BRASIL DOIDO | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

segunda-feira, 8 de agosto de 2016 - 22:59Autódromos, Brasil

BRASIL DOIDO

SÃO PAULO (não, não estou falando de Olimpíada) – Boa noite, macacada. Nessa maluquice dos Jogos, sai daqui, vai pra lá, resolve BO, perde o carregador de bateria, uma pequena curiosidade. Alguém explica os nomes das ruas deste bairro de Cascavel, no oeste do Paraná? O Alexandre Bisolotti mandou. Cara, tem Le Mans, Silverstone, Nürburgring, Indianápolis, Kyalami, Jarama, Mosport, Anderstorp, Nivelles, Watkins Glen e, claro, Interlagos. E Monza, Jacarepaguá e Paul Ricard. Do outro lado, Henfil, Cecília Meireles, Pablo Neruda, Mário Quintana. E os gregos.

Que deliciosa maluquice. O pessoal da cidade terá explicações? Aguardamos por Luc Monteiro.

Enquanto isso, vou dar uma passeada por Le Mans, com um pulinho em Nivelles antes. Já deu para ver que é um bairro muito pobre, periferia da cidade. Espero que um dia alguém olhe por ele.

brasildoido

14 comentários

  1. Rodrigo Rocha disse:

    Flávio, tem algumas ruas ligadas a F1 no Jardim Alzira Franco, em Santo André. Já vi Suzuka, Interlagos e José Carlos Pace.

  2. Magrão disse:

    Mto legal o nome das ruas desse bairro…mas pobre mesmo foi onde passei parte da minha infância, na rua Faenza,no Capão Redondo em SP… Vai ver já era uma homenagem a saudosa Minardi,hj Toro Rosso.

  3. Vitão disse:

    Em Barueri, perto no jardim santa Lucia, colado na rod. Castelo Branco, também tem várias ruas com nome de autódromos, São ao redor da caixa d´agua da SABESP, ao lado da rodovia .

    https://www.google.com.br/maps/place/R.+Silverstone+-+Parque+Santa+Luzia,+Barueri+-+SP/@-23.50582,-46.882983,17z/data=!3m1!4b1!4m5!3m4!1s0x94cf03c3b247192f:0x83e518a88abb46c4!8m2!3d-23.5058249!4d-46.8807943?hl=pt-BR

  4. Marques Goron R. da Silva disse:

    Não achei um bairro muito pobre não. Tem ruas bem traçadas e largas, mercadinhos, mercearias, escola. Pobreza está aqui na periferia da cidade de SP. Favelização total…

    • Juliano disse:

      Prezado Marques e Magrão (mais acima): FG, apenas com a ferramenta da web, conseguiu notar que o bairro é pobre e de periferia. Sou de Cascavel e sim, o bairro fica na periferia e sim, é um bairro pobre. Não é uma favela, e não foi isso que FG disse no post. A cidade tem bairros mais pobres? Tem sim. Tem favelas? Tem sim. Interlagos é o caso? Não.

      Os tempos estão tão doidos que agora existe até disputa pra ver quem é mais pobre, em nome da vitimização. Parece difícil entender o que está escrito e se ater apenas à isso.

  5. Luc Monteiro disse:

    Já ouvi que o importante não é saber, mas ter o contato de quem sabe. Como não sabia, submeti a consulta ao jornalista e historiador Alceu Sperança, cá de Cascavel, que de pronto me providenciou trecho de determinadas anotações suas sobre o bairro Interlagos, como segue:

