DICA DO DIA

Do Bob Nogueira, uma comparação dos F-1 passando pelo S do Senna de 1994 até o ano passado. Como é chocho esse motor novo, pelamor…

Comentários

  • Como muitos já disseram, o melhores sons são os dos motores do começo da década de 90. Motor 3.5l, sem limite de numero de cilindros. Depois de 95 o som dos motores se tornou agudo demais pelo aumento de giros do motor e redução gradativa da cilindrada e também dos cilindros.

  • Interessante ver como e facil fazer a sequencia de curva com o carro mais atual.
    Fazer as curvas na Williams do Mansell… na Ferrari do Prost (Prost?) era uma batalha.

    Acho que meu avo com um treinamento fisico decente… aguenta umas voltas nesses carrinhos de pega pega trancas de hoje.

  • O som novo é mais abafado sim, mas nesse vídeo a equalização tá horrível, tem som de fundo misturado por cima. Mas isso não me perturba não. Eu por exemplo acho o som dos V10 entre 2003/04/05 irritante, pois o giro era alto demais, parecia uma furadeira entrando no ouvido. Nada se compara ao som do início dos anos 1990. O ronco da Ferrari de 1991 era perfeito.

    É fácil resolver o problema do som e da velocidade: dois escapamentos, biturbo. Pronto.

  • Não concordo quando criticam as pessoas que preferem o som antigo. Não é saudosismo. É simplesmente uma constatação. O som dos motores é muito melhor que o som do trem de força. Ou usina de força, não sei como se chamam agora. Um esporte a motor pressupõe: veículos auto propulsados, velocidade, competição e som. É tudo um pacote só. Abrir mão de um ( o som ) ou mais ( a velocidade que só diminui ), só acarreta na perda do próprio esporte. Quem gosta de corrida, gosta do som dos motores. Simples assim. Se você tira o barulho, pode atrair um novo público. Talvez. Mas o antigo, que levou o esporte aonde está hoje, vai ficando desestimulado.
    As pessoas glorificam a nova tecnologia apenas pelo fato de ser…. nova! Para muita gente parece que é proibido fazer juízo de valor, se é novo só pode ser melhor!
    Enquanto isso a Moto GP vai de vento em popa. E, ao que me consta, o som e a velocidade só aumentam! Abraços

    • A MotoGP de hoje é silenciosa perto do que já foi. Lembro de quando as motos passaram dos motores 500cc dois tempos para os quatro tempos, parecia que o volume da TV estava no mudo. Nem por isso ela deixou de ser espetacular. A MotoGP é boa porque tem corridas boas, competição boa, pilotos interessantes, boa comunicação com o público. Tudo o que falta para a F1. Barulho é legal, mas não é o que determina o sucesso do negócio.

  • Olhei várias vezes. Não por acaso Senna, Prost e Alonso fizeram, no que foi mostrado, o trajeto mais limpo, sem zebra. A turminha intermediária precisava corrigir a segunda perna. E os coadjuvantes comiam zebra, corrigiam as duas pernas, entravam torto na reta…

  • O som atual é ´ridículo. Sem graça, assim como as transmissões. Câmera on-board hoje parece que é proibido. Saudade do tempo em que você podia acompanhar praticamente uma volta do ponto de vista de quem pilota. hoje, impossível.

  • Desapega, viúva!!! Cada som tem sua beleza e a tecnologia de hoje em dia é de babar! Além da óbvia idiotice que é comparar áudios gravados com diferentes equipamentos, com diferentes equalizações…

  • Simplesmente eternos!
    A decepção foi enorme no ano passado, a tristeza em ir para mais um GP sabendo que vamos escutar de novo essa porcaria é horrível. Mas no final, amamos automobilismo, então nós vamos.
    O site da F1 fez um comparativo da volta do Montoya, em 2004, com a volta feita, em 2014, ambos os casos em Monza. Recomendo a todos olharem e quem dizer que é igual e que não se importa com a diferença está mentindo.

  • Acho uma puta perda de tempo fazer este tipo de comparação besta, O pessoal que reclama destes motores novos, é como você mesmo diz Flavio, “viúva” que fica choramingando… Não vão voltar ao passado e torço mesmo para que não voltem, seria um retrocesso inútil, que só vai agradar uma pequena parcela de público que só diminui a cada ano.

    Se for pra resgatar algo do passado, que seja a competitividade e o público jovem… se tiver que botar som de vídeo-game no motor pra atrair mais fans, que botem!

    • GP de Monza, 2004. Takuma Sato virou 1’19.7!! Hamilton neste ano fez a pole com 1’23.3! Quase 4 segundos! Que tipo de retrocesso tu esta falando? Para mim 2004 foi o ápice do desenvolvimento. Depois foi freado bruscamente.

      • E o que o barulho do motor tem a ver com tempo de volta??? As ondas de pressão sonora que saem do escapamento fazem o carro ir mais rápido por um acaso???? 2004 foi o ápice sim, só que do desenvolvimento aerodinâmico!!! a potência dos motores de hoje são equivalentes, e se faltar potência é só deixar gastar mais gasolina… lembra que tem limite de 100kg de gasolina por corrida?????

        Essa conversa mole de barulho é saudosismo de gente velha.

  • É A EVOLUÇÃO DA TECNOLOGIA , menos consumo , mesma potência,
    menos poluição sonora, Acho que ta bom , porque todos continuam vendo F1 . Pra mim que não posso ver ao vivo , pela tv é mesma coisa.

  • Bem, na reta era hora de encher os canecos, e nos esses eles berram de prazer com a bebida na goela…puro prazer, demonstrado aos berros. Agora, dão cerveja quente e eles arrotam, enfastiados, com preguiça…que melda!!!