MENU

quarta-feira, 16 de setembro de 2015 - 12:04F-1

PRIMO ROSSI

SÃO PAULO (falta confirmar) – Nosso querido Roberto Merhi, que tinha decidido abandonar a World Series para se dedicar apenas à F-1, pode ser substituído por Alexander Rossi neste fim de semana em Cingapura. Rossi, norte-americano, foi reserva da Caterham e da Marussia nos últimos anos e já participou de seis treinos em finais de semana de GP. A Manor ainda não oficializou a troca. Rossi estava escalado pela Marussia para correr na Rússia depois do acidente de Bianchi no Japão, mas no fim o time correu em Sochi com apenas um carro.

Se correr, Rossi será o primeiro norte-americano a largar em um GP desde Scott Speed, em 2007.

ATUALIZANDO…

Não falta mais confirmar. Confirmou. Rossi corre em Cingapura, Japão, Estados Unidos, México e Brasil. Merhi disputa as corridas da Rússia e de Abu Dhabi.

10 comentários

  1. Carlos disse:

    Talvez o que tenha acontecido foi que os patrocinadores do Merhi arrumaram uma outra equipe pra ele e decidiram concentrar todos os investimentos nessa outra (por isso a saida da World Series). A Marussia que esta precisando de grana aceitou o Rossi que deve estar fazendo teste para ver se rola a Haas. Nao acharei estranho se anunciaram Merhi piloto de teste em outra pequena e Rossi na Haas.

  2. Amaral disse:

    Tá parecendo a jogada q fizeram com o Ricciardo tomando uns choquinhos na cadeira elétrica da “Agaerretê” antes de estrear na Toro Rosso. Pelo jeito, é ele um dos pilotos da Haas pro ano q vem, enqto o Merhi fica pro ano que vem na Manor-Marussia-Virgin-Qualquer-nome-que-ela-tenha-em-2o16.

  3. eduardo disse:

    Rossi para mim é daqueles pilotos apenas bons que com experiencia numa categoria que ela vale mais que o talento acaba se sobressaindo,para mim a GP2 tem apenas um talento genuino e um novato promissor e um brasileiro que já deveria ter voltado para o brasil para correr de Stock.

  4. Betocam disse:

    Primo Rossi. Lembrança da propaganda da concessionária VW de Sampa.

  5. Alexander Rossi, piloto americano.

    Manor Marussia, motor Ferrari.

    Haas F1 – americana que fará sua estreia ano que vem com apoio da Ferrari.

    Não pode ser uma mexida de pauzinhos entre Haas e Ferrari para que a equipe possa ter um piloto americano em um de seus cockpits do ano que vem?

  6. Rafael Bilibio disse:

    Isso tá me cheirando a “teste patrocinado de fogo” da HAAS para ver se o Rossi tem qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>