época. Tá guardadinha lá no guarda-roupas……

  10. Valter Filho disse:

    Alguém consegue explicar a pintura no capacete???

  11. Kadu disse:

    Sensacional…!!
    O volante serve para pilotar o carro (e não p/jogar videogame como os atuais).
    O plug do rádio preso no capacete, simplesmente, pq NÃO tinha rádio.
    Marchas trocadas no câmbio manual (Elmo, dá uma olhada que em algumas curvas, dá p/ver o piloto tirando a mão do volante para trocar as marchas).
    Saudosismo à parte….Isso era Fórmula 1…!!

  12. Vitão disse:

    o tempo faz justiça a Divila e aos irmãos Fittipaldi !

  13. ze otavio disse:

    Voce nao tem vontade de andar numa coisa assim ? toda vez que vejo, morro de vontade. Lembra que chegaram a marcar data para uma prova em Interlagos ?

  14. Luiz Guimarães disse:

    Simplesmente sensacional. Dúvidas: já havia shift light nessa época? E o volante, é original? Porquê o rádio desplugado?

  15. Sil C San disse:

    Os caras ficam quebrando a cabeça pra fazer carros feios, gastando milhões em tecnologia, criando artifícios para ultrapassagens…
    E a gente vê um vídeo desses, fica com saudade e puto da vida. Pra onde vai a F1?

  16. Fabricio Mendes disse:

    Vi de perto esse carro em Goodwood em junho e fiquei impressionado com o número de pessoas comentando como era um F1 moderno para sua época e fabricado em um pais sem nenhum know-how em construção de carros de corrida.

  17. Elmo disse:

    Duas perguntas:
    - Colocaram uma espécie de câmbio automático no carro? A passagem das marchas é muito estranha, e o piloto quase não tira as mãos do volante.
    - Como conseguem os pneus para esses eventos?

  18. Alexandre Zamariolli disse:

    Vencer num Copersucar sempre é mais doce.

  19. Rodrigo Moraes disse:

    Vi um Copersucar de perto (não sei se exatamente este) na última prova do WEC em São Paulo, e fiquei impressionado como é pequeno. Tinha que ter muita coragem pra voar num carrinho desses!

  20. perna quebrada disse:

    Pronto. Achamos a solução pra baixa audiência na F1: bota esses carros pra correr e pronto.

    Só não entendi o plug desplugado em cima do capacete.

  21. Ulisses disse:

    Nooooossa!
    Essa “caranga” é da minha época!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>