SERIA LEGAL

273604_571264_tracado_ibirapuera

SÃO PAULO(mas…) – Lucas de Grassi disparou um press-release que reproduzo quase na íntegra abaixo, com uma sugestão de traçado para a Fórmula E em São Paulo, no Ibirapuera. Vejam:

Lucas Di Grassi fez um breve ensaio de como e onde seria o palco ideal para a primeira corrida da Fórmula E no Brasil. “Acho que São Paulo, por ser a maior cidade do país, no Parque do Ibirapuera, que é o coração verde da cidade, onde as pessoas praticam atividades físicas e há um belíssimo cenário”, disse. “Além disso, há a total possibilidade prática de se fazer uma pista para a Fórmula E correr lá”, continuou.

O traçado desenhado por Lucas tem 2.105 metros de extensão, dez curvas e sentido anti-horário. Tem a reta de largada na Avenida Pedro Álvares Cabral, em frente à Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (sentido Avenida Brasil); em seguida, o traçado segue o contorno do Movimento à Bandeira, no encontro com a Avenida República do Líbano, e segue até entrar no parque pelo Portão 9. Dali, segue o contorno do lago (paralelo com a Avenida República do Líbano) numa longa e veloz curva à esquerda, fechando com um ‘cotovelo’ também à esquerda, levando pela pista de caminhada e fazendo todo o contorno pelo lago até a saída, novamente, para a Avenida Pedro Álvares Cabral. Os boxes ficariam na mesma avenida, no sentido Centro.

Voltei. O que vocês acham? Daria para fazer. Mas seria necessário um tapa no asfalto do parque, que é dose. De qualquer maneira, fica a sugestão. E ela não é ruim, não.

Aproveitando, Paris definiu o traçado de sua etapa elétrica, marcada para abril: em volta do Hôtel des Invalides, pertinho da Torre Eiffel. Vai ser difícil bater os franceses no que se refere a cenário.

Comentários