ABU DOUBLE (6)

podioabudabiano2

SÃO PAULO(e fim) – Um título em dois atos: uma grande largada e a problemas técnicos no carro do adversário.

Assim se decidiu a temporada 2014 hoje em Abu Dhabi, sem grandes emoções. Não houve o confronto entre os dois protagonistas do Mundial. As coisas começaram a se resolver quando as luzes vermelhas se apagaram. Hamilton pulou à frente, enquanto Rosberguinho se atrapalhava com a embreagem, com o câmbio, com a vida. Vacilou, perdeu. Atrás dele, Sapattos também titubeou e foi superado por Massa. Hamilton, Rosberg e Massa. A primeira parte da prova seria isso, ninguém atacando ninguém, até porque as distâncias entre eles não permitiam.

Já na sexta volta Alonso abriu a primeira janela de pit stops, mostrando que os pneus supermacios não durariam muito, ao menos para a maioria dos pilotos — os de Felipe restariam até a 14ª passagem, quase uma façanha. Na 11ª volta, Hamilton fez sua primeira parada. Na seguinte, Rosberg. Tudo normal, com o inglês mantendo sua vantagem para o alemão sempre na casa dos 2s, com Massa um pouco mais atrás.

Foi na volta 24 que o castelo de areia de Nico ruiu. Ele virou uma volta 3s mais lento que Hamilton. Na passagem seguinte, a diferença entre os dois subira para 9s. Alguma coisa estava errada. O gráfico de funcionamento do ERS não se mexia. Nico perdia 160 hp durante 33s a cada volta. Não há milagre, nesses casos. Pelo rádio, o alemão perguntava o que estava acontecendo. “Mais ou menos tudo”, respondia seu engenheiro. Massa passou na volta 27. O título estava decidido, apesar de toda a angústia do pequeno Rosberg, que o tempo todo tentava se informar pelo rádio sobre sua posição, contando com uma eventual quebra do parceiro.

E foi na volta 29 que ele teve alguma esperança, assim como Massa, o segundo colocado. O ritmo de Hamilton caiu bruscamente e o brasileiro começou a descontar a diferença. O mercêdico parou na volta 32, Massa assumiu a liderança e a pergunta era: o que estava acontecendo com o carro do Comandante Amilton?

Nada.

Na verdade, Lewis estava pilotando em “modo seguro”, sem usar tudo que seu carro poderia oferecer. Esperava apenas pela segunda parada de Massa para reassumir a liderança. Felipe foi para os boxes na volta 44, colocou supermacios e tentaria nas voltas finais chegar no inglês, que pediu autorização pelo rádio para “ligar o carro”, ou seja, usá-lo em sua plenitude.

Fez isso e controlou a diferença até o final, recebendo a bandeirada em primeiro, enquanto Rosberg se arrastava lá atrás, sendo ultrapassado por todo mundo. A aproximação de Felipe até que aconteceu, mas uma hora os pneus iriam abrir o bico e chegar em Hamilton seria tarefa impossível, a não ser que ele cometesse algum erro.

Rosberguinho terminou em 14º, uma volta atrás do vencedor, mas não abandonou, apesar dos pedidos da equipe. Foi até o fim com enorme dignidade. Lewis venceu com Massa em segundo e Bottas em terceiro fechando o pódio. Ricciardo (grande corrida, largando dos boxes) foi o quarto, seguido por Button, Hülkenberg, Pérez, Vettel, Alonso e Raikkonen. A primeira mensagem que Hamilton recebeu pelo rádio foi do príncipe Harry: “Obrigado por não fazer o povo inglês suar. Você é uma lenda”, disse o herdeiro da coroa — um dos herdeiros, nunca sei direito quem vai ser o rei.

Com os 50 pontos da vitória, Hamilton atingiu 384, contra 317 de Nico. Foram 11 vitórias, diante de cinco do companheiro — Ricardão ganhou três. Um título incontestável, e uma marca importante: 33 vitórias na carreira, deixando Alonso para trás e colocando-se como o quinto maior vencedor da história. “É o melhor dia da minha vida”, falou Lewis depois da prova. Ele que só conseguiu dormir depois da uma da madrugada e acordou antes do amanhecer, tenso com a decisão.

