DAS ARÁBIAS

SÃO PAULO (preparem-se) – Está rolando por aí, em jornal importante no meio das finanças. O dono do Miami Dolphins, que aparentemente é um time de futebol de bola que não é redonda, e os árabes do Catar, que são proprietários do Paris Saint Germain, estão prestes a comprar a Torre Eiffel, a licença mundial para o uso do nome baguette, as minas do Rei Salomão e as terras onde Judas perdeu as botas, querem comprar a Fórmula 1, que hoje pertence majoritariamente ao grupo CVC — que nada tem a ver com a empresa das bolsas de viagem fosforescentes.

De quebra, querem mais uma corrida nos Emirados. Essas coisas, quando começam a pipocar…

Aceitemos que dói menos. A F-1 como a conhecemos, um campeonato basicamente europeu cheio de charme, repleto de marcas tradicionais e ligadas ao universo do automóvel, correndo em países bacanas e seguido por um público apaixonado, caminha inexoravelmente para mãos de grandes corporações. E quando isso acontece, vira evento corporativo.

Subscribe
Notify of
guest
25 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Fernando Pessoinha
Fernando Pessoinha
7 anos atrás

Que tempos em que vivemos! Dono do Miami Dolphins pode comprar a F1 junto com os beduínos do Catar. Ou seja, F1 dentro de um parque da Disney e/ou em mais uma daquelas pistas modorrentas do Golfo Pérsico. Adeus, F1.

Atenágoras Souza Silva
Atenágoras Souza Silva
7 anos atrás

Mas ainda não virou evento corporativo?

José Brabham
José Brabham
7 anos atrás

A corrida, pelo que entendi da reportagem, seria no Qatar. Qatar não faz parte dos Emirados. É um outro país.

Fernando
Fernando
Reply to  José Brabham
7 anos atrás

Ora, Japão, China… Fica tudo na Coréia mesmo!

Ulisses
Ulisses
7 anos atrás

Talvez melhore.
Vamos ver a coisa pelo lado bom, o “gerenciamento” atual da categoria parece não estar contentando público, equipes, pilotos, fabricantes e a mídia (principalmente a especializada!).
E parece que não existe (nunca existiu) nesses administradores, muita sensibilidade em ouvir opiniões, críticas … enfim, vai continuar (ruim) como está durante muito tempo ainda!

Quem sabe com novos donos a “coisa” não melhora um pouco, porque como se encontra a F1, melhorar ficou muito fácil! Basta querer!

Paulo Emilio
Paulo Emilio
7 anos atrás

A formula 1 morreu ! Será que nínguem enxerga isso ! Eventos corporativos interessam a quem ganha dinheiro com eles !É hora dos verdadeiros fãs , se acharem que vale a pena, boicotarem o que está ai, lutarem por uma nova categoria máxima de monopostos que volte a ter o básico ! Competição verdadeira ! Algo o mais próximo possível de um esporte !

askjao
askjao
7 anos atrás

Então vende essa merda logo e criem outra F1. Simples.

JP
JP
7 anos atrás

Estado Islâmico se apoderando de tudo…

Marcio Rezende
Marcio Rezende
7 anos atrás

Estou velho, começando a ficar ranzinza e achando que toda novidade que aparece é muito chato, sem graça e artificial.. Sinto saudades e acho que tudo, absolutamente tudo, era melhor nas décadas de 1970 a 1990, quando eu comecei a viver. E não é só na F 1. Acho que está na hora de abandonar tudo…. Aumentei o time dos que torcem para que o meteoro chegue logo e acerte em cheio…

Cláudio F1
Cláudio F1
7 anos atrás

Eu digo e repito, esse meteoro está demorando muito pra chegar.

