“GP ÀS 10″: ESPORTE X BUSINESS | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

segunda-feira, 1 de outubro de 2018 - 11:37Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: ESPORTE X BUSINESS

56 comentários

  1. CRSJ disse:

    Toto Wolff sentiu medo e calafrios tendo uma sensação de derrota dando soco na mesa quando Vettel passou Hamilton depois do Pit Stop, quando o Hamilton recuperou o segundo lugar ultrapassando Vettel o Toto Wolff nem pensou duas vezes em fazer o jogo de equipe, e o pobre do Bottas ainda pensou em devolução, pobre Bottas! Pelo menos o Toto não esconde nada de ninguém naquilo que faz, e já a postura do Hamilton ao tentar escapar da entrevista do Paul di Resta é que foi mais vergonhosa ainda.

  2. Bob disse:

    Cara, seu áudio foi resolvido agora falta resolver o áudio do programa Paddock GP feito por vocês, o programa é bom mas a voz dos participantes some e volta, fica alta e depois baixa, não da para assistir assim.

  3. Alfredinho disse:

    Hamilton vive dizendo que quer ser igual ao Senna, mas está a cada dia mais parecido com Schumacher.

  4. Celio ferreira disse:

    Acho que o medo de Toto , era Hamilton tentar ultrapassar Bottas , assim como
    fêz com Vettel, e dar alguma confusão que beneficiaria o Alemão. Arriscar
    pra que ? Bottas teve 15 corridas pra disputar o titulo com Hamilton e veja
    quantos potos tem hoje …não pode reclamar de nada…

  5. Gilberto Martins disse:

    Bottas irá receber o título de funcionário do mês.

  6. Marcelo disse:

    Em 2007 em seu ano de Estreia Hamilton pardeu o titulo por 1 ponto com a vitoria de Kimi no Brasil que Massa deixou ganhar.
    Ps: perdeu tb com os erros nas duas ultimas corridas.
    Acho que a formula 1 é assim ha algum tempo.

  7. Thiago Moyses disse:

    Eu, que sempre fui um fã fiel desde criancinha, e assisto até a corrida mais chata, vou fazer como outros fãs decepcionados, vou parar de dar audiência, de dar dinheiro para essa marca “Formula 1″. Não são negócios? Estou insatisfeito como cliente e vou tratar como negócios. Não é o produto que me venderam. Que apresentem melhor o produto “Formula 1″, que sejam honestos ao menos no anúncio do que vou assistir/consumir. Já cancelei minha inscrição no site da F1 que sempre recebia notícias e só não tinha o F1 Pro ainda por idiotice do sistema deles que não aceitava cartão de crédito brasileiro porque estou vivendo na Alemanha. E nem de débito alemão. Já cancelei o pacote do brasileirão no passado quando teve a palhaçada contra a Portuguesa. E olhe que sou Flamenguista – mas nunca aceitarei decisão antidesportiva que afete o resultado decidido em campo ou na pista. Quem quer defender isso, que morra abraçado com a Formula 1, cada vez mais despecando a audiência. Mas ainda irei ler seus artigos e ver seus vídeos, Flávio. O som agora está ótimo e com qualidade! Abração.

  8. Druyda Angelo disse:

    Ter uma opinião contra ou a favor faz parte da democracia. Mas em rede nacional comentaristas e narrador incentivando que fizessem isso de forma mais discreta, foi patético. Não gostei da atitude, mas foi feito às claras e assumido. Eu pude ter uma opinião formada porque tive como avaliar o que foi feito. Espero que o reflexo do que o narrador fez não repercuta nem incentive a maioria; preferir ser feito de bobo para não sujar o nome da categoria. Me poupe! Baniram todos os meus comentários com essa base no site da emissora que narrou o GP.

  9. clodoaldo lelli disse:

    eu ainda acho que o grande perdedor dessa historia foi o hamilton o cara teve a chance de fazer diferente seria exaltado seria comparado ao seu idolo senna que devolveu a vitoria combinada com o berger lembrada até hoje mas foi fominha fez igual ao shcumacher que como o FG disse apesar de todas as conquista ta la o famigerado gp da austria uma mancha na sua carreira

    • Paulo Pinto disse:

      Acorda, Lelli! Schumacher devolveu a vitória da Áustria em Indianápolis no mesmo ano. A vitória que Ross Brawn tirou do Rubinho, diga-se de passagem.

      O mal de vocês é um só: quando falam de algum “santo”, não contam o “milagre” por completo!.

      • clodoaldo lelli disse:

        então basta o hamilton deixar o bottas ganhar a proxima que apaga tudo ?
        não sou eu que esta dizendo que a austria é um ponto negativo na carreira do schumacher é como FG falou

      • Paulo Pinto disse:

        O problema é que vocês nunca citam que Schumacher devolveu a vitória da Áustria no GP dos Estados Unidos no mesmo ano.

      • Thiago Moyses disse:

        O que é mais grave ainda! Só evidencia a marmelada. E isso não limpa as estatísticas…

      • Fernando disse:

        Paulo, você quer uma lista das ocasiões em que Schumacher foi anti-esportivo ou mesmo vigarista? Não precisa né, você conhece todas. Nada disso diminui o grande piloto que ele foi, assim como não diminuirá Hamilton e os outros 50 que já fizeram isso.

      • Segafredo disse:

        Pinto….porquê então ele não devolve o título de 94 pro Hill….?? Ali a decisão foi só dele de acertar o Inglês, entende? Não, claro que vc não entende. Esses desesperos na Carreira do Alemão não o deixam jamais ser aproximado de Senna!!

      • Paulo Pinto disse:

        Thiago, marmelada foi na Alemanha/2010, onde a vitória não foi devolvida.
        Fernando, você fala, fala, fala e sempre diz a mesma coisa.
        Sennafredo, o título de 1994 é de Schumacher por direito!

      • Zanetti disse:

        Thiago, o Pinto nunca responde aquilo que é perguntado. Ele sempre inventa uma estatística diferente do assunto.

        Se você continuar a questioná-lo ou mostrar o quanto ele é incoerente, em br eve saber tudo sobre a carreira do Thierry Boutsen, do Ivan Capelli, do Paolo Barilla, etc.

      • Paulo Pinto disse:

        Não sabe interpretar texto, fique quieto, Sennafredo Zanetti!

        Se você tira algo de alguém e depois devolve por conta própria, você merece um tratamento melhor do que quem tira e não devolve.
        Entendeu ou tá difícil?

      • Segafredo disse:

        kkkkkk……muito boa Zanetti !!

      • Alfredinho disse:

        Dois comentários com a diferença de um minuto? Ou é muita coincidência ou vocês dois são a mesma pessoa.

      • Zanetti disse:

        1- Eu não sou o Segafredo. Sou fã de Senna como ele, mas somos pessoas diferentes.

        2- O apelido Zanetti é pra confundir ainda mais o Pinto.

        3- Pinto, se Schumacher não devolveu o título ao Hill em 94, não merece tratamento diferenciado. Simples!

        4- Prost devolveu o título ao Senna em 90. Foi um gentleman.

      • Paulo Pinto disse:

        Eu estou falando uma coisa e você vem com outra. Isso é, inclusive, um subterfúgio muito utilizado por vocês, viúvas.
        Schumacher é um campeão diferenciado pelo simples fato de ser HEPTA.
        Me confundir? Hahahahahahaha! (sete, pra ficar bonito).
        Prost devolveu o título ao Senna em 90? Hahahaha! (quatro, o suficiente pra ficar à frente de Senna).

        Você pode não ser, mas é bem parecido com o Sennafredo: uma “viúva” rancorosa e recalcada!

    • Zanetti disse:

      Onde Senna devolveu vitória ao Berger? No Japãp, Senna não queria entregar a vitória e o Berger não queria ganhá-la desse jeito. Foi péssimo para todos.

      • Bola da Vez disse:

        Senna foi vigarista igual aos outros vigaristas! Deu a vitoria ao Berger depois do título garantido.

      • Segafredo disse:

        Exatamente nobre colega Zanetti……..naquela corrida Berger havia disparado na frente enquanto Senna ficava amansando o Leão, isso até Mansell ver que não teria jeito e rodar sozinho no curvão. A partir dali foi Ayrton com a faca nos dentes caçando e ultrapassando Berger. No final da corrida Ron Dennis passou o rádio com a ordem, simples assim!

      • Zanetti disse:

        BOLA NO QUEIXO, se você não sabe da história, não escreva bobagens.

        O título estava garantido desde a volta 9. Senna alcançou Berger, ultrapassou, abriu vantagem e passou as últimas 15 voltas ouvindo o pedido do Ron Dennis para deixar o Berger ganhar.

        Senna não queria isso, Berger não ficou feliz ao saber.

        Está tudo por aí. Escrito e falado. Seja um pouco menos idiota e se informe.

      • Bola da Vez disse:

        Resumindo, Senna foi mais um campeão submisso às ordens de equipe.

        Idiota é a %*@*¨=!

  10. Marmelada-44 disse:

    Hamilton sabe que para ser grande, tem entrar para o time dos vigaristas. E conseguiu!
    Está ao lado de Prost, Senna, Alonso e Schumacher.

  11. Paulo disse:

    Olá, Flávio. Parabéns pelo novo microfone. Concordo com tudo, mas tenho uma sugestão: compra um microfone desses pro pessoal do PaddockGP…o aúdio lá continua “estourando” às vezes.

  12. Cicero disse:

    FG, totó Wolf, disse querer ser o malvado e não o idiota, pois bem, acredito que ele conseguiu ser os dois ao mesmo tempo. Quanto a hAmilton, faltou grandeza, faltou zelo ao que, supostamente, representa ou representaria ao esporte. Estava em suas mãos agir como um homem ou um menino, preferiu ser o segundo. Quanto a nós (eu), que gosta de esportes, me senti um idiota, um bobo, que assistiu até os últimos metros da corrida na esperança de Hamilton justificasse o que, repito, representaria. Mas, ele foi só um garoto.

  13. Giovanni disse:

    Se fosse num esporte totalmente coletivo, tudo bem, sei lá, um atacante querer dar o passe para outro fazer o gol ou bater um penalti, mas isso ocorre porque o coletivo mesmo nestes momentos ganha é muito mais importante., porque o time ganha e não o jogador que bate o penalti. Mas no automobilismo não é assim. Se a Mercedes fizesse 1-2 invertido ia fazer a mesma quantidade de pontos, mas a F1 é o que é hoje por causa da disputa individual dos pilotos e não de equipes. Por isso entendo que neste caso, o desempenho do piloto está acima dos objetivos da equipe e portanto, acho que pedir para um piloto dar a posição a outra é inaceitável, exceto em raras ocasiões como naquele caso da Hungria em que o Hamilton pediu licença pra arriscar pois sua agressividade maior poderia ser capaz de ultrapassar o carro a frente já que o Bottas parecia não ter condições, tanto que no fim devolveu a posição ao Bottas. Mas neste caso, não vejo como aceitável. Lamentável.

    Digamos que o Vettel encoste no campeonato e o Hamilton levar o campeonato por 6 pontos. Será que ele será considerado o maior de todos por ter levado esse campeonato desse jeito? Com certeza sua taxa de aprovação por méritos cairá drasticamente.

    PS: já perguntei e pesquisei várias vezes e ninguém consegue me responder: DE ONDE SAIU ESSE TOTO WOLF que apareceu do nada como sócio da Williams em 2013 e em 2014 justamente no ano da virada de regualmento e da Mercedes dominar a categoria, coincidentemente se mudou pra lá? Não há informação histórica alguma do cara, nem de formação, nem de empresas que poderia possuir, NADA.

  14. João Paulo Toledo Piza disse:

    Se o Lauda estivesse com Toto isso jamais teria ocorrido ,com certeza foi influência dele quando a Mercedes liberou a briga Lewis x Nico!!

    • Fabio M. disse:

      Pensei exatamente nisso! E pensei na devolução de posição do Hamilton ao Bottas na Hungria em 2017. O Lauda estava lá.

    • Zé Tros disse:

      Não seja ingênuo, a Mercedes só liberou a briga NicoXHamilton pq era a equipe dominante de 2014 a 2016. Logo, podia se dar ao luxo de deixar seus pilotos disputando o campeonato.

      E pelo que foi dito, o próprio Lauda não queria que Hamilton devolvesse a posição para Bottas no GP da Hungria no ano passado.

      • Druyda Angelo disse:

        Até acho bacana devolver a vitória, mas Lewis teria que fazer a pole, vencer e entregar… quem sabe depois do título garantido. Se simplesmente fizer igual ao Senna fez com Berger, pegaria mal pacas para o Bottas. Mais ofende do que exalta o piloto. Achei legal o Bottas não querer o troféu e nem subir no degrau mais alto, já que ele se submeteu a entregar, faça o serviço completo.

      • Marmelada-44 disse:

        É isso aí! Foi patifaria da Mercedes e Hamilton foi cúmplice nessa vigarice!

  15. Leonardo Amorim disse:

    Ótimo vídeo (conteúdo) e sua voz aveludada ! O Microfone ficou TOP.

  16. Paulo Pinto disse:

    A equipe Mercedes perdeu sua virgindade da forma mais bisonha possível.

  17. João Paulo Toledo Piza disse:

    A partir de hoje #Totonão e #mercedesnão ,foi ridículo ,não é exagero dizer que arranhou a Estrela de três pontas.

Deixe uma resposta para Zanetti Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>