Hoje poderá dormir tranquilo.

Comentários

  • Autorização para “ligar o carro” foi ótima e isso ficou claríssimo durante a prova. Mas o Quengalvão Bobueno ainda insistiu em vender ilusões e o fez até o final. E teve gente que acreditou. Pobres torcedores de F1 de fila de padaria…
    Abs.

  • Cumprindo uma aposta perdida para o Vicellez e o Sennafredo, utilizo o espaço deste blog (pedindo licença ao FG) para digitar uma carta onde teço elogios a Fernando Alonso.

    Venho por meio desta afirmar que Fernando Alonso é um grandessíssimo piloto. Admito, também, que o espanhol é o piloto mais completo do grid.
    – Como assim? Ele só fez sete poles nas últimas oito temporadas… – dirão alguns.
    Respondo que, neste caso, ele usou de fina inteligência, não se prendendo apenas às posições de pólo. Mostrou, sim, sua versatilidade distribuindo suas posições de largada por todo o grid. Por isso, passou a ser chamado de: o piloto mais completo do grid.

    Afirmo, também, que é uma enorme injustiça chamá-lo de Dick Júnior, Espanhol Trapaceiro, Príncipe das Lamúrias, Octonso, Choronso, Fernandinho Cingapura, etc., o que denigre de forma caluniosa, a imagem irretocável de um piloto que sempre pautou sua carreira pela honestidade e retidão de princípios.

    Digo ainda que os dois títulos de referido piloto, não expressam a totalidade de seu talento.
    Devo lembrar a seus “poucos” detratores, os quais eu (não) me incluo que, dois campeonatos lhe foram tirados devido a situações fortuitas: em 2010, pelo russo roda-presa e em 2012, pelo “maluco da primeira volta”. Pontos importantíssimos que, “concerteza” o levariam ao tetra.
    Tetra esse que caiu no colo de um moleque atrevido e irreverente, que não respeitou quem estava disputando título. Refiro-me à ultrapassagem na chuva e por fora da curva (mas que abuso!), que ele com um Toro Rosso, aplicou em Hamilton (de McLaren!) no GP do Brasil/2008, causando um reboliço jamais visto numa decisão de campeonato.

    Finalizo, trazendo a seus abnegados fãs, uma palavrinha: não desistam e fiquem firmes na tormenta! Quem sabe no próximo ano (huuum…), a “seca” termine e os anos de gozações fiquem apenas na lembrança.

    O que posso dizer, a título de encarramento, de um piloto que me proporcionou momentos tão felizes nos últimos oito anos?

    Posso dizer, de modo simples e sincero,

    Muito obrigado!

    • Alonso liderou 32 voltas, Vettel, 1. Uma? Umazinha?? Kkkkkkkkkk!

      Pinto, Alonso merecia uma carta melhor de desculpas e admiração. Mas tudo bem, ano que vem você faz outra melhor, em cinco anos os pingos no is se ajeitam, inclusive na sua carta…
      Hahahaha, eu rio por…., bem você já sabe.

      • Está mal informado, Vicellez! O Herdeiro é o quarto em liderança de voltas, perdendo apenas para Schummy, Senna e Prost.

        Escreverei uma carta mais bem trabalhada, caso Alonso perca o campeonato do ano que vem (o que não vai ser difícil).
        Em cinco anos, Alonso se aposenta como o bicampeão mais laureado da categoria. E os pingos nos “is” ficarão ajeitadinhos.

        Acredite se quiser. Eu não sei do que você ri.

      • Deixa de ser recalcado Pinto! No fundo nós(Allez e Eu) sabemos o quanto vc admira o Espanhol…….se não pelos títulos, mas pelos resultados que consegue com a carroça vermelha!

      • Comentei uma vez e vou repetir com outras palavras:

        Considero Alonso um dos melhores pilotos da safra atual, juntamente com Vettel, Hamilton e Raikkonen (apesar da desmotivação), só para ficar nos campeões.

        Admiro o piloto e torço contra o piloto. E sempre torcerei contra.
        Um campeonato perdido do espanhol, vale mais que um campeonato ganho do alemãozinho.
        Ricciardo ficar à frente de Vettel é um detalhe, desde que Vettel fique à frente de Alonso.
        E nunca me diverti tanto acompanhando F-1 como nos últimos oito anos!

