FICOU CARO

SÃO PAULO (prioridades) – Esse adesivinho amarelo escrito “Jumbo”, que não deve ter mais de 10 cm de largura, rendia a Max Verstappen 1,5 milhão de euros por temporada. Havia mais de dez anos a rede de supermercados holandesa patrocinava o piloto de seu país. E ainda gastava 20 milhões de euros por ano com a Visma, maior equipe de ciclismo do mundo.

Pois a farra acabou. A direção do mercado resolveu economizar em patrocínios esportivos e cortou a verba. Tom van Veen, novo diretor da empresa, disse que assim será possível baixar os preços nas gôndolas. “Não temos uma operação global e nem somos a maior rede de supermercados da Holanda”, justificou.

E que importância tem isso? Não muita. Mas me fez lembrar, claro, do Jumbo Eletro, a cadeia de hipermercados do Pão de Açúcar nascida nos anos 70. Primeiro era só Jumbo, como o mercado holandês. Mas aí a rede Eletroradiobraz foi comprada pelo Pão de Açúcar e suas lojas viraram Jumbo Eletro. As lojas grandonas da ERB tinham uma baleia como símbolo, pelo tamanho gigantesco.

Vi um carro de F-1 pela primeira vez dentro de um hipermercado desses, no Aeroporto. É esse da foto aí embaixo. Pelo menos é o que minha memória registra, insisto. As lojas Jumbo Eletro depois foram convertidas em Extra, e agora parece que foram vendidas, também. Essa do Aeroporto, que expôs carros de F-1 antes do GP de 1972 (é do que me lembro, sei lá se aconteceu), hoje pertence ao atacadista Assaí. De vez em quando vou lá.

Não tem mais carro de F-1 exposto.

Subscribe
Notify of
guest

28 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Renato
Renato
1 mês atrás

Um bom tempo atrás, te enviei uma foto minha (com uns 2 anos) tirada nesta loja sentado ao lado deste carro, a Lotus do Emerson. Você postou aqui no Blog. abs

Sandro
Sandro
1 mês atrás

Momento nostalgia: nos anos 80 tinha em Maringá – PR o Supermercado Pão de Açúcar – Jumbo. Passou um tempo eu fui lá e… ué, mudou o nome para Jumbo Eletro!
Anos se passam e o nome muda para Muffatão!

Jopa
Jopa
1 mês atrás

Neste Jumbo do Aeroporto andei em cima de um Elefante, numa atividade promocional, tinha uns 5, 6 anos rsrsrsrsrs

O crítico
O crítico
1 mês atrás

O Jumbo de Beagá era bem grande, um verdadeiro hipermercado. Deve ter sido aberto em 1973 ou 1974. Ficava bem perto de onde morava quando criança. Mesmo quando mudamos minha mãe não deixou de frequentar e sempre nos levava. Sofreu um incêndio ainda mos 1970s e foi reconstruido em pouquíssimo tempo. O prédio existe até hoje, agora como Açaí Atacadista.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Essa loja da foto foi iconica, se não me engano a primeira loja desse tamanho na Cidade de SP. Tempo legal, asa minhas memorias dessa época também carregam um suave tom de sépia. Saudades das tardes de Sabado vendo aviões subir e descer em Congonhas, saudades do meu Tio Gilberto que de vez em quando aliviava a barra do meu Pai e nos levava para passear no Aeroporto.

Tarso Holanda
Tarso Holanda
1 mês atrás

Era uma baleia? eu juraria que era um elefante, o símbolo.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
Reply to  Flavio Gomes
1 mês atrás

Depois da fusão as Lojas grandes se tornaram Jumbo-Eletro com o Elefante e a Baleia aparecendo juntos. Em Santo Andre o Jumbo era perto da Estacao e a Baleia era no antigo local da Fabrica do Ypiranguinha.

Caio Maranho Maia
Caio Maranho Maia
1 mês atrás

Lembro de no ano passado ter visto em exposição no shopping Higienópolis o carro Aston Martin F1, lindo demais o verde perolado, se quiser mando fotos para atestar.

Sergio Reis
Sergio Reis
1 mês atrás

Quero ver alguém lembrar do SUPERBOM….kkkk

Tiago Oliveira
Tiago Oliveira
1 mês atrás

A única participacao de Barrichello mas 24h de Le Mans foi na equipe Jumbo so lado do CEO Frits van Eerd que foi quem transformou o pequeno mercado em uma grande rede na Holanda. Frits, um apaixonado por corridas, correu ao lado de Rubens e do campeao de 88 Jan Lammers. Em 2022 ele teve que deixar o posto de CEO por, adivinhem? Lavagem de dinheiro e evasao de impostos. O mercado também é batizafo pelo elefante da Disney.