Edson
Edson
7 anos atrás

Eita, cada dia pior. Flavio veja este vídeo. É de 2004 em Monza. Pole de Barrichello.
Esse recorde de volta se mantém até hoje. Incrivel!!!
Até os carros de antigamente eram mais rápidos que hoje. Ah e, bem mais bonitos.
https://www.youtube.com/watch?v=2VrE30IccuM

Fernando Monteiro
Fernando Monteiro
7 anos atrás

Imagens e trilha sonora sensacionais: Zeltweg, 1979. Ah, o antigo Zeltweg… http://www.youtube.com/watch?v=2CzHyYeSc58

Fernando Monteiro
Fernando Monteiro
7 anos atrás

O melhor momento do Gp da Áustria de domingo passado foi quando a Minardi do Martini estourou seu motor na reta de Zeltweg, ops digo do RB1rtzkt3cring ou sei lá o que aquilo seja…

Antonio Luiz Siqueira
Antonio Luiz Siqueira
7 anos atrás

Ainda bem que estou ficando velho.
Espero morrer antes do meteoro e antes da f1 das arábias.

Pedro Araújo
Pedro Araújo
7 anos atrás

Já li uma teoria sobre a Red Bull comprar da CVC a Formula 1.

Pra isso venderiam as duas equipes, e focariam a atuação no campeonato em si, como fazem com o campeonato de corridas de aviões, por exemplo. Com retorno de imagem bem maior que o (já bem grande) retorno atual, já que o circo seria só deles.

Achei plausível. E pelo menos os caras sabem fazer eventos esportivos/de entretenimento.

luigi
luigi
Reply to  Pedro Araújo
7 anos atrás

Gostaria de ver isto acontecer ,para saber como a R G T chamaria o campeonato ?

pedro araújo
pedro araújo
Reply to  luigi
7 anos atrás

bem lembrado!

o troço do nome seria uma sinuca de bico pra rede goebbels…

William
William
7 anos atrás

Bem, acho difícil ficar pior do que está hoje. Mesmo que coloquem mais corridas nas arábias e nos EUA, mas simplifiquem as regras, baixem os custos, simplifiquem os motores (volte os V8!) volte a emoção das corridas e tire esse Bernie louco do poder por mim está OK.

luigi
luigi
Reply to  William
7 anos atrás

Caro Willian ,para atingir os altos giros dos motores atuais o Eixo de Manivelas (pop. Virabrequim ) tem que ser plano e não cruzados como os V 8 americanos (que tem um lindo som ) ou seja eles soam como dois motores 4 em linha juntos , então ,como você deve ser inteligente ,percebe que não é o número de cilindros que fazem o som melhor ou pior e sim como eles saem da unidade de motriz . Pode-se concluir que mesmo que tenham 16 cilindros ,más se os gazes de escape tiverem que passar por todos os dispositivos de regeneração de ganho o som continuará abafado como atualmente .

Jonny'O
Jonny'O
7 anos atrás

Por outro lado as pistas tradicionais estão por ai, fazer TV hoje é muito mais fácil que nos anos 70, por exemplo.

Nomes tradicionais estão parados ,digo marcas, Brabham, BRM, Shadow, Tyrrell, Ligier, Cooper, Vanwall, Osella, Minardi ,Rial, Arrows …etc…etc……etc.

Dijon, Brands Hatch , Watkins Glen, Sebring, Adelaide, Zolder , Taruma , Buenos aires 15, Mosport, Estoril, Jarama, Nurburgring, Norisring, Zandvoort……xiiii….tem muita coisa.

Uma regra basica pra chassi ,……motor livre (limite de combustvel só) e….. “sem spoiler ou aerofolio” …….. e pronto, manda essa atual F1 pros quintos!

luigi
luigi
Reply to  Jonny'O
7 anos atrás

Meu caro ,isto que você tá descrevendo para os carro é Formula Indy ,e já tem corridas bastante é só assisti-las ! ( e não se concebe hoje ter um carro para mais de 300 Km /h em menos de 12 s sem downforce ele simplesmente decolaria )

luigi
luigi
Reply to  luigi
7 anos atrás

Obs ; leia-se 0 a 300 km/h

Jonny'O
Jonny'O
Reply to  luigi
7 anos atrás

Que isso!! os F1 de 1967 (os ultimos sem dowforce) não decolavam e tinham 500cv …… não decola. E Formula indy tem pista oval e é monomarca de chassi e só pode ter motor V8 ….odeio isso …… gosto de configuração de motor diferente .

A proposta é outra.Nada de Indy.

João Pedro
João Pedro
7 anos atrás

Caminhamos para um mundo que não é mais o meu!

Ulisses
Ulisses
Reply to  João Pedro
7 anos atrás

… nem meu!