NAS ASAS

SÃO PAULO (gostamos?) – A Lan Chile e a TAM se uniram de vez outro dia para formar uma nova companhia aérea, a Latam, e nem falamos nada aqui. Parece que vai custar uma bala modificar a pintura de todos os aviões, a comunicação visual nos aeroportos e tal. Só hoje fui ver o novo logotipo. Tenho muito interesse em logotipos. Mas confesso que levei um tempinho para descobrir que ele representa o mapa da América do Sul. Depois que saquei, achei bonito.

Comentários

  • Pelo que li, a padronização da pintura da frota deve levar uns 3 anos, vai ser feito gradativamente, nos checks das aeronaves. A pintura tem validade e ajuda na aerodinâmica.
    O que eles querem substituir de uma vez, são os uniformes das tripulações e do pessoal de terra.

  • Acho que o nome poderia ter sido diferente (cogitavam “Latina”, que abria um leque maior de ações de marketing), afinal contrataram uma empresa de consultoria alemã caríssima para analisar a mudança de marca, pra se chegar, depois de 2 anos, ao mesmo nome improvisado do início da fusão. “LATAM” não me soa muito bem. Mas paciência, todo nome no início é estranho.

    Aos que choram pela fusão (ou pela venda da TAM), digo que a TAM do comandante Rolim já não existe há um tempo, trabalho dentro dos voos da empresa desde antes da fusão, sei bem disso. Mas estávamos caminhando para a falência na mão da família Amaro. Então, melhor assim.

  • Somente algumas consideracoes:

    1 ainda bem que a LAN COMPROU a TAM porque a vaca tava indo pro brejo e a LAN eh muito mais eficiente no controle dos custos.

    2 estao reclamando do nome ??? Pois saibam que a outra opcao de nome era LATINA (que viraria chacota facil como latrina)

    3 o museu esta garantido, mas ao contrario do que foi escrito ele vai pra Congonhas nos antigos hangares da VASP e nao para o Campo de Marte. Porque hoje o museu nao da lucro e os chilenos nao estao pra brincadeira.

    Acho que eh so…

  • Dois pontos:
    1-Mesmo que por coincidência, “Latam” é um termo em inglês. Ponto contra a latinidad pretendida;
    2-De latino-americana a marca não tem nada, pois não tem participação nem atuação no Caribe e México, o que caracterizaria a “Latino” América. A marca é sim sul-americana.
    Eu sempre torço pelas companhias aéreas, mas elas sempre acabam falindo precocemente. Penso que deviam parar de vender passagens baratas. A Emirates e a Etihad irão durar bastante.

  • Sem patriotada… mas a venda da TAM para a LAN foi uma meleca para nós. A LAN é famosa por redução de custos. O museu da TAM corre riscos sim… e agora, pra voar em companhia brasileira… bem, vamos de Passaredo ( a Delta já tem um pedaço da GOL, a Azul é do gringo (DN) e a TAM é Chilena). “Esse é um país que vai pra frente…”

  • Essa idéia que estão tentando passar de “junção” das duas empresas é uma balela sem tamanho. No fim das contas, a LAN COMPROU a TAM (repare que o azul e o vermelho se juntam para virar… AZUL!).

  • Nome ridículo. Soa mal em português, inglês, espanhol e em todas as línguas! LATAM? Que porra é essa? Mistura de lata com merda? Como um nome desse pode prosperar? Coisa de sul americano sem noção! Saudades da velha TAM e do Comandante Rolim Amaro que deve estar se revirando no tumulo. Mais um gol contra da velha América Latrina!!!

  • A ideia do mapa é legal, mas a Azul já usa e o formato acaba sendo parecido.
    O movimento do desenho e cores lembram a British. Fora que essas cores também são só da bandeira do Chile…
    Definitivamente a Latam é Chilena. Nada contra, mas é uma pena ver o fim da criação do Comandante Rolim…

  • Várias cositas, hermanos:
    1 – A logo é linda, sim, e percebe-se claramente o contorno do continente. Não vi nenhum bolivarianismo (argh!) nas cores. Repetem o azul e o vermelho de uma e de outra companhia. E o material é belíssimo. Super moderno.
    2 – Minoru, fica frio. O museu Asas de Um Sonho vai sair de São Carlos, sim. Mas vai pro campo de Marte, em Sampa, pra ficar mais perto das pessoas. Aliás, tô indo rever aquela maravilha nos próximos quinze dias.

  • O Comandante Rolim (um dos meus ídolos), deve ter dado voltas no túmulo quando anunciaram a “fusão” (nome politicamente correto dado à compra da TAM pela Lan Chile).

    Curiosidade: certa vez estava embarcando de São Paulo para o Rio, num voo da TAM, seriam 7:00h da manhã, e adivinhem quem estava à saída da sala de embarque, verificando as passagens e desejando boa viagem aos passageiros, como um qualquer funcionário mais da empresa?

    Acertou quem disse o Sr. Rolim Adolfo Amaro.

  • Pena que os chilenos não tenham o menor interesse de manter o museu da TAM aberto e, logo logo as coisas deverão ficar feias lá em S.Carlos… quem puder, vá visitar um dos melhores museus do Brasil antes que acabem com ele!

  • Achei muito bem feito o video de apresentação da LATAM, para mim toucou em um ponto importante que é a o aumento da interação do Brasil com os outros países da América Latina.
    Gostei muito da frase “Somos elegantes por fora e calorosos por dentro”.
    Boa sorte LATAM!

  • Legal, gostei bastante! Apesar de todos os pesares com o que se tornou a aviação mundial, incorporando mais do que nunca o capitalismo da sua pior maneira! Ainda assim, “torço” por marcas brasileiras e sulamericanas terem seu destaque mundial, mesmo que para isso precisem entulhar 300 pessoas num “asa dura” ou colocar milho, arroz, pó-de-mico ou sei lá mais o que em nossas cervejas… abraço FG!!

  • Fiquei na dúvida se representava um tornado, condição climática que impede os aviões de voarem ou se seria uma releitura mais poética (certamente este é um termo que você adora) de um fluxo de descarga. Alguns passageiros certamente reclamarão da onda vermelha que vem da Venezuela, alegando que é propaganda subliminar do regime. Para você que gosta de aviões e design, recomendo que entre em http://www.designair.net, abs !

    • Achei o logo horroroso!
      Parece um presunto embrulhado em fitas, para presente.
      Já voei com eles para a Alemanha (TAM, Boeing 777) e para o Peru (LAN, Boeing 767 ou 757, não me lembro).
      Gostei do voo, dos aviões e do tratamento a bordo.
      O serviço em terra, porém, foi uma tristeza…
      Ainda ontem comprei passagens para o nordeste pela TAM, no site.
      Um terror, não funcionava direito, tive que ir ao aeroporto, o preço tinha aumentado, enfim, um saco!
      Quem sabe a LATAM melhora isso…

    • Já no meu caso, o que vi foi uma tocha olímpica estilizada “em movimento”, como se fosse carregada em corrida… e o Rio 2016 já está aí pra receber todo o mundo para a alegria (ou só expectativa?) das empresas aéreas e afins. Ou seria só uma simples coincidência? Sei lá…

      Mas o vídeo “explicativo-promocional” é de muito bom gosto, achei bem legal! :-)

      abs., RobertoJP, o desconfiado