MENU

segunda-feira, 23 de maio de 2016 - 17:21Automobilismo internacional, One comment

ONE COMMENT

Nasceram de novo. Os três.

18 comentários

  1. Brabham-5 disse:

    Um imbecil que deixou o carro voltar pra pista, um chinês que não viu nem bandeira amarela nem o carro parado no traçado por causa da nuvem de poeira que subiu e invadiu a pista graças ao acidente do primeiro bocó e um moleque de muita sorte que não teve espaço nem tempo para desviar dos acidentados e mais sorte ainda do carro do chinês pateta não cair na sua cabeça.

    Na “base”, na F3 e na GP2 tem uns 5 ou 10% do grid que tem algum talento. O resto é um monte de moleque sem noção causando acidentes estúpidos desse jeito.

    Podem me chamar de preconceituoso, mas esse negócio piloto chinês, indiano…não engulo.

    E os “pasta de amendoim” tem de ficar na Indy Lights, na Nascar correndo em oval…lá onde o povo gosta de se ralar e acabar no muro.

    F3 européia tem de ter um nível melhor.

  2. Renato de Mello Machado disse:

    Button e Hamilton descartam correr na F Indy por ser perigosa.

  3. Rafael Walter disse:

    A velha história de ver uma bandeira amarela ou neste caso um carro na pista e não tirar o pé… os caras simplesmente correm como loucos.

  4. ALEX DOS SANTOS disse:

    Já a segunda que o Piquet gasta, faltam 5.

    • Amaral disse:

      Pois é. Bem lembrado. E o pior q tem umas pancas que gastam mais de uma numa vez só. O pai gastou umas cinco vidas de uma vez lá em Indy, se é com um daqueles carros da década de 80, estaríamos preparando os 25 anos de falecimento dele no ano que vem.

  5. Alvaro Piquet disse:

    Um absurdo completo uma pista de corrida ter uma área de escape que levanta poeira como se fosse terra batida.
    Se fosse no Brasil a imprensa estaria reclamando estrepitosamente.
    Inominável.

  6. Toni Casagrande disse:

    A cortina de poeira gerada pelo carro 03 causou a panca.

    Mas, falando em sobrevivência, onde foi parar aquele Pedro Piquet que passeava na F3 tupiniquim e que agora anda no terceiro pelotão da F3 Euro? Inclusive com resultados piores que os do “Sem Camara”?

    • João disse:

      Campeonato fraco, pilotos sem expressão, de longe o melhor equipamento do grid. ..quando encontrou concorrência de verdade deu nisso. E a equipe dele é das melhores.

    • Roberto Mota disse:

      Eu me pergunto a mesma coisa, Toni.

    • Rafael Vieira disse:

      É Toni, enquanto o Novo Gênio que resgataria o nome Piquet das Trevas disputava os 100 metros rasos de tênis Asics e os seus concorrentes descalços, o menino arrepiava, mas quando foi pegar gente mais gabaritada, ai esta o resultado. Ele já penou na Nova Zelândia correndo a Toyota Racing, onde não mostrou toda a genialidade novamente. Todavia, eu acredito que seu pai esteja fazendo essa primeira temporada com investimento baixo para que o menino aprenda, depois quem sabe ano que vem volte a dar a ele o Asics para deixar ele voar, mas ainda assim, mostra que a F3 Brasileira é uma piada.

    • Rodrigo Vilela disse:

      É o primeiro ano dele na Europa, e em uma equipe apenas mediana. Deixem de frescura!! Brasileiro só sabe malhar os outros!!

  7. Pinho - Bauru, SP disse:

    Baralho! que panca! Anjo da guarda estava de prontidão… dos três!

  8. MarcioD disse:

    Depois disso tudo vão ter de aumentar bastante a largura da faixa de grama antes da caixa de brita, não se enxerga nada num “poeirão” desses.

  9. Márcio Jap disse:

    Pedro Piquet já gastou duas vidas, quantas será que esse moleque (no bom sentido da palavra) ainda tem no tambor?

    E o coração do Nelsão, até quando será que aguenta?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *