PRENDE EU

ruraltohmeEnviada pelo Paulo Tohmé, que já está prevendo o futuro próximo para seu cliente — eu, no caso.

 

Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Alexandre Traple
Alexandre Traple
6 anos atrás

…e o Policial Militar, desarmado. Tempo bom..

Mauro
Mauro
6 anos atrás

Flavio,
Em 1967 eu fui pego andando de kart (Rois) na Av Juscelino Kubitscheck, foi uma rural dessa que levou eu e meu kart pra casa. Levei bronca da polícia e um castigo do meu pai.
Abraço
Mauro

smoker
smoker
6 anos atrás

A Ruralex é sempre um encanto de ver, fui criado dentro delas, meu velho teve 11

dessas ao longo da vida e rodamos o pais todo com a molecada dentro!

…não da pra dizer o mesmo da´´vólante´´, sera que o guarda colocava a farda

dentro da garrafa??? e pra ajudar não tinha calça do tamanho dele? hehehe!!

Luiz Filipe
Luiz Filipe
6 anos atrás

Aproveitar que estamos falando de carros antigos para alertar aos insignes leitores, que o canal Discovery começará a apresentar a partir do dia 02/10 as 19h (na série: sexta de motores) um programa sobre os carros de Cuba, Promete ser bastante interessante. E não deixem de comprar o livro da fotógrafa Lizette Guerra – Cuba. O texto, como todo livro de fotografia, é curto, mas as fotos são deslumbrantes.

Giba
Giba
6 anos atrás

Repeteco Flavio.
http://flaviogomes.grandepremio.uol.com.br/2012/04/prende-eu-28/

O Gervásio já havia enviado.
Abração

Francis H. Trennepohl
6 anos atrás

A Flamingo, cuja placa aparece ali atrás, é de um ex-piloto aqui de Santa Catarina, o Roberto “Ovo” Schramm, um cara que entrou pra história ao faturar o título da então “Força Livre” (5.000cc – atualmente Stock Car) com um Dójão na 1ª edição do Campeonato Catarinense de Automobilismo realizada em 1982. Levou também o ‘caneco’ em 1983 a bordo de um Opala que era um sonho de consumo na época com 3 Weber duplas.
Abraços empoeirados

André Luiz Bonomini
6 anos atrás

Alias, Flavio…isso é só uma “palhinha” do que era o mundo automotivo blumenauense nos áureos anos 60. Entre 1967 e 1969 costumava-se fazer corridas na região central da cidade, tal como as tais provas no mítico circuito de Petrópolis (RJ), chamadas de “1 Hora de Blumenau”. Eram os tempos que o automobilismo brasileiro corria nas ruas, a turma acompanhava as provas a um fio de cabelo da pista e tudo era “normal”.
Recentemente, escrevi sobre as corridas em Blumenau em meu blog (A BOINA) e tenho comigo algumas fotos daquelas provas na cidade. Podemos trocar uma ideia se assim quiseres saber mais.

Afinal, não somos apenas a terra da Oktoberfest, muita gasolina já correu em nossas veias. Gunnar Vollmer que o diga nos tempos dele no Brasileiro de Marcas e Pilotos

Jornalista André Bonomini
Blumenau-SC

pedro afonso scucuglia
pedro afonso scucuglia
6 anos atrás

E o outro lado da rua XV, dois Simca e dois fuscas. Fuxxxxxxcas, como dizem por lá. A bela e Santa Catarina tem um dos sotaques mais gostosos deste brasilsão.

André Luiz Bonomini
6 anos atrás

Flavio, apenas pra situar o lugar da foto. Esta Rural era de propriedade da Polícia Militar de Santa Catarina, batalhão de Blumenau. A foto foi tirada por meados dos anos 60 (creio que 1965), na Rua XV de Novembro, próximo a Flamingo (o prédio ao fundo não é mais o mesmo), na Praça Dr. Blumenau.

Delicioso recorte da história da PMSC, do automóvel e, claro, da própria Blumenau

Jornalista André Bonomini