DICA DO DIA

obamaseifnedl

SÃO PAULO(será que dá?) – Já tem um tempo que Jerry Seinfeld colocou no ar uma série de vídeos chamada “Comedians in Cars Getting Coffee”. Basicamente ele pega algum carro de alguém, ou de sua coleção, que entre outras coisas tem 47 Porsches — até a última contagem conhecida –, vai até a casa de algum comediante (mas pode ser também um ator, cantor, qualquer celebridade que ele considere apto a participar, segundo critérios bem próprios), pega o sujeito e leva para tomar um café. No caminho, fazem piadas, falam de carros, contam histórias, comentam atualidades.

[bannergoogle] Eu não acompanhei a série que o fez famoso, mas sei de suas qualidades — sou ruim de séries, consegui ver “Lost” e “Breaking Bad”, só, e agora estou assistindo a “Mad Men”, mas creio que vou levar uns dois anos para terminar. O sucesso de “Seinfeld” conferiu a Jerry um enorme prestígio na América do Norte. Tamanho que, no último vídeo, o cara simplesmente foi buscar em casa… o presidente dos EUA.

Barack Obama se divertiu com o ator e seu Corvette 1963 — um dos carros americanos que estariam na minha lista de, sei lá, “50 mais”. Eles tentaram sair da Casa Branca para um rolê, inclusive, mas não conseguiram. No fim, o vídeo, além de divertido — Obama é um cara divertido –, acaba jogando no ar uma boa discussão: sobre os limites da liberdade de alguém que ocupa cargo tão importante.

O presidente americano não sai de sua casa, a não ser numa limusine a prova de ataques nucleares — Obama brinca com isso, também. Diferentemente de outros líderes mundiais, sua vida não é dele. Outro dia me mandaram uma foto de Angela Merkel no supermercado. Nem sei se é verdadeira. Mas, de qualquer forma, é algo vedado a presidentes dos EUA.

Foi o Eric Darwinich quem mandou o vídeo. Para quem não entende inglês falado muito rápido, já que os dois falam pelos cotovelos, tem uma opção de colocar legendas, o que ajuda bastante.

Maior barato, tudo. Seinfeld, Obama, o Corvette.

Comentários