      • “Um campeonato perdido do espanhol, vale mais que um campeonato ganho do alemãozinho.
        Ricciardo ficar à frente de Vettel é um detalhe, desde que Vettel fique à frente de Alonso.”

        ………estas frases lhe entregam Pinto! O pior agora é esperar até março, fazer o que, paciencia!

  • Título merecido do Hamilton, bonita atitude do Rosberg, grande corrida do Massa. Tem gente que zoa mas nunca andou nem de kart indoor. Achei estranha a publicidade: “Bernie says: Think before you drive”. Abs a todos.

  • Ele tem suas polêmicas e tudo. Gosto de ambos, mas querer dizer que Vettel é melhor que Alonso é piada. E não me falem que um tem 4 títulos e o outro 2 porque o que Alonso faz com carro ruim, nenhum dos outros faz. Vettel ganhou facil pq o carro dele sempre foi como a Mercedes este ano…anos-luz na frente. Bem, finalmente o Nasr vai entrar, mesmo sendo numa sauber horrenda porque ficar vendo massinha não aguento mais. Ontem, tive saudades de Fittipaldi, Piquet e Senna, que teriam tentado terminar a corrida com os pneus e tentariam uma possível vitória, pq o ritmo ainda estava bom. Ahh, o Hamilton ligou o carro e estava a 1 segundo por volta mais rapido. Ué, tinham 12 voltas para o final e a diferença eram mais de 12 segundos. Valia a tentativa. Mas hoje só tem piloto que abaixa a cabeça e aceita tudo que vem do box. Saudades daqueles que davam cara para bater.

    • É meu caro , o bom senso manda concordar com você acredito que se a Williams tivesse um piloto como Alonso ,teria tido pelo menos uma vitória e dado muito calor aos Mercedicos (como gosta o dono do blog). Más o pilotinho de Botucatu é muito mansinho(eu ainda acho que ele nasceu em Cordeirópolis,sua certidão é falsa) nunca ousa e jamais iria contra uma ordem de boxe,por isso também jamais será mais que um participante de corridas que eventualmente tem um bom resultado,e com este carro e um companheiro de equipe bem inexperiente , ele fez muito pouco. Só não vê quem for Pachecamente cego.

  • Hamilton conquistou o título lindamente, com garra, consistencia, e perseverança. Agora vale ressaltar a péssima fase que teve no começo do ano com as quebras, zicas e td mais, vencia, vencia e vencia mas o alemão estava sempre ali em segundo, tornando difícil obter a liderança. Verdade seja dita: Não fossem os problemas, azares e o toque em Spa, Lewis já teria levado este caneco antes!!!

    Parabéns Verdadeiro BI-Campeão……………………………

  • -Título merecidíssimo de Lewis! Um peso lhe saiu das costas, acho que os próximos anos ele vai pilotar ainda melhor.
    – Uma pena esse problema com Rosberg, basta lembrar que se fosse com Hamilton seria uma grande injustiça, então a Mercedes falhou.
    Uma dúvida, por que essa demora em a McLaren anunciar Alonso? Por que deixaram para anunciar em dezembro? Será que ainda existia alguma possibilidade de Hamilton voltar pra McLaren/Honda e Alonso assinar com a Mercedes?

    • Por quê? Você não gosta dele pessoalmente, não é? Concordo que ele não é muito simpático e nem honesto. Mas como excepcional piloto que é, fico triste em vê-lo, ainda mais em uma Ferrari, estar nessa situação. Abraço!

    • Isso é comum, Senna cansou de fazer bobagens, Schumacher já bateu na volta de apresentação, Prost rodou na volta de apresentação, normal, acontece com os grandes. Eu nuca tive dúvidas do talento excepcional de Hamilton, e vem mais por aí. Mas que aquilo foi engraçado foi.

    • Aquilo foi estabanado. Segundo ele estava mexendo nos controles do volante quando deu de cara com a traseira do carro de um certo polonês braço-duro. Mas a estampada na traseira do Kimi foi calculada. Estavam Kimi e Kubica esperando o farol abrir. Hamilton vinha pela direita atrás do carro do Kubica e vendo que bateria de qualquer jeito virou para a esquerda e escolheu estampar a traseira do carro do Kimi. O motivo era que o finlandês era quem representava ameaça ao seu campeonato àquela altura. Se não me engano o Kimi estava à sua frente nos pontos.
      Abs.

      PS. O Hamilton é um baita piloto em velocidade e habilidade. Esse ano ele conectou essas qualidades ao cérebro, segurou para não dar blackouts e deu no que deu: Campeão, merecidamente.

  • Legal e tal, Lewis é um grande campeao, ótimo piloto, Mercedes grande equipe esse ano… blá blá.

    A gente no fundo sabe que ta tudo muito errado e sem graça. E piorou ainda mais com o acidente do Bianchi. E que a F1 precisa de uma solução urgente.

    Sinceramente acho que deveria voltar com os roncos dos motores, e baratea-los também. Acho tbm que deveria permitir que equipes pequenas possam alinhar um carro só, e comprar um chassi padrão ou construir o seu (procurando adaptar o mundial de construtores a isso). E também a volta do reabastecimento, pra dar mais oportunidades de estratégia aos pilotos.

    E como solução definitiva, afastar o Ecclestone, que provou estar naturalmente obsoleto. Fugir das redes sociais, com inúmeros pilotos jovens ali, colocar motores tão falsos, e tirar a essência do campeonato da Europa… São coisas que estão matando a Fórmula 1.

  • Eu não acredito em justiça no esporte.
    Ganhou mais corridas, fez mais pódios deve vencer o campeonato.
    Para alguns, a justiça foi feita. Um abandono na primeira corrida para o carro 44 e para equilibrar um problema de quase abandono na última corrida para o carro número 6.
    Assim, a verdade do campeonato se estabeleceu. Ainda teve a porrada do carro 6 no carro 44 em SPA. Esse último nem completou.
    Seria injusto o 6 ganhar? Seria, dirão quase todos. Mas como falei no começo não existe justiça.
    Roberto

  • Não acredito em Papai Noel, mas acredito que já estava combinado na RBR a saída de VEttel final do ano, desde o começo do ano parecia que ele estava com o 2o carro. Isso porque Austríaco é muito metódico e planeja tudo, jamais seriam pegos de surpresa por algo assim. Pra mim, Vettel já erdou o 2o carro, antes de Webber desde a primeira corrida, e foi privilegiado o Riccardo. De qualquer forma acho que a RBR poderia ter terminado ‘a frente da Willians, faltou um pouco para o Vettel superar o Bottas, feito alcançado pelo Riccardo. E Massa foi tipo faísca atrasada. Muito oba oba no final mas olhando para o resultado final, decepcionou. Vamos ver ano que vem, mas acho que a Ferrari prepara uma surpresa, não é VEttel que está indo pra lá, é a alemanha formando parceria com a itália, somo ‘a isso engenheiros. Não me impressionaria com o ano fraco do VEttel, vem coisa por ae.

  • Dois pius:
    https://twitter.com/inacioF1/status/536499105078714368
    A cobra vai fumar?

    https://twitter.com/inacioF1/status/536580044416897024
    Fermentando por 2 anos? Tem know-how nas outras competições, etc. Vamos ver se vai chegar para estourar champanhes.

    Lembrei da Toyota. Baita talão de cheques, pagou champanhe para todo mundo, e ninguém deu um banho de champanhe nela…
    E a HONDA, com a carteira mais vazia, mas com fama de ser potente, apesar de menor, mal saiu do da BAR. Mudou o nome, mas no fim fechou entregou o boteco. Nova chefia, deu sorte com brownie em tempos de cupcakes, e depois parou na mão do pessoal que faz Apfelstrudel, , que já estavam de olho em voltar e ter novamente uma doceria só deles. Demoraram para afinar a massa, acertar os sabores, mas este ano lamberam os dedos.

    Vamos ver o que o pessoal do Xarope de Taurina e Cafeína irá aprontar.

    Alô, alô. Flavio Gomes, fale um pouco da Renault.
    O que tem de certo para 2015 em parcerias de motores?
    Quem vai empurrar quem?

    A AUDI deveria “voltar” com a Lamborghini (nos motores). Touro contra o cavalo.
    Complicado. Além da mistura (melhor trabalhar somente uma única marca), a Lamborghini vende bem lá quietinha, sem arriscar o nome no jogo do ganhar ou perder corridas. E v6 turbo e elétrico é mais cara de AUDI do que Lamborghini (apesar que Ferrari nai sai do v8 nem tão cedo – v6 é coisa de Nissan (GTR) e… cadê eles? Alô Infiniti Red Bull… coisa de marca, o motor é Renault, tradição da categoria, e é do mesmo grupo.

  • e a transmissão da globo esta cada vez pior mesmo!
    aquele corte no fim da corrida, afffff…é pra matar qualquer um do coração! ainda me entra chamada do Esporte Espetacular! tudo pelas propagandas PÉSSIMO!!!

    • Rafael, infelizmente, no sportv não passa ao vivo, só depois. Porque ficar ouvindo a quantidade de imbecilidades que o galvão fala na globo está cada vez mais difícil. fica tentando iludir o público o tempo todo, como se quem assiste F1 não entendesse os pormenores do esporte.

    • Tomara que no ano que vem esteja somente no SPORTV, ou ao menos em ambos, ao vivo. O Galvão tem que aposentar, já deu o que tinha que dar, as piadas dele não colam, o povo não se ilude mais com sua falta de conhecimento, inventando “verdades”…

    • E eu acho que o pódio não foi ao vivo, mesmo o Galvão dizendo que haviam voltado com imagens ao vivo, pois deu um corte estranho na hora do champagne. Parece que transmitiram com um atraso para que mostrassem tudo, mas no final cortaram para o ao vivo e a música do final da cerimônia começou de repente sem o início dela.

  • Após refletir sobre essa corrida (sim, me dei ao trabalho de refletir sobre essa corrida) concluo que o Zaca(Massa) foi perfeito. OOOOHHH. Sim, perfeito. Poderia ter ganho fácil, mas correria riscos. E se ele quebra e o Playmobil corredor chega no pódio de novo não ia ser nada bom, então foi o melhor possível, com supremacia sobre o companheiro de equipe e nenhum erro, e pilotagem em alto nivel a corrida inteira. Como o Zaca ganharia? Botando supermacio cinco voltas antes. Voltaria dos boxes apenas cinco segundos atras do Hamilton e logo passaria. Quando perdesse rendimento faltando cinco voltas o virtual campeão não iria arriscar uma colisão ou uso agressivo da pista. Mas a essa altura, depois da temporada com carla Perez dando traseirada e os trapalhões da Williams fazendo a estratégia de corrida e trabalho de boxes, melhor assegurar o segundão. Gostei.

      • Nota-se que não entende muito de corrida…foi só o Hamilton forçar de leve que começou a tirar 1s por volta…a expressão “posso ligar o carro?” realmente não te diz nada? kkkkkkk (2) fraco pra f1…

      • Já que você é bobão mesmo, vou desenhar. A gravação divulgada pela transmissão oficial é bem posterior ao fato acontecido, quando o Hamilton já estava acelerando e anda perdendo meio segundo. O máximo que ele conseguiu foi equilibrar as coisas quando o supermacio já estava desgastado. Com o supermacio a Williams estava muito mais rápida do que a Mercedes de macio. Sabe de nada inocente…

      • Bem posterior?!?! Tipo duas voltas depois?!?! Isso é MUITO posterior?!?!? Equilibrar as coisas? Quando viu que iria perder 1 segundo por volta a Williams colocou o rabinho entre a pernas e o chamou pros boxes. Cara, na boa, não vou perder mais meu tempo ensinando garoto sobre tempos de volta e estratégias. Quando até o Smedley admite que não daria e vc diz que seria MUITO fácil, fica FÁCIL entender o quão inocente (sic) sobre F1 vc é!

  • O Lewis Hamilton veio pra F1 fazer história vencendo talvez a única corrida da F1 com pontuação dobrada batendo o recorde de vitórias de uma equipe numa única temporada com 16 da Mercedes com sua vitória, e acaba se tornando o inglês mais consagrado da história da F1 com seu Bicampeonato conquistando um título na Mercedes num espaço de 59 anos desde Fangio em 1955. O Hamilton já poderia ser um Tricampeão se não falhasse nas duas últimas corridas de 2007 no seu ano de estreia na McLaren, mas pode recuperar esse título no ano que vem aproveitando a boa fase da Mercedes.

  • Flávio, considerando como sempre a péssima transmissão da rede Bobo, e eu não acessar o live timing da F1, o Massa teria conseguido ir até o final com os pneus dele, ou realmente o Lewis começou a tirar muito tempo a partir da volta 42-43?

    Ele parecia estar conseguindo manter a diferença até ali.

    • Pois então, eu cheguei a ter impressão de que fosse possível levar “na manha” até o fim, mas acho que não daria, não. Massa começou a perder um segundo por volta e a tendência era que começasse a perder ainda mais com a degradação dos seus pneus.

    • Ele estava mantendo porque o Hamilton não estava forçando.. esperando que ele parasse.. Quando ele parou tinha 12 s de vantagem pro Hamilton, faltando as 12 voltas.

      Para mim foi burrice da equipe. era para ter arriscado, os construtores já tinham a terceira posição garantida, e o Bottas serviria como um escudo contra o Riccardo na briga pelo podio

  • Que sirva de lição o que o Rosberg fez para Lewis. Durante a temporada lewis teve vários problemas com o carro, e em entrevistas chegava a falar que era uma equipe alemã ajudando um piloto alemão, um tremendo papelão o que ele falava e a imprensa inglesa também deixando isso no ar. Ou seja uma tremenda vergonha, ainda bem que foi campeão, se não ia ta numa birra dizendo que a equipe sabotou o carro e choro e mais choro.
    Eu achei interessante que durante a transmissão, a corrida estava tão chata que a FOM chegou a mostrar a sala de imprensa, namoradas e tudo mais. Eu entendo mostrar os mecânicos após uma ultrapassagem, mas mostrar quando não está acontecendo nada ? isso mostra como a formula 1 ta chata.

  • Na minha opinião acho que Vettel deu uma furo n´agua, pois salvo seu eu estiver CLAMOROSAMENTE (como diria o grande mestre Claudio Carsughi) enganado, a Equipe sediada em Maranello esta em franca decadência,pois Ferrari sem Enzo é como Lotus sem Chapman,fica sem alma e acéfala e tende a acabar a menos que consiga fazer o que a Porsche fez mesmo sem Ferdinando,só que na minha opinião,alemães são muito melhores gestores que italianos,lá ;penso que a fogueira das vaidades seja muito menor e o que prevaleça privilegiar o que tiver melhor capacidade técnica ao invés do de melhor capacidade politica e os germânicos são tremendamente racionas e objetivos no que se refere ao que seja melhor para o empreendimento seja esportivo ou comercial.
    Quanto ao campeonato de 2014 ficou em merecidas mãos,aquele que mais ganhou e demonstrou mais capacidade para lidar com as adversidades. Parabéns a Lewis Hamilton e a equipe alemã que (contrariando um pensamento meu) não fez “PATRIOTADA” . E que martírio ter que ouvir o narrador oficial e sua verborragia e ilações idiotas ,Parece que ele esquece o que aconteceu com Jules Bianchi para ficar torcendo para um acidente durante a prova,será que este “cidadão” gostaria de ver um outro narrador torcendo para que algum concorrente bata propositalmente no carro em que seu filho esta pilotando. Que IMBECIL !!!! Ainda bem que a grande capacidade de pilotagem de Hamilton mostrou que isto não se faria necessário e não haveria a necessidade de borrar sua bela carreira com um ato tão antidesportivo. ( Nota: Eu não sou torcedor do Hamilton,más o bom senso diz que ele foi o grande merecedor do titulo,pois dos dois postulantes ao titulo ele foi o melhor, e que coisa o piloto cordeiro de Botucatu, só começa a andar quando a corrida esta no final. Será que é um preparativo para disputar o W E C onde a corrida dura pelo menos 6 Horas ? Dizem que a Ferrari esta estudando a possibilidade de participar do W E C na LM P1 ,já pensou que trinca que daria num dos carros Shumi , Barrica e Massa,um primeiro piloto bem definido e uma briga titânica para saber quem seria o segundo piloto,creio que daria Barrica Fura Zóio pois Nãopassa é muuuuuuuiiiito bonzinho e pegaria de bom grado do cargo de terceirinho numa boa.

      • Concordo com você o comendador só atrapalhou a equipe Ferrari, contratando pilotos errados com o Bambino negro (Alboreto), Johansson, obrigou a FIA a aceitar os motores V12, hoje se sabe que se a Ferrari tivesse um V10 teria ganho o campeonato de 1990 com o Prost e vou mais adiante se tivesse Senna ou Prost em 1989 ou 1994 também teria ganho os campeonatos.

  • Temporada com regulamento novo, muitas novidades e tal. Mas…

    Vettel – 167 pts.
    Alonso – 161 pts.

    Algumas coisas nunca mudam, né? Tetracampeão mais uma vez na frente do Alonso. Pela 5677654° vez.

    No mais, parabéns ao Hamilton. Legítimo campeão.

    • Cada uma. Mesmo carro? Vai comparar o Kimi com o Ricciardo? Pérez Aê, já comparou o Ve44el com o Ricciardo? Maçãs com maçãs, laranjas com laranjas… não é assim, mais justo?

      Queria ver o que o Ve44el teria feito com o Ferrari “deste ano”.
      O do próximo, não conta. Nem para melhor, nem para pior.

      E o que será que o Alonso teria feito com o Red Bull? Difícil saber, até porque quem garante que o Ricciardo iria correr com o mesmo (tecnologicamente) carro? Kimi carregou 15kg a mais, não é o que dizem?
      E sabe-se lá o que o Ve44el exigia a mais do que o Webber, que reclamava um bocado sobre o Alemão.
      Só sei que com o novo australiano a banda tocou diferente (mudou o hino no pódio com o Red Bull)…
      http://www.ausmotive.com/pics/2013/Formula-BMW-Ricciardo-Vettel-2006-01.jpg

      Por maior que seja a birra, por suas atitudes moralmente discutíveis, o “milagronso” fez muito com o jerico vermelho que ele tinha. Joguem pedra na sua moral, mas ninguém poderá negar reconhecer o seu talento, é a verdade. Quem não gostou, morda o beiço.

      O mundo é assim. Nem sempre o bonzinho e o “bãozão”. Não fui eu que inventei (nem reclame comigo, pois sequer eu estive na inauguração – não que eu lembre). Só não dá para consertar isto com outro erro, mentindo; o bãozão corre muito e ponto final.
      Malhem o Judas. Chamem de traidor, mas não digam que ele não sabia contar moedas.

      • concordo com o felipe. Ele tem suas polêmicas e tudo. Gosto de ambos, mas querer dizer que Vettel é melhor que Alonso é piada. E não me falem que um tem 4 títulos e o outro 2 porque o que Alonso faz com carro ruim, nenhum dos outros faz. Vettel ganhou facil pq o carro dele sempre foi como a Mercedes este ano…anos-luz na frente. Bem, finalmente o Nasr vai entrar, mesmo sendo numa sauber horrenda porque ficar vendo massinha não aguento mais. Ontem, tive saudades de Fittipaldi, Piquet e Senna, que teriam tentado terminar a corrida com os pneus e tentariam uma possível vitória, pq o ritmo ainda estava bom. Ahh, o Hamilton ligou o carro e estava a 1 segundo por volta mais rapido. Ué, tinham 12 voltas para o final e a diferença eram mais de 12 segundos. Valia a tentativa. Mas hoje só tem piloto que abaixa a cabeça e aceita tudo que vem do box. Saudades daqueles que davam cara para bater.

    • Esse ano so serviu pra cair as mascaras como um tetracampeao toma um vareio de um iniciante, que antes empatava com um piloto mediano na toro rosso(proprio vergne ja disse que em qualificacao ricciardo era melhor mais em ritmo de corrida engolia ele) f1 tinha que ser todos os carros iquais pra ver quem e quem, pq vettel ia acabar la no meio. vettel pra mim e superior dos campeaos so do q hill e villeneuve, o resto e tudo mais piloto que ele.(webber agora que saiu da equipe disse que teve o mesmo carro que vettel so ate o meio do ano de 2010)CHUPEZ E PRA VC.

  • Convenhamos: este título foi decidido na mesa de reunião da Mercedez naquele papo-reto que rolou depois do toque de Rosberg no pneu do Hamilton.
    E esta pane elétrica no carro de Rosberg já estava encomendada há tempos.

  • Ainda bem que a palhaçada de pontos dobrados na última corrida não influiu no resultado final.Seria uma grande injustiça se Hamilton não fosse o campeão.

    Sobre a pontuação final: quem poderia imaginar, em março de 2014, que a Sauber terminaria o ano com zero pontos?

    Williams= 320. Ferrari= 216., A diferença é gritante: 104 pontos.

  • “33 vitórias na carreira, deixando Alonso para trás…”

    Essa é a frase que mais tenho lido nos últimos anos!

    Triste e justo fim para um picareta.

    Cultura inútil, mas curiosa:

    Nos últimos 7 anos o campeão foi Inglês ou alemão:
    2008 Hamilton
    2009 Button
    2010-2013 Ve44el
    2014 Hamilton (e poderia ter sido o alemão Rosberg)

    Não sei se o cenário vai mudar nos próximos anos.

    • Hamilton e Vettel só guiaram bons carros e em equipes com grande orçamento. A diferença é que Hamilton sempre ganhou corridas ou foi pole desde que entrou na f1. Esse ano, Vettel virou nemnem.
      Nem venceu, Nem fez poles. Mas como o outro carro venceu três, pode chamar ele de neném mesmo…

  • – Bela corrida. Primeiramente, muito bom torcer pra primeiro piloto. GO H.A.M!! Eu já sabia! Muito merecido, primeiro campeão Mercedes desde Fangio! Uau!
    – Chupa Sportv, zicando o Hamilton. Quando um cara que tira o companheiro e dá ré pra evitar a pole merece a vitória? Hamilton teve mais problemas também. Nico é mais cirúrgico no acerto do carro, blá, blá… O lance é que em 2014 a pole não contou tanto e ter um acerto pra corrida é o que contou.
    O caneco foi pra Inglaterra, onde deveria, com piloto de verdade! E que hoje venceu atropelando.
    – Corrida patética do Vettel, pilotinho de autorama. Ricciardo esse ano colocou ele em seu devido lugar, as Vettelete pira. Sorry Chupez…
    – Por falar em 2014, ano que se evidenciou o talento dos pilotos de verdade até o Vettel esse ano venceu, mas o prazo de validade; O Vergne já deu um sacode no Ricciardo, de ToroRosso. Vettel, o novo Webber da f1? (hahahahha!)
    – Os pilotos que teoricamente sairão de suas equipes terminaram na frente dos que ficam, Button na frente do Magnussen, Alonso na frente do Kimi e Vettel na frente do Ricciardo, ops, só que não!
    – Hahahaha, Vettel, pilotinho de oitava posição!
    – Alguém me explica, eu vivo numa matrix, Alonso abriu passagem, Vettel com pneu supersoft não gastou pneu com o espanhol, e ele não passou mais ninguém? Ficou em oitavo? É esse o gênio? E o outro carro largou atrás e terminou em quarto? Bem… Melhor rever conceitos. Se 2014 não serivir pra isso, aí é preciso ir ao médico..
    – O fim dos difusores trouxeram pilotos de verdade, o Kimi, coitado, sofreu do mesmo mal do Massa, ter um gênio como companheiro. Ano que vem ele atropela a farsa alemã;
    – Não fossem os problemas do início do ano, Massa teria ficado a frente do Bottas.
    – Vendo como a Ferrari tem se mostrado política, quero mais que ela exploda, junto com a Marlboro. Alonso, ciclista, se mandou na hora certa. E o Mattiacci, que a única coisa que fez foi insinuar ter demitido o espanhol, além de ter sido desmentido, levou um pontapé na bunda. Ri melhor que ri por ultimo!
    – O melhor ainda está por vir!
    #ChupaMaisEssaDoRicciardoChupez!