Ricardo
Ricardo
1 mês atrás

Lembro do antigo Bazar 13 (atual Pão-de-Açúcar) na baixada da Rua Cerro Corá em São Paulo, onde meu querido pai me levou e comprou um Caminhão Mercedez Cegonheira, chamado Super Trans-Car, com cinco carrinhos de plástico Corcel e Opala, e tinha uma portinha externa com ferramentas para abrir a capota do caminhão para cima. Memórias afetivas da infância feliz.

Rodrigo Pupo
Rodrigo Pupo
1 mês atrás

Moro do lado de uma antiga loja do Jumbo Eletro na Av. Santo Amaro. Era um cine drive in em meados dos anos 1970 e depois de 1985 virou um Pão de Açúcar.

Victor Penteado
Victor Penteado
1 mês atrás

O Jumbo do Jabaquara virou Pão de Açúcar. Minha mãe diz que na inauguração da loja tinha um elefante levando os clientes pra passearem pelo estacionamento.

Jopa
Jopa
Reply to  Victor Penteado
1 mês atrás

Cara, andei em cima dele, rsrsrsrsrs

Pedro Wolthers
Pedro Wolthers
1 mês atrás

Minha Garelli foi comprada aí

guest
guest
1 mês atrás

No subsolo dessa loja, o primeiro lugar onde vi um Lada, na concessionária do grupo (tinha outra na finada loja da João Cachoeira).

Formiga
Formiga
1 mês atrás

O Jumbo é um pouco mais barato que o Albert Heijn (supermercados holandeses). No entanto a chegada das redes alemãs Aldi e Lidl com preços mais baixos deve estar afetando isso e estão tentando reduzir os custos para diminuir os preços.

Chupez Alonso
Chupez Alonso
1 mês atrás

Jurava que este texto iria terminar em Pedro Paulo Diniz.

IMG_9135.jpeg
O crítico
O crítico
Reply to  Chupez Alonso
1 mês atrás

Por que não nos irmãos, já que acima se fala das Mil Milhas?

download (1).jpeg
João Paulo
João Paulo
1 mês atrás

Flávio, esse Jumbo do Aeroporto tinha uma lanchonete Wells (acho que era isso) no estacionamento, lembra? Idem na loja da Brigadeiro Luis Antônio.

Paulo Maia
Paulo Maia
1 mês atrás

Os carros todos coloridos, só um preto e só um prata.

Vinicius
Vinicius
1 mês atrás

Adorava ir no Jumbo. Tinha uma seção enorme de LPs. Imagina ir a um supermercado e voltar pra casa com arroz, carne, leite, detergente e um LP do Julio Iglesias. Maravilhoso.

O crítico
O crítico
Reply to  Vinicius
1 mês atrás

Rolling Stones, Uriah Heep, Queen, Casa das Máquinas, …

Fernando C
Fernando C
1 mês atrás

Jumbo Eletro eu não lembro, mas do Mappin, Mesbla e Arapuã!!!

Sou nostálgico e adorava quando ia em algumas dessas lojas comprar alguma coisa para casa, como um aparelho de som Polivox, ainda tenho os discos do meu pai em casa. Hoje é sem graça, quero comprar uma geladeira, entro em vários APP, filtro as minhas necessidades e compro onde está mais barato e com um prazo de entrega decente. Não vejo vendedores, pessoas na loja ou ainda desejo algum outro produto que ainda não posso ter!!!! Minha infância na década de 80 em São Paulo, foi bem interessante. Nas fotos antigas de carros, sempre reparo nas cores dos carros. Pq o mundo hoje só faz carro preto, branco e cinza!?
Abraços e não deixe esse blog morrer.

Ilmar
Ilmar
Reply to  Fernando C
1 mês atrás

No início dos anos 2010, eu li numa Superinteressante, que desde o final dos anos 1990/início dos anos 2000, os carros passaram a ser pintados majoritariamente em preto, prata ou cinza e branco, para não chamar tanto a atenção dos criminosos, pelo menos aqui no Brasil.

Paulo Antonio Rickli
Paulo Antonio Rickli
1 mês atrás

Boa tarde !
Falando de patrocínio , e as 12 horas de Interlagos ??