QUADRA | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

segunda-feira, 7 de maio de 2012 - 17:37Automobilismo internacional

QUADRA

SÃO PAULO (bico) –  Quatro DKWs nas quatro primeiras posições das 6 Horas de Spa ontem. Foi muito tranquilo. Na estreia do R18 Ultra (é o nome que usamos para esses carros), o trio formado por Romain Dumas, Loic Duval e Marc Gené ficou em primeiro depois de 160 voltas. O outro Ultra ficou em terceiro. Os dois R18 e-tron quattro ficaram em segundo e quarto.

Vai dar DKW de novo nas 24 Horas de Le Mans em junho. Ou alguém acha que a fábrica de Corolla pode ameaçar?

24 comentários

  1. Nelson disse:

    Tenho uma audi avant v6 e não trocaria por 10 toyotas novos.Mas nem sonhando.Nesta estou totalmente com o FG: viva as argolas!!!!

  2. marcos jose disse:

    O R18 e-Tron vai fazer historia em Lemans , o japonês que respeito só é o Mazda que venceu em 1991 os outros são figurantes.A Toyota está fazendo que no tempo da f1 gastando dinheiro em testes privados em vez de desenvolver em pista de competição, jogando dinheiro no lixo e depois dizendo que os custos estão altos para justificar o fracasso. Melhor tomar pau na pista com os concorrentes do que treinando em particular , a Audi apanhou mas aprendeu a lição será que a Toyota faria o mesmo? Duvido. Parabéns a Audi pela humildade de reconhecer na derrota o segredo da vitória.

  3. Guto Kleien disse:

    Concordo e também espero outro bom resultado da Audi em Le Mans. Só que definivitamente não espero vida fácil. Se a vitória vier, será com muito suor e trabalho. Abraços.

  4. gera disse:

    Vem aí o DeltaWing!

  5. Vinicius Torres disse:

    Correndo contra ninguém é mole!!

  6. Vinicius Torres disse:

    Correndo sozinho é fácil da Audi ganhar!!!

  7. Roberto disse:

    Se depender da tecnologia e da telemetria a AUDI ganha! Mas, acho que este ano, na quebra de braço, vai dar Toyota! rs

  8. Rodrigo Felix disse:

    2014 tem Porsche…. esperem pra ver!

    Mas esse ano vou torcer q nem louco pelo batmóvel Pônei Maldito!! kkkkk

  9. Levi Davet disse:

    A Audi está correndo contra garagistas, por isso estão ganhando fácil.

    Os Audi de hoje nunca foram, nem nunca serão DKWs… Se tiver um parafuso de Belcar num Audi A3, já é muito.

    • Marcelim disse:

      Os Audi nem davam as caras na época do grupo C. E assistiam à briga Mercedes-Toyota-BMW lááá de trás, na esperança de que sobrasse algo para eles. Foi se o tempo que a categoria fornecia talentos para a F-1 em vez de fracassados desta irem para lá.

  10. Olivier Grouillard disse:

    Vai dar Batmóvel Nissan na cabeça! Os Audi vão ser os novos “pôneis malditos”!

    (ha ha ha, o batmóvel corre este ano ou no ano que vem?)

  11. Marcelim disse:

    A Toyota fabrica Corollas diesel desde a década de 80 e os atuais vendidos na Índia são tão ou até mais sofisticados e modernos que os frescos TDI da Audi, inclusive contando com turbina de geometria variável.
    Hoje, as Toyotas estão mais preocupadas com a tecnologia híbrida. É a diferença entre o marketing e a tecnologia aplicada nos carros de rua.

  12. Alan Ruggero disse:

    É difícil fazer qualquer tipo de previsão a respeito do novo protótipo da Toyota. Todos os testes foram privados – o último realizado a poucos dias em Magny-Cours.

    A Peugeot estreou em Le Mans, em 2007, com pole position. Mas eles já usavam o motor diesel. A Toyota vem apostando num protótipo movido a gasolina e motor elétrico, a ser utilizado apenas dentro do pit.

  13. Vitor disse:

    Olá Flávio, só um detalhe, os R18 e-tron quattro não são os que venceram le-mans, são os novos R18, hibridos. Os que venceram ano passado não estão mais correndo.

    • Flavio Gomes disse:

      Vou arrumar lá.

      • Alan Ruggero disse:

        Vitor, o R18 e-tron quatro é o novo modelo. Este é híbrido, dotado de Kerz. Mas o vencedor da prova foi o R18 Ultra, modelo que venceu Le Mans no ano passado e as 12h de Sebring deste ano.

      • Victor Costa disse:

        O Alan tá certo. O Ultra foi o vencedor, que é o Audi convencional. Na verdade a Audi está correndo no WEC sem concorrência desde que a Peugeot abandonou a competição. A Peugeot dava pau nos Audi em todas as corridas, menos em Le Mans. A Toyota poderá ser um forte concorrente, mas não esse ano, que vai ser dedicado ao desenvolvimento do carro.

      • Vitor disse:

        Olá Alan. Pelo que sei o R18 Ultra também é novo. O do ano passado era R18, sem sobrenome.

  14. nem corolla, nissan ou qualquer outra trapizonga que apareça. Com exceção dos Porsche, claro.

  15. Danilo Cândido disse:

    Não, definitivamente não ameaça. A “tecnologia” (sic) dos Toyota de rua é aplicada nos carros de pista, num processo inverso: não quebram, mas também não andam. Ainda que por um aborto da natureza TODOS os R18 quebrem nas 24 horas quem pode levar a taça são os Dome da Pescarolo ou os Lola da Rebellion. Já pode pôr na conta a 11ª vitória da Audi/DKW (com um bônus do Bentley/Audi em 2003) em Le Mans, ninguém tira deles ! E nesse ritmo irão igualar os 14 triunfos da co-irmã Porsche já em 2015…isso se estes não chegarem arrebentando.

    • Fernando Matias disse:

      Como você sabe que a Toyota está andando menos que o Dome S102.5? A Toyota se quer divulgou a potência e tempos do protótipo, e outra, ele corre na categoria gasolina!
      Portanto, os Audi’s vão correr somente contra eles mesmo! Tem de ficar esperto com a Toyota esse ano na categoria gasolina, eles contrataram bons pilotos.

    • Levi Davet disse:

      Amigo, sugiro pesquisar a respeito de um carro chamado Toyota GT-One… Depois me diga se os Toyota de corrida não andam…

      • Burrinho Batiquebra disse:

        Toyota GT-One TS020, não venceu em 98 e 99 graças à péssima escolha de pilotos e alguns azares durante a prova. Já a Audi apanhou que nem gente grande da Peugeout, que resolveu tirar o 908 HDI dos campeonatos de endurance alegando corte de custos.

        Como já foi dito, a Toyota não vai concorrer na categoria Diesel. Aliás, já era hora de acabar com os protótipos a diesel. Ok, todos já vimos como o diesel é bom, como o torque é assombroso etc, agora deveríamos voltar ao ronco de carros de corrida de verdade, e não de tratores.

        As 24h du Mans desse ano vão ser uma bosta, uma equipe correndo sozinha na ponta em categoria única e o resto espalhado atrás.

      • Fernando Matias disse:

        Bôa Levi! Eles não levaram em 1999 por causa de um maldito pneu da Michelin que estourou na Mulsanne, e consequentemente danificou o carro. Mesmo assim pegaram um pódio! O GT One era disparado o carro mais rápido daquela edição, apesar do motor com 50cv a menos que os Mercedes CLR(550 contra 600), atingiram a marca de 355km/h contra 349km/h do CLR e 325km/h dos BMW LMR V12 dados do site Mulsannes Corner.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>