SOBRE ONTEM DE MANHÃ | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

segunda-feira, 4 de setembro de 2017 - 9:50F-1

SOBRE ONTEM DE MANHÃ

itadom177

Hamilton, o rei de Monza: quarta vitória na Itália, sexta no ano, 59ª na carreira

RIO (resumindo) – Achei que depois da corrida Verstappinho iria soltar seus cães de tamancos sobre Massa, mas nem isso. O holandês ficou bravo na hora do pneu furado, mas depois sossegou o facho. Achei que a Ferrari poderia entrar em crise por ver seu ex-líder chegar mais de 36s atrás do vencedor da prova, mas o discurso foi “nas próximas pistas a gente vai andar bem” e “o que importa não é liderar o campeonato, mas sim vencê-lo”. Pff.

Só mesmo o presidente Sergio Marchionne ensaiou alguma crítica, tipo “foi embaraçoso“, mas ele não é um Luca di Montezemolo, que quando reclamava fazia tremerem as bases de toda a região de Modena. Marchionne está mais preocupado em vencer a Fiat-Chrysler para os chineses do que com corrida de F-1. Falou por falar. E como mencionar “crise” no dia em que a Ferrari renova com a Philip Morris no contrato de patrocínio mais esquisito do mundo, já que é proibido fazer propaganda de cigarro na F-1 há mais de dez anos?

Assim, o rescaldo do GP da Itália está tão morno quanto foi a corrida. Até a foto escolhida para abrir esta aguardadíssima postagem não tem nada de muito especial. Nada de polêmicas, nada de desespero, nada de muito especial, na verdade. Ricciardo, com justiça, ganhou do amigo internauta o título de “Piloto do Dia”. Algumas de suas ultrapassagens foram muito bonitas e ele se divertiu à beça no Parco di Monza.

De fato, ninguém teve uma atuação mais destacada que ele, saindo de 16º no grid para quarto no final. Isso depois de fazer o terceiro tempo na classificação. Mas perdeu 20 posições no grid por troca de componentes do motor e mais cinco por troca de câmbio. Não só ele. Nada menos do que nove pilotos sofreram punições após o treino que definiu o grid, fazendo com que apenas Hamilton mantivesse a posição original conquistada no sábado. Não é incrível? Montar o grid, com tanta gente punida e perdendo de 5 a 35 posições, foi um quebra-cabeça dos infernos. O que nos leva ao…

NÚMERO DE MONZA

los150…posições, no total, foi a soma das punições a esses nove pilotos, a saber: 10 para Sainz Jr. (motor), 35 para Alonso (motor), 25 para Ricciardo (motor e câmbio), 20 para Verstappen (motor), 10 para Hülkenberg (motor), 15 para Palmer (motor), 25 para Vandoorne (motor), 5 para Grosjean (câmbio) e 5 para Pérez (câmbio). Com isso, Magnussen, eliminado no Q1, acabou largando em… décimo! A última fila teve Grosjean e Alonso. Como chegaram a essa formação, não sei direito.

Muita gente ficou estrilando pelas redes sociais porque Massa não passou Stroll, apesar de ter ficado muitas voltas colado no jovem parceiro, e em várias delas podendo abrir a asa móvel.

Acho que entendo. Havia o risco de uma colisão, como quase aconteceu na última volta, tirando os dois da corrida. Seria uma burrada monumental. A Williams precisa dos pontos. Conseguiu dez ontem, subindo para 55. A Toro Rosso, sua mais direta perseguidora, zerou e estacionou nos 40.

Pontos no Mundial são importantes para montar o orçamento da temporada seguinte. A premiação em dinheiro que cada equipe leva por sua posição final na tabela pesa muito na hora de fazer o balanço financeiro do ano. Por isso, para a Williams, manter o quinto lugar no campeonato é fundamental. E a briga está boa. Porque além da Toro Rosso, Haas (35) e Renault (34) também namoram o top-5. Os quatro primeiros parecem definidos e dificilmente haverá alguma alteração na ordem: Mercedes, Ferrari, Red Bull e Force India.

Assim, Massa está perdoado. Melhor dez pontinhos na mão do que zero voando pelas caixas de brita de Monza.

Já a Mercedes fez o máximo possível, 43, pela terceira vez no ano — as outras dobradinhas foram no Canadá e na Inglaterra. Mas Hamilton segue cauteloso porque sabe que a Ferrari ainda tem força para reverter o quadro. Afinal, ele precisou de nada menos do que 13 corridas para assumir a liderança. Por isso, já avisou:

A FRASE ITALIANA

sobreita172

“Beast mode”: vai precisar

“Vai continuar sendo uma disputa muito apertada até o fim, e por isso tenho de manter ligado o ‘beast mode’ até a última bandeira quadriculada da última corrida do ano.”

“Beast mode”, modo besta-fera, gostei do nome que Lewis Hamilton escolheu para definir seu estilo nesta temporada.

O domingo foi tão sossegado para Hamilton que ele mal falou da prova em suas redes sociais hoje. Preferiu mandar um recado para a cantora brasileira Anitta, que lançou ontem mesmo seu primeiro clipe de música composta e cantada em inglês, “Will I see you”.

Os dois se conheceram em 2016 e Lewis elogiou o esforço de Anitta na sua cruzada para conquistar o mercado internacional. Chamou a música de “incrível” e deu os parabéns a ela pelo trabalho. Se você ainda não viu, o clipe está aqui e, de fato, é muito bonito — a menina nascida no universo funk carioca tem feito incursões musicais em outros idiomas e estilos, e “Will I see you” é uma canção que lembra a Bossa Nova.

Voltando às coisas das pistas, fera de verdade ficou Alonso de novo, com outro abandono. Mas, desta vez, o problema foi num sensor do câmbio, que estava dificultando que ele subisse as marchas de modo apropriado. Por precaução, a McLaren pediu que ele parasse no final da corrida, abandonando depois de 50 voltas. Vandoorne, por sua vez, quebrou o motor, mesmo, embora tenha trocado toda a unidade de sábado para domingo.

alorenmeme

Alonso: esperando pacientemente por notícias

Ou seja, a Honda segue na merda. E, apesar disso, FIA e Liberty fazem gestões para que os japoneses não abandonem a categoria, deprimidos e derrotados, uma vez que a McLaren está aparvalhada atrás de outro motor — negocia com a Renault, que é o que sobrou, mas se a Lada oferecer alguma coisa é capaz que peguem. Se a equipe inglesa conseguir fechar com os franceses, restará à Honda tentar uma negociação com a Toro Rosso. E olhe lá.

E é claro que a cada crise McLaren-Honda a turma aproveita para criar memes com imagens recentes de Alonso, como esse aí em cima que pesquei num perfil do Twitter chamado “F1 Images”. A legenda diz: “Patiently waiting for news”.

Numa corrida tão previsível, o que sobrou de bom e ruim para nosso “Gostamos & Não gostamos”? Terei de apelar para o sábado.

GOSTAMOS

sobreita173

Stroll: ótimo na chuva

…do ótimo quarto tempo na classificação que <<< Lance Stroll fez na chuva. Com as punições à Red Bull, pulou para segundo no grid e tornou-se o mais jovem a largar na primeira fila de um GP. No fim, acho que fomos (fui) injustos com o rapazinho. Começou mal o ano, é verdade. Mas já tem até pódio.

sobreita174

Max: apressadinho

NÃO GOSTAMOS

…da pixotada de Max Verstappen >>> na refrega com Massa, logo na terceira volta. É muito cedo para tentar uma manobra que sempre carrega algum risco. Muitas vezes uma ultrapassagem tem de ser construída em três, quatro, cinco voltas, até o bote definitivo. O menino anda meio afoito.

E acho que mais do que isso não precisa falar sobre o enfadonho programa dominical italiano. Mesmo assim, se depois de escrever tudo isso vocês não entenderam ainda que não gostei da corrida, OK, eu desenho.

Melhor dizendo: nosso cartunista oficial Maurício Falleiros desenha.

Falle1ros

monzzzafal

44 comentários

  1. Anselmo Coyote disse:

    A melhor corrida do ano.

  2. Fabio Tust disse:

    Assisti a corrida pela NBC e os caras estavam comentando sobre o Stroll e o Villeneuve e falando a Williams pediu para que o Jacques não apareça mais nos boxes deles durante os GPs. Uma pena essa relação ter azedado tanto pelo comentários do Villeneuve sobre o Stroll. Sempre acho legal ver ex-pilotos, ainda mais campeões, participando dos GPs.
    Ainda sobre essa relação estranha entre os dois canadenses, achei bem estranho o Stroll naquele Griil to Grill não reconhecer uma imagem de um podium com o Villeneuve nos ombros dos outros pilotos. Alias, recomendo assistirem a esses vídeos de perguntas e respostas que estão fazendo com as duplas de pilotos, é muito legal ver a interação, principalmente pelas diferenças de idade/geração e como isso afeta no conhecimento deles.
    https://www.youtube.com/watch?v=pI-czDDb5so