    “Com o fim do ciclo madeireiro, a mecanização rural e a explosão da soja, os madeireiros que ficaram e os agricultores novos ricos investiram na urbanização de áreas antes ocupadas por sítios ao redor da cidade, formando loteamentos irregulares, legalizados a partir desse ano, na gestão Jacy Scanagatta.
    Um dos primeiros bairros a se regularizar foi o Jardim Interlagos, que homenageia o importante autódromo brasileiro. O bairro foi criado oficialmente em 28 de janeiro de 1977. Outro foi o Jardim Tarumã, legalizado em 1982, que homenageia um outro autódromo gaúcho, localizado em Viamão.
    Com a regularização de dezenas de loteamentos, a Secretaria de Planejamento da Prefeitura idealizou nomes temáticos para os bairros, de modo que o nome do bairro e as ruas componentes tivessem uma identidade comum, facilitando sua localização no conjunto urbano.
    Sendo um dos primeiros bairros a se regularizar e considerando a paixão dos cascavelenses pelo automobilismo, ao Jardim Interlagos coube homenagear o autódromo paulista e todas as suas ruas homenageiam autódromos do Brasil e do mundo: Indianápolis, Le Mans, Monza, Watkins Glen, Mônaco, Mosport, Anderstorp, Zandvoort, Paul Ricard, Jarama, Silverstone, Jacarepaguá, Kyalami, Nivelles e Nürburgring.
    Segundo o mesmo padrão, as ruas do Jardim Floresta têm nomes de aves, do Parque Verde tem (sic) nome de árvores, o Jardim Guarujá nomes de flores, Morumbi nomes de serras, Esmeralda nomes de pedras preciosas, o Parque São Paulo de vultos históricos paulistas e assim por diante”.

    A menção feita por outro leitor a Pedro Muffato faria sentido, mas não condiz com o que houve, portanto. Muffato, que vive em 2016 seu Jubileu de Ouro no automobilismo, foi prefeito de Cascavel entre 1973 e 1976. Encerrou o mandato antes do Jardim Interlagos existir.

  6. RICARDO GARCIA disse:

    Em Itapecerica da serra sp tb tem um condominio com Delfim Verde que todas as ruas tem nome de autódromos tenho uma area na rua Donington.

  7. Victor Santos disse:

    Gostei do site.. Vou acompanhar =)

  8. Renato de Mello Machado disse:

    É esquisito,poderia ter lavadeiras nas curvas das ruas,guardas dando bandeiras azuis,e cada sinal verde seria uma largada.

  9. Claudio disse:

    Sou de Cascavel e não sabia que o bairro Interlagos tinha essas ruas. Esse bairro é mais afastado e o índice de criminalidade lá era alto. Acho que recebeu uma das primeiras UPS do interior do Paraná. O nomes das ruas imagino que é porque Pedro Muffato foi prefeito na década de 70 quando o bairro deve ter sido loteado.

    • James Hunt disse:

      Lembrando que foi postado aqui mesmo nesse blog, o bairro do Autódromo, em Nova Iguaçu, com ruas com nome de carros.

      Tem um condomínio no final do Recreio dos Bandeirantes que é praticamente um bairro e as ruas quase todas tem nomes de desaparecidos políticos e/ou mortos no Brasil anos 69/70.

      Motivo pra nome de rua existem aos montes

  10. Firmino disse:

    Talvez isso explique: (Wikipédia) Pedro Muffato é um empresário, piloto de automobilismo e político brasileiro. Foi vereador e prefeito do município de Cascavel no oeste do Paraná. É pai de Pedro Muffato Júnior e do piloto David Muffato, campeão brasileiro de Stock Car. Compete na Fórmula Truck com sua equipe própria, a MP Competições e foi bicampeão paranaense com Fusca, em 1971, bicampeão em 1972, de Puma, vice-campeão em 1973 do Brasileiro de Divisão 4 e tricampeão da Cascavel de Ouro (1971, Puma Spartano; 1974, Avallone; 1975, Avallone)

  11. Reginaldo Nepomuceno Alves disse:

    Vale lembrar que o bairro em que eu cresci – Jardim Cláudio, Cotia, SP – também homenageia grandes circuitos. Morei na rua Le Mans, e já sabia da importância das ruas Silverstone, Kiyalami e Monza. Minha maior surpresa foi quando descobri a origem da rua Pedro Rodrigues, uma das mais longas e íngremes ladeiras do bairro.

  12. Elvys disse:

    Flavio, blz? O Top Gear USA exibiu hoje a viagem dos apresentadores para …..Cuba!!Tem até um dos caras pilotando um…..Lada!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>