MENU

quinta-feira, 18 de agosto de 2016 - 18:53Automobilismo internacional

E-JAG

SÃO PAULO (pilotos?) - A Jaguar anda toda empolgada com a Fórmula E. Mandou um aperitivo hoje. Falando nela, a Fórmula E, já tem gente graúda querendo fornecer as baterias para a categoria a partir da quarta temporada. É um negócio que não para de crescer.

10 comentários

  1. EduardoRS disse:

    Com gente grande entrando na disputa, a tecnologia vai dar um salto absurdo. Quando esses carros tiverem mais potência e duração de carga, será um espetáculo.

    Detalhe interessante: Total, petrolífera, fornecendo baterias. As grandes empresas do setor estão se dando conta que elas não vendem derivados de petróleo, elas vendem ENERGIA. Quem não entender isso, sumirá do mapa. Vide Petrobras, apostando todas as suas fichas no petróleo virtual do pré-sal.

  2. Reginaldo M. disse:

    Sem falar nos caçadores de Pokémon, que idiotice, pessoas sem cultura, vida artificial…. o mundo caminha para o fim, só pode

  3. Tiago S disse:

    Acho que em alguns anos a F-E será a principal categoria do automobilismo, é só observar que os investimentos e interesses das montadoras estão cada vez mais voltadas pra F-E, não sei dizer quando mas chutaria que em 15 anos será nessa categoria que os melhores pilotos do mundo vão estar buscando vaga

  4. Vitão disse:

    Enfim a velha piada sobre os componentes elétricos LUCAS ( the prince of darkness ) se tornarão realidade . Como diria o VELOZ HP , o horror, o horror …..

  5. Alessandro Silva disse:

    Apesar de não ser fã mas também não ter nada contra a Formula E, acredito que a Formula 1 tem apenas duas saídas para sobreviver no futuro à médio prazo. E para isso é preciso tomar tas decisões o mais breve possível.
    A primeira é abandonar de vez o os motores à combustão interna e aderir completamente aos motores elétricos com mais potencia e velocidade, mantendo pneus slick, tornando-se assim a categoria top dos carros elétricos.
    Ou abandonar definitivamente toda essa parafernália motriz adotada em 2014 voltando às suas origens de categoria máxima do automobilismo e tendo os carros muito mais velozes do que qualquer outra categoria.
    Não acredito que esse “meio termo” carro hibrido tenha futuro nem nas pistas nem nas ruas. E não estou falando do atual momento, mas sim de futuro.

  6. sandro disse:

    A Formula E é muito bacana, gosto e assisto, mas pra “pegar” de verdade precisa ter mais corridas e ser mais divulgada, muito mais divulgada, nem a própria Fox Sports faz um bom trabalho de divulgação, até mesmo a F-E é meio atrapalhada em suas divulgações.

  7. Renato de Mello Machado disse:

    Poderia andar mais ou igual a F1,pois só assim vai sair do limbo.Pelo menos um brasileiro já é campeão.

  8. Fernando Monteiro disse:

    Este será o futuro. Carros elétricos, depois teremos os que andam, correm, sozinhos. Não vai demorar para a Roborace se tornar realidade e ainda por cima dotados de inteligência artificial, para adotar estratégias, tempo de voltas e etc. Lembram do filme A.I – Inteligência Artificial?? Então é por aí…

    • Fernando Monteiro disse:

      Não sei se você irá publicar isso Flávio, mas mesmo assim vai um desabafo. Caso não publique, também está valendo. Estava esses dias vendo um vídeo do tal cachorro robótico da Google e fiquei deprimido com aquilo. Ainda bem que não viverei para ver esse futuro. Não é para mim, sou do tempo que em que se podia ouvir uma boa música em minha vitrola. Eu passava em uma loja de discos, sim existiam lojas de Lp’s e K7′s, comprava um bom álbum e quando chegava em casa depois de um dia cansativo do trabalho o ouvia calmamente. Costumava abrir o jornal para saber a programação das rádios FM – sim, também existia isso, as rádios FM tinham programação impressa nos jornais – ou então assistir a sessão comédia na sexta feira noite, essas coisas que hoje podem soar bobas e sem sentido, mas eu gostava. Para mim viver intensamente é obter prazer dos bons momentos, saber a qualidade do momento, e não essa quantidade de atividades que as pessoas andam fazendo às pressas. Ah a pressa, sempre a tal pressa que as propagandas pregam hoje. Tudo é correria hoje em dia.

      • Paulo F. disse:

        Voto com o relator!
        Caminhamos para ser a sub-humanidade!
        Vide Ira Levin com “Este Mundo Perfeito”. Estamos chegando lá!
        E um número cada vez menor de pessoas lê livros! É assustador e deprimente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>