  3. Brabham-5 disse:

    Monza, 1986.
    Quando a Williams era uma equipe respeitável e tinha uma dupla de pilotos respeitáveis, principalmente o piloto brasileiro. Quando não existia “asas móveis” e EXCESSO DE DESCULPAS para defender um brasileiro INCOMPETENTE. que leva pau de companheiro de equipe por toda equipe em que passou na carreira.
    Quando a Williams podia porque tinha ambição, QUERIA lutar por títulos e não por pontinhos minguados e não reservava seus assentos para pilotos PAGANTES.
    Vejam ai o final da corrida de Monza numa disputa Piquet x Mansell e comparem com as duas baitolinhas Stroll e Massa.
    Sem mais.
    https://www.youtube.com/watch?v=xFFArOxNdsw

  4. rogerV disse:

    Charge matadora! A corrida foi uma das mais mornas do ano! Massa não passaria por Stroll sem risco… e como não tinha um carro ‘superior’, fez o melhor pela equipe! Além do mais, não vai passar dos 70 pontos no final do campeonato! Ou alguém acredita que sim? (sem desmerecer de forma alguma, a pilotagem de Felipe)

  5. ags disse:

    BOMBAAAAAAAAAAAA…
    Comunicado oficial da Williams..
    Foi assinado um pré contrato com o Pig…..
    Bombaaaaaaaaa..
    Vai ser piloto reserva do Stroll.em 2018…………………………………..

    • Amaral disse:

      Vou fingir que não é uma piada, beleza? E das bem sem graça.
      Fora da F-1, onde o Massa aparecer e fechar contrato ele corre. Indy ele só não vai pq a mulher não quer ele correndo em oval. Babaquice? Não acho. Cada casal sabe de sua vida, se ele aceita e é feliz assim, foda-se o resto.
      F-E? Ele corre em 90% das equipes de lá.
      O que é difícil pra gente aceitar é que ele é respeitadíssimo no meio, mesmo não tendo sido campeão do mundo. É muito mais respeitado fora do que dentro do Brasil.
      É difícil pelo nosso complexo de vira-lata, que ou a gente tem que ser o maior do mundo ou então não presta nada.

  6. Victor disse:

    Flavio, já dá pra considerar o hamilton um dos maiores de todos os tempos? (na sua opinião, claro)

      • Luigi disse:

        Eu gostaria de ver ele com a McLesma do Alonso, se ele obtivesse resultados melhores, eu o deputados como o melhor de todos os tempos. Automobilismo é um esporte de carro e piloto e quando há a junção dos dois melhores no momento tudo fica mais fácil.. Com carro ruim não há bom piloto que brilhe,Pascal que o diga..(mais um que estupidamente praticou sucidio esportivo,ao aceitar pilotar por uma equipe,que para ser chámada de ruim; tem que melhorar muito.)

      • Luigi disse:

        Desculpem o erro, eu não estou acostumado a escrever diretamente com smartphone
        Eu quis dizer : “Reputaria como o melhor de todos os tempos” e não o que está no texto.

      • Bola da Vez disse:

        Você sabe que não é adequado falar palavrão nos comentários. Controle-se da próxima vez.

  7. Ricardo Bigliazzi disse:

    Esse Alonso é um “puta” piloto. A Mercedes não o quer, bem como a Ferrari e muito menos a RedBull.

    O seu histórico é prova cabal como Ele sempre foi um “agregador” e “construtor de equipes campeãs” (melhor que o Piquet e o Schummy juntos).

    Falando na real… esse Pulha na verdade nem merece estar na Mclarem, que para mim esta sendo uma “banana” ao aguentar os xiliques e esculhanbações que esse Sr. “Eu não Sabia” vem fazendo nos últimos anos.

    A Mclarem é no minimo umas setecentas vezes maior que esse idiota e seria muito divertido vê-la dar um pé na bunda desse boçal..

  8. A Ferrari que reaja logo em Cingapura porque o Hamilton vem embalado com duas vitórias consecutivas e se abrir 20 pontos como líder, adeus Ferrari e Vettel.. Enquanto o Verstappinho anda zicado o Ricardito se diverte. O Professor Massacrado levou um esbarrão do Verstappinho e tentou ultrapassar sim, o seu aluno Stroll na última volta ficando lado a lado, mas o Stroll não se intimidou e manteve sua sétima posição no limite. A McLaren já voltou a sua rotina de abandonos depois do sexto lugar de Alonso na Hungria, e do jeito que tá vai ser difícil se livrar da Honda pro ano que vem.

  9. ags disse:

    O Pig resumiu a corrida assim..
    Os formulas estão bem rapidos…eu não sei pra que tanta vecidade..afinal não é um esprote..e tem gente que não noção de como é bom andar devagar..

  10. Bola da Vez disse:

    Eu ainda acho que a bagaça deste ano é de Hamilton, mesmo com a pouca diferença de três pontos entre ele e Vettel. E digo porque: Bottas é um escudeiro mais firme e próximo de Hamilton do que Raikkonen de Vettel. E nem estou falando da potência do motor mercedes.
    Vettel só vai conseguir o título deste ano se contar com a sorte e a sorte ajudar, como ajudou em dois anos em que ele derrotou Alonso por poucos pontos.
    O problema é que Hamilton não é Alonso.

  11. Rodrigo Moraes disse:

    Para se ver como a crise é mundial: Hamilton, que já namorou Nicole Scherzinger, agora chaveca Anita…

  12. Francisley disse:

    Na TV e no App oficial da F1, o décimo colocado na largada foi o Perez e não o Magnussen.

    Estou até agora tentando entender como um piloto (Perez), pode se classificar em 11°, perder 5 posições e ainda largar em 10°…

  13. Minardi disse:

    Acho que o som favorito do Alonso é esse aqui…

    https://www.youtube.com/watch?v=JWSEZw97iYU

    O carrinho no final é lindo…

  14. Carlos Pimenta disse:

    Perfeita sua análise da Williams. Ali, a ordem dos pilotos não validaria nada na tabela de construtores. Portanto, tragam os carros para casa e tudo bem. Massa fez o correto.

  15. clodoaldo lelli disse:

    então se na são silvestre o queniano tivesse o bico do tênis descolado se só passar um superbonder ele larga no pelotão intermediario se trocar por um tênis novo larga atraz do cara fantasiado de superman é mais ou menos isso que acontece na formula 1

    • Luigi disse:

      Você tem razão, estás punições são de uma idiotice sem tamanho.se já não bastasse o prejuízo com as peças e componentes ,ainda estragam a corrida da equipe e neste caso em especial o GP , pois tiraram a possibilidade da RedBull incomodar a Mercedes de Hamilton, pelo menos nas primeiras voltas.
      Carros como qualquer outra máquina , quebra e precisa ser arrumado, já pensou se o dono ou fabricante fosse punido por quebra quando o produto fosse usado por muito tempo ou ao extremo.?
      É difícil entender que está ideia tenha vindo de quem vive de e no automobilismo a muito tempo.

  16. Paulo Pinto disse:

    O garoto está mostrando que, além do papai rico, leva jeito pra coisa. A fama de novo Maldonado ficou para trás, da mesma forma como ficou o Massa em Monza.

  17. Massa disse:

    Flavio, discordo de vc quanto à posição do Massa, meu xará, infelizmente. Se fosse pelos pontos, a Force India já tinha demitido um dos 2 pilotos pelas patacoadas que já aprontaram nesse campeonato. Falta é atitude mesmo para o Massa. Ele mesmo declarou que estava mais rápido e caso ele fosse passar, a equipe daria preferência pra quem?? Se for para o Stroll, pode parar mesmo. Aliás, está se comportando como um aposentado. Melhor parar do que ficar se contentando em ficar no meio o no final do grid e achar que está bom e agora, na corrida, ficar atrás de um estreante tanto na classificação (um vexame no meu ponto de vista), quanto na corrida. Para nós brasileiros isso é humilhante.

    • Amaral disse:

      A missão do Massa era simples. Não era fazer do carro campeão, nem ganhar corridas. Era fazer o moleque aprender a andar e largar as fraldas. Só isso. Bastava um ano ou no máximo dois.

      Pra quem começou tão mal, até que o garoto vem evoluindo. E não podemos dizer que ele não tem se esforçado, pelo menos usa a grana que tem pra pagar teste privado dentro do que o regulamento permite. Ou seja, quer melhorar. Melhor um ruim querendo melhorar do que um ótimo achando que não precisa fazer mais nada.

      Pra você ter a ideia da importância do que um ponto significa, pergunte ao próprio Massa se ele gostaria de ter um ou dois pontinhos a mais naquele ano em que ele foi campeão do mundo por quinze segundos… Ou pro dono da Manor quando perdeu a nona posição do campeonato porque a Sauber fez um ponto a mais e isso foi uma “pázada de cal” na equipe.

    • David disse:

      Humilhante?
      Cara isso é só corrida!
      Ninguém tem obrigação de corresponder as suas expectativas.
      Quer melhor? Vai lá e faça!

    • Jader disse:

      O que mudaria na vida do Massa se ele ultrapasse o Stroll? Absolutamente nada. Jogou pelo time, até porque ele não precisa provar mais nada.

    • Celio ferreira disse:

      Sr. Massa , seu xará é um piloto experiente , ultrapassar ou não
      não mudaria nada pra equipe , e o risco de uma batida seria pior,´
      pois ultrapassar um menino que está louco pra se afirmar , seria
      realmente perigoso , agora se fosse outro adversário, com certeza
      teria tentado passar.

  18. Fernando disse:

    Acho que a pixotada foi do Max, certo? Ou a de Jos foi ter feito o Max? rs

  19. HERMES disse:

    A pixotada com Massa não teria sido com Max o filho do Jos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>