MENU

Thursday, 19 de September de 2019 - 22:07Rádio Blog

RÁDIO NICK B.

“Panis et circenses”, com os Mutantes, é algo quase sacro. Mas, com a permissão do nosso curador musical Nick B., sugiro humildemente assistir também a esta gravação com Gilberto Gil no Municipal do Rio em 2012 com a Sinfônica Petrobras.

8 comentários

  1. Paulo says:

    Várias “invernadas” em Rancharia/SP, o Dinho Leme é parente do Reginaldo Leme???

  2. Marcos Alvarenga says:

    Depois que descobri a rádio JB aí do Rio minha internet do celular passou a durar bem menos que o habitual. Preferência absoluta.

  3. Ricardo Bigliazzi says:

    Gosto mais da versão do show deles na Inglaterra (onde são mais reconhecidos que no Brasil dos dias de hoje) no Barbican Theatre em 2006, é um espetáculo de chorar de emoção (tem no youtube).

  4. rafaelle says:

    e o pessoal ouvindo com aquela cara de “sala de jantar”
    essa musica é linda maravilhosa e completa de alusão e significados
    “eu quero me conhecer” mas eles só nascer e morrer
    “eu quero acabar com meus vícios” mas eles só nascer e morrer
    “eu posso fazer e natureza vai me responder” mas eles só querem comer
    “eu me pareço com elas mas não sou como elas” que nascem para morrer
    “pois a vida é infinita na Verdade” não é só pão e circo

    eu queria elogiar só o Flavio Gomes pelo blog, mas todos fazem desse blog um lugar especial. Grato a todos.

  5. Léo says:

    Espetaculares as duas versões!

  6. mario aquino says:

    Isto não é para qualquer um, é preciso tutano para que se possa entender.

  7. Nick B says:

    E lá fui eu, Fla, ouvir a sua sugestão deste clássico com Gil e a Sinfônica da Petrobras.
    Sem palavras!
    Delicadeza e pujança harmonicamente combinadas.
    Que orgulho da música brasileira!
    2012 foi agorinha mesmo.
    E como dizia Gonçalves Dias: E tudo isso agora, onde para? Onde anda a ilusão dos meus sonhos? Tantos projetos risonhos,nesse engano.se desfez.

    Mas não. Não vão nos derrubar.
    Em frente!

    Nick B.
    (PS: Juro que ia ser o Chico por tudo o que rolou hoje. Mas Panis ficou na minha cabeça o dia todo. Julinho da Adelaide há de me perdoar).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *